Tecnologias de Construção: Principais Características

As tecnologias de construção são um conjunto de técnicas de engenharia aplicadas aos processos estruturais de construção. Eles também são usados ​​no design de sistemas de transporte, projetos relacionados à indústria e energia.

O setor de construção, apesar de ter sido um dos mais relutantes em incorporar inovação em seus processos, conseguiu se reinventar sob o abrigo de novas tecnologias.

Tecnologias de Construção: Principais Características 1

Ponte de cristal de Tbilisi – Geórgia

Esse processo teve seu auge no final de 2007, quando a bolha imobiliária estourou.

O evento mencionado levou à transformação dos hábitos e expectativas dos consumidores, que se inclinaram para a demanda por estruturas confortáveis, econômicas e de qualidade.

Principais aspectos das tecnologias de construção

A transformação do mercado, refletida no aumento da demanda por construções adaptadas às necessidades de um mundo em mudança, levou a mudanças.

Nesse sentido, surgiram tecnologias de construção que abrangem a multiplicidade de detalhes envolvidos no processo de construção moderno, como:

– A segurança.

– A fiação elétrica.

– Sistemas mecânicos e de concreto.

– O enquadramento.

– a alvenaria.

– Acabamento de carpintaria.

– Inspeção no local.

– códigos de construção.

– A análise de planos e especificações.

– A gestão de trabalhadores.

– o aspecto ambiental.

Os 6 principais exemplos de tecnologias de construção

1- Materiais sustentáveis

São os que reduzem o uso de recursos naturais e aproveitam os resíduos produzidos pelos seres humanos.

Por exemplo, construções baseadas em argamassa reforçada (terra e cimento), uma camada de tijolo peneirado e serragem geram consideráveis ​​economias de energia.

As estruturas construídas sob esta modalidade não requerem aquecimento ou ar condicionado, uma vez que os materiais utilizados distribuem o calor armazenado durante o dia.

2- O MagPanel

São painéis construídos com óxido de magneto. Quando montados um com o outro, esses painéis não precisam de cimento ou outro material para se unir. É a força do magnetismo que opera na substituição de qualquer material adesivo.

3- Pegasus dois

É uma tecnologia de captura de realidade que permite uma avaliação de 360 ​​° a mais de 80 km / h.

Esta ferramenta, juntamente com os drones, revolucionou o campo da topografia.

4- impressão 3D

Atualmente, é usado para produzir formas complexas de construção em poucas horas, fazendo com que a produção de estruturas reduza custos e prazos de entrega.

Esta tecnologia foi comprovada na apresentação de modelos e na impressão de paredes, tijolos e materiais isolantes.

5- A Internet das coisas

A alta demanda por residências e escritórios inteligentes levou o setor de construção a incorporar em seus projetos dispositivos que modulam a operação de seus espaços.

Desde termostatos inteligentes que detectam a presença de pessoas até a ativação de sistemas e aparelhos de iluminação, eles são cada vez mais frequentes em novas estruturas.

6- Os caminhos cinéticos

Com base nos modelos ambientais atuais, a criação de energia sustentável e sustentável foi implementada.

Um exemplo disso é a idéia de obter energia cinética da frenagem dos carros, para transformá-la em energia elétrica.

Referências

  1. Ferre, Luis. (2003). Tecnologia básica de construção. Em: editorial-club-universitario.es
  2. Fonseca, P. (2006). A industrialização da construção e novas tecnologias. Em: ort.edu.uy
  3. As 6 tecnologias que revolucionam o setor da construção. (14 de junho de 2016). Em: emprendedores.es
  4. Novas tecnologias de construção. (sf). Recuperado em 08 de dezembro de 2017 de: aducarte.weebly.com
  5. Tecnologia em construção. (sf). Recuperado em 08 de dezembro de 2017 de: vialli.mx

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies