As 71 melhores citações de Gustavo Cerati

Deixo as melhores frases de Gustavo Cerati , um dos expoentes mais importantes do rock latino-americano. Ele foi o vocalista, guitarrista e compositor de Soda Stereo, uma das bandas mais importantes da América Latina, originária da Argentina.

Talvez você também esteja interessado nessas frases Soda Stereo .

As 71 melhores citações de Gustavo Cerati 1

Camilo Rueda López [CC BY-SA 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)], do Wikimedia Commons

– Não há muito o que fazer, sou romântico e cheio de clichês. Sem minha camuflagem, eu me entreguei a você como eu. -Camuflagem.

-Explosões nos olhos, buracos no chão e um verde profundo no mar. Há algo no ar, um detalhe infinito, e quero que dure para sempre. -Amarelo amor.

– Sempre foi divertido correr, deixar esse mundo para trás. Hoje a atmosfera comprime seus pés, ela é minha garota lunar. -Lisa.

-Se você está escondido, como vou saber quem você é? Você me ama no escuro, dorme envolto em redes. -Sinais.

-O fim de amar, sentindo-se mais vivo. O fim do mar é sentir o mesmo, vivo. -Vive.

-Eu queria ter energia em você para quebrar correntes. Quando a calçada rompe com o sol e a terra fiel brota. -Sulky.

-É o capricho do pôr do sol. Ao anoitecer, eu vou pegar o avião. Se a dúvida é o passado. Agora nunca é, tudo não é nada, se eu não descansar em seus olhos. -Agora nunca é.

-Menina com os olhos de ontem, eu sei que você vibra também. A estranha sensação de não pertencer a este mundo, como em transe. -Médio.

-Ele me mata sem saber onde você está ou o que fazer. Hoje eu disquei seu número apenas para ouvir sua voz. -Torre de marfim.

A vida dura um salto, fica, uma certa morte. Este foi o momento e você o estragou. Você tem tanto medo dele, que finalmente acontece. -Finalmente acontece.

-Acho que sua intenção, você quer ir me ver, mas hoje não sou mais eu. Na outra noite, joguei você em um mar de lava ardente, mas hoje não sou mais eu. Hoje não sou mais eu.

– Corpos em contraluz guiados pela cruz sul. Dentro de um vulcão, queimamos com paixão mineral. Ninguém sabia o que aconteceu conosco e agora somos poeira cósmica. -Convoy.

-Eu amo sua lucidez, li sua nudez. Quando você pensa no mar, é assim que eu acho que você é o mesmo. -Outra pele.

-Você parece instável e eu quero estar mais perto. A noite passa por mim. -Beautiful.

A minha paixão pelo futuro é a eternidade. Não me fale de vagas esperanças, eu persigo a realidade. Coisas impossíveis.

-Eu sugiro que fiquemos atentos, para todo o sempre, espalhados por fantasias. O que você queria é interminável. -Alma.

Nos primeiros 3 minutos, a história foi escrita. Precisamente tudo está acontecendo, aqui e agora. -Aqui e agora.

-Tons pesam nada quando você apenas flutua sem pensar. Através do seu rio Babel, águas claras são profundas. Rio Babel.

-Não trapacear te faz feliz. É um presságio mais feliz. Esta não é uma invenção para sair. Não há artefato que seja visionário. -Artefact.

-Eu criei você, como um grande inventor. Você já quis saber o endereço para retornar. Para a origem que no começo era uma caminhada imoral. Caminhada -imral.

Relacionado:  Transposons: tipos e características

-Futuro bate diante de mim, a escuridão desce. Ansiedade, mais e mais, eu apenas deixei você cair. Não há nada que eu já possa fazer. – Traga-me a noite.

-A espera me esgotou, eu não sei nada sobre você, você deixou tanto em mim. Deitei-me em chamas e, numa lenta degradação, sabia que tinha perdido você. -Crime.

-Você me confessou um amor sem desvios, que a inocência nos protege agora que tudo é mais perverso. Pela minha cabeça, eles já pediram uma recompensa, mas não há preço por roubar seu coração. -Ame sem rodeios.

-Desfrute, perca mais, deixe a terra tremer e cada frase feita. Parece o vento e eu decidi apagar o tempo. Eu sou meu próprio altar. -Altar.

– Perto do novo fim, tabu, fogo e dor. A selva se abriu aos meus pés e, para você, tive a coragem de continuar. -Tabú.

-Em uma gota se encaixa no universo quando você arqueia o corpo. Minha língua roça sua primavera profunda. Você me deu suco de lua, eu vou pedir mais. – jogo da lua.

-Vamos devagar nos encontrar, o tempo é areia em minhas mãos. Sei pelas suas marcas o quanto você amou, mais do que prometeu. -Lago no céu.

-Eu fecho meu punho, talvez não veja minha mão vazia. Se eu pudesse lhe dizer de alguma outra maneira, eu diria. Eu não deixo você ir mais, eu não deixo você ir mais. É um arrebatamento de inconsciência, baby. -Rapto.

-Eu sinto que os dias passam, e continuo com tração no sangue. Depois de uma melodia, acho que te fiz tão minha que, por um momento, esqueci você. -Tracção ao sangue.

– Quero uma casa, quero um hangar e uma torre de lançamento. Hoje nossa vila é esse mundo inteiro e não é um mero pretexto. -Casa.

– A estupidez triunfa neste jogo. Eu sei que você diz a verdade. Eu a conheço, conheço você e não acredito em você. -Não acredito em você.

– É a espécie que nos une, um salto mortal. Para a vida continuar em muitas somas de prazer. E deixe o real durar, e a ficção durar. -Espécie.

-Eu te conheço de outra vida, hoje você vai sair pela janela como uma adaga rasgando a escuridão. Se eu te levar, é para você me levar, sem falar, apenas esfregando. -Vou levá-lo para me levar.

-Esta é uma bomba relógio, a mesma coisa que nos une hoje nos desintegra, nos desintegra. No cenário da espera, uma faísca de mais e é assim que o fogo começa. -Pump of time.

-Eu posso estar errado, tenho tudo pela frente. Nunca me senti tão bem, viajo sem me mexer. Pessoal do espaço, eles estão brincando no meu jardim. Eles vão medir o acaso com o vento, força natural. Força -Natural.

– Avenida Alcorta, cicatriz, hoje me cansei de falar de mim. Não sei, não sei onde você está. Eu sei, cheguei aqui e sinto muita falta de você. -Av. Alcorta

-Após o sol, descendo o reflexo. Veja como minha alma explode, você está aqui. E o passo que demos é causa e efeito. -Bridge.

Relacionado:  Área Hadal: características, flora e fauna

-Vamos devagar nos encontrar, o tempo é areia em minhas mãos. Sei pelas suas marcas o quanto você deixou para esquecer o que fez. Sinta algo que você nunca sentiu. -Lago no céu.

-Amor cruz, cruzarei meus dedos. E obrigado por ter vindo, obrigado por ter vindo. Ponte adorável foi criada entre os dois. -Bridge.

– Cabeça de Medusa, sua boca é invisível. É fixado em sua retina, seduz de mil maneiras. Quando você não ama, compra, e é verdade! Cabeça de água-viva.

– Ambos suspiraram da mesma forma, e hoje fazem parte de uma chuva de distância. Não se confunda, o ressentimento não funciona, eles são espasmos após o adeus. -Tchau.

-Cante sob relevos. Nave terrestre, sigo sua voz. Eu danço brotado de ilusão, um sonho quente para nós dois. -Root.

-Tantas semelhanças, você fica hipnotizado. E para aquele olhar no céu, mudo tudo o que vi. Ah, você me conhece como ninguém. Ah, você me lembra tudo o que sou. Sinais de luz.

-Que desastre eu salvei, no devido tempo eu deixei ir. E em um segundo eu me vi, querida, em sua órbita em êxtase, oh. Desastre.

– Palavras profanas da sua boca pura. Todo o meu pêndulo de doçura em você. Eu amo deixar você assim. Eu amo ficar assim. -Eu amo deixar você assim.

-Quatro elementos fazem vento. Cinco estrelas, a que eu prefiro. Seis é o diabo escondido. No fio, no fio do tempo. -Numeral.

– Quando não há mais nada a nos dizer, eu me torno um com a fumaça. Serpenteando a razão de tudo o que decidiu. O tempo é prolongado (…) e eu esqueço como você. E na esfera vagamos indiferentemente pelo espaço que ele deixou (…). Uma história sem fim. Voltar.

-A chuva cai, muda as paisagens de fumaça e vento. Apago o antigo mapa de catástrofes, nossos beijos parecem verdadeiros (…). Eu segui a estrela mais voraz, isso nunca me levou tão longe.Por que acreditar no acaso? Eu nasci para isso. -Eu nasci para isso.

-Eles se põem, e o dia está quente sem sol. Eles caem, a noite esconde sua voz. E além disso, você quer sol, lentamente você também pode encontrar a lua.

-Uma traição rápida, e deixamos o amor. Talvez eu tenha procurado. -Crime.

Hoje fazemos a exceção de violar as regras. Tanta fome sem satisfação, satisfação. Hoje fazemos a exceção de esticar a corda. E que durar é melhor que queimar. -A exceção.

-Futuro bate diante de mim, acende a escuridão da ansiedade. Mais e mais eu apenas me deixei cair, não há nada que eu possa fazer, de qualquer maneira. – Traga-me a noite.

– Você pediu tanto para manter esse momento de prazer, antes que seja tarde. O mesmo sentimento retorna, essa música já foi escrita, até os mínimos detalhes. -Já visto.

–Meu coração falhou desde que ele partiu, seu verbo vive na minha carne. E eu digo verdades como mentiras. Não é culpa de ninguém, apenas meu. -Verbo carne.

-Fatalismo inútil ignorando medos, estou morrendo de vontade de acreditar que podemos ser amigos. Ou a vida parecerá ainda mais fria, e o fantasma não poderá dormir. -Fantasma.

Relacionado:  91 frases bonitas da gravidez

-Sua voz na mensagem me pede para falar com você, mas pode ser tarde para quando você me ouvir. Então eu vou te ver, eu desligo e eu vou te ver. É fácil para mim esquecer. Perdoar é divino.

-Ei, ei, ei, à mercê. Histórias de sal me deixam novamente à mercê. Tome a dose e levite, atado à sua beleza inconsciente que sacode meu espírito e trava. -De misericórdia.

-Ei, eu imploro para você colidir com você, cozinhe lentamente como Ícaro ao sol. Desde que eu te amei, sua cicatriz nunca foi apagada em mim. -Sua cicatriz em mim.

-Tudo começou em uma sala que eu esqueci. A escova de seda a acordou na frente da janela. Começamos a tocar para nos dizer a verdade que mais nos engana. -Enganar.

-Um arco-íris artificial, ainda luz da vida. Ela é muito próxima, eu acho. Deve subir, pois o eco será repetido. Eu a vejo aqui, ela nunca se perdeu. -Natureza morta.

-Não basta improvisar, o bebê insolente faz parte da diversão. Agora vamos ver o seu show em um quarto de hotel, de frente para o mar. Leia meus lábios de karaokê, como um rei me convença. -Karaokê.

-Cactus amolece meus botões com a pele, tem cem anos, apenas floresce uma vez. (…) E tem um veneno mais amargo que fel, só de invocar você me tornarei mel. -Cactus.

-As coisas brilhantes sempre saem de repente, como a geometria de um flo. É a palavra antes que seus lábios a soltem. Sem segredos, não há amor. -Magia.

–Eu vi Lucy quando ela entrou na sala, o espaço curvado. Vimos luzes e o metrônomo de Deus pôs o tempo em suspensão. -Eu vi Lucy.

-Na jornada para a redenção, a luz não para de pressionar. Acredito no amor porque nunca estou satisfeito. É o meu coração selvagem, que chega bem a tempo. Chegue bem a tempo. -Pressione.

– Não há mais o que fazer, você é sua própria ajuda. Agora vá e viva, eu sempre amei sua loucura. -Sua loucura.

-Tudo mudou e é melhor ficar parado. Em breve o sol nascerá e alguns danos substituiremos. Teimoso como sou, fico aqui. A tinta não está seca, e em palavras eu disse muitas coisas, mas no meu coração ainda há muito a dizer. -Eu fico aqui.

-Uma bússola de luz, o farol desenhando no mar. Com um beijo azul, a espuma se transforma em sal, sereias e hipocampo com sua música que adoraremos. -Sal.

-Pelo que encontrei em seus olhos, pelo que perdi na luta. Conhecer a outra metade é pouco, entender que apenas ser é mais puro. -Vive.

-Vamos ver se ele esclarece. Eu falei sobre você, meus desejos. Desde o dia em que nasceu na sua boca, de uma nova tempestade que explode. -Sustastada.

-Você é o caminho direto para a minha queda. Eu sei que não estou indo para um bom porto ou encontrando uma salvação, e estou navegando nos mares da loucura sem oposição. -É apenas uma ilusão.

-Esta tarde ensolarada eu olhei, seu cartão postal sob um raio de luz. Uma frase durou até o anoitecer, lembrando que você é um lugar bonito. -Outra pele.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies