História da tecnologia: desde sua origem até os dias atuais

História da tecnologia: desde sua origem até os dias atuais

A história da tecnologia é a história da criação das ferramentas e técnicas que os humanos usam em suas vidas diárias. A primeira dessas ferramentas deve ter sido uma pedra simples, usada pelos primeiros seres humanos para cortar com a ponta e atacar para moer alimentos.

Durante a pré-história, os humanos só podiam comunicar suas descobertas verbalmente. Suas descobertas, portanto, foram principalmente acidentais. Entre eles, um dos mais importantes: como acender e controlar o fogo. Esse simples fato foi um grande salto na história da humanidade, assim como a invenção posterior da agricultura.

As descobertas tecnológicas geralmente não surgem do nada. A grande maioria deles depende de invenções anteriores. Assim, graças ao fogo, o homem foi capaz de começar a trabalhar metais e fazer novas e melhores ferramentas.

O Renascimento, a Revolução Científica e a Revolução Industrial foram três momentos históricos caracterizados por grandes avanços tecnológicos. O mesmo aconteceu no último século 20, especialmente na segunda metade. Essa aceleração das descobertas parece ter continuado neste século 20, no qual se espera que a Inteligência Artificial seja uma realidade.

Origem da tecnologia

Mesmo antes do Homo sapiens aparecer , os ancestrais do ser humano tentaram criar ferramentas que lhes permitissem sobreviver melhor. Pode-se afirmar que a história da humanidade está intimamente ligada à história da tecnologia, desde o uso de pedras simples até as máquinas digitais mais modernas.

Nesse sentido, o contexto histórico de cada época marcou profundamente a tecnologia criada pelos seres humanos. Assim, muitas das crenças religiosas medievais atrasaram a pesquisa científica, exatamente o oposto do que aconteceu durante o Renascimento ou a Revolução Industrial.

Ao mesmo tempo, a tecnologia também trouxe mudanças reais no modo de vida dos seres humanos: o controle do fogo causou uma mudança profunda; a Revolução Científica transformou a sociedade; e a Revolução Industrial fez surgir novas classes sociais e o mundo, graças aos novos meios de transporte, tornou-se mais acessível.

Os avanços tecnológicos não aparecem aleatoriamente. Todos eles são herdeiros das descobertas anteriores e, por sua vez, serão a base das novas tecnologias.

O que é tecnologia?

A tecnologia é definida como o conjunto de técnicas e conhecimentos aplicados após um sistema ordenado para atingir um objetivo específico ou resolver um problema. O termo vem do grego, especificamente da união de tekne (técnica ou arte) e lodge (habilidade sobre alguma coisa).

No uso mais comum da palavra tecnologia, ela é associada à ciência e engenharia. Como tal, não há data definida que marque sua origem. Pode-se afirmar que existe desde o início da história da humanidade, quando um hominídeo pegou uma pedra para uso prático.

Relacionado:  As 6 partes de um email principal

Idade da Pedra

A Idade da Pedra abrange o início da espécie humana, quando as principais atividades eram de coleta e caça. O modo de vida era muito difícil e os primeiros seres humanos tiveram que lutar por sua sobrevivência.

Para tentar melhorar suas possibilidades, começaram a usar instrumentos de pedra e osso. A princípio, o objetivo era facilitar a caça, cortar carne e esmagar ossos e vegetais. Com o tempo, além disso, eles começaram a ser usados ​​como arma, para se defenderem de tribos rivais e animais selvagens.

Um momento chave ocorreu quando eles conseguiram controlar o fogo. Era para ser uma descoberta acidental, mas depois disso eles tiveram que aprender a ligá-lo e controlá-lo à vontade. Isso permitiu cozinhar a comida, o que permitiu melhorar a ingestão de nutrientes e aumentar a inteligência das espécies.

Idade dos metais

Os seres humanos abandonaram o nomadismo para se estabelecerem em lugares fixos. Para isso, a descoberta da agricultura e ferramentas que ajudaram a cultivar a terra foi essencial.

Por outro lado, a Idade do Metal foi caracterizada, como o próprio nome indica, pelo início da metalurgia. A capacidade de trabalhar com metais facilitou a criação de novas ferramentas, mais versáteis, resistentes e simples.

Este período foi dividido pelos historiadores em três fases diferentes, cada uma com seus próprios avanços tecnológicos.

A primeira foi a Idade do Cobre, o momento em que o homem começou a extrair e derreter o metal que lhe dá nome. O resultado foi a criação de melhores armas, embarcações ou instrumentos.

A Idade do Bronze foi o próximo período histórico. A humanidade deu um passo adiante no trabalho com metais e eles começaram a fazer ligas. O mais comum era o de cobre com estanho, resultando em bronze. É um material mais resistente que permitiu que as ferramentas aprimoradas fossem bastante aprimoradas.

Finalmente, a humanidade entrou na Idade do Ferro. Esse metal logo se tornou a matéria- prima mais importante da época e deu uma grande vantagem competitiva aos povos que aprenderam a trabalhar.

Idade Média

A preponderância do pensamento religioso fez com que as descobertas tecnológicas fossem menos abundantes, especialmente no Ocidente. No entanto, na China e no Oriente Médio, o desenvolvimento continuou sem problemas.

Especialistas observam que a tecnologia medieval se ajustou à mistura entre tradição e inovação. Apesar da desaceleração das descobertas, os medievalistas apontam que importantes invenções ocorreram em alguns campos.

Relacionado:  Arquivo muito grande para o sistema de arquivos de destino

Entre essas inovações, destacaram-se relógios mecânicos, moinhos de vento ou óculos. Da mesma forma, nesse momento apareceram pequenos avanços, como botões ou marca d’água.

Por outro lado, já com a Idade Média avançada, na Europa começou uma corrida pela busca e controle de novos territórios. Nesta área, a tecnologia se tornou muito importante. Embora não fossem invenções recentes, o uso da bússola, do astrolábio ou da vela latina aumentou.

As frequentes guerras que ocorreram nesse período histórico fizeram com que importantes avanços militares aparecessem. Assim, itens como armaduras de metal, bestas de aço ou cano foram inventados.

Idade Moderna

No século XV, era muito rico em eventos históricos. No campo da tecnologia, ele destacou uma invenção que revolucionou a transmissão do conhecimento: a impressora.

Com essa inovação, o antigo método de copiar livros desapareceu. A impressora permitia que os documentos fossem replicados mais rapidamente e, mais importante, eles não estavam mais disponíveis para apenas alguns.

O uso da impressora levou ao início do conhecimento enciclopédico e à revolução científica. A Igreja, que se reservara o direito de decidir qual conhecimento estava correto, começou a perder importância em comparação com a razão.

Essa revolução científica foi fundamental para a chegada de uma nova época: o Renascimento.

Revolução Industrial

A partir da segunda metade do século XVIII, a humanidade experimentou a primeira revolução que afetou a indústria. Essa grande transformação começou na Inglaterra e, no início do século 19, se espalhou pelo resto da Europa e outros lugares do planeta. Especialistas dizem que foi o período com as maiores inovações desde o Neolítico.

O resultado dessa revolução afetou toda a sociedade. As máquinas foram introduzidas nas fábricas, deixando para trás o trabalho manual.

As inovações não afetaram apenas as fábricas. Igualmente importantes foram as novas invenções relacionadas ao transporte, da ferrovia ao motor a vapor (também usado na indústria). O ser humano foi capaz de se mover mais rapidamente, como a mercadoria.

Século XIX

A tecnologia do início do século 19 foi alimentada por todas as descobertas feitas na Revolução Industrial. O progresso foi tão rápido que, no final do século, ocorreu a chamada Segunda Revolução Industrial.

O motor a vapor, mencionado acima, começou a ser usado em navios e trens, melhorando o transporte. Além disso, o telégrafo apareceu no início deste século, que foi um grande avanço nas comunicações.

Relacionado:  11 Tipos de treliças de acordo com a balança, conformação e origem

Não menos importante foi a invenção da lâmpada incandescente. As cidades, pouco a pouco, começaram a ter iluminação elétrica.

No campo industrial, os britânicos foram os primeiros a fabricar polias para barcos de forma totalmente automática. Graças a essa automação, que se espalhou para outros setores, começou a era da produção em massa.

Da mesma forma, os navios já foram construídos inteiramente de metal. A maior resistência desse material permitiu aumentar o comércio com o Extremo Oriente.

Em meados da segunda Revolução Industrial, no final do século, as tecnologias química, de petróleo, metalúrgica e elétrica se desenvolveram de uma maneira que nunca antes.

Século XX

Já no final do século XIX, a ameaça de guerra foi um grande impulso ao desenvolvimento tecnológico. No século XX, com suas duas guerras mundiais, confirmou que os conflitos de guerra provocam novas descobertas que, a médio prazo, são incorporadas à vida cotidiana.

Transporte, energia ou computação são exemplos dos grandes avanços tecnológicos produzidos naquele século. Os aviões se tornaram o sistema de transporte por excelência para longas distâncias, as comunicações foram desenvolvidas do telefone com fio para o celular e a energia nuclear começou a ser usada.

Entre todos esses avanços, destaca-se o da computação. Movidos pela guerra, os computadores deixaram de ocupar salas inteiras e puderam ser colocados em uma mesa em qualquer casa. O surgimento da internet, também ligada à indústria militar, representou uma transformação absoluta da sociedade.

Século XXI

Embora apenas duas décadas tenham se passado desde o novo século, os avanços tecnológicos continuam a se desenvolver rapidamente. A computação, juntamente com a digitalização, robótica e inteligência artificial incipiente, é onipresente em todas as áreas.

Muitos autores afirmam que a humanidade está imersa em uma nova Revolução Industrial, a quarta ou a 4.0. Automação e digitalização apresentam grandes oportunidades, mas também desafios no mundo do trabalho.

Referências

  1. Centro de Estudos Cervantino. História da tecnologia. Estágios e invenções em destaque. Obtido em centroestudioscervantinos.es
  2. O Pensador. História da tecnologia. Obtido em educacion.elpensante.com
  3. TecnoMagazine. História da tecnologia. Obtido em tecnomagazine.net
  4. Buchanan, Robert Angus. História da tecnologia. Obtido em britannica.com
  5. Khan, Nazir Nawaz. História e evolução da tecnologia. Obtido em nation.com.pk
  6. Historyworld. História da tecnologia. Obtido em historyworld.net
  7. Lepore, Jill. A tecnologia impulsiona a história? Obtido em newyorker.com

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies