Diversidade cultural: características, no México, Espanha, Argentina

A diversidade cultural é um aspecto fundamental que define a identidade de uma sociedade, sendo resultado de diferentes influências históricas, geográficas e sociais. No México, Espanha e Argentina, países com ricas tradições culturais, a diversidade se manifesta de maneiras únicas, refletindo a mistura de povos, costumes e tradições que compõem a sua história. Neste contexto, cada país apresenta características distintas que contribuem para a sua riqueza cultural, desde a culinária e danças típicas até as festividades e manifestações artísticas. Vamos explorar mais sobre a diversidade cultural desses países e como ela se manifesta em suas sociedades.

Conheça a rica diversidade cultural do México: tradições, culinária e manifestações artísticas.

A diversidade cultural é uma característica marcante do México, Espanha e Argentina, países que possuem uma rica herança cultural. No México, por exemplo, as tradições indígenas se misturam com influências espanholas, resultando em uma cultura única e vibrante.

As tradições mexicanas, como o Dia dos Mortos e a dança folclórica, refletem a rica história do país e sua forte conexão com as crenças e costumes ancestrais. A culinária mexicana também é uma expressão da diversidade cultural, com pratos tradicionais como tacos, tamales e mole que encantam paladares ao redor do mundo.

Além disso, as manifestações artísticas no México são igualmente impressionantes, com artistas renomados como Frida Kahlo e Diego Rivera que deixaram um legado duradouro na história da arte.

Na Espanha, a diversidade cultural se manifesta através das tradições regionais únicas, como as festas de San Fermín em Pamplona e a Semana Santa em Sevilha. A culinária espanhola também é reconhecida mundialmente, com pratos como paella, tapas e churros que conquistam os amantes da gastronomia.

As manifestações artísticas na Espanha são igualmente impressionantes, com artistas como Pablo Picasso e Salvador Dalí que revolucionaram a arte moderna. A arquitetura espanhola, com destaque para a obra de Antoni Gaudí em Barcelona, também é uma expressão única da diversidade cultural do país.

Já na Argentina, a diversidade cultural se reflete nas tradições gaúchas do interior e na intensa vida cultural de Buenos Aires. A culinária argentina, com seu famoso churrasco e os deliciosos alfajores, também é uma parte importante da identidade do país.

As manifestações artísticas na Argentina são variadas e influenciadas por diferentes correntes artísticas, com artistas como Carlos Gardel e Jorge Luis Borges que contribuíram para a riqueza cultural do país.

Em resumo, a diversidade cultural do México, Espanha e Argentina se expressa através de suas tradições, culinária e manifestações artísticas, tornando esses países verdadeiros tesouros culturais a serem explorados e apreciados.

Características culturais essenciais da Espanha: o que você precisa saber sobre a cultura espanhola.

As características culturais essenciais da Espanha refletem a rica história e diversidade do país. A Espanha é conhecida por sua paixão pela vida, sua rica tradição artística e sua culinária única. Uma das principais características da cultura espanhola é a sua diversidade regional, com cada região do país tendo suas próprias tradições e costumes únicos.

Um dos aspectos mais importantes da cultura espanhola é a sua forte influência católica. A religião desempenha um papel significativo na vida cotidiana dos espanhóis, com muitas festividades religiosas sendo celebradas em todo o país. A Semana Santa, por exemplo, é uma das festas mais importantes do calendário espanhol, com procissões religiosas coloridas e emocionantes em muitas cidades.

A arte também desempenha um papel fundamental na cultura espanhola, com grandes pintores como Picasso, Goya e Velázquez tendo suas raízes no país. A arquitetura espanhola é igualmente impressionante, com edifícios históricos como a Alhambra em Granada e a Sagrada Família em Barcelona atraindo milhões de visitantes todos os anos.

A gastronomia espanhola é outra característica cultural essencial do país. A culinária espanhola é conhecida por sua variedade e sabor, com pratos como paella, gazpacho e tapas sendo populares em todo o mundo. A hora da siesta, um breve descanso após o almoço, também faz parte da cultura espanhola e é uma tradição apreciada por muitos.

Em resumo, a cultura espanhola é rica, diversificada e cheia de tradições únicas. Se você está interessado em explorar novas culturas e experiências, a Espanha é definitivamente um destino que vale a pena visitar.

Descubra a rica cultura da Argentina e suas tradições únicas e diversificadas.

A Argentina é um país conhecido por sua rica cultura e tradições únicas. Localizada na América do Sul, a Argentina possui uma mistura de influências europeias e indígenas, resultando em uma diversidade cultural impressionante.

Uma das características mais marcantes da cultura argentina é a sua paixão pelo tango, uma dança sensual e envolvente que surgiu nas ruas de Buenos Aires. Além disso, a culinária argentina é famosa pelo delicioso churrasco e pelo tradicional mate, uma infusão de ervas consumida socialmente em roda de amigos.

Assim como o México e a Espanha, a Argentina também possui festas populares que celebram suas tradições e costumes. Um exemplo disso é o Carnaval de Buenos Aires, uma festa colorida e animada que reúne pessoas de todas as idades em desfiles e apresentações de dança.

Outra característica marcante da cultura argentina é a sua arquitetura única, que combina influências europeias com a identidade local. Buenos Aires, a capital do país, é conhecida por seus prédios históricos e ruas charmosas, que refletem a história e a diversidade cultural do país.

Relacionado:  Tanatologia: história, quais estudos, objetivos e funções

Em resumo, a Argentina é um país fascinante, repleto de tradições únicas e diversificadas que encantam os visitantes de todo o mundo. Se você deseja descobrir mais sobre a cultura argentina, não deixe de explorar suas festas, danças, culinária e arquitetura. Você certamente se surpreenderá com a riqueza cultural deste país tão especial.

Principais aspectos da diversidade cultural: uma abordagem abrangente das diferenças culturais.

A diversidade cultural é um fenômeno presente em todo o mundo, e cada país possui características únicas que refletem suas tradições, valores e história. No México, na Espanha e na Argentina, essa diversidade cultural se manifesta de maneiras distintas, mas igualmente ricas e interessantes.

No México, por exemplo, a cultura é fortemente influenciada pela herança indígena, espanhola e africana. A culinária mexicana é conhecida mundialmente pela sua variedade de sabores e ingredientes, como o chile, o milho e o feijão. Além disso, as festas tradicionais, como o Dia dos Mortos, são celebradas com muita alegria e devoção.

Já na Espanha, a diversidade cultural é marcada pela presença de diferentes regiões, cada uma com suas próprias tradições e costumes. A dança flamenca, a paella e as festas de San Fermín são apenas alguns exemplos da riqueza cultural espanhola. Além disso, a arquitetura única de cidades como Barcelona e Madri reflete a história do país.

Na Argentina, a diversidade cultural é influenciada pela imigração de europeus, principalmente italianos e espanhóis. A música e a dança do tango são elementos essenciais da cultura argentina, assim como a culinária, com destaque para o famoso churrasco e os deliciosos empanadas. Além disso, as tradições gaúchas no interior do país mostram a diversidade de costumes presentes na Argentina.

Em resumo, a diversidade cultural é um aspecto fundamental da identidade de um povo, e conhecer as características culturais de diferentes países, como México, Espanha e Argentina, nos permite apreciar a riqueza e a variedade do mundo em que vivemos.

Diversidade cultural: características, no México, Espanha, Argentina

A diversidade cultural é a troca e interação de diferentes culturas num único espaço e envolve a adoção de tais manifestações pela sociedade. Esse conceito assumiu grande importância: desde 2001, é considerado um patrimônio comum da humanidade pela Unesco.

A declaração universal da Unesco sobre diversidade cultural afirma que “a cultura adquire diversas formas através do tempo e do espaço. Essa diversidade se manifesta na originalidade e pluralidade das identidades que caracterizam os grupos e sociedades que compõem a humanidade. ”

Diversidade cultural: características, no México, Espanha, Argentina 1

Um dos conceitos mais importantes nessa definição é o relacionado à identidade cultural, um conjunto estabelecido com base em expressões, crenças, tradições e características de uma determinada região; Como conseqüência dessas peculiaridades, os povos se expressam de maneiras diferentes.

Então, como resultado da inter-relação das identidades culturais de cada povo ou grupo, a diversidade cultural surge como elemento de união e complementaridade entre pessoas com diferentes raízes e influências.

Caracteristicas

Múltiplas culturas

Embora pareça óbvio, é necessário mencionar que na diversidade cultural existem múltiplas culturas, pois essa é uma particularidade estritamente necessária. Para que haja diversidade, várias culturas devem estar presentes, cada uma desenvolvida por diferentes grupos.

É possível que essas culturas tenham se inter-relacionado nos tempos passados ​​ou o estejam fazendo hoje. De qualquer forma, desde que coexistam culturas de diferentes características em um determinado momento, a diversidade cultural pode ocorrer.

Características distintivas

Cada cultura deve ter especificidades únicas, como etnias, sexo, raça, idioma, religião, história, arte, música, entre outras.

Os elementos originais de cada cultura são aqueles que garantirão que eles possam ser inter-relacionados, mantendo a essência e recebendo as influências das outras culturas envolvidas.

Diferença cultural

Como conseqüência das características distintivas, dentro de uma dinâmica enquadrada na diversidade cultural, é possível experimentar choques de concepções e modos de ver a vida característicos de uma cultura ou de outra.

As diferenças que surgem entre um grupo e outro são uma conseqüência inerente à diversidade cultural.

Preservação

Trata-se da conservação do conhecimento para evitar que mitos, línguas, religiões e outras peculiaridades sejam perdidas ao longo do tempo e pela promulgação de outras civilizações mais fortes. Na medida em que houver maior preservação, haverá uma diversidade cultural com melhores meios de subsistência.

Interculturalidade

Em um contexto de diversidade cultural, evite dar mais importância a uma sociedade ou cultura em detrimento de outra. Nesses cenários, o ideal é que diferentes culturas coexistam e baseiem sua interação no diálogo, na comunicação e no respeito por suas expressões.

Como isso se manifesta?

A cultura se expressa por diferentes formas, como linguagem, religião, manifestações tradicionais, costumes, entre outras.

A diversidade cultural é o produto de processos históricos, políticos, sociais e tecnológicos de um coletivo e evolui ao longo do tempo, abrangendo várias gerações.

Quando uma nação ou espaço geográfico é criada, são adotados valores, pensamentos e crenças que se refletem na arte, gastronomia, música, esportes e qualquer aspecto cultural de uma população.

Relacionado:  Comidas típicas da Cundinamarca: 5 pratos típicos populares

Nesse contexto, quando em um espaço geográfico que goza de uma identidade cultural específica e ampliada está em contato direto com outras correntes e manifestações, a diversidade cultural está presente.

Um exemplo muito claro da manifestação da diversidade cultural remonta à era colonial. Os territórios conquistados pela Coroa Espanhola tomavam para si elementos do seu cotidiano, como idioma e gastronomia, entre outros.

Dessa maneira, os habitantes dessas terras combinavam suas próprias expressões com as observadas nos colonos.

No México

Diversidade cultural: características, no México, Espanha, Argentina 2

O México é um dos países com maior diversidade cultural. Esta nação é reconhecida por ter uma sociedade muito enriquecida culturalmente, graças à sua herança indígena e à influência européia que recebeu em vários momentos importantes de sua história.

Suas origens datam do Império Asteca e, com o tempo, esse país modernizou e adquiriu outros elementos de culturas contemporâneas, como européias ou norte-americanas.

A sociedade mexicana pode ser descrita como alegre, amigável e trabalhadora, que aproveita ocasiões para conhecer e celebrar a vida e a morte. Algumas das características mais marcantes da diversidade cultural no México são as seguintes:

Costumes originais presentes

Embora a maioria da população mexicana viva na cidade, estima-se que haja 17% dos povos indígenas que vivem de acordo com seus costumes e tradições originais, independentemente da área do país em que vivem.

Gastronomia combinada

A culinária mexicana mistura ingredientes de diferentes épocas e representantes. Pimentão, milho, abacate, trigo, tequila e mezcal são elementos essenciais nesta refeição.

Neste conjunto de alimentos, você pode ver a influência espanhola e indígena, que se fundiu e criou uma culinária bastante completa e variada, atualmente atualmente altamente valorizada em todo o mundo.

Religião

Fé e crenças desempenham um papel fundamental neste país, onde igrejas e imagens religiosas são reverenciadas constantemente.

O culto católico dos mexicanos tem como principal representante a Virgem de Guadalupe; No entanto, é importante notar que também existem outras fontes de veneração com raízes mais ancestrais.

Os mexicanos conceituam a morte de uma maneira peculiar: ao contrário de muitas outras sociedades, eles não têm medo da morte; Pelo contrário, consideram que é outra forma de existência. Nesta visão, observa-se a influência das raízes indígenas e de suas crenças na existência nos planos material e imaterial.

Por esse motivo, um dos festivais tradicionais mais importantes é a celebração do Dia dos Mortos, comemorado nos dias 1 e 2 de novembro. Atualmente, acredita-se que o falecido retorne ao mundo dos vivos para celebrar com seus entes queridos que ainda estão vivos.

Você também pode estar interessado nas tradições mais comuns do México .

Na Espanha

Diversidade cultural: características, no México, Espanha, Argentina 3

A Espanha representa a união de influências da Europa, África e Mediterrâneo, e é por isso que é um exemplo claro de diversidade cultural.

Nesse território, eles viveram nos anos grego, romano, fenício, muçulmano e ibérico, entre outros indivíduos de raízes muito variadas. Essa mistura é a razão pela qual, além do espanhol, outras línguas como galego, valenciano, catalão etc. são faladas.

A seguir, mencionaremos as peculiaridades mais importantes do multiculturalismo espanhol:

Arte diversa

A Espanha é reconhecida como o país que viu o nascimento de grandes artistas como Miguel de Cervantes, Pablo Picasso, Salvador Dalí e Federico García Lorca, entre outros importantes representantes das artes.

Todos eles desfrutavam de fama mundial por seus trabalhos e pela maneira em que haviam marcado forte influência sobre o resto da humanidade, precisamente por causa da mistura de concepções e pensamentos.

No mundo artístico, a arquitetura é um dos aspectos em que a mistura de sociedades de que a nação espanhola é mais evidente.

Neste país é evidente a fusão de arte clássica, modernismo, gótico e uma série de outras correntes, tudo isso refletido em suas muito variadas construções.

Gastronomia com influência do Oriente Médio

Graças ao clima, topografia e cultura, uma gastronomia muito rica e típica foi criada com certos ares do Oriente Médio. A passagem de judeus e muçulmanos por este país deixou sua marca na cozinha.

Dentro da variedade de ingredientes comuns na culinária espanhola, alguns são típicos, como peixes, e outros herdados, como o açafrão. A fusão de raças deixou uma arte culinária única que se expandiu por todo o mundo, e que foi enriquecida de tal forma que é muito atraente.

Na Argentina

Diversidade cultural: características, no México, Espanha, Argentina 4

A Argentina, e especialmente sua capital, Buenos Aires, é considerada por muitas pessoas a nação e cidade mais européia da América. Durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, muitos estrangeiros fizeram deste país da América do Sul sua casa, trazendo consigo muitos dos costumes e tradições de seus países de origem.

Hoje a República Albiceleste se destaca por sua extensa e variada atividade cultural. Todos os dias e de quase todos os cantos, turistas e moradores locais podem obter expressões artísticas que variam do mais nativo ao mais estrangeiro.

Concertos, musicais, peças de teatro, exposições e muitas outras atividades são apresentadas diariamente nas ruas argentinas. Aqui estão alguns aspectos deste país que se destacam por sua diversidade cultural:

Relacionado:  Partes de um folheto: Principais recursos

População multicultural

A composição étnica argentina denota multiculturalismo. Os habitantes atuais são uma fusão entre afro-argentinos, os habitantes das planícies (chamados gaúchos) e os europeus, principalmente italianos e espanhóis.

Estudos afirmam que 90% dos argentinos têm raízes européias, 56% são de famílias indígenas e apenas 3% têm ancestrais africanos. Esses números mostram a diversidade que existe neste país, o que levou a diferentes trocas culturais.

Essa mistura de raças se intensificou em meados de 1850, quando ingleses e franceses chegaram à Argentina, entre outros habitantes da Europa, além de vários moradores da Ásia.

belas Artes

Embora o início da arquitetura remonta ao século XVI, muitas dessas estruturas foram destruídas porque lembraram a época da colonização e, consequentemente, a luta pela independência. O Cabildo de Buenos Aires e a Recova da Plaza de Mayo foram alguns desses casos.

Atualmente, existem peças importantes, como o Obelisco de Buenos Aires e o Teatro Colon, produtos da influência da Europa nesta nação sul-americana.

No Peru

Diversidade cultural: características, no México, Espanha, Argentina 5

Senhor dos Milagres em Lima

A cultura do Peru é um produto de seus ancestrais. A civilização inca era tão importante e tão avançada para a época que muitos dos costumes, tradições e festividades de hoje vêm dessa época. A influência que essa civilização teve na sociedade é inegável.

É uma mistura de origem indígena que foi adaptada a outras culturas, como africana e asiática. Além disso, foi moldado para uma localização geográfica cheia de selva e umidade. Uma amostra de sua diversidade é a presença de 11 ecorregiões e 84 das 117 zonas de vida existentes no planeta.

O Peru é caracterizado por ser muito diverso, mas ainda mantém suas origens muito presentes, que se manifestam em muitas das expressões culturais dessa sociedade. Algumas dessas demonstrações são as seguintes:

Arquitetura concluída

Neste país, você pode encontrar obras de diferentes momentos históricos e marcadas com influências muito diferentes.

Alguns exemplos dessas construções importantes são a cidade andina Machu Picchu e as estruturas piramidais, como as Huacas del Sol e de la Luna, e as de Maranga e Mateo Salado.

Também é possível encontrar obras da época colonial, como a Catedral de Cusco ou a Penitenciária de Lima. Esses edifícios são um reflexo de como a dinâmica colonizadora introduziu elementos arquitetônicos das raízes européias nessa sociedade, que acabavam convivendo diariamente.

Gastronomia fundida

A culinária peruana é uma das mais prestigiadas do mundo. Sua variedade de pratos típicos é tanta que mereceu o registro do Guiness nessa área. Essa variedade responde precisamente à diversidade cultural dessa sociedade, que também se reflete em suas propostas culinárias.

É uma fusão entre origens pré-colombianas, europeias e africanas. Na era mais moderna, especificamente no século 19, foram adicionadas influências japonesas e cantonenses. Especialistas na área dizem que é a única parte do mundo onde você pode ver sabores de quatro continentes diferentes.

Na gastronomia peruana, pode-se ver como a maneira mais tradicional e original de cozinhar se fundiu com outros métodos, gerando na maioria dos casos uma relação complementar.

Referências

  1. “Diversidade Cultural” em Alboan. Retirado em 29 de outubro de 2018 de Alboan: alboan.org
  2. “Diversidade cultural” em Ecured. Retirado em 29 de outubro de 2018 de Ecured: ecured.cu
  3. “Declaração Universal sobre Diversidade Cultural” (2 de novembro de 2001) no Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas. Retirado em 29 de outubro de 2018 do Alto Comissariado das Nações Unidas: ohchr.org
  4. Iglesias, E. “Cultura e diversidade cultural. Cultura para um mundo melhor ”(26 de setembro de 2014) em El Mundo. Recuperado em 29 de outubro de 2018 de El Mundo: elmundo.es
  5. “Cultura do México” em Don Quijote. Retirado em 29 de outubro de 2018 de Don Quijote: .donquijote.org
  6. “Riqueza cultural” na biodiversidade mexicana. Retirado em 29 de outubro de 2018 da Biodiversidade Mexicana: biodiversity.gob.mx
  7. “Cultura espanhola” na Enforex. Retirado em 29 de outubro de 2018 da Enforex: .enforex.com
  8. “A cultura espanhola” na Espanha. Recuperado em 29 de outubro de 2018 da Espanha: spain.com
  9. “Arte e cultura da Argentina” em Minha amada Buenos Aires. Recuperado em 29 de outubro de 2018 de Mi Buenos Aires querida: mibuenosairesquerido.com
  10. “Cultura argentina” na Argentina real. Retirado em 29 de outubro de 2018 de The Real Argentina: therealargentina.com
  11. “Cultura da Argentina: características, roupas, costumes e muito mais” de Let’s Talk about Culture. Recuperado em 29 de outubro de 2018 de Let’s Talk about Culture: hablemosdeculturas.com
  12. “Sobre o Peru” no Peru. Retirado em 29 de outubro de 2018 do Peru: peru.travel
  13. “Cultura peruana: costumes e tradições” no Peru. Recuperado em 29 de outubro de 2018 do Peru: peru.info
  14. “A cultura do Peru” em El Portal a Machu Picchu. Recuperado em 29 de outubro de 2018 de El Portal para Machu Picchu: viajes.machupicchu.org

Deixe um comentário