Federico Gamboa: biografia, estilo, trabalhos completos

Federico Gamboa Iglesias (1864-1939) foi um escritor, dramaturgo e diplomata mexicano. O trabalho do autor foi enquadrado no naturalismo, ou seja, foi orientado para a exposição da realidade, a partir do neutro. Ele foi um dos melhores representantes desse estilo literário em seu país.

O trabalho de Gamboa foi caracterizado por ter uma linguagem culta, precisa e ao mesmo tempo severa. Seus escritos cobriram vários gêneros, como narrativa, ensaio e teatro. Por outro lado, dedicou-se a escrever algumas memórias e uma autobiografia.

Federico Gamboa: biografia, estilo, trabalhos completos 1

Federico Gamboa, retrato de um autor desconhecido. Fonte: http://www.sre.gob.mx/acerca/images/fgamboai.jpg [Domínio público], via Wikimedia Commons

Alguns dos títulos mais destacados do escritor mexicano foram: Papai Noel, A Última Campanha e Entre Irmãos. É necessário notar que a vida de Federico Gamboa também passou entre diplomacia e política, através do exercício de várias posições dentro e fora do México.

Biografia

Anos de nascimento e infância

Federico Gamboa nasceu em 22 de dezembro de 1864 na Cidade do México, em uma família culta. As informações sobre sua família e vida pessoal são escassas, no entanto, sabe-se que seus primeiros anos ele viveu em seu país de origem e que, em 1880, ele se mudou para Nova York com seu pai por um tempo.

Gamboa Educação

As informações sobre os anos de educação de Gamboa também não são precisas. No entanto, sabe-se que parte de seu treinamento inicial ocorreu no México. Depois de concluir o ensino médio, ele começou a estudar na Escola Nacional de Jurisprudência, para se tornar um notário.

Naquele momento, Federico sofreu a perda de seu pai, e a dificuldade emocional aumentou a dificuldade econômica. Assim, em 1884, ele deixou de lado os estudos e começou a trabalhar para poder se sustentar, como secretário em um tribunal civil.

Contato com as letras

Durante o tempo em que começou a trabalhar no tribunal, Federico Gamboa também iniciou o contato com as cartas através do jornalismo. Entre 1884 e 1888, ele escreveu a coluna From my table, no jornal impresso El Diario del Hogar. No entanto, esse espaço literário não foi assinado com o nome dele, mas com o pseudônimo La corcadiere.

Gamboa no Serviço de Relações Exteriores do México

Apesar das dificuldades econômicas que lhe foram apresentadas, Gamboa era um homem determinado em cumprir seus objetivos. Em 1888, ele se matriculou no Serviço de Relações Exteriores do México (SEM), com o objetivo de iniciar uma carreira diplomática; No ano seguinte, ele publicou Del Natural. Esboços contemporâneos

Seu primeiro emprego no SEM foi como secretário. No entanto, nessa posição, durou pouco, porque logo ele foi enviado como representante para a Guatemala, quando tinha apenas 24 anos. De lá, ele passou a exercer trabalho diplomático na Argentina.

Relacionado:  Alejandro Casona: biografia, estilos, obras e frases

Entre diplomacia e literatura

Federico Gamboa alternou seu trabalho diplomático pelo literário. Depois de estar na Argentina, ele voltou ao México. Naquela época, ele escreveu The Last Campaign e Supreme Law. Já em 1896, novamente na sede do SEM, ele atuou como diretor do consulado de relações exteriores.

Mais tarde, de 1899 a 1902, ele foi enviado para a Guatemala como delegado de negócios. Quando o período da missão anterior terminou, ele foi para os Estados Unidos como secretário da comissão mexicana. Foi nessa data, 1903, quando ele publicou sua obra mais famosa: Papai Noel.

Gamboa e seu alinhamento com Porfirio Díaz

A carreira diplomática de Federico Gamboa ocorreu praticamente no terceiro período do governo do presidente Porfirio Díaz, entre 1884 e 1911. Em 1910, ele ocupou o cargo de ministro na Guatemala. Depois ele foi para o México, onde estava encarregado do Ministério das Relações Exteriores.

Federico Gamboa: biografia, estilo, trabalhos completos 2

Porfirio Díaz, presidente do México. Fonte: The Agora [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons

Logo ele foi nomeado embaixador na Bélgica e depois na Holanda. Naquela época, depois de celebrar o centenário da Independência do México, eles também o enviaram à Espanha para responder à comissão que compareceu ao festival.

Gamboa como candidato presidencial

Porfirio Díaz parou de governar em 1911, e foi precisamente Gamboa quem o recebeu na Europa. Dois anos depois, o escritor reservou missões diplomáticas para optar pela presidência da República do México, sob a representação do Partido Nacional Católico.

Federico Gamboa não foi vitorioso, mas Victoriano Huerta venceu. Depois disso, sua carreira diplomática foi menos, porque durante o governo de Venustiano Carranza ele teve que deixar o México por razões políticas. Naquela época, ele já havia se casado com María Sagaseta e os dois tiveram um filho.

Últimos anos e morte

Gamboa voltou para o México em 1919, depois de viver longe de seu país por quatro anos. Uma vez instalado, ele se dedicou a escrever e receber alguns prêmios e reconhecimentos. Ele também atuou como jornalista em jornais e jornais.

Seus últimos anos foram suas obras: O evangelista, irmãos e My Journal, Segunda Série II, 1909-1911. Sua saúde se deteriorou com o tempo e ele morreu em 15 de agosto de 1939, na Cidade do México, aos setenta e quatro anos.

Relacionado:  5 Poemas do criacionismo literário de autores conhecidos

Prêmios e reconhecimentos

– Membro estrangeiro da Real Academia Espanhola, em 14 de novembro de 1884.

– Membro da Academia Mexicana de Idiomas, desde 22 de março de 1909.

– Diretor da Academia Mexicana de Idiomas, de 1923 a 1939.

– Indivíduo Honorário da Academia Colombiana de Idiomas em 1935.

Estilo

O estilo literário de Federico Gamboa era caracterizado por pertencer ou desenvolver-se dentro do naturalismo, o que significava que seus escritos eram realistas, neutros e objetivos. Além disso, ele usava linguagem precisa, estudada, elegante e às vezes rígida e inclemente.

Federico Gamboa: biografia, estilo, trabalhos completos 3

Autobiografia publicada em 1893. Fonte: Federico Gamboa [Domínio público], via Wikimedia Commons

Quanto aos temas desenvolvidos pelo escritor mexicano, estes foram relacionados ao prazer, dor, amor e sofrimento. Por fim, Gamboa era um autor preocupado em mostrar interesse em ambientes e detalhes; Além disso, havia emoções e uma magia especial em seu trabalho

Trabalhos completos

Narrativa

– A partir natural. Esboços contemporâneos (1889).

– Aparições (data desconhecida).

– Aparições (1892). Foi uma edição apócrifa publicada em um livreto do jornal El Oeste, da Argentina.

– Lei Suprema (1896).

– Metamorfose (1899).

– Santa (1903).

– Reconquista (1908).

– A ferida (1913).

– O evangelista: romance de costumes mexicanos (1922).

Breve descrição da sua obra-prima: Santo (1903)

Foi uma das obras narrativas mais importantes e lido por Federico Gamboa, tanto que seu argumento foi adaptado para a tela grande várias vezes. A história é uma expressão de sentimentos, emoções e decisões como resultado do desespero.

Havia na novela presença de realidade ou naturalismo, onde o escritor mostrou a forte influência que ele teve sobre os Zola e Goncourt irmãos francês Emile conhecidos. Gamboa fez uso de uma linguagem expressiva, com um tom forte e às vezes sujo ou levemente sutil.

Argumento

Papai Noel contou a história de uma jovem da cidade que, devido a circunstâncias adversas em sua vida, chegou a uma espécie de casa de namoro. Sua existência foi marcada por dor, desordem, luxúria e prazer, até que uma pessoa especial apareça, mas é tarde demais.

Hipólito, um músico e pianista que se apaixonou loucamente por ela, veio à vida do Papai Noel. Embora suas intenções sejam boas, o protagonista não decide por ele. Então ela ficou doente, e ele cuidou dela. O homem sofreu a dor de vê-la morrer e o enterrou na cidade que a viu nascer.

Relacionado:  Carlos Pellicer Camera: biografia, estilo, obras, frases

Fragmento

“Papai Noel e seu paroquiano acordaram … Falou-se pouco, apenas o essencial para fugir com enxames ou insultos inchados, como se, depois de uma noite de carícias compradas que eles se lembrassem de repente o apavorassem, não houvesse nada além do eterno ódio nele. fundo separa os sexos …

Agora todos pediram para fazer parte do jogo feliz, e ele brincou, contratos onerosos foram ajustados, a caravana foi aumentada e outro calendário foi trazido, que era instável, sujo, gemido … ”.

Ensaio

– Uma dança no palácio (1884).

– O romance mexicano (1914).

– A confissão de um palácio. Ensaio sobre história nacional (data desconhecida).

Teatro

– A última campanha (1894). Gênero: Comédia.

– Divirta-se (1894). Monólogo em prosa.

– A vingança dos Gleba (1904). Drama escrito em prosa.

– Uma boa conta (1907). gênero drama.

– Entre irmãos (1925). Tragédia.

Autobiografia e memórias

– Impressões e memórias (1893).

– Meu diário. Primeira série I: 1892-1896 (1908).

– Meu I. diária Grande parte da minha vida, e algumas das outras 1892-1896 (data desconhecida).

– Meu diário. Primeira Série II: 1897-1900 (1910).

– Meu diário. Primeira Série III: 1901-1904 (1920).

– Meu diário. Grande parte da minha vida, e alguns dos outros, segunda série I: 1905-1908 (1934).

– Meu IV diária 1905-1908. Grande parte da minha vida, e alguns dos outros.

– Meu diário. Grande parte da minha vida e parte da de outros, segunda série II: 1909-1911 (1938).

– Meu diário VI. Grande parte da minha vida e alguns dos outros, 1912-1919 (edição póstuma, 1995).

– Meu diário VII. Grande parte da minha vida e alguns dos outros, 1920-1939 (edição póstuma, 1996).

Jornalismo

– Jornal Forum, revisor (1884).

– Celajes Opera (1886).

– Diario El Lunes, editor (1888).

– silhuetas (1894-1895). Coluna jornalística escrita em conjunto com Ángel del Campo no jornal El Mundo.

– Articulista e tradutor em Reforma Social (1915-1917). Revista cubana

– Articulista no jornal El Universal (1926-1939).

Referências

  1. Federico Gamboa. (2019). Espanha: Wikipedia. Recuperado de: es.wikipedia.org.
  2. Federico Gamboa. (S. f.). Cuba: Ecu Red. Recuperado de: ecured.cu.
  3. Tamaro, E. (2004-2019). Federico Gamboa. (N / a): Biografias e Vidas. Recuperado de: biografiasyvidaas.com.
  4. Ramírez, M., Moreno, E. e outros. (2019). Federico Gamboa. (N / a): pesquise biografias. Recuperado de: buscabiografias.com.
  5. Federico Gamboa. (S. f). México: Academia Mexicana de Idiomas. Recuperado de: academia.org.mx.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies