Liderança empática: aprimorando o trabalho em equipe com empatia

Liderança empática: aprimorando o trabalho em equipe com empatia 1

Atualmente, um novo tipo de figura está sendo procurado e desenvolvido para formar grupos no trabalho em equipe: o líder empático. Esse novo papel tem muito a ver com uma mudança geracional, com uma mentalidade mais aberta para com os trabalhadores, rompendo com o esquema tradicional do líder autoritário.

O mesmo conceito compreende uma qualidade humana: empatia. Liderança empática é aquela liderança cuja maneira de se encaixar em um grupo de indivíduos é baseada na conexão entre pessoas e tratamento humano e próximo. Compreender os outros e aumentar seus sentimentos dentro do grupo se torna uma necessidade.

  • Você pode estar interessado: ” Os 15 tipos de chefes: com quem você compartilha um escritório? “

Definindo liderança empática

Existe uma concorrência feroz no mercado de trabalho. No mercado de trabalho, busca-se um valor agregado , um bônus extra que possa fazer a diferença do resto. Ou seja, as empresas não buscam mais apenas conhecimento profissional ou acadêmico. As grandes ou pequenas empresas procuram essa característica pedagógica e emocional em um candidato que será o capitão da equipe.

Assim, a liderança empática visa construir uma compreensão mais profunda de cada um dos membros de uma equipe . Conheça suas habilidades, virtudes, falhas, comunicação, cooperação e integração. O objetivo final desta técnica é melhorar o desempenho do trabalho e envolver todos os membros do grupo.

Leader vs. Chefe

Observe as diferenças entre “o chefe” e “o líder”. O primeiro ocupa uma posição hierárquica dentro de uma empresa . É alguém que se dedica expressamente a distribuir diretrizes e transmitir ordens em diferentes tarefas, sem muito espaço para discernir ou mostrar oposição ao que é ordenado.

O líder, no entanto, ganha simpatia, seus próprios subordinados transferem esse poder, essa legitimidade. A diferença entre os dois perfis é uma questão de atitude. A liderança empática é formada com base na confiança e no respeito mútuo entre trabalhador e superior.

Características do líder empático

A liderança empática não se limita apenas à empatia como modelo definidor. Responde a uma série de bases e qualidades muito mais profundas que a atitude personalista.

Especificamente, estes são os 7 pilares da liderança empática:

1. Humildade

Esse é o princípio básico desse tipo de liderança. Arrogância, orgulho ou difamação são conceitos antagônicos à empatia. Um bom líder deve tratar todos os membros com respeito e sem comprometer sua dignidade, simplesmente.

2. Flexibilidade

Isso se traduz diretamente em uma falta de rigidez injustificada, sem esquecer que a última palavra na tomada de decisão ainda é a líder. A autoridade geralmente é perdida se esse detalhe não for bem resolvido .

3. Paixão

A figura do líder deve mostrar uma atitude e energia ativas o tempo todo . Ele tem que transmitir esses valores para o resto do grupo, para que todos possam remar na mesma direção.

4. Valores

Em muitas empresas e grupos, existe essa falta quando se trata de transmitir certos valores. O corporativismo é muito importante no desenvolvimento de um negócio, e a liderança deve dar o exemplo e reforçar os princípios da empresa .

5. Conhecimento

O líder, mais do que ninguém, precisa demonstrar um conhecimento absoluto do assunto. Esse é o valor agregado que o respeito aos outros membros da equipe implicará. É da maior importância justificar a liderança por seus próprios méritos e aptidão .

6. Confiança

Outro dos últimos elementos a demonstrar boa liderança. O líder do grupo deve demonstrar confiança nas habilidades dos outros membros e perguntar-lhes como fazer ou desfazer.

7. Aprendizado

Por mais que o conhecimento seja a qualidade de qualquer candidato para liderar ou liderar um grupo específico, o aprendizado extra nunca é demais . Acima de tudo, para aprender com os mesmos membros do grupo, é preciso haver feedback de ambos os lados e um bom líder precisa ouvir os outros para crescer profissionalmente.

Por que esse fenômeno aparece?

Tudo isso responde a uma evolução geracional em todos os aspectos. A sociologia tem sido responsável por demonstrar que estamos caminhando para uma sociedade mais coletivista, menos hierárquica e na qual o consenso é mais valorizado.

Dessa forma, isso também foi transferido e aplicado no campo comercial. Os tempos de nossos pais eram diferentes. Décadas atrás, o chefe era a autoridade máxima , independentemente das necessidades de cada trabalhador. Essa maneira arcaica de liderar um grupo de pessoas era frequentemente discutida.

A liderança empática surge da necessidade de melhorar o desempenho produtivo combinado com uma mudança de valores no nível social . É necessário dar valor pessoal e individual a cada um dos indivíduos que fazem parte de um grupo.

Assim, inúmeros estudos e relatórios destacaram a eficácia e a produtividade da implementação de um modelo de liderança empático, sendo o único que pode responder a diferentes necessidades e preocupações para aumentar o bem-estar do grupo.

  • Você pode estar interessado: ” 21 dinâmica de trabalho em equipe divertida e útil “

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies