Huizache: características, habitat, cuidados e usos

O huizache ( Acacia farnesiana ) é uma espécie arbórea com espinhos abundantes e flores aromáticas pertencentes à subfamília Mimosoideae da família Fabaceae. Também conhecida como acácia doce, aroma, bayahonda, espinheiro, aroma de flores, guizache ou zubinché, é uma espécie nativa dos ambientes secos dos trópicos americanos.

É uma árvore de tamanho médio do tipo arbusto, com uma coroa uniforme e compacta de folhas bipinadas desenvolvidas ao longo do galho. Ramificado e espinhoso, com abundantes flores minúsculas consistindo em inflorescências esféricas, compactas, amarelas e muito perfumadas.

Huizache: características, habitat, cuidados e usos 1

Huizache (Acacia farnesiana). Fonte: Mike [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

É uma espécie usada para o reflorestamento de terras degradadas, possui compostos úteis em nível industrial ou medicinal e é uma fonte de lenha ou combustível. Em algumas regiões, é considerada uma planta invasora devido à sua capacidade de colonização de pastagens e ambientes intervenientes.

Características gerais

Aparência

O huizache é um arbusto ou árvore de porte baixo, ramificado e espinhoso, com 1-2 metros de altura e uma espessura de cerca de 40 cm em média. De caráter sempre-verde ou subcaducifólio, possui uma copa larga e oval, com uma cobertura foliar de 3 a 10 metros.

Folhas

As folhas alternadas e bipinadas têm um par de espinhos teimosos com 1-2 cm de comprimento, para um tamanho total de 2-8 cm, incluindo o pecíolo. Cada folheto contém 2-8 pares opostos de pinos primários e 10-25 pares opostos de pinos secundários, com 3-8 cm de comprimento.

Tronco

O eixo é curto e fino, com abundantes ramificações que nascem da base do caule. Os galhos eretos, às vezes estendidos ou em zigue-zague, têm espinhos rígidos de 5-25 mm de comprimento.

A casca externa é plana quando jovem e rachada em plantas adultas, tons de marrom a cinza-chumbo e com numerosas lenticelas. A casca interna é fibrosa e de cor amarelada, com um sabor e cheiro específicos ao alho.

Flores

As flores consistem em glomérulos ou inflorescências densamente agrupadas, formando uma massa globosa de cor amarela. Essas estruturas fortemente perfumadas emergem sozinhas ou agrupadas 2-3 das estipulações axilares.

Huizache: características, habitat, cuidados e usos 2

Detalhe das flores de Huizache (Acacia farnesiana). Fonte: Forest & Kim Starr [CC BY 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by/3.0)]

Frutas

A fruta é uma leguminosa encaracolada e semelhante a couro, de 2 a 10 cm de comprimento, solitária ou emparelhada, lisa ou ligeiramente estriada na diagonal. Essas vagens são tardiamente deiscentes e permanecem presas à árvore depois que amadurecem.

Sementes

A semente é um grão reniforme liso de 7 a 8 cm de comprimento, de cor marrom com a linha de fissura aberta e organizada em fileiras duplas.

Taxonomia

– Reino: Plantae

– Divisão: Magnoliophyta

– Classe: Magnoliopsida

– Ordem: Fabales

– Família: Fabaceae

– Subfamília: Mimosoideae

– Tribo: Acacieae

– Gênero: Acácia

– Espécie: Acacia farnesiana (L.) Willd.

Habitat e distribuição

O farnesiana Acacia é uma espécie nativa da América tropical, do Peru, Colômbia e Brasil para a Flórida, Louisiana, Texas e Califórnia até o sul dos Estados Unidos Na Europa, foi introduzido a partir de Santo Domingo pelos jesuítas em meados do século XVII, durante o estágio colonial espanhol.

Huizache: características, habitat, cuidados e usos 3

Detalhe dos galhos e espinhos de Huizache (Acacia farnesiana). Fonte: Mark Marathon [CC BY-SA 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)]
Relacionado:  10 Aplicações da Biologia na Vida Diária

Atualmente, está distribuído pelas áreas tropicais e quentes do mundo todo. Seu amplo nível de distribuição se deve a fatores naturais e antropogênicos, mesmo em algumas regiões é considerada espécie invasora.

É uma planta que se adapta a solos de baixa fertilidade, pobre em conteúdo orgânico, arenoso, seco, salino e até alcalino.

Predomina nas regiões climáticas quentes e semi-quentes, com uma precipitação média anual de 500-750 mm e uma faixa de temperatura entre 5 e 30 ° C. De fato, requer exposição ao sol para o desenvolvimento ideal, sendo também tolerante à seca ou a baixos níveis de precipitação.

Huizache geralmente cresce em terrenos intervencionados, ruderais, pousios e abandonados. Além disso, além de áreas de cultivo ou pastagens, estradas, estradas, córregos ou cursos de água.

Cuidado

Exigências

O huizache é uma espécie que possui uma ampla gama de adaptação em termos de solo, umidade e temperatura. Habita regiões áridas ou semi-áridas e possui um extenso sistema radicular capaz de penetrar nos lençóis freáticos.

Adapta-se a variações de temperatura entre 0 e 48 ° C, baixa umidade relativa e baixa precipitação anual. Exige a exposição total ao sol para crescer, por isso é estabelecida em locais abertos. Também tolera ventos fortes no inverno.

Huizache: características, habitat, cuidados e usos 4

Planta adulta de Huizache (Acacia farnesiana). Fonte: Judgefloro [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Cresce em solos ácidos e salinos, mesmo em solos pedregosos e pedregosos, característicos das regiões costeiras e mediterrâneas. De fato, necessita de solos soltos, profundos e bem drenados, pois é resistente à seca, mas suscetível ao alagamento.

Esta espécie possui uma grande capacidade de adaptação a diferentes ambientes e possui flores atraentes com uma fragrância agradável. De fato, geralmente floresce duas vezes por ano, um aspecto particular da espécie que a torna mais apreciada.

Reprodução de sementes

O huizache se reproduz por sementes, graças à sua grande capacidade de se adaptar a várias condições desfavoráveis ​​do solo. As sementes podem ser mantidas inativas por vários anos até que as condições melhorem e, assim, gerem uma nova planta.

Para a propagação comercial, os frutos maduros são colhidos de janeiro a abril, selecionando frutos escuros, livres de danos físicos ou perfuração. Para obter a germinação, as sementes são colocadas em um substrato com alto teor de matéria orgânica e irrigação abundante, mal coberta superficialmente.

A germinação começa 25-35 dias após a semeadura, obtendo 85-100% de germinação, dependendo da qualidade da semente. Após 8 a 12 dias, as mudas estarão prontas para a repolho e o transplante no local de crescimento.

Existem vários sistemas de reprodução para obter mudas vigorosas e bonitas. Isso inclui sacolas plásticas, recipientes, pote de papel, discos de turfa prensados ​​Jiffy ou raízes nuas.

Independentemente do sistema selecionado, a irrigação e a proteção constantes da luz solar direta devem ser mantidas. Assim como o gerenciamento de controle de ervas daninhas, fertilização orgânica ou química e controle de pragas ou doenças.

Huizache: características, habitat, cuidados e usos 5

Mudas de Huizache (Acacia farnesiana). Fonte: Philmarin [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Para plantar o local final, a área de plantio é essencial. Se o solo for muito compacto, é recomendável cavar fundo e colocar algumas pedras na areia que permitam o escoamento.

Relacionado:  5 organismos unicelulares usados ​​para fazer comida

No momento do plantio, é conveniente umedecer o solo e adicionar um fertilizante orgânico que permita ter elementos nutricionais. Além disso, remova o solo no local final para evitar o contato das raízes com o fertilizante e evitar possíveis danos.

Reprodução vegetativa

Huizache também pode ser propagado vegetativamente através de estacas. Para esse processo, são selecionados pedaços de madeira semi-dura obtidos no verão.

Com uma faca limpa e afiada, é feito um corte preciso na base da estaca. Posteriormente, no local do corte, ele é imerso em uma mistura de hormônios vegetais antes de ser colocado em um leito de enraizamento.

É aconselhável manter as estacas protegidas do sol e cobertas com um material plástico que mantenha uma temperatura constante de 21 ºC. Uma vez iniciada a brotação, as mudas são transferidas para sacolas plásticas em condições de meia sombra até serem transplantadas para o local final.

Manuseio

O huizache não requer manutenção específica para obter plantas altamente produtivas. No entanto, é conveniente fornecer condições adequadas de umidade, fertilização, remoção de ervas daninhas e controle de pragas ou doenças.

Durante a fase inicial de crescimento e desenvolvimento, é aconselhável a aplicação de irrigação contínua, a fim de favorecer o desenvolvimento do sistema radicular. Da mesma forma, durante o verão, a água com moderação e na primavera realiza fertilização orgânica ou química.

A poda de manutenção não é necessária, a menos que a planta tenha recebido danos físicos devido a ventos fortes. A poda do saneamento é necessária quando há alguma fisiopatia ou ocorrência de pragas e doenças.

Huizache: características, habitat, cuidados e usos 6

Frutos verdes de Huizache (Acacia farnesiana). Fonte: Philmarin [CC BY-SA 4.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0)]

Usos

Alimento

Em algumas regiões, as folhas são usadas como molho para salada na preparação de certos pratos artesanais. Por outro lado, o caule, folhas, flores e vagens são usados ​​como forragem para bovinos do tipo bovino e caprino.

Combustível

O material vegetal, tronco, caules e galhos são utilizados como lenha para obter um carvão vegetal de excelentes propriedades. De fato, o carvão obtido a partir do huizache tem uma combustão moderada e um alto conteúdo calorífico.

Industrial

O exsudato obtido do tronco do huizache é usado como substituto da goma arábica ou como mucilagem. Além disso, o líquido viscoso extraído das vagens imaturas é usado para colar figuras de cerâmica ou porcelana.

Das flores e frutas, eles obtêm certos pigmentos vegetais que são usados ​​como corantes para tingir tecidos e papel de parede. De fato, do solo e das vagens fervidas é obtida uma infusão de cor preta que é usada como tinta.

A casca e as vagens desta espécie têm um alto teor de taninos, uma substância muito adstringente usada no processo de curtimento de couro. As vagens de frutas possuem aproximadamente 12 a 18% desse composto fenólico conhecido como taninos.

As flores maceradas com gordura vegetal ou óleo de coco obtêm um óleo essencial com um agradável cheiro a violeta. Huizache é amplamente cultivado em alguns países exclusivamente para usar seu óleo na produção de produtos cosméticos, como pomadas, pós ou aromas.

Relacionado:  Echinocactus platyacanthus: características, habitat, usos

Medicinal

O farnesiana Acacia tem muitas propriedades medicinais e curativas que visam preservar a saúde eo bem-estar dos pacientes tratamentos alternativos. Os ingredientes ativos com propriedades medicinais são extraídos como infusão ou macerados das raízes, caules e folhas, bem como flores e frutos.

As folhas e flores do huizache possuem propriedades terapêuticas que, por meio de infusões, permitem aliviar distúrbios digestivos e diarréicos. Da mesma forma, atua como depurativo da vesícula biliar e evita febre tifóide, espasmos e baço distendido.

Por outro lado, é usado como analgésico natural e permite regular o nível de ácido gástrico no estômago, prevenindo a acidez. Utilizado em gargarejos, é eficaz em distúrbios calmantes da garganta, como amigdalite, esofagite ou laringite.

Usado como um alimento pode aliviar doenças brônquicas, gripe e expectoração. Além disso, é usado regularmente como relaxante muscular e como aperitivo para estimular o apetite.

Uma poção forte preparada com base nas raízes do huizache é consumida diluída em água para aliviar as hemorróidas vaginais. A fruta macerada é aplicada nos dentes para fortalecer a dentadura e aliviar úlceras ou queimaduras na boca.

Huizache: características, habitat, cuidados e usos 7

Frutos maduros e secos de huizache (Acacia farnesiana). Fonte: Philmarin [CC BY-SA 3.0 (https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0)]

Além disso, com a maceração da fruta, você recebe uma pomada com efeito antiespasmódico, aplicado no pescoço e na testa, aliviando a dor de cabeça. Finalmente, o chá de frutas verdes é usado como adstringente e regula os abscessos das mucosas e da pele.

Conservação

O huizache se desenvolve em solos arenosos e pedregosos que, devido às suas condições de alta porosidade, são relativamente secos. Devido ao seu alto nível de adaptação, essa espécie é plantada nessas condições para consolidar solos áridos e áridos ou áridos.

É uma espécie usada para estabelecer cercas vivas em terras agrícolas e para separar pastagens ou pastagens. Devido ao seu grande número de espinhos, torna-se uma cerca impenetrável.

Toxicidade

As várias espécies do gênero Acacia , incluindo Acacia farnesiana , contêm certos glicosídeos cianogênicos e derivados da dimetiltriptamina na casca, folhas e sementes. A ingestão descontrolada dessas substâncias pode causar sérios problemas de toxicidade no organismo e, portanto, na saúde do consumidor.

Referências

  1. Acacia farnesiana (1998) Espécies de árvores e arbustos para as zonas áridas e semi-áridas da América Latina. Rede Latino-Americana de Cooperação Técnica em Sistemas Agroflorestais. Recuperado em: fao.org
  2. Acacia farnesiana. (2019). Wikipedia, A Enciclopédia Livre. Recuperado em: en.wikipedia.org
  3. Mondragón Pichardo, J. (2009) Acacia farnesiana (L.) Willd. Huizache Ervas daninhas do México. Recuperado em: conabio.gob.mx
  4. Parrotta, JA (2000). Acacia farnesiana (L.) Willd. Aroma, huisache. Bioecologia de árvores nativas e exóticas de Porto Rico e das Índias Ocidentais. Relatório Técnico Geral IITF-115. Instituto Internacional de Florestas Tropicais do Serviço Florestal do USDA, Río Piedras, PR, 6-10.
  5. Rojas-Rodríguez, F., & Torres-Córdoba, G. (2012). Árvores do Vale Central da Costa Rica: reprodução do Aromo (Acacia farnesiana). Kurú Mesoamerican Forest Magazine, 9 (22), p. 66.
  6. Ross, JH (1975). A tipificação de Mimosa farnesiana. Bothalia, 11 (4), 471-472.

Deixe um comentário