7 Costumes e tradições de Guanajuato (México)

Guanajuato, no México, é conhecido por suas ricas tradições e costumes que refletem a história e a cultura do povo local. Entre os costumes mais marcantes estão as festas religiosas, como a celebração do Dia dos Mortos, a Semana Santa e a Festa de Nossa Senhora de Guanajuato. Além disso, os habitantes locais também mantêm a tradição de danças folclóricas, como a Dança de los Viejitos e a Dança de los Moros y Cristianos. Outro costume importante é a gastronomia tradicional, com pratos típicos como as enchiladas, os chiles en nogada e o pozole. A arquitetura barroca e as ruas de paralelepípedos também fazem parte das tradições de Guanajuato, assim como a produção artesanal de objetos de cerâmica e prata. Por fim, o Festival Internacional Cervantino, que acontece anualmente na cidade, é uma das tradições mais importantes de Guanajuato, reunindo artistas de todo o mundo para celebrar a cultura e as artes.

Significado de Guanajuato: descubra o significado por trás desse nome histórico mexicano.

Guanajuato é um estado localizado na região central do México, conhecido por sua rica história e cultura. O nome “Guanajuato” tem origem na língua purépecha, e significa “lugar montuoso de rãs”. Esse nome foi dado devido à topografia montanhosa da região e à abundância de rãs que habitavam as áreas próximas aos rios e lagos.

Além do significado por trás de seu nome, Guanajuato também é famoso por suas tradições e costumes únicos, que refletem a rica herança cultural do estado. Aqui estão 7 costumes e tradições de Guanajuato que você deve conhecer:

1. Festival Internacional Cervantino: O Festival Internacional Cervantino é um dos eventos culturais mais importantes do México, celebrando a obra do escritor espanhol Miguel de Cervantes. Durante o festival, Guanajuato se enche de música, dança, teatro e exposições de arte de todo o mundo.

2. Callejoneadas: As callejoneadas são desfiles tradicionais que acontecem nas ruas estreitas e sinuosas de Guanajuato. Os participantes caminham pelas ruas, cantando músicas tradicionais e contando histórias enquanto param em bares locais para degustar a tradicional bebida local, o mezcal.

3. Día de los Muertos: Assim como em todo o México, o Día de los Muertos é uma das festividades mais importantes em Guanajuato. Durante esse dia, as famílias se reúnem para honrar seus entes queridos falecidos, decorando altares com oferendas de comida, flores e fotografias.

4. La Alhóndiga de Granaditas: Este edifício histórico em Guanajuato desempenhou um papel crucial na luta pela independência do México. Hoje em dia, é um museu que preserva a história do estado e da nação.

5. Minería: A mineração foi uma atividade econômica fundamental em Guanajuato durante séculos. Hoje, os vestígios dessa tradição podem ser vistos em antigas minas e museus dedicados à história da mineração na região.

6. Comida tradicional: Guanajuato é conhecido por sua rica culinária, que inclui pratos tradicionais como enchiladas mineras, chiles en nogada e pozole. Experimentar a comida local é uma parte essencial da experiência cultural em Guanajuato.

7. Artesanato: O artesanato em Guanajuato é uma expressão viva da cultura local, com produtos feitos à mão que refletem a rica tradição artesanal do estado. Os visitantes podem encontrar peças únicas, como cerâmicas, tecidos e joias, em mercados locais e lojas de artesanato.

Explorar os costumes e tradições de Guanajuato é mergulhar na rica história e cultura deste estado mexicano. Desde festivais coloridos até pratos deliciosos, há muito para descobrir e apreciar em Guanajuato.

Relacionado:  Instituições sociais: emergência, características, funções, exemplos

Descubra as atrações imperdíveis de Guanajuato e saiba como aproveitar ao máximo sua estadia.

Guanajuato, no México, é uma cidade vibrante e cheia de tradições únicas que encantam seus visitantes. Além das belas paisagens e arquitetura colonial, a cidade oferece uma série de costumes e tradições que refletem a rica cultura mexicana. Aqui estão 7 costumes e tradições de Guanajuato que você não pode deixar de conhecer durante sua estadia.

1. Calacas y Catrinas: Durante o Dia dos Mortos, Guanajuato se enche de calacas y catrinas, representações esqueléticas coloridas que simbolizam a celebração da vida e da morte. Não deixe de visitar o mercado de artesanato para encontrar essas figuras tradicionais.

2. Callejoneadas: Uma tradição única de Guanajuato são as callejoneadas, passeios noturnos pelas ruas estreitas da cidade acompanhados por músicos e estudantes caracterizados. Esses passeios são uma ótima maneira de conhecer a história e a cultura local.

3. Festival Internacional Cervantino: Todos os anos, Guanajuato recebe o Festival Internacional Cervantino, um dos maiores festivais de arte e cultura do México. Durante o evento, a cidade se enche de música, dança, teatro e exposições de arte.

4. Alfeñiques: Os alfeñiques são doces tradicionais de Guanajuato feitos de açúcar e amêndoas. Durante o Dia dos Mortos, é comum encontrar esses doces em formatos de caveiras e esqueletos, decorando as oferendas aos mortos.

5. Minas de Guanajuato: As minas de Guanajuato são uma parte importante da história e da cultura da cidade. Faça um tour pelas minas para aprender mais sobre a extração de prata e a vida dos mineiros.

6. Plaza de la Paz: A Plaza de la Paz é o coração de Guanajuato, onde os moradores se reúnem para relaxar, socializar e apreciar a arquitetura local. Não deixe de visitar a praça durante sua estadia.

7. La Estudiantina: A La Estudiantina é um grupo musical tradicional de Guanajuato, formado por estudantes da Universidade de Guanajuato. Assista a uma de suas apresentações para vivenciar a alegria e a energia da música mexicana.

Com essas dicas, você estará pronto para mergulhar na cultura e nas tradições de Guanajuato e aproveitar ao máximo sua estadia nesta cidade encantadora.

7 Costumes e tradições de Guanajuato (México)

Alguns costumes e tradições de Guanajuato são algumas datas importantes, roupas, danças e pratos gastronômicos muito típicos de Guanajuato.

Seus costumes e tradições superam os sete que mencionaremos, no entanto, esses são os mais populares e constituem uma parte fundamental de sua identidade.

7 Costumes e tradições de Guanajuato (México) 1

Guanajuato, México

Guanajuato é um dos 32 estados que compõem os Estados Unidos do México. É formada por 46 municípios e sua capital é a cidade colonial de Guanajuato, declarada Patrimônio Cultural da Humanidade (Governo do Estado de Guanajuato, 2017). A cidade mais populosa do estado é León.

Está localizado no centro da República Mexicana e faz fronteira ao norte com o estado de San Luis de Potosí ao norte, Michoacán ao sul, ao oeste com Jalisco e ao leste com Querétaro.

Sua posição geográfica faz com que tenha clima semi-seco, temperado e semi-quente. Possui duas bacias hidrológicas que irrigam o Estado Lerma Santiago e Panuco-Tamesí.

Principais costumes e tradições de Guanajuato

As tradições e costumes mais representativos do Estado de Guanajuato estão fortemente ligados às celebrações religiosas de alguns santos e incluem alguns pratos gastronômicos representativos da região.

Relacionado:  Os 10 alimentos mais comuns derivados do milho

Por outro lado, cada cidade e município tem suas próprias celebrações.

1- Sexta-feira de Dolores

A última sexta-feira da Quaresma é celebrada antes da Semana Santa, em homenagem à Virgem de Dolores, padroeira dos mineiros.

Esse dia comemora as 7 dores que a Virgem Maria viveu durante a paixão e a morte de seu filho Jesus Cristo (Quanaxhuato, 2017).

Altares grossos de flores e velas acesas são levantados e água ou neve (sorvete) que simbolizam as lágrimas de Maria são distribuídas (Quanaxhuato, 2017). É costume dar flores para as mulheres.

Acredita-se que esse costume tenha se originado no século XVII por iniciativa dos irmãos franciscanos, que durante a Semana Santa ergueram altares em sua homenagem nas ruas e fora dos hospitais.

2- Celebração da Semana Santa

Entre o final de março e o início de abril, a comunidade cristã mundial comemora a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus.

O México, o país com o maior número de católicos do mundo, lembra essa data com profunda devoção e fé.

Guanajuato não é exceção à regra e as várias eucaristias enxameiam durante a temporada. Na quinta-feira santa, é realizada a “visita aos sete templos” ou “visita aos sete altares”, uma analogia às sete estadias pelas quais Jesus passou no dia de seu julgamento.

Desde então, é comum visitar sete templos, todos cheios de flores, crucifixos e outras decorações para a ocasião.

Na Sexta-feira Santa, o Viacrucis é feito e representações das diferentes cenas de Jesus são feitas no caminho para o Calvário.

Uma adaptação característica de Guanajuato à procissão é La Judea, um movimento popular de teatro de conteúdo profano-religioso, herdado por Hermenegildo Bustos (Secretaria de Turismo de Guanajuato, 2017).

Segundo a dramatização, os judeus procuram capturar e matar Jesus à custa de Judas Iscariotes.

3- Abertura de San Juan e Presa de la Olla

É um evento artístico e cultural que ocorre na primeira segunda-feira de julho. A celebração ocorreu no século XVIII, em 1749, quando a barragem de Olla foi concluída e, devido à falta de canos ou filtros, a barragem teve que abrir para o rio trazer água fresca.

Com o tempo, pontes e estradas foram construídas para que as pessoas pudessem apreciar o evento com mais conforto e adicionaram música, comida, jogos de azar, corridas, entre outras coisas, incluindo o concurso de beleza que coroava a rainha da cidade.

No que diz respeito ao “San Juan”, antes a barragem costumava comemorar o nascimento de João Batista (desde 24 de junho), embora não houvesse templo erguido.

Consequentemente, após a construção da barragem, eles decidiram se unir às duas celebrações por sua proximidade cronológica e porque, finalmente, João Batista é lembrado por batizar a Cristo nas águas do Jordão, águas do leito do rio que também passavam pelas mesmas datas em Guanajuato

4- Dança dos Paloteros

É uma dança pré-hispânica cuja origem não é clara se é devida aos piñícuaros ou aos purúandiros.

De qualquer forma, essa dança adota suas peculiaridades em cada um dos grupos, embora a sinopse seja a mesma: encenou a oferenda às divindades do Sol e da Lua para ajudá-las em suas batalhas após a conquista espanhola, ajudar nas colheitas e no processo de miscigenação

Relacionado:  Ardipithecus ramidus: características, crânio, alimentação

Esta dança enfatiza os movimentos suaves e cantentes do tipo marcial, ao contrário das outras danças da influência espanhola, com seu zapateo distinto ou curvas acentuadas. Seus dançarinos, sempre homens, se distinguem por usar shorts na altura dos joelhos com linhas verticais coloridas.

5- Dança do Torito

É um representante de dança tradicional dos municípios de Guanajuato, Silao e Romita que nasceu em 1837 em torno de uma história aparentemente na Hacienda de Chichimellas.

Segundo a tradição, em uma festa um pequeno touro escapa do curral e começa a causar medo entre as pessoas. O dono da Hacienda monta em seu cavalo, tentando pegá-lo e, quando ele falha em sua companhia, os outros convidados da festa tentam pegá-lo.

Os personagens da dança são: El charro, o caporal, a maringuia, o bêbado, o corcunda, a viagem, o diabo, a morte e o apache.

Sua música e seus movimentos são alegres e contagiosos.

6- Aniversário do dia da tomada da Alhóndiga de Granaditas

É uma comemoração civil comemorada em 28 de setembro de cada ano. Lembre-se do feito heróico de 1810, no qual o exército insurgente liderado pelo padre Miguel Hidalgo y Castilla confronta os monarquistas (espanhóis) e arrebata o domínio da Alhóndiga de Granaditas, iniciando a luta pela independência do México.

Um desfile cívico militar é oferecido no qual participam escolas, forças policiais e os 46 municípios que constituem o estado

7- Traje da Galareña

Era uma roupa diária há alguns séculos e hoje é uma fantasia folclórica que representa a mulher de Guanajuato.

Consiste em três camadas coloridas de saias de corte A, sobrepostas a diferentes detalhes e variando da cintura. A primeira e a segunda camadas eram para uso doméstico e a terceira, quando estavam saindo.

O dorso feminino é coberto por uma blusa branca com decote quadrado bordado como as mangas curtas.

Os ornamentos adornavam colares e brincos em cores vivas, lenços, pulseiras, arcos e tranças sofisticadas. Ele carregava um bastão de madeira no qual depositava os pedaços de pedra onde estava o metal.

Chama-se “Galareña” porque as mulheres usavam esse traje para acompanhar seus maridos e filhos mais velhos a seu trabalho nas galés, fora das minas.

Referências

  1. Governo do Estado de Guanajuato. (24 de 7 de 2017). Conheça o nosso estado . Obtido do Governo do Estado de Guanajuato: guanajuato.gob.mx.
  2. Governo do Estado de Guanajuato. (24 de 7 de 2017). Vestido típico . Obtido do Governo do Estado de Guanajuato: guanajuato.gob.mx.
  3. Jimenez Gonzalez, VM (24 de 7 de 2017). Guanajuato México no seu bolso. Obtido no Google Livros: books.google.com.
  4. México desconhecido (24 de 7 de 2017). Assalto e captura da Alhóndiga de Granaditas, Guanajuato . Obtido do México Desconhecido: mexicodesconocido.com.mx.
  5. Quanaxhuato (24 de 7 de 2017). Festas de San Juan e Presa de la Olla . Obtido de Quanaxhuato. Eventos, cultura e diversão em Guanajuato: quanaxhuato.com.
  6. Quanaxhuato (24 de 7 de 2017). Páscoa . Obtido de Quanaxhuato. Eventos, cultura e diversão na capital Guanajuato: quanaxhuato.com.
  7. Quanaxhuato (24 de 7 de 2017). Sexta-feira de Dolores . Obtido de Quanaxhuato. Eventos, cultura e diversão da capital Guanajuato: quanaxhuato.com.
  8. Secretaria de Turismo de Guanajuato. (24 de 7 de 2017). «La Judea» uma tradição da Semana Santa em Guanajuato . Obtido no Ministério do Turismo de Guanajuato: sectur.guanajuato.gob.mx.

Deixe um comentário