De onde vem o plástico? História e Tipos

O plástico é um material extremamente presente em nosso dia a dia, mas poucos sabem de onde ele vem e como ele foi desenvolvido ao longo da história. Neste texto, vamos explorar a origem do plástico, desde sua descoberta até os diferentes tipos existentes atualmente, mostrando como esse material se tornou essencial para a sociedade moderna. Vamos abordar também os impactos do plástico no meio ambiente e as possíveis alternativas para reduzir seu uso e seus efeitos negativos.

Origem e evolução do plástico: Uma breve história sobre seu surgimento e desenvolvimento.

O plástico é um material amplamente utilizado nos dias de hoje, presente em quase todos os aspectos de nossa vida cotidiana. Mas de onde vem o plástico? Sua história remonta a meados do século XIX, quando o material foi descoberto de forma acidental por químicos que buscavam uma alternativa para o marfim.

O primeiro plástico sintético foi criado em 1862 por Alexander Parkes, que batizou o material de “parksina”. No entanto, foi somente em 1907 que o plástico começou a ser produzido em larga escala, com a invenção do baquelite por Leo Baekeland. Esse novo material revolucionou diversas indústrias, pois era resistente, durável e moldável.

A evolução do plástico continuou ao longo do século XX, com a criação de novos tipos de polímeros e resinas. Hoje em dia, existem diversos tipos de plásticos, cada um com suas próprias características e aplicações. Alguns dos mais comuns incluem o polietileno, o polipropileno e o PVC.

Apesar de sua versatilidade, o plástico também trouxe consigo diversos problemas ambientais, como a poluição dos oceanos e a geração de resíduos não biodegradáveis. Por isso, é importante buscar alternativas mais sustentáveis e eco-friendly para reduzir o impacto negativo do plástico no meio ambiente.

Conheça os diferentes tipos de plástico e suas características principais.

Os plásticos são materiais sintéticos amplamente utilizados em nossa sociedade, presentes em diversos produtos do nosso dia a dia. Mas você sabe de onde vem o plástico e quais são os diferentes tipos existentes? Vamos explorar um pouco mais sobre esse tema.

O plástico é um material derivado do petróleo, sendo produzido a partir de uma reação química chamada polimerização. Existem diversos tipos de plásticos, cada um com suas características específicas. Alguns dos principais tipos de plástico são o polietileno, o polipropileno, o poliestireno e o poliuretano.

O polietileno é um dos plásticos mais comuns e versáteis, sendo utilizado em embalagens, sacolas, tubos e garrafas. Já o polipropileno é conhecido pela sua resistência e é utilizado em utensílios domésticos, embalagens e peças automotivas. O poliestireno é um plástico rígido e leve, utilizado em copos descartáveis, embalagens e isolantes térmicos. Por fim, o poliuretano é um plástico flexível e resistente, presente em espumas, calçados e revestimentos.

Relacionado:  5 atrações turísticas de Baja California Sur

Cada tipo de plástico possui propriedades específicas, como resistência mecânica, flexibilidade, transparência, entre outras. É importante conhecer as características de cada tipo de plástico para escolher o material mais adequado para cada aplicação.

Em resumo, os plásticos são materiais sintéticos derivados do petróleo, produzidos por meio de reações químicas. Existem diversos tipos de plásticos, cada um com suas características específicas, como o polietileno, o polipropileno, o poliestireno e o poliuretano. Conhecer esses diferentes tipos de plástico é fundamental para a escolha do material mais adequado para cada aplicação.

Origem do plástico: de onde ele realmente vem?

O plástico é um material amplamente utilizado em diversas indústrias e presente em nosso dia a dia. Mas de onde ele realmente vem? A história do plástico remonta ao século XIX, quando o material foi descoberto por acaso por químicos que buscavam uma alternativa ao marfim.

Em 1862, o químico Alexander Parkes criou o primeiro plástico chamado de “Parkesine”, feito a partir da celulose. No entanto, o material era instável e inflamável, o que limitava sua aplicação. Foi somente em 1907 que o belga Leo Baekeland desenvolveu o primeiro plástico sintético, o baquelite, que revolucionou a indústria ao ser resistente ao calor e ao impacto.

Atualmente, o plástico é produzido a partir de matérias-primas como o petróleo e o gás natural. O processo de fabricação envolve a polimerização, onde moléculas simples são combinadas para formar longas cadeias de polímeros. Esses polímeros são então moldados em diferentes formas e tamanhos, dando origem aos diversos tipos de plásticos existentes.

Existem diferentes tipos de plásticos, cada um com suas características específicas e aplicações. Os plásticos mais comuns incluem o polietileno (PE), o polipropileno (PP), o policloreto de vinila (PVC) e o poliestireno (PS). Cada tipo de plástico possui propriedades únicas que os tornam adequados para diferentes usos, desde embalagens e utensílios domésticos até componentes eletrônicos e equipamentos médicos.

Em resumo, o plástico tem uma origem fascinante que remonta ao século XIX, quando foi descoberto por acaso. Hoje, ele é produzido a partir de matérias-primas como o petróleo e o gás natural, passando por um processo de polimerização para dar origem aos diversos tipos de plásticos utilizados em nossa sociedade.

Qual é o processo de fabricação do plástico?

De acordo com a história, o plástico tem sido uma parte essencial de nossas vidas por muitos anos. Mas de onde vem o plástico? Como é fabricado? Existem diferentes tipos de plástico no mercado hoje em dia.

O processo de fabricação do plástico começa com a extração de matérias-primas, como o petróleo ou o gás natural. Essas matérias-primas são então refinadas e transformadas em monômeros, que são pequenas moléculas que se ligam para formar polímeros. Os polímeros são a base do plástico e podem ser feitos de diferentes compostos, como o polietileno, o PVC ou o polipropileno.

Depois que os polímeros são formados, eles podem passar por diferentes processos de moldagem para criar produtos plásticos. Um dos métodos mais comuns é a injeção de plástico, onde o material derretido é injetado em um molde e resfriado para formar a peça desejada. Outros métodos incluem a extrusão, a sopro e a termoformagem.

Por fim, os produtos plásticos podem passar por processos adicionais, como a coloração, a adição de aditivos para melhorar suas propriedades ou até mesmo a reciclagem para serem reutilizados em novos produtos. Assim, o processo de fabricação do plástico é complexo e requer diferentes etapas para transformar matérias-primas em produtos acabados.

Em resumo, o plástico é uma parte importante de nossas vidas e seu processo de fabricação é fundamental para a produção de uma ampla variedade de produtos que usamos diariamente.

De onde vem o plástico? História e Tipos

O plástico vem principalmente da destilação do petróleo. Os plásticos são obtidos pela polimerização de compostos derivados de petróleo e gás natural.

A indústria de plásticos utiliza 6% do petróleo que passa pelas refinarias. Os plásticos têm propriedades que nenhum outro material possui; destacam-se por terem pouco peso e pouca cor e grande resistência à degradação ambiental.

De onde vem o plástico? História e Tipos 1

Por esses motivos, ocupam um lugar de destaque no desenvolvimento de diferentes indústrias, como embalagens, telecomunicações, transporte, construção, medicamentos e eletrodomésticos, entre outros.

História

O primeiro dos produtos considerados plásticos aparece no ano de 1860 como resultado de uma recompensa feita por um fabricante de bilhar.

Essa recompensa foi de US $ 10.000 para quem enviou um substituto para fazer bolas de bilhar. Até aquele momento, essas bolas eram de marfim.

John Hyatt dissolveu a celulose em um composto de etanol e cânfora. O resultado obtido foi o celulóide, o que seria muito útil no desenvolvimento da indústria cinematográfica.

Em 1909, o químico Leo Baekeland sintetizou um polímero a partir de moléculas de fenol e formaldeído. Foi assim que a baquelite foi criada, o primeiro plástico totalmente sintético da história.

Tipos de plástico

Existem três tipos de plástico: termoplástico, termoestável e elastômero.

1- Garrafa térmica plástica

Suas macro moléculas são livremente arranjadas e entrelaçadas. Os plásticos mais utilizados pertencem a esse grupo. Eles são subdivididos em cinco tipos diferentes:

– Polietileno (sacos, recipientes).

– Poliéster saturado (garrafas, recipientes para alimentos).

– Poliestireno (protetores para embalagens, isoladores).

– Polivinil (tubulações de água e gás, isoladores elétricos).

– Polipropilenos (caixas, estojos com flip caps, seringas).

Relacionado:  Bandeira da Moldávia: história e significado

2- Garrafa térmica estável

Nos plásticos termoestáveis, as macro moléculas se cruzam formando uma rede de malha fechada. Eles são divididos em quatro classes:

– Fenóis (isoladores elétricos, bases de tomadas, interruptores).

– Modos (pinos, interruptores, revestimento de placas).

– Resina de poliéster (barcos, piscinas, fibras).

– Resina epóxi (equipamentos esportivos, aeronáutica, adesivos).

3- Elastômero

Esse tipo de plástico tem suas macro moléculas ordenadas na forma de uma rede de malha com poucos links. Os seguintes subtipos estão incluídos nesta categoria:

– Borracha (pneus, mangueiras).

– Fatos de mergulho (joelheiras, fatos de mergulho, correias).

– Poliuretano (espuma de borracha, guarda-lamas, couro artificial).

– Silicones (próteses, sondas, tubos medicinais, vedantes).

Classificação dos plásticos de acordo com sua origem

Natural

Estes são os que não precisam ser produzidos em laboratório, pois são compostos por substâncias naturais.Eles vêm de animais ou vegetais.Um exemplo é borracha.

Semi sintético

Os semi-sintéticos são aqueles que, embora a matéria-prima provenha da natureza, são tratados em processos químicos para seu uso. O celulóide é um exemplo.

Sintético

Sintéticos são as substâncias plásticas obtidas pela polimerização de algumas moléculas simples. Esse processo é realizado em fábricas e laboratórios. Um exemplo é o poliuretano.

Três principais processos de fabricação

A fabricação de itens de plástico é feita por aquecimento. Esse processo é chamado termoformação e pode ser de três maneiras diferentes:

1- Vácuo

A placa é colocada em um molde em uma prensa, que adapta a placa de plástico à sua forma.

2- Pressurizado

Nesse caso, a prensa fecha, dando ao plástico a forma desejada.

3- Mecânico

A própria máquina é a que molda o plástico. Este método é possível graças ao calor ao qual o plástico é submetido.

Referências

  1. «Plástico» na Wikipedia (fevereiro de 2016). Recuperado em setembro de 2017 da Wikipedia em: en.wikipedia.org
  2. «De onde vêm os plásticos» na Plastics Pama (junho de 2010). Recuperado em setembro de 2017 da Pama Plastics em: pama15.wordpress.com
  3. «De onde vem o plástico? em GuideWhat. Recuperado em setembro de 2017 de GuideWhat em: guidewhat.com
  4. «Origem do plástico» na Polimer Tecnic (abril de 2016). Recuperado em setembro de 2017 da Polimer Tecnic em: polimertecnic.com
  5. «Plásticos» no Slide Share (março de 2010). Recuperado em setembro de 2017 do Slide Share em: es.slideshare.net
  6. «Como o plástico é fabricado» em Como eu sei? Recuperado em setembro de 2017 de Como eu sei?: Comose.net
  7. «Plástico que sai de árvores» em Xatakaciencia (agosto de 2007). Recuperado em setembro de 2017 de Xatakaciencia em: xatakaciencia.com

Deixe um comentário