Os 14 tipos mais comuns de sushi no Japão e no Ocidente

O sushi é uma das culinárias mais populares e conhecidas do Japão, sendo também muito apreciado em diversos países do Ocidente. Existem diversos tipos de sushi, cada um com suas características e sabores únicos. Neste artigo, vamos explorar os 14 tipos mais comuns de sushi tanto no Japão quanto no Ocidente, apresentando suas variações e ingredientes tradicionais. Prepare-se para descobrir mais sobre essa deliciosa e versátil iguaria japonesa!

Conheça a variedade de sushis disponíveis e descubra qual mais combina com você.

Se você é um amante de sushi, com certeza já experimentou algumas das variedades mais comuns desse prato japonês tão popular. No entanto, você sabia que existem mais de 14 tipos diferentes de sushi no Japão e no Ocidente? Vamos explorar algumas das opções mais populares e descobrir qual delas mais combina com o seu paladar.

Um dos tipos mais conhecidos de sushi é o sashimi, que consiste em fatias finas de peixe cru servidas sem arroz. Se você é fã de peixe fresco e sabores intensos, o sashimi pode ser a escolha perfeita para você. Outra opção popular é o nigiri, que é uma bola de arroz coberta com fatias de peixe, camarão ou ovo. O nigiri é uma opção versátil e deliciosa que agrada a maioria dos paladares.

Para os amantes de vegetais, o vegetariano sushi é uma excelente escolha. Essa opção inclui ingredientes como pepino, abacate e cenoura, proporcionando uma explosão de sabores frescos e crocantes. Se você prefere um sabor mais suave e delicado, o temaki pode ser a opção ideal. Esses cones de alga recheados com arroz e ingredientes variados são uma opção prática e saborosa.

Independentemente do seu gosto pessoal, existe um tipo de sushi que combina perfeitamente com você. Experimente diferentes variedades e descubra qual delas é a sua favorita. Afinal, a diversidade de sabores e texturas do sushi é o que torna esse prato tão especial e apreciado em todo o mundo.

Qual a qualidade dos sushis japoneses?

Os sushis japoneses são conhecidos pela sua qualidade e frescor, sendo considerados uma verdadeira arte culinária. No Japão, existem diversos tipos de sushi, cada um com características únicas e sabores distintos. No Ocidente, a popularidade do sushi também cresceu, com adaptações para o paladar local.

Os sushis japoneses são feitos com ingredientes frescos e de alta qualidade, como peixe cru, arroz temperado e algas marinhas. A preparação é meticulosa e requer habilidade e experiência. Os sushis são servidos de forma simples, sem muitos acompanhamentos ou molhos, para realçar o sabor dos ingredientes principais.

Alguns dos tipos mais comuns de sushi no Japão incluem o nigiri, o sashimi, o temaki e o maki. Cada um tem sua própria apresentação e combinação de ingredientes, mas todos compartilham a mesma atenção aos detalhes e à frescura dos ingredientes.

No Ocidente, os sushis também são populares, mas muitas vezes são adaptados para o gosto local. Por exemplo, é comum encontrar sushis com ingredientes como abacate, cream cheese e molho picante. Apesar das variações, a essência da culinária japonesa ainda está presente, com foco na qualidade e na apresentação.

A atenção aos detalhes, a frescura dos ingredientes e a técnica de preparação fazem dos sushis uma verdadeira iguaria. Experimente os diferentes tipos de sushi e descubra qual é o seu favorito!

Origem do sushi: conheça por que esta iguaria é uma tradição japonesa milenar.

O sushi é uma iguaria japonesa milenar que se tornou popular em todo o mundo. Sua origem remonta ao século VIII, quando o peixe era conservado em arroz fermentado. Com o passar do tempo, o sushi evoluiu e se tornou uma das comidas mais apreciadas no Japão e no Ocidente.

Existem diversos tipos de sushi, sendo os mais comuns os nigiri, maki, sashimi e temaki. Cada um possui características únicas e sabores distintos, conquistando os paladares mais exigentes.

Os nigiri são pequenos bolinhos de arroz cobertos com fatias de peixe cru ou frutos do mar. Já os maki são rolos de arroz recheados com peixe, vegetais e algas. O sashimi consiste em fatias finas de peixe cru servidas sem arroz, enquanto o temaki é um cone de alga recheado com arroz e peixe.

Além desses, existem outros tipos de sushi como o uramaki, o gunkan e o chirashi. Cada um possui uma combinação única de ingredientes e sabores, proporcionando uma experiência gastronômica inigualável.

Independentemente do tipo de sushi escolhido, uma coisa é certa: esta iguaria japonesa milenar continuará conquistando os paladares de pessoas de todo o mundo por muitos e muitos anos.

Relacionado:  Chá de limão: 10 benefícios para a saúde

Conheça os diferentes tipos de hot existentes no mercado atualmente.

Os amantes de sushi sabem que existem diversos tipos de sushi disponíveis no mercado atualmente, tanto no Japão quanto no Ocidente. Conhecer as variações mais comuns pode ajudar a escolher qual tipo experimentar em sua próxima visita a um restaurante japonês.

Alguns dos tipos mais populares de sushi incluem o nigiri, que consiste em uma bola de arroz coberta com um pedaço de peixe cru, o sashimi, que é apenas o peixe cru sem o arroz, e o temaki, que é um cone de alga recheado com arroz e peixe.

No entanto, há também variações menos conhecidas que valem a pena experimentar, como o uramaki, que é um rolo de sushi com o arroz por fora e o nori por dentro, e o futomaki, que é um rolo de sushi mais grosso e recheado com diversos ingredientes.

Outros tipos de sushi incluem o hosomaki, que é um rolo de sushi fino com apenas um ingrediente, o gunkan, que é uma pequena porção de arroz coberta com um ingrediente como ovas de peixe, e o inari, que consiste em tofu frito recheado com arroz.

Além disso, existem o chirashi, que é uma tigela de arroz coberta com diversos tipos de peixe e frutos do mar, o oshizushi, que é sushi prensado em uma forma para dar um formato específico, e o temari, que são pequenas bolas de arroz cobertas com peixe.

Por fim, vale a pena experimentar o aburi, que é sushi levemente grelhado com um maçarico, o kaisen, que é uma tigela de arroz com frutos do mar crus, e o kimbap, que é um tipo de sushi coreano enrolado em alga com diversos recheios.

Com tantas opções disponíveis, é possível experimentar uma grande variedade de sabores e texturas ao degustar os diferentes tipos de sushi. Não tenha medo de sair da sua zona de conforto e experimentar algo novo na próxima vez que visitar um restaurante japonês.

Os 14 tipos mais comuns de sushi no Japão e no Ocidente

Os 14 tipos mais comuns de sushi no Japão e no Ocidente

Existem vários tipos de sushi , cada um com um sabor diferente e com um modo peculiar de elaboração; Neste artigo, descreverei os mais comuns. O sushi tem uma longa tradição no Japão e seu uso se espalhou ao longo da história. Apesar disso, foi apenas no século XXI que sua culinária se estabeleceu definitivamente na cultura ocidental.

A palavra sushi se refere a uma palavra japonesa que é traduzida como “arroz amargo” ou “arroz azedo”, que por sua vez vem do termo narezushi e que foi usado para evitar o processo de fermentação do arroz.

Portanto, falamos de sushi para nos referirmos ao arroz cozido. Sua própria palavra descarta a importância do peixe cru, embora muitas pessoas pensem que é uma peça fundamental nesse tipo de elaboração. 

A maneira correta de comer essa elaboração começa com o peixe com um sabor mais leve e suave, aumentando gradualmente até atingir o mais forte. Se falamos de cores, as mais sutis são as brancas, as intermediárias, rosa e as fortes, vermelhas.

Além disso, é comum acompanhar sushi com molho de soja ou mesmo wasabi, um tipo de macarrão verde e picante. Normalmente, ele já está inserido dentro da peça, embora um pouco mais possa ser adicionado de acordo com o gosto de cada uma.

Para entender completamente o sushi e tudo ao seu redor, você precisa conhecer vários termos:

  • Hashi : termo japonês que se refere aos famosos pauzinhos usados ​​para comer peixe cru.
  • Nori : uma das palavras que mais lhe podem parecer. Refere-se à alga esverdeada típica que fica preta, usada para fazer sushi.
  • Ovas : ovas de peixe que geralmente são colocadas no topo do prato. Seu sabor é salgado e adicionam uma cor e textura interessantes ao prato.
  • Makisu : esteira de bambu na qual são feitos diferentes tipos de sushi.
  • Kaiten Zushi : Certamente você já viu em mais de uma ocasião o restaurante típico, onde os clientes escolhem seu prato em uma espécie de correia transportadora. Kaiten Zushi ou “trem de sushi” é o nome pelo qual esse tipo de restaurante é chamado.
  • Itamae : Nome pelo qual o chef especialista em sushi é chamado.
Relacionado:  15 Benefícios dos Morangos para a Saúde Física e Mental

Os tipos mais comuns de sushi

Cada um dos diferentes tipos de sushi é nomeado com o sufixo zushi (por exemplo: Makizuhi, Nigirizhusi). Apesar disso, o que você verá são nomes aos quais esse sufixo foi removido devido à tradição popular.

Além disso, existem muitos outros tipos de sushis. Nesta lista, eu queria mostrar os 9 mais importantes que geralmente são encontrados em restaurantes. Estes são os mais comercializados e usuais.

1- Nigiri

O nigiri é o famoso monte de arroz com um pedaço de peixe cru em sua área superior, ao qual vários chefs adicionam wasabi entre as duas partes. Seu nome significa literalmente “sushi pressionado à mão”.

A ingestão adequada de nigiri é feita em uma única mordida. Não fazê-lo dessa maneira é bem-vindo. Se você não pode fazer uma, tente duas mordidas.

Alguns dos ingredientes mais comuns para o nigiri são polvo, enguia de água doce, enguia do mar, lula ou mesmo ovo doce.

2- Maki

Um dos mais famosos ao lado do nigiri. Seu nome se refere a qualquer tipo de sushi que é feito na forma de um rolo. Normalmente, seu preparo é feito em um makisu, sendo o arroz envolvido em uma alga ou nori e introduzindo dentro dele peixes ou vegetais como atum, pepino, cenoura ou abacate.

Outras vezes, o maki pode ser preparado em papel de soja, pepino ou mesmo ovo.

O resultado é um rolo grande que posteriormente será cortado em 6 ou até 8 peças, dependendo do tamanho.

Além disso, você também pode ouvi-lo chamado norimaki, outro de seus nomes conhecidos.

  • Hosomaki

Eles são um rolo de maki, mas em porções menores. Seu interior deve ranger, então seus ingredientes devem ser vegetais.

Eles geralmente medem cerca de 2 centímetros e meio de diâmetro

  • Futomaki

O oposto de hosomaki. São as maiores elaborações de maki que podem ser encontradas. Seu corte é mais fino devido ao seu tamanho grande – 2 polegadas de diâmetro.

No interior, é introduzido o dobro do recheio do que normalmente é feito em um maki comum.

  • Ehomaki

Traduzido como “rolinho da sorte”, esse tipo de maki é preenchido com um total de sete ingredientes, incluindo cogumelos, ovo e enguia.

Diz-se que, juntamente com o número de ingredientes, também traz sorte ao comê-lo, uma vez que o número sete é um número simbólico.

  • Gunkanmaki

Outra variedade de maki. Seu significado, “navio de guerra”, refere-se à sua forma.

Uma alga nori é cercada por uma base de arroz. Agora, na parte superior, são colocadas diferentes ovas de peixe.

  • Uramaki

Surpreendentemente, é um rolo formado para trás: arroz por fora e algas nori por dentro.

  • California roll

Variedade de maki, com caranguejo e abacate – às vezes até maionese – que foi inventada nos Estados Unidos e no Brasil.

Entre suas características, destaca-se a ausência de abacate. Você raramente encontrará abacate em um rolo da Califórnia no Japão.

  • Temaki

Sendo menos comum nos países europeus, o temaki é uma espécie curiosa de cone com cerca de quatro dedos de comprimento. É cercado por algas nori e cheio de arroz, juntamente com algum tipo de peixe cru.

Às vezes, o wasabi misturado com molho de soja é servido quando o sashimi é pedido.

3- Sashimi

Embora de acordo com a definição de sushi não seja sushi, é considerado como tal em muitos lugares. São tiras de peixe cru cortadas em fatias.

Eles podem ser consumidos sozinhos, juntamente com vários tipos de acompanhamentos, como o wasabi ou até o molho ponzu (um molho feito de soja cítrica, limão, vinagre, sahi e mirin). Estes devem ser consumidos com pauzinhos ou hashi.

Alguns dos tipos mais comuns de sashimi são salmão, lula, atum, polvo, carne de baleia, ouriço do mar, baiacu ou vieira.

4- Chirashi 

Sob a tradução de “sushi espalhado”, seu uso é menos difundido no Japão. Mesmo assim, falamos sobre chirashi para nos referirmos a um prato de arroz com uma variedade de sashimi e vários vinagre ou molhos para legumes.

Geralmente é servido em uma tigela de madeira e com um total de 9 ingredientes, embora isso possa variar de acordo com o gosto. É bastante popular em residências, pois é um dos sushis mais fáceis de fazer. É o suficiente para ter uma boa quantidade de sobras.

Relacionado:  21 bons alimentos para o fígado (dieta hepatoprotetora)

5- Inari 

O nome desse tipo de sushi se refere a uma deusa budista chamada Inari, que representa agricultura, arroz e fertilidade.

Estes são “sacos” de tofu frito recheados com arroz de vinagre. Sua criação é feita cortando algumas fatias finas do referido composto e depois fritando-as.

Legumes podem ser inseridos na sua parte superior.

6- Oshizush

De forma retangular e quadrada, sua elaboração é realizada com uma caixa de madeira da mesma forma.

Sua parte inferior é composta de arroz, enquanto diferentes vegetais e peixes são colocados na parte superior, mostrando alguma semelhança com o nigiri.

7- Nare

O peixe é estripado e lavado a princípio para preservá-lo por um total de seis meses em sal. O resultado é um odor sujo de queijo. Este sushi se destaca por seu grande valor, além de ser uma das maiores iguarias comestíveis. 

É servido cortado na forma de tiras na forma de shasimi. Também pode ser embrulhado com algas marinhas.

8- Temari

Tipo de sushi muito semelhante ao nigiri. A diferença está em seu tamanho e forma, sendo muito menor e mais arredondada.

Essa preparação é conhecida por ser tradicionalmente consumida em 3 de março, o dia da menina no Japão.

9- Chakin

Ótima maneira de apresentar shusi. É uma bola de arroz envolvida em uma camada de crepe de ovo e fechada com algas marinhas.

A maneira de fazer esse tipo de sushi é resumida cozinhando o arroz, por um lado, e criando o crepe, por outro.

O crepe é feito batendo um ovo e despejando-o sobre uma frigideira em fogo médio-baixo.

10- Anago

Anago é a palavra usada pelos japoneses para nomear enguia do mar. Geralmente é servido como sushi cozido fervendo. O termo unagi é usado para descrever a águia de água doce.

11- Kakinoha

Este tipo de sushi é caracterizado por ser embrulhado em folhas de caqui japonês. Sua origem remonta ao período Edo.

As folhas de caqui têm propriedades bactericidas, o que ajuda a preservar melhor os peixes e também melhora o sabor do sushi. Para a sua preparação, são utilizados peixes como salmão, cavala ou enguia.

12- Chimaki 

É um tipo de sushi que se caracteriza por ser enrolado em bambu, banana ou folha de cana e amarrado com igusa.

Seus ingredientes são variados e são cozidos no vapor. No Japão, é comum fazê-las em 5 de maio para comemorar o Dia das Crianças.

13- Kazari

Também conhecido como kazari makizushi, em sushi decorativo espanhol. Basicamente, são rolos de makizushi, mas os ingredientes são escolhidos para criar desenhos como flores, animais ou formas.

14- Amaebi

Em japonês, “ama” significa doce e “ebi” significa camarão. Esta palavra descreve um sushi onde camarão cru ou camarão é servido com um sabor doce.

Curiosidades

– Todo dia 18 de junho é comemorado o Dia Internacional do Sushi. Chris Demay, um apaixonado por esse alimento, propôs que um dia dedicado a esse alimento fosse marcado a partir de 2009, e foi.

– Tradicionalmente, apenas homens podiam fazer sushi. A “desculpa” significava que as mulheres tinham uma temperatura corporal mais alta que alterava o sabor do arroz quando o preparavam.

-Se você quiser aprender a fazer sushi , existem dezenas de escolas em Tóquio. De acordo com algumas dessas organizações, são necessários anos de treinamento para ser um dos melhores chefs deste prato.

– Um dos makis mais utilizados na Europa é o salmão. Curiosamente, estes são praticamente impossíveis de encontrar no país japonês. A razão? Os noruegueses introduziram salmão nos anos 80 no velho continente.

– Se você deixar o prato vazio, o cozinheiro pensará que ele não fez a quantidade de comida necessária para satisfazê-lo. Portanto, é normal deixar um pouco no prato como sinal de plenitude.

– Na sua forma original, o sushi é comido com os dedos. Os pauzinhos são para sashimi – pedaços finamente cortados de peixe.

– Se você viajar para o Japão, descobrirá que antes de começar a comer a palavra “itadakimasu” é usada, com a qual deseja um bom lucro. Então você deve lavar as mãos com uma toalha úmida.

Deixe um comentário