Consequências da Atividade Humana no Cuidado e Qualidade da Água

A atividade humana tem muito a ver com a deterioração da qualidade dos corpos d’água hoje.Devido a fatores como superpopulação global, industrialização e práticas agrícolas e pastorais crescentes, a qualidade da água diminuiu consideravelmente nas últimas décadas.

Se o ser humano não implementar medidas de conservação ambiental para o cuidado e conservação dos recursos hídricos, a qualidade da água será seriamente afetada.

Consequências da Atividade Humana no Cuidado e Qualidade da Água 1

Isso pode levar a sérias conseqüências para a deterioração dos ecossistemas aquáticos, a escassez de água e a proliferação de doenças devido à contaminação desse recurso essencial para a sobrevivência humana.

Cinco principais consequências da atividade humana no cuidado da qualidade da água

1- Poluição da água

A qualidade da água diminuiu bastante devido à intervenção do homem como poluente.

Os resíduos industriais, agrícolas e domésticos não são tratados adequadamente. Geralmente, esse tipo de lixo é despejado diretamente nos corpos de água mais próximos, o que causa contaminação iminente pela água.

Jogar o lixo abertamente nas ruas também afeta os corpos de água ao redor.

Os resíduos sólidos, como caixas de papelão, sacolas plásticas e / ou recipientes de alumínio, etc., são movidos pelo vento e geralmente têm como destino final os lagos e rios da região.

2- Eutrofização

É definida como a degradação dos ecossistemas aquáticos pelo aumento dos níveis de fosfato e nitrogênio, devido ao excesso de nutrientes nos solos.

As fontes mais representativas de nutrientes para os solos são os esgotos domésticos e os resíduos da atividade agrícola, como fertilizantes e pesticidas. Há também uma contribuição considerável de drenos industriais.

3- Erosão hídrica

Anormalidades nos corpos d’água podem gerar erosão e sedimentação de água em leitos de rios e bacias.

Além disso, a exploração turística e o desenvolvimento de complexos urbanos em áreas costeiras também traz altos níveis de erosão.

Relacionado:  Floresta ribeirinha: características, distribuição, flora e fauna

4- Alteração do ciclo hidrológico

A prática indiscriminada de extração de madeira e queima implica a perda de recursos florestais das florestas tropicais e florestas tropicais.

Isso implica uma alteração do ciclo hidrológico, pois, como não há vegetação na área, a água é drenada diretamente, promovendo erosão e diminuindo a filtração da água no solo.

Consequentemente, como há menos árvores, as plantas não transpiram água e, portanto, diminui a quantidade de água que evapora para completar o ciclo hidrológico.

Com isso, a umidade da atmosfera diminui e as chances de precipitação nessa área são extremamente baixas.

5- Problemas de saúde

O consumo de água contaminada por fezes humanas ou animais pode causar doenças como gastroenterite, cólera, disenteria e febre tifóide.

Referências

  1. Qualidade da água (2014). Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais das Nações Unidas (UN-DAES). Recuperado de: un.org.
  2. Impacto ambiental da atividade humana. Recuperado de: portaleducativo.net.
  3. Impacto da atividade humana na água (2014). Bogotá Colômbia. Recuperado de: Comunidadplanetaazul.com.
  4. Como as ações humanas podem afetar seriamente os recursos hídricos? (2006) UNESCO. Recuperado de: greenfacts.org.
  5. Como as pessoas afetam nossa qualidade da água (2015). KwaZulu-Natal, África do Sul. Recuperado de: umgeni.co.za.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies