As 80 melhores frases do Pink Floyd

Deixo as melhores frases do Pink Floyd , famosa banda de rock do Reino Unido que surgiu em meados do século XX e teve grande impacto em seu gênero musical, quebrando paradigmas e estilos, bem como na cultura global.

Você também pode estar interessado nessas frases de músicas de rock .

As 80 melhores frases do Pink Floyd 1

Logotipo do Pink Floyd. Fonte: Wikimedia Commons – Pink FloydSVG por CMetalCoreEsta imagem vetorial não especificada em W3C foi criada com o Inkscape. [Domínio público]

-Não há dor que você possa fazer desaparecer, um navio distante, fumaça no horizonte. Você vem em ondas, seus lábios se movem, mas eu não consigo ouvir o que você diz. -Confortavelmente entorpecido.

-Lembre-se de um dia antes de hoje, um dia em que éramos jovens, livres para brincar sozinhos com o clima e a tarde nunca chegou. -Lembre-se de um dia.

– Era amor ou a ideia de estar apaixonado? -Um deslizamento.

-Nós e eles. Afinal, somos apenas homens comuns. Eu e você. Só Deus sabe que não é isso que escolheríamos fazer. -Us e Eles.

-Então eu pensei que você gostaria de assistir ao show … para sentir a confusão quente, aquele sentimento de ser colocado. -Na carne?

-O eco de uma onda distante viaja através da areia. -Ecos.

-Como eu queria, eu queria que você estivesse aqui. Somos apenas duas almas perdidas nadando em um aquário, ano após ano, correndo no mesmo terreno. O que descobrimos?: Os mesmos velhos medos. -Eu queria que você estivesse aqui.

– “Vá em frente” gritou por trás e a fila da frente morreu. O general sentou-se e as linhas no mapa se moveram de um lado para o outro. -Us e Eles.

-Juntos estamos, e divididos, caímos. Olá.

-Eu sou apenas um garoto novo, um estranho nesta cidade. Onde estavam os bons tempos? Quem mostrará o lugar para esse estranho? […] Ohhh, eu preciso de uma garota fácil. -Jovem Luxúria.

– Cães de guerra e homens de ódio sem causa, não discriminamos. A descoberta deve ser desconhecida. Nossa moeda é carne e osso. O inferno abriu e foi colocado à venda. Abordagem e pechinchar. -Os Cães da Guerra.

-O tempo acabou e a música acabou. -Tempo.

-Ah, a propósito, qual de vocês é Pink? -Tenha um charuto.

-Vamos, você, estranho ao riso distante. Vamos lá, você, estranho, você, lenda, você, mártir, e ele brilha! Som delicado do trovão.

-Você é jovem e a vida é longa. -Tempo.

-As pessoas que você mente para confiar em você. -Cães.

– Corremos antes que o tempo roubasse nossos sonhos. Esperanças.

-Não tenha medo que você se importe. -Respire (no ar).

-Se você quiser descobrir o que está por trás daqueles olhos frios. Você só precisa passar por esse traje. -Na carne?

-Não precisamos de educação, não precisamos de controle do pensamento. Não há mais sarcasmo na sala de aula. Professores, deixem as crianças em paz. -Outro Tijolo na Parede, Pt. 2.

– Afinal, é apenas mais um tijolo na parede. -Outro Tijolo na Parede, Pt. 2.

-Eu sempre fiquei com raiva, sei que fiquei com raiva, como a maioria de nós … é difícil explicar por que estamos com raiva, mesmo quando não estamos com raiva. Respire.

-Não aceite o que está acontecendo. É simplesmente um caso de outras pessoas sofrendo, ou você se juntará a elas se der as costas ao que acontece. -No Turning Away.

-Quando estudamos, houve professores que machucaram as crianças […] descarregando seu escárnio por tudo o que fizemos e expondo todas as fraquezas, mesmo cuidadosamente escondidas. Os dias mais felizes de nossas vidas.

– Espere bem, e não solte seu escudo. Pegue bem sua máscara à prova de balas. E se eles tentarem rasgar sua roupa com suas perguntas. Você pode se esconder atrás de olhos cheios de paranóia. Olhos -Paranóides.

-Um olhar inquieto em um quarto cansado. Um olhar vidrado e eu estava no caminho da ruína. A música soou e soou, e nos viramos sem parar. Não há pistas ou palavras para sua honra defender. -Um deslizamento.

-Então você corre para alcançar o sol, mas está entrando. Correndo de novo atrás de você. O sol é o mesmo, relativamente, mas você é mais velho, com falta de ar e um dia mais perto da morte. -Tempo.

-Um dia desses, vou cortá-lo em pedaços pequenos. -Um dia desses.

– O que você ganha ao fingir que o perigo não é real? Dócil e obedientemente você segue o líder. […] Que surpresa! Um olhar de choque terminal em seus olhos. Agora as coisas não são o que parecem. Isto não é um sonho. -Ovelhas.

-Não existe lado escuro da lua. Está realmente tudo escuro. -Eclipse.

-O dinheiro é um crime. Compartilhe de forma justa, mas não pegue um pedaço do meu bolo. Dizem que o dinheiro é hoje a fonte de todo o mal. Mas se você pedir um aumento, não estou surpreso que você não esteja recebendo. -Dinheiro.

– Tenha um bom afogamento, desde que você submerja. -Cães.

-Corre para uma morte prematura. -Respire (no ar).

– Você já se perguntou por que tivemos que fugir para nos refugiar, quando a promessa de um bravo mundo novo estava acontecendo sob um céu azul claro? -Tchau céu azul.

-Você acreditou nas histórias de fama, fortuna e glória. E agora você está perdido na névoa da meia idade. O bolo no céu acabou sendo muito alto, e você se esconde atrás de olhos castanhos e gentis. Olhos -Paranóides.

-Você acha que consegue distinguir o céu do inferno e o céu azul da dor? Você consegue distinguir um campo verde de um trilho de aço frio? Distinguir um sorriso de um véu? -Eu queria que você estivesse aqui.

-Tem alguém na minha cabeça, mas não sou eu. Danos ao cérebro.

-Uma vez mais, tenho esse sentimento. Eu não posso explicar isso para você, você não entenderia. Este não sou eu, eu me tornei alguém confortavelmente entorpecido. -Confortavelmente entorpecido.

As memórias de um homem em sua idade avançada são os feitos da plenitude de sua vida. Você arrasta os pés na escuridão do hospital e fala consigo mesmo até morrer. -Quatro grátis.

Diga-me a verdade, por que Jesus foi crucificado? Foi por isso que papai morreu? Foi para você? Foi para mim? Eu assisti muita televisão? Há algum indício de acusação em seus olhos? -O sonho do pós-guerra.

-Bem-vindo meu filho, bem-vindo à máquina. Onde você esteve? Está tudo bem, sabemos onde você esteve. Você ficou preso ao longo do tempo. -Bem-vindo à máquina.

– Desde que, meu amigo, você revelou seu maior medo, eu o condeno a ser exposto a seus semelhantes. Eles derrubam o muro! -O julgamento.

-Mas foi apenas uma fantasia. O muro era muito alto, como você pode ver. Por mais que tentasse, não conseguia se libertar e os vermes devoravam seu cérebro. Olá.

-Um lugar para ficar, com o suficiente para comer. Em algum lugar onde, na rua, os velhos heróis andam sem dificuldades. Onde você pode falar alto sobre suas dúvidas e seus medos, e ninguém mais desaparece. Os sonhos do artilheiro.

-Você sabe que eu me importo com o que acontece com você e eu sei que também me importo com você. Portanto, não apenas o peso da pedra, agora que encontrei um lugar feliz para enterrar meu osso. -Porcos na ala (Pt. Dois).

-O que devemos usar para preencher os espaços vazios onde costumávamos conversar? -Espaços vazios.

Dia após dia, o amor fica cinza, como a pele de um homem agonizante. Noite após noite, fingimos que está tudo bem, mas eu fiquei velho e você ficou frio, e nada é mais tão divertido. -Uma das minhas voltas.

-Os velhos laços estão quebrando, eles vão em frente e mudam de lado. Sonhando com um novo dia, de lado para o outro lado. Visões mágicas me inundam, me acordam […] -Burning Bridges.

-Gritas e ninguém parece ouvir. Danos ao cérebro.

-À distância, uma fita preta se estende até o ponto sem retorno. Um voo de fantasia em um campo varrido pelo vento. Ficando sozinho, meus sentidos tremeram. Uma atração fatal rapidamente me impede. -Aprender a voar.

-É muito atencioso da sua parte pensar em mim aqui. E agradeço por deixar claro que não estou aqui. -Jugband Blues.

– Leve seus filhos grandes para outro lado e construa para eles uma casa, um lugar pequeno para eles. O lar memorial de Fletcher, lar de tiranos e reis incuráveis. -A Casa Memorial Fletcher.

Olá? Olá Olá Há alguém aqui? Apenas acene se puder me ouvir. Tem alguém em casa? -Confortavelmente entorpecido.

-Não é estranho o quão pouco mudamos. Não é triste estarmos loucos, jogar o jogo que sabemos que terminará em lágrimas, os jogos que jogamos centenas, centenas e centenas de vezes. -Me aponte para o céu.

A vida é curta, um momento quente e a morte é um descanso longo e gelado. Você tem a oportunidade de tentar em um piscar de olhos; oitenta anos, espero, e menos ainda. -Quatro grátis.

– Você viverá muito tempo, e dará sorrisos, lágrimas que derramará e tudo o que tocar e ver será tudo o que sua vida será. Respire.

-Etapas que você deu até mais tarde, mas as acompanhou de volta como um sonâmbulo. Esperanças.

-Venha aqui querido garoto, fume um charuto. Você voará para longe, voará alto e nunca morrerá, alcançará se tratá-lo, eles o amarão. -Tenha um charuto.

-Você diz que gostaria de me ver tentar subir a colina! Escolha o local e eu vou escolher o momento e subir a colina em meu caminho […]. Deixe-o pular sobre as árvores e […] ouça o que você disse hoje. Sem medo.

Tudo que existe agora, tudo que se foi, tudo que está por vir e tudo que está sob o sol está em harmonia. Mas o sol é eclipsado pela lua. -Eclipse.

-Tenho manchas de nicotina nos dedos; Eu tenho uma colher de prata na minha corrente. […] Tenho um ar selvagem e um forte desejo de voar, mas não tenho destino. – Ninguém em casa.

-Nossos olhos cansados ​​ainda estão perdidos no horizonte. Esperanças.

–O garoto cresceu e o sonho desapareceu. -Confortavelmente entorpecido.

-Como posso escapar dessa sujeição irresistível? Não consigo tirar os olhos dos céus que circundam. Mudo e distorcido, sou apenas um desajustado com o chão pelo destino. -Aprender a voar.

– Sempre oprimido pelo desejo e ambição. Esperanças.

-Se você vai andar de skate no gelo fino da vida moderna, arrastando para trás uma reprovação silenciosa de um milhão de olhos manchados de lágrimas, não se surpreenda se uma rachadura aparecer no gelo. -O gelo fino.

– Cave esse buraco e esqueça o sol. Respire.

-Seu amor cai sobre mim tão fácil quanto a brisa. Eu ouço sua respiração e parece as ondas no mar. Eu estava pensando nela, queimando de raiva e desejo. -Tome de volta.

-Todos os anos se tornam mais curtos, nunca pareço encontrar o momento. Planos que acabam frustrados ou meio escritos, aguardando em desespero silencioso. -Tempo.

– Estranhos passando pela rua. Pelo bem do destino, dois olhares se encontram, e eu sou você e o que vejo sou eu. -Ecos.

-Não agora, John, temos que continuar com o filme. Hollywood nos espera no fim do arco-íris. Quem se importa com o que é contanto que as crianças vão. Agora não, John.

-Na montanha, vendo quem se importa, rompendo a escuridão, despertando a videira. Uma polegada de amor é uma polegada de escuridão. O amor é a sombra que amadurece o vinho. – Defina os controles para o coração do sol.

-Abra seu coração, eu vou voltar para casa. Olá.

-Você se lembra de quando você era jovem? Você brilhou como o sol. -Shine On You Crazy Diamond.

– Você deve dormir de pernas e, quando estiver na rua, deve escolher a carne mais fácil com os olhos fechados. E então, movendo-se furtivamente, contra o vento e fora da vista, você deve atacar sem pensar. -Cães.

-Além do horizonte de onde morávamos quando éramos jovens. Em um mundo de ímãs e milagres. Nossos pensamentos eram constantes e sem limites. Esperanças.

– Saia do caminho, se você quiser crescer e envelhecer. -Ovelha.

-Você pensa em passar os momentos que tornam um dia chato. Você desperdiça e desperdiça suas horas de maneira distraída, circulando em sua cidade natal, esperando alguém ou algo lhe mostrar o caminho. -Tempo.

-E se a barragem abrir muitos anos mais cedo. E sim, não há espaço na colina. E se sua cabeça também estiver cheia de sentimentos ruins, eu te vejo no lado escuro da lua. Danos ao cérebro.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies