Manifestações de energia: 13 exemplos para entendê-la

Manifestações de energia: 13 exemplos para entendê-la

As manifestações de energia incluem diferentes formas dela. Alguns exemplos são luz, calor, química, mecânica, eletromagnética, acústica, gravitacional e nuclear, entre outros.

A principal fonte de energia usada pelo homem é o sol , sendo fundamental para a existência de vida na Terra e de onde a energia solar é derivada, que é acumulada por painéis fotovoltaicos e pode ser usada para diferentes usos. Outra energia é a derivada de combustíveis fósseis, usados ​​para transporte e outras atividades econômicas.

Cada forma de energia pode ser transferida e transformada. Essa condição representa um imenso benefício para o ser humano, pois ele pode gerar energia de uma maneira e levá-la de outra.

Assim, a fonte de energia pode ser o movimento de um corpo (água ou vento), essa energia passa por uma série de transformações que finalmente permitem que ele seja armazenado na forma de eletricidade que será usada para acender uma lâmpada.

Embora existam inúmeras manifestações de energia, as duas mais importantes são a cinética e o potencial.

A energia cinética é aquela derivada do movimento de qualquer corpo que tenha uma massa, que pode incluir a energia eólica, uma vez que existem moléculas de gás no ar, fornecendo energia cinética.

Energia potencial é qualquer tipo de energia com potencial armazenado e que possa ser usada no futuro. Por exemplo, a água armazenada em uma barragem para geração de energia hidrelétrica é uma forma de energia potencial.

Diferentes tipos de manifestações de energia

1- Energia química

É uma forma de energia potencial que é armazenada em alimentos, gasolina ou em algumas combinações químicas.

Alguns exemplos incluem fósforo quando aceso, a mistura entre vinagre e refrigerante para formar CO2, a quebra de barras de luz para liberar energia química, entre outros.

É importante notar que nem todas as reações químicas liberam energia. Assim, as reações químicas que produzem energia são exotérmicas e as reações que precisam de energia para iniciar e continuar são endotérmicas.

2- Energia elétrica

A energia elétrica é produzida por elétrons que se movem através de uma substância específica. Esse tipo de energia é comumente encontrado na forma de baterias e plugues.

É responsável por iluminar os espaços em que habitamos, dando potência aos motores e permitindo que nossos eletrodomésticos e objetos do cotidiano sejam ligados.

3- Energia mecânica

Energia mecânica é a energia do movimento. É a forma mais comum que encontramos em nosso ambiente, pois qualquer objeto que tenha massa e movimento produz energia mecânica.

Os movimentos de máquinas, pessoas, veículos, entre outros elementos, produzem energia mecânica.

4- Energia acústica

A energia acústica é produzida quando um objeto é vibrado. Esse tipo de energia viaja na forma de ondas em todas as direções.

O som precisa de um meio de viagem, como ar, água, madeira e até certos metais. Portanto, o som não pode viajar em um meio vazio, pois não há átomos que permitam transmitir vibração.

As ondas sonoras são transmitidas entre átomos que passam pelo som, como se fosse uma multidão de pessoas passando a “onda” no estádio. É importante notar que o som tem diferentes frequências e magnitudes, portanto, nem sempre produz a mesma energia.

Alguns exemplos desse tipo de energia incluem vozes, buzinas, assobios e instrumentos musicais.

5- Radiação eletromagnética

Radiação é a combinação de calor ou energia térmica e energia luminosa. Este tipo de energia também pode viajar em qualquer direção na forma de ondas.

Esse tipo de energia é conhecido como eletromagnético e pode assumir a forma de luz visível ou ondas invisíveis (como microondas ou raio-x). Ao contrário da energia acústica, a radiação eletromagnética pode viajar no vácuo.

A energia eletromagnética pode ser convertida em energia química e armazenada nas plantas através do processo de fotossíntese.

Outros exemplos incluem lâmpadas, brasas, resistores de forno, sol e até faróis de automóveis.

6- Energia atômica

A energia atômica é produzida quando os átomos se dividem. Dessa maneira, uma tremenda quantidade de energia é liberada. É assim que bombas nucleares, usinas nucleares, submarinos nucleares ou energia solar são produzidas.

Atualmente, as usinas nucleares são possíveis graças à fissão. Os átomos de urânio são divididos e a energia potencial contida em seus núcleos é liberada.

A maioria dos átomos na Terra é estável, no entanto, as reações nucleares alteram a identidade fundamental dos elementos químicos, tornando-os capazes de misturar seu núcleo com o de outros elementos dentro de um processo de fissão (Rosen, 2000).

7- Energia térmica

A energia térmica está diretamente relacionada à temperatura. É assim que esse tipo de energia pode fluir de um objeto para outro, pois o calor sempre se move em direção a um objeto ou meio com uma temperatura mais baixa.

Isso pode ser ilustrado quando uma xícara de chá esfria. Na verdade, o fenômeno que ocorre é que o calor flui do chá em direção ao ar do local que está a uma temperatura mais baixa.

A temperatura flui espontaneamente do corpo de temperatura mais alta para o corpo de temperatura mais baixa mais próximo, até que ambos os objetos atinjam o equilíbrio térmico.

Existem materiais que são mais fáceis de aquecer ou resfriar do que outros; dessa forma, a capacidade térmica de um material fornece informações sobre a quantidade de energia que o material pode armazenar. 

8- Energia elástica

A energia elástica pode ser armazenada mecanicamente em um gás ou líquido comprimido, um elástico ou uma mola.

Em uma escala atômica, a energia elástica armazenada é vista como uma tensão localizada temporariamente entre os pontos de ligação dos átomos.

Isso significa que não representa uma mudança permanente para os materiais. Simplificando, as juntas absorvem energia à medida que são estressadas e a liberam quando relaxam.

9- energia metabólica

Essa energia é o que os seres vivos obtêm da energia química que contém dos nutrientes. O metabolismo reúne a energia química necessária para os organismos crescerem e se reproduzirem.

10- Energia luminosa

Também conhecido como luminoso. É essa energia que gera e transporta ondas de luz, geralmente agindo como uma partícula (fótons) ou uma onda eletromagnética. Eles podem ser de dois tipos: natural (transmitido pelo Sol) ou artificial (gerado por outras energias, como a eletricidade).

11- Energia eólica

Assim, o obtido do vento, geralmente graças ao uso de moinhos de vento. É uma energia cinética que serve para produzir outras energias, como a eletricidade.

12- Energia de superfície

Refere-se ao grau de atração ou rejeição que a superfície de um material exerce em relação a outro. Quanto maior a atração, o nível de adesão será muito maior. É a energia das fitas adesivas.

13- Energia gravitacional

É a relação entre peso e altura. Refere-se ao tempo potencial em que a energia gravitacional é capaz de manter um objeto alto.

Referências

  1. Bag, BP (2017). internet. Obtido de diferentes formas de energia: solarschools.net.
  2. BBC, T. (2014). Ciência. Obtido em Formas de energia: bbc.co.uk.
  3. Claybourne, A. (2016). Formas de energia.
  4. Deb, A. (2012). Burn, um diário de energia. Obtido em Formas de Energia: Movimento, Calor, Luz, Som: burnanenergyjournal.com.
  5. Martell, K. (sf). Escolas Públicas de Needham. Obtido do Scream: needham.k12.ma.us
  6. Rosen, S. (2000). Formas de energia. Globe Fearon.
  7. West, H. (2009). Formas de energia. Rosen Publishing Group.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies