Esta é a visão (noite e dia) dos gatos

Os gatos são animais fascinantes e misteriosos, conhecidos por sua agilidade, elegância e habilidade de caça. Uma das características mais impressionantes dos felinos é a sua visão, que difere bastante da dos seres humanos. Neste texto, vamos explorar a incrível visão dos gatos, tanto durante o dia quanto durante a noite, mostrando como eles conseguem enxergar o mundo de uma maneira única e especial.

Qual é a capacidade de visão noturna dos gatos e como ela funciona?

Os gatos têm uma incrível capacidade de visão noturna, o que lhes permite caçar e se mover facilmente em ambientes com pouca luz. Eles possuem pupilas verticais que se dilatam para permitir a entrada de mais luz, além de uma camada refletiva chamada tapetum lucidum que amplifica a luz disponível. Essas adaptações permitem que os gatos enxerguem muito bem em condições de pouca luz, tornando-os excelentes caçadores noturnos.

A visão noturna dos gatos funciona de forma semelhante à dos seres humanos durante o dia, mas com algumas diferenças importantes. Enquanto os humanos têm células sensíveis à luz chamadas cones e bastonetes na retina, os gatos possuem uma proporção muito maior de bastonetes, o que lhes confere uma visão mais sensível à luz. Isso significa que eles podem detectar movimentos e objetos em ambientes escuros com muito mais facilidade do que nós.

Além disso, os gatos têm uma visão periférica muito mais ampla do que os humanos, o que lhes permite detectar movimentos em um campo de visão de até 200 graus. Isso os ajuda a identificar presas em potencial e a se manterem alerta para possíveis perigos durante a caça noturna.

Essas adaptações tornam os gatos excelentes caçadores noturnos e os ajudam a sobreviver em ambientes com pouca luz.

Qual é a visão diurna dos gatos?

Os gatos têm uma visão diurna que é adaptada para caçar e explorar o ambiente durante o dia. Ao contrário dos humanos, eles possuem uma visão mais aguçada no escuro do que à luz do dia. Isso se deve ao fato de que seus olhos contêm mais células sensíveis à luz do que os nossos, permitindo que vejam melhor em condições de pouca luminosidade. Além disso, a estrutura da retina dos gatos é diferente da nossa, o que lhes proporciona uma maior sensibilidade ao movimento e uma melhor percepção de profundidade.

Os gatos também possuem um campo de visão mais amplo do que o dos seres humanos, o que lhes permite ver mais ao seu redor sem precisar se mover. No entanto, a sua acuidade visual é menor do que a nossa em grandes distâncias, o que significa que eles podem não enxergar tão claramente objetos distantes. Por outro lado, os gatos têm uma excelente capacidade de foco em objetos próximos, o que os ajuda a caçar presas pequenas e a se movimentar com agilidade em ambientes fechados.

Relacionado:  Como será o futuro? 5 cenários possíveis e suas consequências

Sua capacidade de foco em objetos próximos e seu amplo campo de visão os tornam excelentes caçadores e exploradores, mesmo sob a luz do sol.

Como os gatos enxergam o mundo ao seu redor? Descubra agora sua visão peculiar!

Os gatos têm uma visão única e peculiar do mundo ao seu redor. Sua visão é adaptada para caçar à noite, o que significa que eles têm algumas características visuais interessantes que os diferenciam dos humanos.

Em primeiro lugar, os gatos têm um sentido de visão noturna muito mais desenvolvido do que o dos humanos. Isso ocorre porque eles têm uma camada refletora especial em seus olhos chamada de “tapetum lucidum”, que ajuda a amplificar a luz disponível, permitindo que eles vejam melhor em condições de pouca luz.

Além disso, os gatos têm uma visão periférica muito mais ampla do que os humanos, o que lhes permite detectar movimentos ao seu redor com facilidade. Isso é útil para eles como caçadores, pois podem ver presas em potencial se aproximando de qualquer direção.

Por outro lado, a visão dos gatos durante o dia não é tão nítida quanto a dos humanos. Eles têm menos células sensíveis à luz em seus olhos, o que significa que sua acuidade visual é menor. No entanto, eles têm uma capacidade de detecção de movimento muito melhor do que a nossa, o que os ajuda a caçar com sucesso.

Sua visão noturna é muito mais eficaz do que a nossa, mas durante o dia eles dependem mais de sua capacidade de detectar movimentos para sobreviver.

Qual dos animais possui melhor visão noturna: gato ou cachorro?

Quando se trata de visão noturna, os gatos são definitivamente os campeões. Eles possuem uma estrutura ocular única que lhes permite enxergar muito bem no escuro. Os olhos dos gatos têm uma grande quantidade de células sensíveis à luz chamadas bastonetes, o que lhes permite captar até mesmo os menores movimentos no escuro.

Além disso, os gatos têm uma camada refletora atrás da retina chamada tapetum lucidum, que aumenta a quantidade de luz que entra nos olhos e melhora ainda mais sua visão noturna. Isso faz com que os olhos dos gatos brilhem no escuro quando expostos à luz.

Por outro lado, os cachorros não possuem essa mesma capacidade de visão noturna dos gatos. Eles dependem mais do olfato e da audição para se orientarem no escuro. Enquanto os gatos são caçadores noturnos por natureza, os cachorros são mais ativos durante o dia.

Eles são verdadeiros mestres em enxergar no escuro e isso faz parte de sua natureza felina.

Esta é a visão (noite e dia) dos gatos

Esta é a visão (noite e dia) dos gatos 1

Muitas pessoas optam por compartilhar sua vida com um animal de estimação, e os gatos são uma das espécies mais comuns. Esses felinos são muito populares, proporcionando companhia e carinho, embora sejam criaturas independentes, mas, curiosamente, apesar de se encaixar nos hábitos de vida dos seres humanos, eles vêem as coisas de uma maneira muito diferente. para nós.

Em muitos casos, podemos nos perguntar como esses animais percebem o mundo. Para satisfazer essa curiosidade, neste artigo, revisaremos as conclusões de vários especialistas sobre a visão noturna e diurna dos gatos .

Olho de gato

A visão é um dos sentidos mais desenvolvidos no ser humano. Embora em outras espécies animais esse sentido não seja tão importante quanto para o ser humano devido ao grande desenvolvimento da audição e do olfato, ainda é uma ferramenta importante que permite fixar e localizar os estímulos com relativa precisão.

Mas os gatos têm algumas peculiaridades nos olhos se a compararmos com a de um humano. Eles têm um número muito maior de bastões, os receptores que percebem a luz e também estão ligados à percepção do movimento, enquanto seus cones não são tão eficazes quanto os nossos e desfrutam de menos pigmento. Além disso, as ditas hastes estabelecem conexões entre elas e criam pequenos nós antes da conexão com o nervo óptico.

Outro elemento particular do olho do gato é que, após a retina, eles têm uma camada de células reflexivas chamada tapetum lucidum, o que facilita a captura de qualquer luz disponível. Também é interessante que eles tenham uma grande capacidade de dilatação pupilar, o que, por um lado, os faz capturar melhor a luz no escuro, mas, por outro lado, que em condições de alta luminosidade, eles precisam fazer um esforço para focalizar a imagem.

Eles também têm uma terceira pálpebra interna que mantém os olhos lubrificados, razão pela qual não é tão comum vê-los piscar.

  • Talvez você esteja interessado: ” Inteligência animal: as teorias de Thorndike e Köhler “
Relacionado:  Os 6 experimentos humanos mais sinistros nos EUA

Características da visão de um gato

Vimos que o olho de um gato, embora se assemelhe, em algumas coisas, ao de um ser humano, possui certas diferenças que lhe permitem ter uma capacidade visual diferente. Algumas das diferenças encontradas nas várias investigações realizadas são as seguintes.

1. Um campo visual maior que o humano

Pesquisas realizadas por vários autores refletem que o campo visual de um gato é maior do que aquele que um ser humano pode capturar. Enquanto o ser humano tem uma visão de 180º, os gatos desfrutam da possibilidade de ver em 200º .

2. visão noturna

Gatos domésticos têm uma quantidade média de paus ou fotorreceptores muito maiores que os humanos. Isso significa que, juntamente com o mencionado tapetum lucidum, eles são capazes de enxergar na escuridão ou na escuridão, especificamente até 8 vezes melhor que nós .

3. Percepção de movimento

Os olhos de um gato são muito eficazes quando se trata de distinguir movimentos, especialmente para objetos pequenos ou rápidos. No entanto, observou-se que eles acham difícil perceber movimentos muito lentos , sendo para eles algo quase estático.

4. Percepção de cores

Existe uma lenda popular de que gatos e cães são daltônicos, sendo capazes de ver apenas preto e branco. A investigação reflete o contrário; Gatos são capazes de ver em cores . No entanto, são dicromáticos e não possuem um pigmento que lhes permita ver a cor vermelha. Dessa forma, como nós, eles podem ver azul e verde. Sua visão da cor seria semelhante, então, à de um humano daltônico com protanopia.

5. Nitidez

Em situações de escuridão ou escuridão, a visão do gato é claramente superior, podendo ver com grande facilidade. No entanto, durante o dia a visão dos gatos não é tão boa , e foi visto que em circunstâncias com muita luz suas bengalas são ativadas em uma dimensão que não conseguem terminar de determinar quais são estimuladas. Assim, a nitidez da visão do gato é menor, o que os leva a ver as imagens de uma maneira um pouco desfocada.

6. Nem perto nem longe

Em geral, as características dos olhos dos gatos, seu tamanho e localização no corpo fazem com que esses gatos apresentem um campo de visão ideal entre três e seis metros. Antes de três metros, eles geralmente têm algum nível de miopia , enquanto além dos seis pode haver uma leve miopia.

Deixe um comentário