Bandeira do Bahrain: História e Significado

A bandeira do Bahrain é um símbolo nacional que representa a história e a identidade do país. Com sua combinação de cores e símbolos únicos, a bandeira do Bahrain possui um significado profundo que reflete a rica cultura e tradições do povo barenita. Neste artigo, exploraremos a história por trás da bandeira do Bahrain, bem como o significado de seus elementos e cores, destacando a importância desse símbolo nacional para a nação.

Significado da bandeira do Bahrein: entenda os símbolos e cores representativas do país.

A bandeira do Bahrain é composta por cinco faixas horizontais, sendo duas de cor branca, duas de cor vermelha e uma faixa central de cor preta. No lado esquerdo da bandeira, encontra-se um grande triângulo branco, que aponta para o lado direito.

As cores da bandeira do Bahrein possuem significados específicos. O branco simboliza a paz e a sinceridade, enquanto o vermelho representa o sangue derramado pelos mártires do país. Já o preto simboliza a derrota dos inimigos e a força dos habitantes do Bahrein.

O grande triângulo branco no lado esquerdo da bandeira representa a península do Qatar, que é vizinha do Bahrein. Além disso, a disposição das cores e do triângulo na bandeira do Bahrein reflete a rica tradição e história do país.

Em resumo, a bandeira do Bahrein é um símbolo importante da identidade nacional do país, representando valores como paz, bravura e tradição. Suas cores e símbolos são carregados de significados profundos para o povo do Bahrein, que se orgulha de sua bandeira e de sua história.

Qual é o significado da palavra Bahrein?

O Bahrein é um país localizado no Golfo Pérsico, conhecido por sua rica história e cultura. O significado da palavra Bahrein é “dois mares” em árabe, uma referência à localização do país entre duas águas. Esta designação reflete a importância da geografia do Bahrein, que historicamente serviu como um ponto de encontro entre culturas e civilizações.

A bandeira do Bahrein é um reflexo da história e identidade do país. Composta por uma faixa branca vertical à esquerda, que simboliza a paz, e uma faixa vermelha à direita, que representa a luta pela liberdade. No centro da bandeira, há um disco branco com um desenho em vermelho, que é um símbolo tradicional do Bahrein.

Em resumo, o significado da palavra Bahrein está intrinsecamente ligado à geografia e história do país, enquanto a sua bandeira incorpora símbolos que representam paz, liberdade e tradição. A combinação destes elementos cria uma identidade única e significativa para o Bahrein.

Significado de uma bandeira: o simbolismo por trás dos símbolos nacionais e culturais.

Uma bandeira é muito mais do que um pedaço de tecido colorido. Ela é um símbolo de identidade e orgulho para um país ou cultura. Cada elemento presente em uma bandeira possui um significado específico, que representa a história, os valores e as tradições do povo que ela representa.

Um dos exemplos mais interessantes de como uma bandeira pode carregar um simbolismo profundo é a Bandeira do Bahrain. Este país do Golfo Pérsico possui uma bandeira única, composta por várias cores e elementos que refletem a sua história e cultura.

Relacionado:  O que é gênero dobrador?

A Bandeira do Bahrain é composta por cinco triângulos brancos que representam os cinco pilares do Islã, a religião predominante no país. Estes triângulos são dispostos em um padrão que lembra a forma de um zigurate, uma estrutura arquitetônica antiga que era comum na região.

Além dos triângulos brancos, a bandeira também possui uma faixa vermelha que simboliza o sangue derramado pelos mártires que lutaram pela liberdade e independência do país. Esta faixa vermelha também representa a coragem e a determinação do povo do Bahrain.

Assim, a Bandeira do Bahrain não é apenas um símbolo visual, mas uma representação poderosa da identidade e história deste país. Cada cor, cada forma e cada elemento presente na bandeira carrega um significado profundo, que conecta o povo do Bahrain com a sua terra, a sua fé e a sua luta por liberdade.

Descubra qual país foi responsável pela colonização do Bahrein ao longo da história.

A bandeira do Bahrein é um símbolo nacional importante que representa a história e identidade do país. Com suas cores vibrantes e design único, a bandeira do Bahrein tem uma história rica e significativa.

O Bahrein foi colonizado pelo Reino Unido durante o século XIX, tornando-se parte do Império Britânico. Durante este período de colonização, a bandeira do Bahrein era frequentemente associada à bandeira britânica, refletindo a influência do Reino Unido sobre o país.

Após a independência do Bahrein em 1971, a bandeira nacional foi redesenhada para refletir a nova era de soberania e autonomia. A bandeira atual do Bahrein consiste em um fundo branco, representando a paz e a sinceridade, com uma faixa vermelha no topo e uma faixa mais fina branca no meio, simbolizando a antiga relação do país com o Reino Unido.

Além disso, a bandeira do Bahrein apresenta cinco triângulos vermelhos que representam os Cinco Principais Tratados que o país assinou com o Reino Unido. Esses tratados foram importantes na história do Bahrein e desempenharam um papel significativo na formação do país como o conhecemos hoje.

Em resumo, a história e o significado da bandeira do Bahrein estão intrinsecamente ligados à sua história de colonização pelo Reino Unido. A bandeira atual do Bahrein é um reflexo da rica história e cultura do país, incorporando elementos do passado colonial e da luta pela independência e soberania.

Bandeira do Bahrain: História e Significado

A bandeira do Bahrein é o símbolo nacional oficial mais importante dessa monarquia árabe do Golfo Pérsico. O pavilhão consiste em um pano vermelho em dois terços da direita. À esquerda, há uma faixa branca. Eles são separados por uma linha irregular de cinco pontas.

A bandeira atual, com os cinco pontos, foi estabelecida desde 2002. No entanto, é uma bandeira usada neste território pelo menos desde 1793. Primeiro era totalmente vermelha, mas desde 1820 a cor branca foi incorporada. No entanto, versões diferentes aconteceram ao longo dos séculos.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 1

Por vários (Arquivo: Flag of Bahrain.svg) [Domínio público], via Wikimedia Commons

O pavilhão é regido pelo Decreto-Lei nº 4, emitido pelo rei do Bahrein. A bandeira representou uma particularidade na região, porque manteve suas insígnias ao longo dos séculos, mesmo antes do domínio do Império Britânico.

Relacionado:  Vantagens e desvantagens do dinheiro eletrônico

O símbolo geralmente é confundido com o do Catar, país vizinho do Bahrein, mas sua bandeira é branca e marrom. No entanto, compartilhe as dicas irregulares, embora sejam mais de cinco.

Os cinco pontos da bandeira representam os cinco pilares do Islã. Isso ocorre porque o Bahrein é uma monarquia islâmica.

História

O Bahrein, desde a sua criação, foi identificado com a cor vermelha. No século XVIII, a pequena ilha do Golfo Pérsico foi distinguida de seus pares por meio de uma bandeira completamente vermelha. Esta situação praticamente não mudou após o domínio britânico. O poder imperial respeitava os símbolos nus.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 2

Bandeira do Bahrein (1783 a 1820)

Em 1820, o Bahrein começou a estar em órbita britânica após a assinatura de um acordo de navegação marítima com este país. Foi então que a bandeira incorporou a faixa branca à esquerda. Esta empresa pretendia distinguir os barcos Barein dos piratas.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 3

Bandeira do Bahrein (1820 a 1932)

A bandeira do Bahrein lembrava a de vários emirados que hoje compõem os Emirados Árabes Unidos. Por esse motivo, em 1932, decidiu-se separar as listras brancas e vermelhas por uma linha irregular com muitos pontos. A bandeira passou de uma proporção de 1: 3 para 3: 5.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 4

Bandeira do Bahrain (1932 a 1972)

Quando essa mudança ocorreu, o Império Britânico, que ocupava o Bahrein, reconheceu oficialmente a bandeira. Essa modificação foi influenciada pelo consultor britânico Charles Belgrave. Além disso, permaneceu até a independência da colônia em 1971.

Independência do Bahrain

Em 15 de agosto de 1971, o país declarou sua independência do Reino Unido e um novo design de bandeira surgiu em 1972. Nesse ano, a proporção de 3: 5, cores e separação foi mantida. No entanto, a maior distinção foi a redução das pontas da linha dentada para oito.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 5

Bandeira do Bahrein (1972 a 2002)

Esta situação finalmente teve uma mudança distinta em 2002. Nesta data, foi feita a última redução de pontos dentados. Desta vez, havia cinco, representando os pilares do Islã.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 1

Bandeira atual do Bahrein. Por vários (Arquivo: Flag of Bahrain.svg) [Domínio público], via Wikimedia Commons

Significado

A bandeira do Bahrein tem duas cores e uma linha divisória das listras em zigue-zague. Este último é o que se destaca entre outros pavilhões. Além disso, aspira a ter um significado mais próximo com as pessoas nuas.

É por isso que cada uma das pontas da linha dentada tem seu próprio significado. Juntos, eles representam os cinco pilares do Islã, a religião majoritária no Bahrein.

Esses pilares têm divergência entre os ramos sunita e xiita do islã. No entanto, eles podem ser sintetizados em Meca, com fé, oração, caridade, jejum e peregrinação.

Significado de vermelho e branco

Por outro lado, a cor vermelha foi a escolhida por ser a cor tradicional do jariismo, o ramo mais comum do Islã na época no Golfo Pérsico. Hoje, eles são apenas maioria no Sultanato de Omã, um país próximo ao Bahrein, ao sul da Península Arábica. Atualmente, a monarquia da Baviera é sunita, mas a maioria de sua população é xiita.

Relacionado:  Wilbur Schramm: Modelo de Biografia e Comunicação

Além disso, o vermelho também foi escolhido como uma cor distinta entre as bandeiras do Golfo Pérsico. Além disso, foi demonstrado pelos pavilhões dos diferentes emirados costeiros.

A cor branca foi escolhida para fins distintos. Além disso, seu uso está diretamente relacionado ao mastro da bandeira. Nesse sentido, sua presença permite conceder um espaço entre o eixo e a cor mais marcante.

Uso da bandeira

Como na maioria dos países, os símbolos nacionais são regulamentados por regulamentos legais. O Bahrein possui para esse fim o Decreto-Lei nº 4 de 2002. Em nove artigos, estabelece os usos e definições do pavilhão nacional.

A bandeira do Reino do Bahrein deve ser exibida em palácios reais, edifícios governamentais e públicos, bem como em embaixadas e navios da Baviera, de acordo com o artigo 3.

A seção a seguir afirma que qualquer navio que entre nas águas do Bahrain deve portar o emblema. (Ministério da Informação do Bahrein, 2002).

Além disso, o Artigo 7 estabelece que a bandeira será usada a meio mastro quando houver luto nacional. Por fim, o artigo 8 decreta que a bandeira não pode ser usada para fins comerciais. (Ministério da Informação do Bahrein, 2002).

Outras bandeiras

O Bahrein tem outras bandeiras de um tipo específico. O artigo 2º do Decreto-Lei nº 4 estabelece a existência da bandeira real, exatamente igual à bandeira, com apenas uma diferença. Possui uma coroa de bordas amarelas no canto superior esquerdo da bandeira, sobre branco. (Ministério da Informação do Bahrein, 2002).

Bandeira do Bahrain: História e Significado 7

Bandeira real do Bahrein

Além disso, cada um dos componentes das forças de defesa do Bahrein tem sua própria bandeira. As Forças de Defesa em geral têm um pano verde.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 8

Forças defensivas do Bahrein

A bandeira nua está localizada no canto superior esquerdo, enquanto no centro da parte verde está o escudo militar.

Os pavilhões da aviação e da marinha mudam. O da aviação é azul claro e o da marinha é azul escuro.

Bandeira do Bahrain: História e Significado 9

Bandeiras das forças aéreas do Bahrein
Bandeira do Bahrain: História e Significado 10
Bandeira da força naval do Bahrein

Ambos os pavilhões têm seus diferentes escudos na parte central. Estes dois últimos não incluem a bandeira do país no canto superior esquerdo.

Referências

  1. Goldsack, G. (2005). Bandeiras do mundo . Ambos, Reino Unido: Parragon.
  2. Ministério da Informação do Bahrein. (2002) Decreto-Lei nº 4. Ministério da Informação do Bahrein. Recuperado de moi.gov.bh.
  3. Estudos Islâmicos de Oxford Online. (sf). Pilares do Islã. O Oxford Dictionary of Islam . Recuperado de oxfordislamicstudies.org.
  4. Rahman, H. (2016). Bandeira do estado do Catar: história de suas origens. Anais da Conferência Anual de Pesquisa da Fundação Qatar . 2016 (1). Doha, Catar: HBKU Press. Recuperado de qscience.com.
  5. Smith, W. (2018). Flag of Bahrain Encyclopædia Britannica. Recuperado de britannica.com.
  6. Eu vim, P. (1986). Pérolas nas águas da Arábia: a herança do Bahrein . Immel Pub. Recuperado de deimoslbsh.com.

Deixe um comentário