50 perguntas profundas para refletir sobre a vida

50 perguntas profundas para refletir sobre a vida 1

Desde o início dos tempos, a humanidade sempre fez perguntas .

Muitas vezes nos perguntamos como e por que incontáveis ​​coisas, capazes de lidar com como e por que certos fenômenos ocorrem (por que chove ou troveja ou por que escurece à noite), mesmo quanto ao significado ou A origem do nosso próprio ser.

Embora alguns deles já tenham uma resposta, muitos sempre foram objeto de debate e reflexão. É por isso que, a fim de convidar e favorecer a capacidade de introspecção e gerar debate e aprofundamento de nossas crenças mais pessoais, ao longo deste artigo, proporemos 50 questões profundas para refletir sobre a vida .

Cinquenta perguntas profundas para refletir e pensar

Então deixamos você com cinquenta perguntas que nos permitirão refletir profundamente sobre o que valorizamos e o significado que damos aos diferentes aspectos da vida.

  • E também: “156 perguntas embaraçosas (para seus amigos ou seu parceiro)”

1. quem é você

Uma pergunta aparentemente simples, mas que pode ser muito difícil de responder. E não basta responder com o nosso nome, mas é necessário refletir e tentar descobrir qual é a nossa essência e o nosso papel no mundo.

2. Por que você está aqui?

Pensar nas razões pelas quais estamos vivos, a razão pela qual viemos ao mundo, implica basicamente pensar em quais são nossas metas e objetivos mais profundos.

3. Para onde você está indo?

Essa questão nos permite avaliar quais são as repercussões de nossas ações e as consequências de longo prazo de nosso modo de vida, ou seja, que futuro estamos fazendo.

4. Para onde você gostaria de ir?

Pode parecer redundante em relação ao anterior, mas a verdade é que uma coisa é o caminho que seguimos e outra que gostaríamos de seguir. Refletir sobre quais são nossos objetivos e a distância entre eles pode nos ajudar a lutar para chegar o mais longe possível aos nossos sonhos.

5. Quanto você valoriza os outros?

Muitas vezes subestimamos a importância que os outros têm em nossas vidas. É por isso que não custa refletir sobre a relevância de nossas interações e relacionamentos com nossos entes queridos e do valor que damos a eles.

6. Se você morresse amanhã, como viveria hoje?

Essa pergunta, embora relativamente frequente, permite refletir sobre o que realmente valorizamos e quais ações, motivações e atividades realmente gostaríamos de realizar.

7. Você acredita em si mesmo?

Uma das principais chaves para alcançar o que nos propusemos a fazer é nem mais nem menos do que acreditar que somos capazes disso. E, em muitos casos, a verdade é que podemos não saber ou desconsiderar o que pensamos de nossas próprias habilidades. É por isso que vale a pena perguntar se acreditamos em nós mesmos, a razão da resposta e, se não, o que devemos fazer para obtê-la.

8. Quais são as suas “dívidas” ou auto-demandas?

Muitas vezes encontramos pessoas que exigem continuamente ser perfeitas ou melhores, algo que pode gerar um grande sofrimento. No entanto, cada um de nós tem suas próprias auto-demandas ou “dívidas”, que podem ser mais ou menos realistas e / ou rígidas. Levá-los em consideração é uma boa maneira de conhecer a si mesmo e qual é a nossa maneira de ver nossa própria vida.

9. O que faz você vibrar?

É necessário refletir sobre o que realmente gostamos e tentar implementá-lo ou introduzi-lo em nossas vidas, caso contrário, poderíamos estar vivendo uma rotina, uma vida agradável e falta de emoção. Se não tivermos uma resposta, talvez devamos começar a experimentar diferentes tipos de atividades até encontrar algo que realmente nos motive.

9. A felicidade é algo que é buscado ou que é encontrado?

Muitas pessoas procuram constantemente ser felizes, de maneira compulsiva e como se isso fosse algo que deve ser perseguido para alcançá-lo. No entanto, vale a pena refletir se realmente temos algo a procurar ou se é realmente algo que surge quando desfrutamos das pequenas coisas da vida cotidiana.

10. O que você mais teme?

Refletir sobre o que nos motiva e o que queremos é algo fundamental para aprender e entender vários aspectos de nossas próprias vidas. Mas também o que temos medo é muito revelador, ser capaz de aprender conosco mesmos, lidar e preparar estratégias para evitar os temidos ou aprender a enfrentá-los de maneira adaptativa.

Relacionado:  As 24 melhores frases de Demócrito, filósofo grego

11. Existe algo que você gostaria de fazer, mas não se atreve?

Dizem que o que mais lamentamos é o que queremos fazer, mas não fazemos. Nesse sentido, temos que levar em conta o que gostaríamos de fazer, avaliar o motivo da resistência e tentar superar obstáculos ou reajustar nossas expectativas ou intenções, caso isso seja realmente impossível.

12. Que marca você deseja deixar neste mundo?

Uma questão mais profunda do que parece, uma vez que nos faz refletir sobre nosso papel e ações no mundo e o que gostaríamos de contribuir com o tempo limitado que temos nele.

13. O que é importante para você?

Nossos valores e crenças são uma parte fundamental de nossa maneira de ver o mundo. Não devemos deixar de lado o que valorizamos, por mais que as responsabilidades e o dia-a-dia dificultem o contato.

14. Até que ponto as expectativas dos outros influenciam seu comportamento?

Nossa família, nossa sociedade e até nossa cultura têm certas expectativas sobre nós. Muitas das coisas que consideramos desejáveis ​​e até exigimos são impostas de fora. Mas é realmente o que queremos?

15. Você prefere inovar ou seguir o caminho estabelecido?

Ao longo de nossas vidas, estamos adquirindo um grande número de aprendizados , de nossas experiências e do que outros fizeram ou descobriram antes. Para muitas das atividades que realizamos diariamente, existem inúmeras etapas e procedimentos que nos dizem como realizá-las. No entanto, às vezes podemos criar e inovar, propondo novas maneiras de alcançar os mesmos objetivos. Vale a pena refletir se cada um de nós tem uma tendência a seguir as etapas predefinidas ou se prefere tentar gerar uma nova maneira ou procedimento, sendo as duas opções igualmente válidas.

16. Você está satisfeito consigo mesmo?

Eu gostei de mim mesmo? Uma pergunta importante que nos fala sobre nosso autoconceito e auto-estima, cuja resposta às vezes nos incomoda e nos leva a pensar por que estamos ou não satisfeitos e o que fazer com isso.

17. Se você pudesse mudar apenas uma coisa na realidade, o que mudaria?

O mundo e a realidade em que vivemos contêm mais de um mistério e fenômeno que não podemos entender, e alguns deles podem ser insuportáveis. Refletir sobre a resposta a essa pergunta nos ajuda a entender quais aspectos da realidade e de nossa vida nos preocupam.

18. O que você gostaria que eles dissessem sobre você no seu funeral?

Algum dia todos nós vamos morrer. E mesmo que não seja algo em que apenas pensemos, todos queremos que nossa passagem pela vida tenha valor. Os que nos rodeiam nos cercaram ou nos cercarão no futuro, o que eles podem dizer sobre nós? Será que eles sentirão nossa falta e se lembrarão de nós como algo positivo? O que teríamos que fazer para que eles nos considerassem da maneira que queríamos?

19. Se você pudesse voltar no tempo, mudaria alguma coisa ou deixaria tudo como está?

Todos nós temos um passado, no qual pode haver coisas boas, mas também ruins e cheias de dor. No entanto, tudo o que vivemos, mesmo as experiências mais difíceis, nos trouxe ao momento presente. Mudaríamos o passado ou escolheríamos aceitá-lo e tentar viver com o que tivemos que viver?

20. Como você controla o curso de sua vida?

Essa pergunta nos leva a avaliar se realmente temos as rédeas de nossas próprias vidas e se estamos cumprindo ou pelo menos avançando em direção aos objetivos que nós mesmos escolhemos.

21. O que é amor?

Dizem que o amor é uma das maiores forças que movem o mundo. No entanto … o que é isso para nós? Como a vivemos Acreditamos nele

22. Já existe um destino escrito ou o criamos com nossas ações?

Nosso futuro pode ser desconhecido para nós, mas, ao longo da história, muitas pessoas debateram se o futuro já é determinado ou se, pelo contrário, somos nós que o decidimos e o criamos com base em nossas ações e nossas ações. vontade.

Relacionado:  60 frases de amor para o seu namorado (ou marido)

23. Qual foi a maior conquista da sua vida?

Uma pergunta fácil de fazer, mas não tão fácil de responder. Trata-se de pensar e procurar o que é, entre tudo o que fizemos em nossas vidas, realmente parece mais relevante e meritório.

24. Qual é o seu maior erro?

Tão importante quanto saber reconhecer conquistas é fazer o mesmo com falhas e erros. Isso nos permite crescer e aceitar que não somos perfeitos, que podemos errar e ter defeitos e que somos igualmente válidos, apesar (e em parte graças a) deles.

25. O que você aprendeu com seus erros?

Embora poucas pessoas gostem de cometer erros, a verdade é que são oportunidades para aprender e modificar nosso comportamento e pensamento.

26. Se você pudesse começar do zero, o que faria?

Nossas decisões e ações fazem parte de nossa vida e suas consequências podem nos afetar tanto para o bem quanto para o mal. No entanto, é relevante refletir sobre o que faríamos ou que tipo de vida levaríamos se recomeçássemos.

27. Qual é a primeira pessoa que você pediria conselhos sobre uma questão de vida ou morte?

Uma pergunta que nos permite focar e perceber quem consideramos dignos de confiança, bem como o tipo de pessoa que achamos realmente sábia.

28. Você vive ou sobrevive?

Eu tenho uma existência completa ou apenas vivo e permaneço vivo? No segundo caso: o que devo fazer para tornar minha vida cheia?

29. Você viveria para sempre se pudesse?

A imortalidade é há séculos algo que grande parte da humanidade deseja. É lógico não querer morrer e, de fato, poucas pessoas realmente querem fazê-lo. Agora, aceitaríamos viver uma vida sem fim, mesmo que tudo e todos que antes eram importantes para nós desaparecessem?

30. Qual é o significado da vida?

Talvez uma das perguntas mais frequentes nos debates sobre a existência seja o significado disso. Essa é uma pergunta muito difícil de responder, e a verdade é que não há resposta correta ou incorreta. A resposta depende única e exclusivamente da visão de cada pessoa e para a qual ela orienta sua vida.

31. O que o conceito de liberdade implica?

A liberdade é um direito que todos devemos ter. No entanto, embora pareça um conceito geral que todos usamos com frequência, a verdade é que, para cada um de nós, possui algumas nuances e implicações específicas. Refletir sobre o que esse conceito significa para si mesmo implica refletir sobre um dos valores mais valorizados pela humanidade.

32. Do que você seria capaz em uma situação limítrofe?

Esta questão não pode ser respondida com leviandade, mas é uma reflexão que pode ser interessante para se conhecer melhor e levar em conta a força de nossos valores e crenças.

33. Existe algo que você nunca seria capaz de fazer?

Semelhante ao anterior, neste caso, trata-se de refletir sobre quais são nossos limites e quais linhas nunca atravessaríamos, com base em nossas circunstâncias, crenças e valores.

34. O que é a vida?

A grande questão, que só pode ser respondida com base na subjetividade de cada um de nós. O que é viver? O que podemos considerar um ser vivo?

35. Você tem medo de morrer? Que atitude você tem em relação à morte?

A morte é um conceito misterioso. É o fim de tudo o que se sabe, e ninguém sabe se realmente há algo além disso. É natural que a incerteza e a chegada do fim possam gerar medo e pavor. Mas também é verdade que outras pessoas veem isso como parte da vida com a qual não deveriam se preocupar até que ela chegue.

36. O que machucaria perder mais?

Uma pergunta que nos faz refletir sobre o que valorizamos na vida, algo que às vezes não temos e às vezes tomamos como garantido.

37. Você sai da sua zona de conforto?

Todos temos uma série de hábitos e ambientes em que nos sentimos mais confortáveis ​​e seguros. No entanto, não podemos permanecer nele continuamente ou ficaremos estagnados e não podemos nos desenvolver. Então, conseguimos sair disso o suficiente?

Relacionado:  56 frases de luto para enfrentar a perda

38. O que você mais sente gratidão na vida?

Refletir sobre a nossa existência às vezes inclui reconhecer os aspectos pelos quais nos sentimos mais gratos. Isso diz muito sobre nós mesmos e nossa perspectiva quando se trata de focar nossas vidas.

39. O que os conceitos de honra e honestidade significam para você?

Embora nos últimos tempos parte da sociedade pareça vê-los como algo ultrapassado, pouco adaptativo e típico dos tempos passados, a honra e a honestidade são consideradas grandes virtudes há séculos e hoje ainda são dignas de respeito por muitos. O significado que cada um lhes dá pode variar bastante, e refletir sobre isso pode levar a pensar em valores próprios e em nosso ambiente e cultura.

40. Até que ponto o nosso passado é importante?

As experiências que vivemos ao longo de nossas vidas nos trouxeram até agora e tiveram algum efeito sobre nós. É útil valorizar e aprender com o nosso passado. Agora, esse passado nos limita a ser ou agir de uma certa maneira no presente ou, pelo contrário, é apenas o nosso ponto de partida?

41. Como você vê o seu futuro?

Projetar no tempo é uma maneira de refletir sobre o que queremos alcançar na vida ou o que acreditamos que vamos acabar tomando, de tal forma que nos permita refletir sobre os possíveis passos que podem nos levar a isso.

42. Existe algo em si que você mudaria?

É relativamente fácil para a maioria das pessoas localizar alguns aspectos de nossa pessoa que são tremendamente insatisfatórios e, se pudermos, gostaríamos de mudar. Pode ser algo físico ou, mais frequentemente, um traço de personalidade que nos causa dificuldades.

43. Qual é a sua melhor qualidade?

Refletir sobre as forças e virtudes de uma pessoa nos permite trabalhar para capacitar e otimizar nossas qualidades .

44. Você gostaria de ser perfeito?

Muitas pessoas vivem suas vidas tentando ser o melhor e alcançar a perfeição pessoal e profissional, algo impossível. No entanto, deve-se ter em mente que, se essa perfeição fosse realmente alcançada, não haveria mérito ou motivação para se esforçar para fazer as coisas. Além disso, a imperfeição é o que nos torna humanos, e pode ser antinatural, chato e pouco atraente ser perfeito.

45. Quem você gostaria de ser a última pessoa que viu antes de morrer?

As pessoas mais importantes para nós são aquelas que gostaríamos de ter ao nosso lado nos piores momentos. Talvez nosso parceiro, nossos pais ou irmãos ou nossos filhos sejam algumas das respostas mais comuns, mas isso depende de cada pessoa.

46. ​​Você vive e vive de acordo com o que acha certo?

Embora o conceito de correção varie de pessoa para pessoa, geralmente é muito importante agirmos de acordo com nossas convicções, pois, caso contrário, entraremos em uma dissonância cognitiva que nos causará sofrimento e desconforto.

47. Que momento da sua vida o marcou mais?

Há momentos que podem mudar nossas vidas, marcando-nos para sempre. Refletir sobre isso é útil para identificar as situações que nos causaram grandes mudanças, sejam positivas ou negativas, a fim de aprimorar ou combater os efeitos que possam ter tido sobre nós.

48. Quem você admira?

Essa pergunta pode parecer simples e superficial, mas respondê-la envolve uma reflexão sobre quais aspectos ou elementos dessa pessoa valorizamos e em que grau nos identificamos com ela, sendo esses aspectos relevantes em nossa concepção de vida.

49. Você tem a consciência limpa?

Uma reflexão sobre essa questão fundamental nos ajuda a avaliar se estamos em paz conosco, temos contas pendentes ou nos censuramos por algo que fizemos ou provocamos. Também é possível que estejamos atribuindo responsabilidades que não nos pertencem ou que maximizemos ou minimizemos sua importância.

50. O que nos torna quem somos?

Independentemente de como somos ou de como nos vemos ou do mundo, reconhecer e identificar o que nos torna quem somos é uma tarefa muito mais complexa do que parece.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies