Localização geográfica dos olmecas: características

Os olmecas foram uma antiga civilização pré-colombiana que habitou a região da Mesoamérica, localizada no atual México, durante o período pré-clássico. Sua localização geográfica era principalmente na região do golfo do México, abrangendo os atuais estados de Veracruz e Tabasco. Os olmecas estabeleceram diversas cidades-estado ao longo da costa e no interior, onde desenvolveram uma cultura rica e sofisticada, com características únicas que influenciaram outras civilizações mesoamericanas. A localização geográfica dos olmecas proporcionou acesso a recursos naturais abundantes, como terras férteis, rios e o oceano, que foram essenciais para o desenvolvimento da sua sociedade e economia.

Principais características dos olmecas: o que os destaca na história da civilização mesoamericana.

Os olmecas foram uma das civilizações mais importantes da história mesoamericana, conhecidos por suas impressionantes esculturas de pedra e pela influência que exerceram sobre as culturas posteriores da região. Suas principais características incluem a prática da agricultura, o desenvolvimento de técnicas avançadas de construção e a criação de um dos primeiros sistemas de escrita da América.

Além disso, os olmecas são conhecidos por suas grandes cabeças de pedra, que representam figuras humanas com traços distintivos, como lábios grossos e narizes largos. Essas esculturas são consideradas obras-primas da arte mesoamericana e demonstram o alto nível de habilidade e sofisticação alcançado por essa antiga civilização.

Outra característica marcante dos olmecas é a prática de rituais religiosos complexos, que envolviam oferendas de alimentos, objetos preciosos e até mesmo sacrifícios humanos. Essas cerimônias desempenharam um papel fundamental na organização social e política dos olmecas, demonstrando a importância da religião em sua sociedade.

Localização geográfica dos olmecas: características

Os olmecas ocupavam uma região conhecida como a “área nuclear olmeca”, localizada na costa do Golfo do México, no que é hoje o estado mexicano de Veracruz. Essa área era caracterizada por uma geografia diversificada, que incluía planícies, montanhas e florestas tropicais, proporcionando aos olmecas uma grande variedade de recursos naturais.

Além disso, a localização geográfica dos olmecas lhes conferia uma posição estratégica no comércio mesoamericano, permitindo-lhes estabelecer relações comerciais com outras civilizações da região. Isso contribuiu para a disseminação da cultura olmeca e para a sua influência sobre as culturas vizinhas.

Relacionado:  Traje Típico de Belize: Principais Características

Onde se encontram os olmecas, antiga civilização mesoamericana de grande importância histórica e cultural.

Os olmecas foram uma antiga civilização mesoamericana de grande importância histórica e cultural que se desenvolveu na região da costa do Golfo do México, no sul do México, entre aproximadamente 1400 a.C. e 400 a.C. Eles são considerados uma das primeiras civilizações complexas da América e tiveram uma influência significativa em outras culturas da região.

Os olmecas estavam localizados principalmente na região costeira dos atuais estados mexicanos de Veracruz e Tabasco, onde criaram impressionantes centros urbanos, como San Lorenzo, La Venta e Tres Zapotes. Essas cidades eram caracterizadas por grandes pirâmides, monumentos de pedra e complexos sistemas de drenagem.

Além disso, os olmecas eram conhecidos por sua arte monumental, especialmente as famosas cabeças colossais esculpidas em pedra, que retratam rostos humanos estilizados. Eles também desenvolveram um sistema de escrita e um calendário, e foram os primeiros na Mesoamérica a praticar a agricultura em larga escala.

Em resumo, os olmecas foram uma civilização avançada e influente que deixou um legado duradouro na história e cultura da região mesoamericana, e sua localização geográfica na costa do Golfo do México foi fundamental para seu desenvolvimento e expansão.

Localização geográfica da antiga civilização olmeca: descubra onde habitaram esses povos milenares.

A antiga civilizacão olmeca foi uma das mais importantes da Mesoamérica, desenvolvendo-se na região que hoje corresponde ao sul do México, especificamente nos atuais estados de Veracruz e Tabasco. Os olmecas habitaram uma região de clima tropical e terras férteis, próximas ao Golfo do México, o que favoreceu o desenvolvimento de sua cultura.

Os olmecas estabeleceram-se em uma área de selva densa e úmida, onde construíram grandes centros urbanos, como La Venta, San Lorenzo e Tres Zapotes. Sua localização geográfica permitiu o acesso a recursos naturais abundantes, como pedra basáltica para a escultura de suas famosas cabeças colossais.

Além disso, a proximidade com rios como o Coatzacoalcos facilitou o comércio e a comunicação com outros povos da região, contribuindo para a influência dos olmecas sobre as culturas subsequentes. A localização dos olmecas no sul do México foi estratégica para sua expansão e interação com outras civilizações mesoamericanas.

A cultura dos olmecas: características, arte e legado de um povo antigo.

Os olmecas foram uma antiga civilização que se desenvolveu na região costeira do Golfo do México, no que é hoje o México. Sua localização geográfica era estratégica, permitindo-lhes ter acesso tanto ao mar quanto às terras férteis do interior.

Os olmecas eram conhecidos por suas impressionantes esculturas em pedra, muitas vezes representando cabeças colossais de granito com características faciais distintas. Além disso, eles desenvolveram uma complexa arte em cerâmica, com padrões geométricos e representações de animais.

O legado dos olmecas é evidente em muitos aspectos da cultura mexicana moderna, incluindo a influência de suas crenças religiosas e práticas agrícolas. Sua arte e arquitetura também tiveram um impacto duradouro na região.

Em resumo, a cultura dos olmecas era rica em tradições artísticas e espirituais, deixando para trás um legado que continua a inspirar e fascinar estudiosos e entusiastas da história antiga.

Localização geográfica dos olmecas: características

A localização geográfica dos olmecas era ao longo da costa do Golfo do México, na parte inferior dos estados atuais de Veracruz e Tabasco. Seus três principais centros eram San Lorenzo Tenochtitlán, Laguna de los Cerros, La Venta e três Zapotes.

Os olmecas cobriam grande parte do território central e sul do México. Existem até indicações de manifestações da arte olmeca em El Salvador.

Localização geográfica dos olmecas: características 1

Há evidências arqueológicas que apóiam a existência da civilização olmeca entre 1500 e 500 aC, durante o período pré-clássico mesoamericano médio.

Consequentemente, o povo olmeca é considerado uma das mais antigas culturas mesoamericanas.

A civilização olmeca vivia em vales de inundação e no topo de colinas vulcânicas baixas. Portanto, eles tinham uma forte preferência pelas planícies da planície costeira do Golfo do México.

Os assentamentos olmecas estavam concentrados principalmente na metade norte do istmo de Tehuantepec – ou seja, a oeste do estado de Tabasco – e a sudeste do estado de Veracruz.

Da mesma forma, os olmecas tiveram uma presença importante ao longo da Sierra Madre Oriental e da Sierra Madre de Oaxaca

Relacionado:  O Contexto Histórico da Ecologia (Grécia-Século XX)

Os três principais assentamentos olmecas foram San Lorenzo Tenochtitlán, La Venta e Tres Zapotes.

Os 3 principais assentamentos da cultura olmeca

1- San Lorenzo Tenochtitlán

Este local é constituído por um platô de aproximadamente 50 metros de altura e escavações confirmam que era o principal centro cerimonial e político dos olmecas, em vigor entre 1150 e 900 aC.

Hoje é uma zona arqueológica localizada a sudeste do estado de Veracruz. San Lorenzo Tenochtitlán é reconhecido pela presença de enormes monumentos de pedra, característicos da cultura olmeca.

Essas estruturas podem pesar mais de 40 toneladas, com altura superior a 2,5 metros. Os mais interessantes representam rostos humanos e são conhecidos como “cabeças esculpidas colossais”.

2- A Venda

Esta área é uma reserva arqueológica localizada no estado de Tabasco, especificamente no atual município de Huimanguillo, muito próximo ao Golfo do México.

As evidências arqueológicas coletadas nesta área cobrem aproximadamente 38% do total de monumentos ou registros olmecas descobertos até agora.

Dadas as características dos solos deste setor, presume-se que La Venta seja uma importante fonte de borracha, sal e cacau para a civilização olmeca.

La Venta abriga a pirâmide mesoamericana mais antiga descoberta até hoje. Além disso, esta cidade pré-hispânica tem uma arquitetura muito particular, esculturas olmecas em todos os lugares e ofertas de jade características.

3- Três zapotes

Este sítio arqueológico está localizado na planície do rio Papaloapan, no atual município de Santiago Tuxtla, no estado de Veracruz.

Hoje é o lar do museu Tres Zapotes, no qual algumas descobertas arqueológicas da cultura olmeca são expostas ao público.

Referências

  1. Gonzales, A. (2010). Cultura olmeca. Recuperado de: historiacultural.com
  2. Olmec (1999). Encyclopædia Britannica, Inc. Londres, Reino Unido. Recuperado de: britannica.com
  3. Civilização olmeca (sf). Recuperado de: crystalinks.com
  4. Civilizações pré-colombianas (1998). Encyclopædia Britannica, Inc. Londres, Reino Unido. Recuperado de: britannica.com
  5. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2017). Área Nuclear Olmeca. Recuperado de: en.wikipedia.org
  6. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2017). A venda Recuperado de: en.wikipedia.org
  7. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2017). Três zapotes Recuperado de: en.wikipedia.org
  8. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2017). Olmeca Recuperado de: en.wikipedia.org

Deixe um comentário