Conhecimento prévio (memória): características, tipos

Conhecimento prévio é o conjunto de informações que um indivíduo armazena ao longo de sua vida, graças a suas experiências passadas. Esta questão em particular faz parte de um dos pilares fundamentais da pedagogia escolar, pois auxilia o processo de ensino e aprendizagem.

Cabe ressaltar que o conhecimento prévio tem sido objeto de estudo da psicologia cognitiva, pois utiliza a análise da memória , a aquisição de informações e sua reestruturação.

Conhecimento prévio (memória): características, tipos 1

Sua importância é que, através deles, seja possível entender novas situações que levarão à resolução de problemas. Portanto, o professor ou instrutor deve estar ciente da reativação desse tipo de conhecimento, pois será definido em quais conteúdos ele deve ser aprofundado e em quais não.

O conhecimento prévio também está associado à visão de mundo, à aceitação do conhecimento e ao desenvolvimento da memória.

Caracteristicas

Segundo os especialistas, esse termo vem da teoria da aprendizagem significativa, proposta pelo psicólogo americano David Ausubel em meados do século XX. Em termos gerais, propõe que o ser humano processe e armazene informações para adquirir novos conhecimentos.

Por meio disso, a visão ou perspectiva de mundo é construída sobre as experiências vividas no passado. Graças a isso, o indivíduo poderá desenvolver habilidades de comunicação para enfrentar diferentes tipos de situações.

-É considerado peça fundamental no processo de ensino-aprendizagem, pois permitirá transmitir e assimilar informações.

-Eles funcionam como ponto de partida para a aquisição de novas experiências de aprendizagem. No entanto, é importante ressaltar que será necessário indicar quando são parciais e errôneas, pois o objetivo será promover o desenvolvimento do aluno.

-Eles são um tipo de conhecimento estável e, portanto, bastante resistente à mudança.

Acredita-se que a leitura seja um dos mecanismos que permitem a ativação de conhecimentos prévios. No entanto, é necessário incentivar uma compreensão correta da leitura para evitar incorretas interpretações.

Relacionado:  O Contexto Histórico da Ecologia (Grécia-Século XX)

-Os professores e instrutores têm a responsabilidade de gerar o contraste do conhecimento anterior com o novo, bem como o processo de mudança para a assimilação das informações recebidas.

Elementos que devem estar presentes no processo de conhecimento prévio

Alguns especialistas propõem o seguinte:

Identificar os conceitos que os alunos aprenderão durante o dia.

Defina quais serão os objetivos da aprendizagem.

N Conheça o conhecimento que os alunos têm. Essa fase é importante, pois exigirá uma metodologia que ative conhecimentos prévios ou que sejam gerados, conforme o caso.

Tipos

Existem três categorias a esse respeito:

-Espontâneo: são aqueles que surgem como forma de explicar as situações que ocorrem no dia a dia. Eles envolvem processos sensoriais e de percepção.

– Socialmente transmitidos: são criados a partir da interação no ambiente cultural ou familiar. Isso implica as crenças geradas nesses grupos.

-Analógico: estão presentes quando não são gerados espontaneamente ou por interação social. Esse conhecimento é construído graças à comparação e analogia de outras abordagens que já foram adquiridas.

Atividades práticas para ativar conhecimentos anteriores

Discussões guiadas

Esta é uma atividade muito favorável durante a apresentação de informações. No entanto, é um instrumento que requer planejamento e cuidados.

Nesse caso, o professor ou instrutor apresenta um tópico específico que será discutido por ele e pelo grupo. Para alcançar o sucesso dessa atividade, você precisa do seguinte:

  • Seja claro sobre os objetivos da discussão.
  • Prepare uma série de perguntas abertas que permitam a apresentação de análise e interpretação.
  • Apresente o tópico e peça aos alunos que apresentem suas idéias sobre o assunto.
  • Anote os pontos mais importantes no quadro para resumir as idéias principais.
  • Propor um resumo final que permita a introdução do assunto como tal.
Relacionado:  Anomia: Teorias, Desvios Sociais e Exemplos

Gerador de informação

Nesse caso, a estratégia permite ativar o conhecimento prévio por meio da reflexão e posterior troca deles. Um esboço é feito abaixo:

  • O professor ou instrutor apresenta o assunto.
  • Cada aluno prepara uma lista de idéias evocadas pelo tópico apresentado.
  • Escolha um certo número de participantes para compartilhar suas idéias.
  • Posteriormente, o professor ou instrutor será responsável por fazer correções nos conceitos errados a esse respeito.
  • Apresente o novo tema e compare-o.

Colocando um problema relacionado ao tópico

É uma atividade semelhante à anterior, pois busca a participação do aluno. No entanto, é uma maneira indireta de apresentar o tópico a ser discutido.

Nesse caso, o professor ou instrutor descreve um problema que os alunos devem resolver com a proposta de diferentes soluções que considerem mais convenientes. Graças a isso, será possível detectar o que é conhecimento anterior e como contrastá-lo com o tema central.

Técnicas que podem ser implementadas para ter acesso ao conhecimento prévio dos alunos

-Apresentação de questionários com perguntas abertas ou fechadas. Estes podem ser aplicados antes da apresentação de um tópico ou mesmo no início do curso. Isso permitirá que o professor ou instrutor faça uma pesquisa de informações no grupo.

Simulação de situações reais: pode consistir em eventos atuais para que os alunos possam tomar decisões.

-Projeto e elaboração de mapas conceituais, inclusive mentais. Antes de sua conclusão, o professor ou instrutor deve fornecer as instruções correspondentes a esse respeito.

-Correndo de brainstorming. Destina-se a explorar idéias e interpretações iniciais sobre um tópico.

-Trabalhos e discussões em grupo. Estes também têm a vantagem de contrastar opiniões e pontos de vista.

Considerações a ter em conta

-O professor ou instrutor deve saber qual tópico pode estar relacionado ao conhecimento anterior que os alunos têm.

Relacionado:  Documentos nacionais de direitos humanos no México

-Os tópicos e a sequência com a qual eles serão discutidos devem ser ordenados.

-Tenha em conta que a motivação é um fator importante para manter a atenção dos alunos. Portanto, atividades criativas são recomendadas, mas simples de implementar.

Referências

  1. Aprendizagem significativa. (sf). Na Wikipedia Retirado: 2 de outubro de 2018. Na Wikipedia, es.wikipedia.org.
  2. Conhecimento prévio. (sf). Na Wikipedia Retirado: 2 de outubro de 2018. Na Wikipedia, es.wikipedia.org.
  3. Conhecimento prévio. (sf). No centro virtual de Cervantes. Recuperado: 02 de outubro de 2018. No Centro Virtual de Cervantes de cvc.cervantes.es.
  4. Conhecimento prévio. (sf). Em Server-Alicante. Recuperado: 02 de outubro de 2018. Em Servidor-Alicante de glosarios.servidor-alicante.com.
  5. Conhecimento Prévio, Método Semântico. (2016). Em empreendedores. Recuperado: 02 de outubro de 2018. Em Emprendices de emprendices.co.
  6. Estratégias para ativar e usar conhecimentos prévios e gerar expectativas apropriadas nos alunos. (2016). Em Educação e Negócios. Retirado: 02 de outubro de 2018. Em Educação e Negócios, em educacionyempresa.com.
  7. Recacha, José Antonio. A importância do conhecimento anterior para aprender novos conteúdos. (2009). No CSIF. Recuperado: 02 de outubro de 2018. No CSIF de archivos.csif.es.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies