Quais são os planaltos do Peru? Características principais

Os planaltos do Peru são Bombón, Collao, Parinacochas, Castrovirreyna, Marcahuasi, Lucanas, Andahuaylas, Antapongo, Galeras, La Quinua, Arrieros, Chumbivilcas, Anta, Pantiacocha, Conococha, Huayllay e Marcahuasi.

Eles também são chamados de terras altas ou terras altas, e são superfícies com altitudes consideráveis ​​e ter terreno quase plano.

Quais são os planaltos do Peru? Características principais 1

Muitas dessas regiões são consideradas reservas naturais, enquanto outras são de importância histórica única porque foram o berço de importantes civilizações aborígines.

Dentre a grande diversidade de planaltos existentes no mundo, os do Peru têm como principal característica a localização entre montanhas, a maioria delas localizada no setor central dos Andes.

Os 5 principais planaltos do Peru

1- Platão Collao

Ele está localizado a uma altitude média de 3600 metros e em sua parte central, o Lago Titicaca.

Nesta região, surgiu a civilização Tiwanaku, que foi uma das primeiras a semear batatas e a domar a chama, um animal típico do antiplano. O clima pode ser difícil para a vida, pois é muito seco no verão.

2- Platô de Bombón

Também é chamado de planalto de Junín e é o segundo maior do Peru. É uma região principalmente de gado, onde está localizado o lago Junin, hoje muito afetado pela poluição.

3- Platô da Galera

A principal atração dessa região é a Reserva Nacional Pampas Galeras, cujo objetivo é recuperar e preservar a vicunha, um animal indígena adaptado aos rigores do clima dessa região.

4- Platô Marcahuasi

É uma região de grande atração turística, pois pessoas de todo o mundo vêm para ver as formações de pedra, que parecem esculpidas pela mão do homem. Está localizado a oitenta quilômetros da cidade de Lima.

A origem dessas esculturas de pedra ainda é desconhecida, e as mais visitadas são “A face do Inca” e o “Monumento à Humanidade”.

Relacionado:  Platô mexicano: características, flora, fauna, relevo

Atribuem-lhe qualidades esotéricas, cuja explicação é a energia das correntes subterrâneas.

5- Platô de Conococha

Popularmente conhecida pela lagoa de mesmo nome e pela presença de bofedales, que são pântanos altos.

Esses bofedales estão dentro da Cordilheira dos Andes e permitem a criação de importantes ecossistemas.

Diferenciação dos platôs de acordo com sua localização

Platôs andinos do norte

Eles são caracterizados por serem de menor altitude, porque constituem as áreas de maior desgaste.

Além disso, suas condições climáticas determinam maior umidade e o desenvolvimento de grandes pastagens. A amostra mais representativa desses planaltos é Jalcas de Cutervo, localizada em Cajamarca.

Platôs andinos centrais e meridionais

Esses planaltos têm uma altitude mais alta e quase todos estão localizados a mais de quatro mil metros.

Como conseqüência disso, as temperaturas são baixas e as pastagens do tipo ichu e pomacho são as mais abundantes.

Referências

  1. Plataforma educacional de recursos digitais, «Mesetas ou Altiplanos», 2016. Recuperado em 18 de dezembro de 2017 de Cienciageografica.carpetapedagogica.com
  2. «Esta é a minha montanha, este é o meu Peru», 2016. Recuperado em 18 de dezembro de 2017 de elpopular.pe
  3. Geografia do Peru Recuperado em 18 de dezembro de 2017 de peruinformation.org

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies