Bandeira de Antígua e Barbuda: História e Significado

A bandeira de Antígua e Barbuda é um símbolo nacional que representa a história e a identidade do país caribenho. Composta por um fundo vermelho com a combinação de um sol dourado no centro e uma faixa preta diagonal com a inscrição “The sun, the sea, the land” (O sol, o mar, a terra), a bandeira reflete a rica herança cultural e geográfica da nação. Neste contexto, este artigo explora a história e o significado por trás da bandeira de Antígua e Barbuda, destacando sua importância e simbolismo para o povo do país.

Qual país foi responsável pela colonização da Antígua e Barbuda no Caribe?

A colonização da Antígua e Barbuda no Caribe foi realizada pelos britânicos. Durante o século XVII, os britânicos estabeleceram seu domínio sobre as ilhas, tornando-as parte de seu império colonial. Eles trouxeram escravos africanos para trabalhar nas plantações de cana-de-açúcar e tabaco, o que acabou moldando a sociedade e a economia das ilhas.

Qual é o idioma oficial falado em Antígua e Barbuda?

O idioma oficial falado em Antígua e Barbuda é o inglês. Esta antiga colônia britânica manteve o inglês como língua oficial após conquistar sua independência em 1981. Além do inglês, também é comum ouvir o crioulo antiguano, uma variante local do inglês que incorpora palavras e expressões africanas e caribenhas.

Qual é o país onde se localiza a ilha de Antígua no Caribe?

Antígua e Barbuda é um país localizado no Caribe, mais precisamente na ilha de Antígua. Apesar de compartilhar o nome com outra ilha, Barbuda, Antígua é a principal ilha do país e onde se encontra a capital, St. John’s. A bandeira de Antígua e Barbuda é um símbolo importante da nação e possui uma história interessante, assim como um significado profundo.

Bandeira de Antígua e Barbuda: História e Significado

A bandeira de Antígua e Barbuda foi adotada oficialmente em 1967, quando o país ainda era uma colônia britânica. Ela é composta por um fundo vermelho, representando a luta do povo por liberdade, e um sol dourado no canto superior esquerdo, simbolizando o novo amanhecer da nação.

No centro da bandeira, há um emblema formado por um escudo com uma mão segurando um arco e flecha, rodeado por um anel com a inscrição “Each Endeavouring, All Achieving”, que significa “Cada esforço, todos alcançando”. Este emblema representa a determinação do povo de Antígua e Barbuda em alcançar seus objetivos e prosperar como nação.

Relacionado:  Economia de Cundinamarca: As 5 principais atividades

Em resumo, a bandeira de Antígua e Barbuda é um símbolo de orgulho e identidade nacional, refletindo a história e os valores do país. É uma representação visual do espírito e da determinação do povo antiguano em construir um futuro próspero e brilhante para sua nação no Caribe.

Número total de estados pertencentes a Antígua e Barbuda.

Número total de estados pertencentes a Antígua e Barbuda. Antígua e Barbuda é um país insular localizado no Caribe, composto por um total de duas ilhas principais, Antígua e Barbuda. Apesar de seu nome sugerir a existência de dois estados, na verdade Antígua e Barbuda formam um único estado soberano. A bandeira nacional de Antígua e Barbuda reflete essa união, com suas cores e símbolos representando a história e a cultura do país.

Bandeira de Antígua e Barbuda: História e Significado

A bandeira de Antígua e Barbuda é o principal símbolo nacional desse pequeno país do Caribe. Suas cores, forma e símbolos presentes se destacam de seus pares. A bandeira é dividida em forma de V. Nas partes externas do V, nos lados esquerdo e direito, a bandeira possui dois triângulos vermelhos.

O triângulo central está fragmentado em três faixas: uma preta grande, com um sol nascente amarelo; um pequeno, azul claro; e o branco, que completa o triângulo. A escolha desta bandeira foi através de um concurso no qual participaram mais de 600 artistas locais.

Bandeira de Antígua e Barbuda: História e Significado 1

Finalmente, o escultor Sir Reginald Samuel foi o vencedor, que projetou a atual bandeira de Antígua e Barbuda. Desde então, o modelo permaneceu sem alterações. A bandeira de Antígua e Barbuda tem uma forma única no mundo, pois sua divisão em forma de V não se repete em outros pavilhões.

O projeto tentou combinar o relacionamento ancestral dos povos antigos com a riqueza natural e social do país. Além disso, a bandeira projetada leva em consideração o nascimento da nova nação e a conquista do autogoverno.

História

O Império Britânico dominou os mares do mundo por séculos. Este país viu seu poder diminuir durante os séculos XIX e XX, nos quais perdeu grande parte de suas colônias; no entanto, o Caribe permaneceu uma potência colonial britânica, francesa e holandesa. O final desse domínio não demorou muito.

Em 1958, o Reino Unido concedeu independência parcial a todas as suas colônias no Caribe. Estes foram agrupados em um estado semi-dependente, chamado Federação das Índias Ocidentais. Este sistema foi dissolvido e Antígua e Barbuda se tornaram uma colônia novamente.

Relacionado:  Traje típico nariño: características mais importantes

Concurso de Seleção de Bandeiras

Em 1966, em Antígua e Barbuda, foi realizado um concurso público para escolher a melhor proposta de bandeira. Este seria o adotado pelo novo Estado Associado de Antígua e Barbuda.

O concurso deu como prêmio 500 dólares e a eleição do pavilhão como o nacional. O artista Reginald Samuel registrou sua bandeira no último minuto do prazo; Além disso, ele o projetou em apenas meia hora.

A pressa de Samuel foi tanta que ele correu para comprar um envelope para enviar o projeto ao prédio administrativo. Samuel é um artista, escultor, pintor e professor, que fez toda a sua carreira e sua vida em Antígua. Apesar da velocidade, seu projeto foi um vencedor.

Samuel foi distinguido com o título de Sir. Em 2006, ele foi reconhecido pelo governo de Antígua e Barbuda, juntamente com outras doze pessoas, por sua contribuição aos esportes do país.

Adoção de bandeira

A primeira vez que a bandeira de Antígua e Barbuda foi adotada foi em 1967. Nesse ano, deixou de ser uma colônia para um Estado associado do Reino Unido. A partir desse momento, a bandeira se tornou o símbolo das ilhas, substituindo assim o pavilhão colonial azul por um escudo.

Juntamente com a bandeira, foram elaborados o hino, o brasão e o lema da então colônia autônoma. Para informar o país de sua escolha, a bandeira foi colocada em um outdoor na parte externa do prédio administrativo.

Este local, ao lado dos correios, foi escolhido para divulgar quais seriam os símbolos nacionais. Atualmente esse outdoor está preservado no Museu de Antígua e Barbuda.

A bandeira mudou de status com a independência do país. Antígua e Barbuda se tornou um Estado soberano em 1º de novembro de 1981. Isso levou ao estabelecimento da bandeira do antigo Estado associado ao país independente.

Significado

Cinco cores são o que compõem a bandeira de Antígua e Barbuda. Seu design se destaca entre os pares do Caribe pela presença diferenciada de cores. Além disso, é impressionante a adoção do vermelho (Trinidad e Tobago foi o único país que também o fez e, ligeiramente, Granada e Dominica).

Além disso, também é importante destacar que o modelo da Oceania não foi escolhido no Caribe. Isso significa que as bandeiras de países independentes não mantiveram o Union Jack britânico.

Relacionado:  Os 12 problemas sociais mais graves do Peru

Não há significado oficial ou legal de cores. No entanto, eles geralmente têm atribuições importantes. A cor preta representa o solo e os ancestrais africanos da população antiga. Em vez disso, o vermelho que está fora do V da bandeira é uma cor que representa energia.

Além disso, a cor azul pode significar elegância e esperança. Outras crenças também atribuem o significado de representar o mar do Caribe que circunda as ilhas de Antígua e Barbuda.

Essa influência marinha também é relevante, pois a combinação entre amarelo, azul e branco pode significar sol, mar e areia, respectivamente.

Significado do V e o esquema de cores

A forma de divisão da bandeira também pode ter representação. OV em que está dividido é um claro representante do símbolo da vitória. Além disso, a combinação entre o sol nascente amarelo, azul e branco representa um nascer ou um pôr do sol à beira-mar.

O sol tem sete pontos que atuam como raios; Seu principal simbolismo é que eles representam a chegada de uma nova era. O número dos sete pontos foi objeto de controvérsia. Alguns afirmam que se refere às sete paróquias em que Barbuda está dividida; No entanto, o designer não comentou.

Outros modelos

A bandeira de Antígua e Barbuda tem um design exclusivo, que corresponde à bandeira nacional. No entanto, o pavilhão nacional, também chamado de pavilhão naval, é diferente.

Este design é usado apenas pela guarda costeira do país. Por sua composição, a bandeira é dividida em uma cruz vermelha, deixando quatro retângulos grandes. No acima e à esquerda estará a bandeira de Antígua e Barbuda. Em vez disso, os outros três permanecerão brancos.

Referências

  1. Informações e serviços do governo de Antígua e Barbuda. (sf). Nossos símbolos nacionais. Informações e serviços do governo de Antígua e Barbuda . Recuperado de ab.gov.ag.
  2. Birnbaum, A. e Birnbaum, S. (1989). Caraíbas de Birnbaum, Bermudas e Bahamas 1990 . Houghton Mifflin Company: Boston, Estados Unidos.
  3. Museu do estaleiro e Museu de Antígua e Barbuda. (sf). Vitória, finalmente. Bom velho . Recuperado de oldanice.com.
  4. Kras, SL (2008). Antígua e Barbuda (Vol. 26). Marshall Cavendish Recuperado de books.google.es.
  5. Smith, W. (2011). Bandeira de Antígua e Barbuda. Encyclopædia Britannica . Recuperado de britannica.com.

Deixe um comentário