Fauna e flora do mar peruano: espécies mais representativas

A flora e fauna do mar peruano é caracterizada pela grande diversidade de espécies, que constitui uma das mais importantes riquezas hidrobiológicas do mundo.

O Mar de Grau, como também é conhecido o Mar do Peru, é considerado um dos mares mais ricos do planeta, uma vez que muitas de suas espécies são utilizadas para consumo humano e também para a produção de óleo de peixe.

Fauna e flora do mar peruano: espécies mais representativas 1

Pretty

Os fatores que influenciam sua riqueza são a amplitude do pedestal continental, a presença das correntes El Niño e Humboldt, o fenômeno do afloramento e a presença do fitoplâncton.

Fauna mais representativa do mar peruano

Anchova

É uma das espécies mais importantes do ecossistema peruano, tanto para o comércio quanto para o consumo urbano. Alimenta-se de plâncton e não consegue medir o tamanho de um lápis.

Pinguim-humbolt

Esta espécie está em perigo de extinção . Está localizado na Ilha da Foca, na costa do Oceano Pacífico. Na idade adulta pesam quatro quilos e medem setenta centímetros.

Zifio do Peru

Cetáceo escuro que possui uma pequena barbatana dorsal triangular e se alimenta de lulas, anchovas e camarões. Tem um comportamento ilusório e eles se movem em grupos de três a sete amostras.

Booby peruano

Este pássaro aquático se alimenta de peixes pequenos, como a anchova. Para a reprodução, que ocorre uma vez por ano, migram para as terras altas do Peru.

Tartaruga-de-couro

Considerada a maior espécie de tartaruga do mundo, habita os mares subtropicais do Peru. Alimenta-se basicamente de água-viva e é capaz de nadar grandes distâncias no mar, sem ter que desembarcar.

Baleia franca

A caça indiscriminada de um dos maiores mamíferos marinhos do planeta causou hoje um risco de extinção.

Relacionado:  Hemidesmossomas: descrição, estrutura e funções

Pretty

Peixes grandes, cuja carne é estimada pelo alto teor de proteínas.

Guanay

É a espécie mais numerosa de aves marinhas do país. Alimenta-se de peixes pequenos como anchova.

Flora mais representativa do mar peruano

Mococho

Também conhecido como yuyo. É utilizado para consumo humano, pois possui alto teor de magnésio, cálcio e fósforo.

Sargassum

É abundante em lugares com pouca ondulação. Suas folhas densas são o refúgio de pequenos peixes. Eles medem até quinze metros de comprimento, permanecendo na posição vertical.

Manguezais

Vegetação capaz de sobreviver em águas salobras. Eles oferecem proteção a animais como moluscos, peixes e camarões.

Fitoplâncton

Algas microscópicas de cor verde. É composto principalmente de organismos chamados cianobactérias e diatomáceas. É a base da cadeia alimentar dos ecossistemas marinhos.

Nos últimos anos, a flora e a fauna do mar peruano são afetadas pelas consequências das mudanças climáticas. O fitoplâncton e o zooplâncton são afetados pela radiação solar, que acaba matando-os.

Desta forma, há maior emigração de espécies marinhas. O aquecimento das águas também produz um aumento na acidez do mar.

Referências

  1. Luis Borda, “Como as mudanças climáticas afetam as espécies marinhas no Peru?”, 2017. Retirado em 15 de dezembro de 2017 de rpp.pe
  2. Phillip Mason, “Os 10 animais marinhos mais comuns do Peru”, 2017. Recuperado em 15 de dezembro de 2017 de lifeperson.com
  3. Pasta pedagógica. “Características do mar de peruno” recuperadas em 15 de dezembro de Cienciageografica.carpetapedagogica.com

Deixe um comentário