O que é um referencial teórico de uma pesquisa?

O quadro teórico de uma investigação é a parte da investigação na qual o suporte teórico está exposto. É um conjunto de idéias que marcam o curso do trabalho realizado e o colocam em relação a outras pesquisas já realizadas.

O arcabouço teórico é de grande importância, pois são apresentadas aqui as teorias, conceitos e idéias que apóiam e apóiam o estudo em execução.

O que é um referencial teórico de uma pesquisa? 1

Um bom referencial teórico demonstra que a importância do problema foi entendida e permite que outros (além do pesquisador) também possam entendê-lo.

Outros benefícios do referencial teórico são que eles fornecem ferramentas para análise crítica de fontes, permitindo ao pesquisador distinguir o que é relevante e o que não é.

Na pesquisa, o referencial teórico é dividido em quatro seções essenciais: o plano de fundo, a base teórica, a base jurídica e o glossário de termos.

Objetivo do referencial teórico

O referencial teórico fornece a base conceitual para a compactação e análise dos dados apresentados em uma investigação. Esse é o objetivo básico do referencial teórico. Outras de suas funções são:

1- Oferecer meios para que futuros pesquisadores possam interpretar os dados.

2- Responder a novos problemas que não haviam sido estudados anteriormente.

3- Fornecer meios para identificar o problema de pesquisa, uma vez que o entendimento vem do entendimento.

4- Permitir que novas interpretações sejam dadas aos dados antigos.

Importância

O referencial teórico é composto por um conjunto de definições, conceitos e idéias que se referem aos textos existentes.

Este conjunto suporta a pesquisa que está sendo realizada. Então, um bom arcabouço teórico mostra o entendimento avançado das teorias relacionadas ao trabalho que está sendo executado.

Da mesma forma, o referencial teórico estabelece uma relação entre nosso trabalho e outros trabalhos na mesma área.

Relacionado:  Pesquisa quase-experimental: características, metodologia

Ao fazer isso, nossa pesquisa será enquadrada em um contexto que facilitará nosso estudo e o de futuras pessoas que desejam seguir a mesma linha de pensamento.

Para fazer um referencial teórico, o pesquisador deve realizar um processo de consulta, análise e seleção de várias fontes. Isso ajuda aqueles que investigam em diferentes aspectos:

1- Permite desenvolver o pensamento crítico.

2- Ele fornece a base para o desenvolvimento de hipóteses relevantes.

3- Favorece a expansão ou delimitação do problema de pesquisa.

4 – Informar quais linhas de pesquisa são importantes para o nosso estudo.

5- Permite determinar as variáveis ​​que afetam o problema de pesquisa.

6- Fornece ferramentas para que se possa discernir o que é relevante e o que não é.

Como fazer um referencial teórico?

Para fazer um referencial teórico, é necessário que o problema de pesquisa já tenha sido delimitado e que um título esteja disponível (porque o título contém os dados mais relevantes do problema).

O problema da pesquisa representa a base a partir da qual todo o trabalho será estruturado, incluindo o referencial teórico.

O próximo passo é fazer um brainstorming dos conceitos relacionados ao problema. É bom ter em mente uma certa pergunta, por exemplo: quais são os fatores que modificam meu problema? Quais são as causas e efeitos disso? Quem isso afeta?

Depois que o brainstorm é concluído, os conceitos obtidos são categorizados. Aqueles que se relacionam diretamente com a investigação serão preservados. O restante será relegado para segundo plano.

Posteriormente, textos relacionados aos conceitos relevantes devem ser consultados. Recomenda-se que a pesquisa se concentre em figuras de autoridade para a área, uma vez que isso dará veracidade ao nosso estudo.

Se existem teorias que apóiam nosso estudo, elas devem ser levadas em consideração para o referencial teórico. Da mesma forma, estudos anteriores ao nosso, diretamente relacionados à nossa pesquisa, devem ser considerados.

Relacionado:  10 principais exemplos de permeabilidade

Organização dos conceitos

Tradicionalmente, o referencial teórico é organizado nas seguintes partes:

1- Antecedentes da investigação.

2- Bases teóricas.

3- Bases jurídicas.

4- Glossário de termos.

Pesquisa

Os antecedentes são as investigações anteriores que se assemelham àquelas que estão sendo realizadas. Segundo algumas escolas, o histórico mínimo para apresentar é três.

É necessário que essas investigações sejam dos últimos cinco anos, para garantir que os dados apresentados nelas ainda sejam válidos.

Ao apresentar o histórico da pesquisa, os seguintes aspectos devem ser incluídos:

1- Título, problema e objetivos da investigação.

2- Metodologia utilizada.

3- Conclusões.

4- Relação entre esta investigação e a que está sendo realizada.

Base teórica

As bases teóricas são a organização das teorias e idéias mais relevantes que giram em torno de nossa pesquisa.

A maneira de apresentar as bases teóricas é em seções, da mais geral à mais específica. O layout deste artigo é um exemplo básico de como a base teórica de uma investigação deve ser organizada.

Um aspecto que deve ser levado em consideração ao apresentar a base teórica é a autoria. Isso significa que deve ser dado crédito às pessoas que escreveram os textos nos quais nos baseamos. Caso contrário, seria cometido plágio, que é roubo de propriedade intelectual.

Base jurídica

As bases legais são o conjunto de leis e regulamentos diretamente relacionados ao nosso estudo.

Nesta seção, estão incluídos os artigos da Magna Carta e outras leis menores devidamente identificadas.

Glossário de termos

O glossário de termos inclui as palavras essenciais para a compreensão da pesquisa que está sendo desenvolvida.

O glossário de termos é responsável por criar uma linguagem comum entre o pesquisador e os leitores.

Relacionado:  Quais são as variáveis ​​de pesquisa?

O termo é apresentado seguido de seu conceito e organizado em ordem alfabética. Os conceitos devem ser básicos, pois o que você deseja é que o destinatário possa entendê-lo.

Referências

  1. Estrutura Theoreticql. Recuperado em 12 de setembro de 2017, de libguides.usc.edu
  2. O referencial teórico de uma dissertação: o que e como? Recuperado em 12 de setembro de 2017, de scribbr.com
  3. O que é o enquadramento teórico? Retirado em 12 de setembro de 2017 de businessdictionary.com
  4. Enquadramento Teórico. Recuperado em 12 de setembro de 2017, de statisticssolutions.com
  5. Elementos de um referencial teórico. Recuperado em 12 de setembro de 2017, de analytitech.com
  6. Redação do capítulo do referencial teórico. Recuperado em 12 de setembro de 2017, de ccms.ukzn.ac.za
  7. Exemplo de referencial teórico de uma dissertação. Recuperado em 12 de setembro de 2017, de scribbr.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies