O que é um roteiro teatral? (com exemplo)

Um roteiro teatral é um texto que contém os diálogos e detalhes técnicos necessários na montagem e realização de uma peça. É um livreto dirigido a todos os que participam do trabalho, para orientá-los no desempenho de suas funções.

Nesse formato, o autor narra e descreve as conversas, expressões, figurinos e eventos que serão desenvolvidos na história que se pretende adaptar ao teatro, seguindo uma ordem interna ou estrutura dividida em: princípio, nó e resultado.

O que é um roteiro teatral? (com exemplo) 1

Um script teatral deve cumprir as seguintes funções:

N Servir de guia aos atores para que eles conheçam os respectivos diálogos.

Apoiar os membros do trabalho, para que eles conheçam as diretrizes da montagem.

N Informar cada um sobre seus papéis e responsabilidades.

N Comunicar o grupo sobre as atividades e o momento em que ocorrerão durante a encenação.

Quais são os tipos de roteiros teatrais e quais são suas características?

Para apresentar o conjunto de diretrizes necessárias na encenação da história, o autor deve desenvolver 2 tipos de roteiros: o literário e o técnico.

Roteiro literário : apresente de maneira ordenada o tema da história, os diálogos de cada personagem e a ação que eles devem executar durante sua performance.

Script técnico : contém os textos, os comentários ou comentários da equipe técnica, incluindo: diretores, figurinos, maquiadores, designers de som, cenógrafos e outros responsáveis ​​pela realização e encenação da peça.

Caracteristicas

-Eles são guias para apoiar todos os membros de uma peça em sua performance.

-Contém os diálogos ou parlamentos que correspondem a cada autor para representar seu caráter.

-Especifique os detalhes técnicos relacionados ao cenário, roupas, iluminação, etc.

-Presents anotações ou comentários feitos pelo autor para os atores para executar -los quando estão no palco. Como movimentos ao entrar, ao sair, alguns gestos, certas expressões, tons de voz, etc. Escrito entre parênteses ().

Relacionado:  Morfemas derivados: tipos e suas características, exemplos

Peças

Geralmente, um roteiro deve conter a sinopse ou resumo da trama, o número de personagens e suas características, as seqüências ou cenas, os diálogos e as indicações técnicas.

Dependendo do tipo de trabalho, esse formato pode variar, no entanto, as partes básicas de um roteiro teatral são:

1-Sinopse : É o extrato ou resumo dos mais importantes da história.

2-Atos : São as principais partes em que a peça é dividida. Cada ato consiste em cenas, que são apresentadas em uma ordem com a história:

3-Apresentação : Os personagens e a situação em que a história se desenrolará são anunciados.

4-Nó : é o momento em que a trama da história se desenrola, os problemas surgem e é possível entender o que foi apresentado no início.

5-Resultado : é o momento em que as situações que se desenvolveram no nó são esclarecidas, os problemas são resolvidos e o fim do trabalho é alcançado.

6-Cenas: A narrativa do trabalho é apresentada através das cenas, que contêm diálogos e dimensões para o desenvolvimento da história. Eles são o núcleo do trabalho, marcado pela entrada e saída dos atores ou pela mudança de cenário.

7-Personagens: Estes são os diferentes papéis que os atores devem desempenhar. No roteiro, cada personagem a quem o diálogo corresponde e suas dimensões é identificado.

8-Dimensões : são as indicações sobre as entradas e saídas dos personagens, seus gestos, expressões, bem como as mudanças de cenografia, ou seja, onde as ações ocorrem, bem como quaisquer indicações para a configuração do trabalho.

9-Parlamentos: Estas são as palavras que cada personagem deve dizer, são os diálogos que devem ser ditos e apresentados pelos personagens.

10-Foto : É a estrutura do ato em que a mesma decoração é observada, embora os personagens mudem, o cenário é apresentado: iluminação, figurinos, sons.

Relacionado:  O que são variantes lexicais? Tipos e exemplos

Como preparar um roteiro teatral?

1-Selecione a história, ou seja, escolha a ideia para a realização do script.

2-Escreva a sinopse, resumindo os aspectos mais importantes da história.

3-Imagine as cenas, pense no desenvolvimento do enredo através das imagens.

4-Descreva as cenas, ordenando a narração e apresente as seqüências do trabalho.

5-Selecione os personagens e escreva os diálogos, que os atores devem representar.

6-Anote todos os aspectos técnicos, referentes à cenografia, sons, iluminação, maquiagem, roupas ou qualquer detalhe necessário para a realização do trabalho.

7-Leia o script várias vezes para verificar se tudo está claro e corresponde à história que você selecionou.

Exemplo de script teatral

O TESTE DE AMOR

Ato I

Cena I: Escola, pátio central

Maria, Antonieta e Patricia são estudantes do segundo ano e estão no pátio central da escola, descansando, vestidas com seus uniformes.

Maria – (triste) Você conhece garotas, tenho uma coisa para lhe contar!

Antonieta – (olha-a na cara) O que há amigo?

Isabel – (preocupada) Você está me assustando, diga rápido o que há com você?

Maria – (com voz tímida) Lembra-se do meu namorado Manuel? ,

Antoinette, Isabel – (ambos olham para o rosto dela e se levantam) É claro que sabemos quem ela é! Mas e aí, amiga?

Maria – (com lágrimas nos olhos) É que meu namorado, Manuel, quer um teste de amor.

Isabel – (espantada) o que há de errado com ela? Ela enlouqueceu!

Antoinette – (olha para ela com espanto) e que tipo de prova você precisa?

Nisso, a campainha toca anunciando que o intervalo termina e eles devem entrar na sala.

Cena II: Sala de Aula

Professor – (andando pela sala de aula) Bom dia pessoal, hoje falaremos sobre namoro e relacionamentos amorosos. Quem tem namorado ou namoradas?

Relacionado:  Diário de campo: características, para que serve, exemplo

Vários estudantes levantam as mãos, mas Maria.

Isabel – (com um pouco de dúvida, levanta a mão) Eu tenho um namorado, professor e está me pedindo um teste de amor. O que devo fazer?

Maria e Antoinette olham para ela com angústia e fazem um gesto de queixa.

Professor – (andando pela sala de aula, ele se aproxima de Isabel) E o que você acha que é uma prova de amor?

Antoinette – (com um sorriso tímido) Bom professor, você sabe, fazendo sexo.

Professora – (ele se aproxima de Maria) a prova de amor deve ser dada pelo seu namorado para você, respeitando-o e cuidando muito dele!

Professor – (andando pela sala dirige-se a todos) Esse é um teste do amor mais puro e verdadeiro e, se você insiste, não merece, porque não o valoriza.

Isabel, María e Antonieta – (Os amigos se entreolham e balançam a cabeça negativamente) Não, não, não, eu não mereço!

Personagens: Isabel, Maria, Antonieta, Professora.

Referências

  1. Gómez G., M. (1997). Dicionário de teatro, Madri, Akal.
  2. Reconhecimento dos elementos do roteiro teatral. Recuperado de: mineducacion.gov.co
  3. Roteiros de peças. Recuperado de: tramody.com
  4. Script. Recuperado de: udlap.mx
  5. Vanoye, F. (1996) Scripts de modelos e modelos de scripts: argumentos clássicos e modernos no cinema . Barcelona, ​​Grupo Planeta.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies