4 atividades econômicas da serra peruana

As atividades econômicas da serra peruana podem ser encontradas nos diferentes departamentos que compõem a serra central. As condições geográficas predominantes, como o tipo de solo, o clima ou até a mesma altura, fizeram com que as principais atividades econômicas nessa área fossem agrupadas em três grandes grupos: atividade de mineração, produção artesanal e atividade Agricultura

A Serra do Peru atinge toda a orla da Cordilheira dos Andes, atravessando todo o território nacional, de sul a norte. O clima da região varia de semi-árido, sub-úmido, temperado a gelado. Esta grande área constitui 28,1% de todo o território do Peru.

4 atividades econômicas da serra peruana 1

Fonte: Emmanuel DYAN de Paris, França [CC BY 2.0 (httpscreativecommons.orglicensesby2.0)], via Wikimedia Commons
A Serra do Peru oferece as vistas mais espetaculares das montanhas e geleiras cobertas de neve da região, uma vez que possuem a maior concentração delas. Os incas veneravam e respeitavam, pois para eles era sagrado. Por isso, eles decidiram construir Machu Picchu, a cidade sagrada, cercada por aqueles impressionantes picos nevados.

Principais atividades econômicas da Sierra del Perú

As montanhas são diferentes em termos de história, cultura, topografia, clima, atividade econômica e assentamento populacional. Seu clima é mais difícil, sua topografia mais fraturada, a terra mais escassa e a produção mais arriscada do que em outras partes do Peru.

O clima no planalto central e sul é mais seco, o terreno é muito íngreme e a paisagem não tem árvores.A flora e a fauna são escassas e as que sobreviveram são nativas dos Andes. Poucos pássaros vivem nesta área, pois não existem árvores.

O produto interno bruto (PIB) da Serra é de aproximadamente 22% do PIB nacional. Isso é representado principalmente pela produção primária de metal de mineração, uma contribuição sem a qual sua presença na economia nacional seria quase fantasmagórica.

Relacionado:  Cheque certificado: características, vantagens e exemplo

O crescimento anual do PIB da Serra entre 1970 e 1996 foi de apenas 1,9% e apenas cerca de 0,6% em termos de renda per capita.

A economia, tanto no emprego quanto na produção, não sofreu grandes mudanças. Somente a produção agrícola sofreu um ligeiro aumento.

Atividade de mineração

As terras altas do Peru possuem numerosos recursos de mineração. Foi determinado que, juntamente com a formação da serra peruana, desde o final do período cretáceo, ocorreu intensa mineralização principalmente nas áreas mais altas do relevo.

Isso forma a base do patrimônio em recursos de mineração, principalmente os polimetálicos.

Dentro da atividade de mineração estão um centro de mineração e um centro metalúrgico, ambos de renome, localizados em Pasco e Junín, respectivamente.

Centro de mineração

O centro de mineração é conhecido como “Cerro de Pasco”. Está localizado em diferentes províncias do departamento de Pasco. É um centro de mineração com uma grande variedade de empresas envolvidas.

Entre os principais metais preciosos explorados estão prata, cobre, zinco, chumbo, molibdênio e tungstênio.

Centro metalúrgico

O centro metalúrgico é chamado “La Oroya”. Neste centro são extraídos diferentes metais preciosos, como zinco, chumbo ou cobre.

-Atividade agrícola

A cordilheira é habitada principalmente por descendentes nativos dos incas, que mantiveram muitas de suas tradições e modo de vida. Eles trabalham a terra cultivando batatas, olluco, quinoa e usam os lhamas da mesma maneira que os incas.

A agricultura da Serra é mais orientada para a subsistência. Os rendimentos e o uso da tecnologia são mais baixos e os riscos de produção são mais altos.

A agricultura na Serra é geralmente tradicional e com pouca produtividade, principalmente devido às condições em que as terras são trabalhadas, exceto no Vale do Mantaro e em algumas áreas de Junín, Puno e Ayacucho.

Relacionado:  Sociedade de economia mista: características, como são criadas, exemplos

Os agricultores da Serra não têm uma orientação científica e técnica, pois continuam usando as mesmas ferramentas agrícolas tradicionais, como a picareta, a pá, etc.

Produção agrícola

Dentro da atividade agrícola está a produção de grãos, leguminosas e vegetais típicos da região.

No que diz respeito aos grãos, os mais importantes são café e chá. Ambos são de excelente qualidade e com grande notoriedade internacional. Esses grãos são semeados principalmente na região de Pasco.

As leguminosas e os vegetais que são semeados e colhidos são os originários das terras altas: espigas de milho, batata doce, batata, trigo, cebola, etc.

Com exceção das batatas e do milho branco, os principais produtos da serra, como lã, fibra de alpaca, carne bovina e ovina, leite, trigo e cevada, são altamente comercializáveis.

No entanto, eles foram afetados pelo declínio nos preços mundiais de longo prazo das commodities agrícolas e pela liberalização do comércio.

A concorrência nos mercados urbanos por produtos importados ou substitutos dos produzidos localmente também tem sido importante.

Pecuária

Em relação ao gado, em Junín, Arequipa e Cajamarca, o gado é criado. Por outro lado, porcos e ovelhas são criados no centro e ao sul da Serra. A criação de camelídeos é realizada nas regiões mais altas.

Deve-se lembrar que a criação de gado camelídeo na América do Sul, desenvolvida por uma razão econômica, ainda é patrimônio exclusivo da Bolívia e do Peru.

O atual apogeu da exportação de fibras de vicunha e alpaca iniciou um gado mais técnico.

A truta é capturada nos rios encontrados na região da Serra. Os incubatórios de trutas foram montados como uma maneira de aumentar a produção de peixes pequenos, que são jogados em lagos e rios. Peixe-gato e pejerreyes são capturados nas águas do lago Titicaca.

Relacionado:  Política Monetária Expansiva: Recursos e Benefícios

Atividade de artesanato

A produção artesanal baseia-se nos variados artesanatos, vendidos em feiras de artesanato. Estes são produzidos pelos habitantes das regiões acima mencionadas da Serra peruana.

-C Atividade culinária

Além disso, há atividade culinária. Graças ao grande número de animais na Serra, foi gerado o desenvolvimento de uma boa amostra culinária típica desta região.

Essa atividade está entre as atividades econômicas menores, pois esse setor ainda não foi adequadamente explorado.

Referências

  1. Descubra o Peru (2018). Cordilheira dos Andes ou Serra. Retirado de: discover-peru.org.
  2. Grupo Cssc (2009). Atividades Econômicas | Sierra Central Peru. Retirado de: grupocssc.wordpress.com.
  3. O Popular (2013). Esta é a minha montanha, este é o meu Peru. Retirado de: elpopular.pe.
  4. Peru dos meus amores (2012). Atividades econômicas no Peru. Retirado de: actividadeconomicaperu.blogspot.com.
  5. Banco Mundial (2002). Uma estratégia de desenvolvimento rural para a serra peruana. Retirado de: web.worldbank.org.
  6. Luis Alberto Oliveros Lakoma (2018). A Sierra del Perú Tem futuro? CGP Retirado de: cgp.org.pe.

Deixe um comentário