10 contribuições incríveis da Mesopotâmia para o mundo

A Mesopotâmia, região localizada entre os rios Tigre e Eufrates, é considerada uma das primeiras civilizações da história da humanidade. Com uma rica cultura e avançado conhecimento, os povos mesopotâmicos deixaram um legado de grandes contribuições para o mundo. Neste artigo, exploraremos 10 dessas incríveis contribuições que moldaram a história e influenciaram diversas áreas do conhecimento e da sociedade.

Principais legados da Mesopotâmia para a civilização: uma análise detalhada das suas contribuições históricas.

A Mesopotâmia, região localizada entre os rios Tigre e Eufrates, é considerada o berço da civilização. Suas contribuições para o mundo foram fundamentais e deixaram um legado duradouro que influenciou diversas áreas do conhecimento humano. Neste artigo, vamos analisar 10 das contribuições mais incríveis da Mesopotâmia para a civilização.

1. Escrita Cuneiforme: Os mesopotâmios desenvolveram um sistema de escrita conhecido como cuneiforme, que consistia em inscrições feitas em tabuletas de argila com um estilete. Esse foi um dos primeiros sistemas de escrita da história e permitiu o registro de informações importantes, como leis, tratados e transações comerciais.

2. Matemática Avançada: Os mesopotâmios foram pioneiros no desenvolvimento de conceitos matemáticos, como a numeração sexagesimal e a resolução de equações quadráticas. Eles também criaram o sistema de medidas baseado no número 60, que ainda é utilizado em unidades de tempo e círculos.

3. Lei de Hamurabi: O código de leis de Hamurabi, criado por volta de 1750 a.C., foi um dos primeiros conjuntos de leis escritas da história. Esse código estabelecia punições para diferentes tipos de crimes e contribuiu para a ideia de justiça e igualdade perante a lei.

4. Arquitetura e Engenharia: Os mesopotâmios foram responsáveis por construções impressionantes, como os zigurates (templos em forma de pirâmide), os aquedutos e os sistemas de irrigação. Suas habilidades em arquitetura e engenharia influenciaram construções posteriores em outras civilizações.

5. Astronomia e Astrologia: Os mesopotâmios fizeram observações astronômicas detalhadas e desenvolveram um calendário baseado nos movimentos dos astros. Eles também acreditavam que os planetas influenciavam a vida das pessoas, o que contribuiu para o desenvolvimento da astrologia.

6. Medicina e Farmácia: Os mesopotâmios tinham conhecimentos avançados em medicina e utilizavam plantas e ervas medicinais para o tratamento de doenças. Eles também realizavam cirurgias simples e desenvolveram técnicas de higiene que influenciaram a medicina posteriormente.

7. Comércio e Economia: A localização geográfica da Mesopotâmia, entre o Oriente e o Ocidente, favoreceu o desenvolvimento do comércio e o estabelecimento de rotas comerciais. Os mesopotâmios foram grandes comerciantes e contribuíram para o desenvolvimento econômico da região.

8. Arte e Literatura: Os mesopotâmios produziram obras de arte impressionantes, como esculturas em relevo e pinturas murais. Eles também criaram obras literárias, como o épico de Gilgamesh, que influenciaram a literatura mundial.

9. Metalurgia: Os mesopotâmios foram os primeiros a dominar a técnica de fundição de metais, como o bronze e o ferro. Eles produziam armas, ferramentas e objetos de decoração em metal, contribuindo para o avanço da metalurgia na antiguidade.

10. Educação e Sabedoria: Os mesopotâmios valorizavam a educação e o conhecimento, criando escolas e bibliotecas para o estudo e preservação de textos antigos. Eles desenvolveram a ideia de sabedoria e conhecimento como um valor essencial para a sociedade.

Em resumo, as contribuições da Mesopotâmia para a civilização foram vastas e impactantes. Seu legado cultural, científico e tecnológico influenciou diversas áreas do conhecimento humano e contribuiu para o desenvolvimento da civilização como a conhecemos hoje.

Principais invenções da Mesopotâmia: descubra as três mais relevantes da história antiga.

A civilização da Mesopotâmia, localizada entre os rios Tigre e Eufrates, foi responsável por diversas invenções e contribuições que influenciaram o desenvolvimento da humanidade. Neste artigo, vamos destacar as 10 contribuições mais incríveis da Mesopotâmia para o mundo, incluindo as três invenções mais relevantes da história antiga.

Uma das principais invenções da Mesopotâmia foi a escrita cuneiforme, um sistema de escrita em forma de cunha feito em tabuletas de argila. Essa invenção permitiu que registros fossem mantidos, contratos fossem escritos e informações fossem compartilhadas de forma mais organizada e duradoura. A escrita cuneiforme foi um marco na história da comunicação e influenciou sistemas de escrita posteriores.

Relacionado:  Modelo de Gavilán: características, etapas e exemplos

Outra invenção importante dos mesopotâmios foi o código de Hamurabi, um dos primeiros códigos de leis escritos da história. Esse código estabelecia normas de conduta e punições para crimes, garantindo uma maior organização e justiça na sociedade mesopotâmica. O código de Hamurabi influenciou sistemas legais posteriores e é considerado um marco no desenvolvimento do direito.

Além disso, os mesopotâmios foram responsáveis pela invenção da roda, que revolucionou o transporte e facilitou o comércio na região. A roda permitiu o desenvolvimento de veículos mais eficientes, como carroças e carruagens, e contribuiu para a expansão das rotas comerciais e o intercâmbio cultural entre diferentes civilizações.

Essas são apenas algumas das incríveis contribuições da Mesopotâmia para o mundo. A civilização mesopotâmica deixou um legado duradouro que influenciou diversas áreas do conhecimento humano, desde a escrita e o direito até a tecnologia e o comércio. Estudar as inovações dos mesopotâmios é essencial para compreender a história e a evolução da humanidade.

A influência duradoura da Mesopotâmia na história e cultura da humanidade.

A Mesopotâmia, considerada como o berço da civilização, teve uma influência duradoura na história e cultura da humanidade. Suas contribuições incríveis moldaram diversos aspectos do mundo em que vivemos hoje. Conheça 10 dessas contribuições que tornam a Mesopotâmia um dos locais mais importantes da Antiguidade.

1. Escrita Cuneiforme: Os mesopotâmicos desenvolveram uma forma de escrita em tabuletas de argila, conhecida como cuneiforme. Essa escrita foi uma das primeiras do mundo e influenciou o desenvolvimento de sistemas de escrita posteriores.

2. Código de Hamurabi: O famoso código de leis de Hamurabi, um dos primeiros conjuntos de leis escritas da história, estabeleceu padrões de justiça e influenciou sistemas legais em todo o mundo.

3. Sistema Numérico Sexagesimal: Os mesopotâmicos foram os primeiros a desenvolver um sistema numérico baseado no número 60, que ainda é utilizado em medidas de tempo e ângulos.

4. Invenção da Roda: A roda foi inventada na Mesopotâmia e revolucionou o transporte e a agricultura, tornando-se uma das invenções mais importantes da história.

5. Arquitetura em Ziggurats: Os mesopotâmicos construíram imponentes templos em forma de pirâmide, chamados de ziggurats, que influenciaram a arquitetura religiosa em todo o mundo antigo.

6. Astronomia e Astrologia: Os mesopotâmicos eram excelentes observadores do céu e desenvolveram conhecimentos astronômicos que influenciaram a astronomia e a astrologia em outras civilizações.

7. Sistema de Irrigação: Para lidar com as cheias e secas do rio Eufrates, os mesopotâmicos desenvolveram sistemas avançados de irrigação que permitiram o cultivo de alimentos em larga escala.

8. Comércio e Sistemas Econômicos: A Mesopotâmia foi um importante centro comercial, estabelecendo rotas de comércio que conectavam diversas regiões e influenciaram o desenvolvimento de sistemas econômicos posteriores.

9. Desenvolvimento da Metalurgia: Os mesopotâmicos foram pioneiros na metalurgia, produzindo armas e utensílios de metal que impulsionaram o desenvolvimento tecnológico da época.

10. Contribuições Culturais: A Mesopotâmia foi um centro de troca cultural, onde ideias, arte e conhecimentos eram compartilhados entre diferentes povos, enriquecendo a diversidade cultural da região e influenciando as civilizações posteriores.

Essas são apenas algumas das contribuições incríveis da Mesopotâmia para o mundo. Sua influência duradoura pode ser vista em diversos aspectos da nossa sociedade atual e sua importância na história e cultura da humanidade é inegável.

Herança cultural da Mesopotâmia: influências duradouras na sociedade contemporânea.

A Mesopotâmia, região localizada entre os rios Tigre e Eufrates, foi berço de grandes civilizações que deixaram um legado cultural significativo para a humanidade. Suas contribuições abrangem áreas como a escrita, a matemática, a arquitetura e a religião, influenciando de forma duradoura a sociedade contemporânea. Neste artigo, vamos explorar 10 incríveis contribuições da Mesopotâmia para o mundo.

1. Escrita cuneiforme: Os mesopotâmios desenvolveram um sistema de escrita em tabuletas de argila, conhecido como cuneiforme, que foi a base para muitos outros sistemas de escrita que surgiram posteriormente.

2. Código de Hamurabi: O famoso código de leis criado pelo rei Hamurabi é considerado uma das primeiras codificações de leis da história, estabelecendo princípios de justiça que influenciaram sistemas legais posteriores.

Relacionado:  Os 5 tipos de tolerância e suas características (com exemplos)

3. Sistema numérico sexagesimal: Os mesopotâmios desenvolveram um sistema de numeração baseado no número 60, que ainda é utilizado em medidas de tempo (como os 60 minutos em uma hora) e em ângulos (como os 360 graus em uma circunferência).

4. Ziggurats: As imponentes estruturas em forma de pirâmide, chamadas ziggurats, eram templos religiosos construídos pelos mesopotâmios e influenciaram a arquitetura de templos em diversas culturas posteriores.

5. Sistema de irrigação: Os mesopotâmios desenvolveram técnicas avançadas de irrigação, como o uso de canais e diques, que permitiram o cultivo de terras férteis e influenciaram práticas agrícolas em todo o mundo.

6. Astronomia: Os mesopotâmios foram excelentes observadores do céu e desenvolveram um calendário baseado nos movimentos dos astros, que influenciou calendários posteriores, como o calendário gregoriano.

7. Mitologia: As histórias e mitos mesopotâmicos, como a Epopeia de Gilgamesh, influenciaram a literatura e a religião de diversas culturas posteriores, como a bíblica.

8. Metalurgia: Os mesopotâmios foram pioneiros na metalurgia, produzindo objetos de bronze e ferro que influenciaram o desenvolvimento de tecnologias metalúrgicas em outras civilizações.

9. Comércio: A localização geográfica da Mesopotâmia, entre o Oriente e o Ocidente, a tornou um importante centro de comércio, facilitando a troca de mercadorias e influenciando rotas comerciais posteriores.

10. Religião: Os mesopotâmios desenvolveram um complexo sistema religioso, com deuses e deusas associados a diferentes aspectos da vida, que influenciou as religiões posteriores, como a mitologia grega.

Em resumo, a Mesopotâmia deixou um legado cultural rico e diversificado que continua a influenciar a sociedade contemporânea em diversas áreas. Suas contribuições nas áreas da escrita, matemática, arquitetura e religião são apenas alguns exemplos do impacto duradouro que essa civilização teve no mundo.

10 contribuições incríveis da Mesopotâmia para o mundo

Algumas das contribuições mais importantes da Mesopotâmia são a escrita cuneiforme, a roda, um surto primitivo de direitos iguais e, talvez o mais conhecido, o desenvolvimento da agricultura e pecuária.

A Mesopotâmia (um termo de origem grega que significa “entre dois rios”) era uma região localizada no Mediterrâneo, especificamente na área da Ásia Ocidental, entre os rios Eufrates e Tigre.

10 contribuições incríveis da Mesopotâmia para o mundo 1

Esta região é limitada a nordeste com as montanhas dos Zagros e a sudeste com a planície árabe, e atualmente corresponde aos territórios dos países Iraque, Irã, Síria e Turquia.

Ao contrário das civilizações mais unificadas (egípcia e grega), a Mesopotâmia era uma coleção de várias culturas unidas pela escrita e por sua atitude em relação às mulheres e seus deuses.

É por isso que, ao falar sobre a Mesopotâmia, em vez de dizer que é “a civilização da Mesopotâmia”, deve-se falar de uma região multicultural ou de uma região com várias civilizações.

De fato, a Mesopotâmia é conhecida como o berço da civilização, devido a duas grandes contribuições que surgiram na região da Suméria (Baixa Mesopotâmia) no ano 4000 aC: o nascimento da cidade e a invenção da escrita.

As 10 principais contribuições da Mesopotâmia para a humanidade

1- A cidade

10 contribuições incríveis da Mesopotâmia para o mundo 2

O desenvolvimento das cidades começou na Idade do Cobre (5900 aC – 3200 aC). Esse crescimento foi notável na região suméria, onde nasceram as cidades de Eridu, Uruk, Ur, Kish, Nuzi, Nippur e Ngirsu.

O alto nível de desenvolvimento e sistematização da agricultura (que incluía irrigação) permitiu o crescimento de grandes centros e, uma vez estabelecidas as cidades, eles conseguiram manter sua prosperidade graças ao comércio.

2- A escrita cuneiforme

O cuneiforme foi a primeira língua escrita e desenvolvida na Mesopotâmia. Este sistema de comunicação foi criado pelos sumérios entre os anos 5000 a. C. e 4000 a. C.

Esta escrita foi feita em barro; os caracteres usados ​​eram uma mistura de buracos e pequenas fatias, daí o nome cuneiforme, que significa “em forma de cunha”.

Acredita-se que a ação tenha sido inventada devido ao comércio, o que gerou a necessidade de se comunicar remotamente e manter um registro das transações comerciais que uma cidade realizou.

Relacionado:  Aglomerações urbanas: origem, características e exemplos

A escrita cuneiforme foi tão influente que se expandiu pelas civilizações da época e, mesmo após a queda da Suméria, continuou a ser usada.

3- A roda

A invenção da roda é atribuída aos mesopotâmios. Em 1922, o arqueólogo Sir Leonard Wooley descobriu os restos de dois vagões de quatro rodas no que era anteriormente a cidade de Ur; Estes constituem os veículos mais antigos encontrados até agora.

4- Agricultura e pecuária

10 contribuições incríveis da Mesopotâmia para o mundo 3

As condições das terras entre os dois rios permitiram que as aldeias, que antes eram nômades, se estabelecessem e vivessem da agricultura (favorecida pela fertilidade da terra) e do gado. É por isso que a Mesopotâmia era principalmente uma sociedade agrária.

Quanto à fazenda de gado, na Mesopotâmia era praticada a domesticação dos animais, o que favorecia seu estilo de vida sedentário.

5- Direitos iguais

Entre mulheres e homens, havia direitos iguais. As mulheres podiam ser donas da terra, divorciar-se, possuir seus próprios negócios e ser comerciantes.

6- Irrigação

O sistema de irrigação foi inventado na Mesopotâmia para poder transferir água do norte para o sul, uma vez que era uma região extremamente árida e não havia chuvas suficientes para permitir o desenvolvimento da agricultura.

Nesse sentido, os primeiros sistemas de irrigação consistiam em valas ou canais que permitiam o fluxo de uma fonte de água (um rio, por exemplo) para as lavouras.

7- Os jardins suspensos

10 contribuições incríveis da Mesopotâmia para o mundo 4

A Mesopotâmia é conhecida por seus jardins suspensos. Estes foram construídos pelo rei Nabucodonosor II (desconhecido – 562 aC) para sua esposa desfrutar. Esses jardins tinham cerca de 1300 metros de comprimento e 260 metros de altura, divididos em plataformas ou “pisos”.

Alguns historiadores explicaram que estas estavam cheias de estradas, fontes e lindas flores, todas construídas para fazer a rainha não sofrer nostalgia.

Esses jardins foram construídos por volta de 600 aC nas margens do rio Eufrates (ao sul da moderna cidade de Bagdá, no Iraque).

8- Horas de 60 minutos e minutos de 60 segundos

O legado da Mesopotâmia pode ser observado nos aspectos mais básicos da vida moderna. Por exemplo, o fato de as horas durarem 60 minutos e os minutos durarem 60 segundos é uma herança mesopotâmica. Helen Chapin Metz aponta que os sumérios acreditavam que cada deus era representado por um número.

O número 60 foi usado para representar o deus An e, portanto, foi usado como uma unidade básica para calcular o tempo.

9- Os zigurates

Os zigurates eram enormes templos construídos na Mesopotâmia, especificamente na Suméria, em homenagem a seus deuses.

Estes apresentavam vários níveis que podiam ser acessados ​​através de uma escada. No topo do edifício, os sacerdotes sumérios deixaram ofertas (comida e itens preciosos) para seus deuses.

10- Outras contribuições dos mesopotâmios

Outras contribuições dos mesopotâmicos foram astronomia, matemática, moinho de vento e o código de Hammburabi (que foi criado pelo rei da Babilônia e constitui a primeira lei escrita).

Da mesma forma, certas narrativas mesopotâmicas, como o mito de Adapa e canções poéticas sobre Gilgames, foram a base dos escritos hebraicos e do Antigo Testamento cristão.

Em resumo, as invenções da Mesopotâmia não apenas permitiram melhorar certos aspectos das civilizações antigas (como comunicação e agricultura), mas também lançaram as bases para a criação de futuras invenções.

Referências

  1. O legado da Mesopotâmia. Recuperado em 2 de maio de 2017, de qasocialstudies.wikispaces.com.
  2. Mesopotâmia Antiga Recuperado em 2 de maio de 2017, de oi.uchicago.edu.
  3. Mesopotâmia Antiga Recuperado em 2 de maio de 2017, de home.d47.org.
  4. O legado do mundo antigo, 3000 aC – 1600 aC. Recuperado em 2 de maio de 2017, de mshworldhistory10.wikispaces.com.
  5. Mesopotâmia Recuperado em 2 de maio de 2017, de ancient.eu.
  6. Nabucodonosor II. Recuperado em 2 de maio de 2017, de ancient.eu.
  7. Mesopotâmia Recuperado em 2 de maio de 2017, de 6hmesopotamia.weebly.com.

Deixe um comentário