Onde a Internet se originou e por que ocorreu?

A internet se originou nos Estados Unidos, mais especificamente nos laboratórios de pesquisa do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, durante a década de 1960. O objetivo inicial era criar uma rede de comunicação segura e descentralizada que pudesse resistir a possíveis ataques nucleares durante a Guerra Fria. Com o passar do tempo, a internet se expandiu para universidades, instituições de pesquisa e empresas, tornando-se uma ferramenta fundamental para a comunicação global e o compartilhamento de informações. A sua popularização ocorreu principalmente devido ao desenvolvimento de protocolos de comunicação padronizados, como o TCP/IP, e a criação do World Wide Web por Tim Berners-Lee, que facilitou o acesso e a navegação na rede.

Origem e razão do surgimento da internet: desvendando a história por trás da tecnologia.

A internet é um dos maiores avanços tecnológicos da história moderna, conectando bilhões de pessoas ao redor do mundo em questão de segundos. Mas você já parou para se perguntar de onde a internet se originou e por que ocorreu?

A história da internet remonta aos anos 1960, durante a Guerra Fria, quando o governo dos Estados Unidos estava procurando uma maneira de se comunicar de forma segura em caso de um ataque nuclear. Foi assim que surgiu a ARPANET, uma rede de computadores criada pela Advanced Research Projects Agency para permitir a troca de informações entre diferentes instituições acadêmicas e militares.

Com o passar dos anos, a ARPANET se expandiu e deu origem à internet que conhecemos hoje. Através de protocolos de comunicação como o TCP/IP, foi possível conectar computadores de todo o mundo e criar a World Wide Web, possibilitando o compartilhamento de informações de forma rápida e acessível.

A razão por trás do surgimento da internet foi, portanto, a necessidade de uma rede de comunicação segura e descentralizada. Graças a essa inovação, hoje podemos nos comunicar, trabalhar, estudar e nos entreter de maneira nunca antes imaginada.

Em resumo, a internet se originou da necessidade de comunicação em tempos de guerra, e evoluiu para se tornar uma ferramenta essencial em nossas vidas. Sua história é fascinante e nos mostra como a tecnologia pode transformar o mundo ao nosso redor.

Qual foi a intenção por trás da criação da internet?

A internet foi criada com a intenção de facilitar a comunicação e o compartilhamento de informações entre diferentes computadores. Foi originalmente concebida como uma rede de computadores militares nos Estados Unidos, durante a Guerra Fria, para garantir a comunicação em caso de ataque nuclear.

A ARPANET, precursora da internet, foi desenvolvida em 1969 pela Agência de Projetos de Pesquisa Avançada do Departamento de Defesa dos Estados Unidos. Com o tempo, a internet evoluiu e se expandiu para se tornar a rede global que conhecemos hoje, conectando bilhões de dispositivos em todo o mundo.

Desde então, a internet tem revolucionado a forma como vivemos, trabalhamos e nos comunicamos. Ela permitiu o surgimento de novas tecnologias, como redes sociais, comércio eletrônico e streaming de mídia. Além disso, a internet desempenha um papel crucial na disseminação de informações e no acesso à educação e aos serviços de saúde.

Relacionado:  O que um assistente social faz? 10 Funções e Atividades

Em resumo, a internet foi criada com o objetivo de facilitar a comunicação e o compartilhamento de informações em uma escala global. Seu impacto na sociedade moderna é inegável, e seu potencial para conectar pessoas e promover o progresso é ilimitado.

Qual indivíduo é o responsável pela criação da internet?

A internet foi criada por Tim Berners-Lee, um cientista da computação britânico, em 1989. Ele desenvolveu o conceito de hipertexto e criou o primeiro navegador da web, o WorldWideWeb, tornando possível a interconexão de documentos e informações através de uma rede global.

Onde a Internet se originou e por que ocorreu?

A internet teve origem nos Estados Unidos, mais especificamente nos laboratórios do Departamento de Defesa dos EUA, durante a Guerra Fria. O objetivo inicial era criar uma rede de comunicação segura e descentralizada que pudesse resistir a ataques nucleares. Com o tempo, a internet evoluiu e se tornou uma ferramenta essencial para a comunicação, o compartilhamento de informações e o comércio em todo o mundo.

É possível afirmar que a internet surgiu como uma revolução tecnológica global.

A internet, essa ferramenta que hoje em dia é indispensável para a maioria das pessoas, teve sua origem nos Estados Unidos, mais precisamente nos anos 1960. Inicialmnte, era um projeto do Departamento de Defesa dos EUA, chamado ARPANET, que tinha como objetivo interligar computadores de diferentes instituições de pesquisa. Com o passar dos anos, essa rede foi crescendo e se desenvolvendo, até se tornar o que conhecemos hoje como internet.

A internet revolucionou a forma como nos comunicamos, trabalhamos, estudamos e nos divertimos. Ela permitiu o acesso a uma quantidade gigantesca de informações, conectou pessoas ao redor do mundo, facilitou o comércio online e até mesmo transformou a política e a sociedade de muitos países.

Portanto, é seguro dizer que a internet foi uma revolução tecnológica global, que mudou completamente a forma como vivemos nossas vidas. E tudo isso começou com um simples projeto de interligação de computadores. Impressionante, não é?

Onde a Internet se originou e por que ocorreu?

A Internet como a conhecemos hoje é o resultado da combinação de vários conceitos, teorias e contribuições de vários estudiosos. Todos esses elementos foram combinados para dar origem ao serviço que desfrutamos diariamente.

Portanto, não se pode falar de uma única pessoa que criou a Internet ou de um único local onde ela surgiu, mas de um conglomerado cujas contribuições favoreceram o desenvolvimento dessa rede.

Onde a Internet se originou e por que ocorreu? 1

De qualquer forma, a invenção da Internet é atribuída ao Dr. Leonard Kleinrock, que propôs a criação de uma rede mundial em seu texto “Fluxo de informações em grandes redes de comunicação” (publicado em maio de 1961).

A partir desse ano, nos Estados Unidos, começaram os trabalhos de desenvolvimento da ARPANET, uma rede que seria a antecessora da internet.

Esse foi um esforço conjunto entre vários institutos americanos, incluindo a Universidade da Califórnia – Los Angeles e o Stanford Research Institute, apoiado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

A internet foi criada para facilitar a comunicação entre sistemas conectados nos níveis local, regional, nacional e internacional. Ou seja, para facilitar o intercâmbio de informações.

De onde a Internet se originou?

Os primeiros passos para a criação da internet foram dados nos Estados Unidos, sob a forma de colaboração entre a Universidade da Califórnia – Los Angeles (UCLA), o Stanford Research Institute (RSI), na sigla em inglês Research Institute of Stanford ) , outros institutos de pesquisa e o Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Em 1961, o Dr. Leonard Kleinrock publicou um ensaio intitulado “Fluxo de informações em grandes redes de comunicação”. Neste texto, o Dr. Kleinrock lançou as bases para o desenvolvimento da rede interna ou da Internet.

Neste mesmo período, JCR Licklider foi nomeado chefe do Escritório de Processamento de Informações Técnicas, associadas a Advanced Research Projects Agency Estados Unidos Departamento de Defesa (DARPA por sua sigla em Inglês Departamento de Defesa Avançada Agência de Projetos de Pesquisa ).

Sendo chefe desse escritório, Licklider levantou seu desejo de ter um mundo conectado através de uma rede.

No entanto, Licklider não era um operador de computador ou programador, então contratou um grupo de especialistas para realizar sua ideia.

Lawrence Roberts estava encarregado de executar as ordens de Licklider e, eventualmente, seria o criador da ARPANET, a rede antecessora da Internet.

Roberts foi a primeira pessoa a colocar em prática a teoria das redes que Kleinrock havia criado. As redes de transferência de dados desenvolvidas por Roberts nesta fase ainda são usadas hoje.

DARPA e os institutos de pesquisa dos Estados Unidos

Na década de 1960, a DARPA colaborou com vários institutos de pesquisa nos Estados Unidos para desenvolver a rede que conectaria computadores em todo o mundo.

Entre o Instituto Massachusettes of Technology (MIT, na sigla em Inglês Massachusettes Institute of Technology ) e DARPA, houve um acordo para trocar informações sobre tecnologia da informação.

Por seu lado, a Universidade da Califórnia – Berkeley trabalhou com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts para conectar computadores através de uma rede telefônica.

Nesse processo, Ivan Sutherland e Bob Taylor, que fizeram grandes progressos no desenvolvimento da ARPANET, intervieram.

Desenvolvimento da ARPANET: Instituto de Tecnologia de Massachusetts

Em 1966, Lawrence Roberts, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, com o apoio da DARPA, introduziu a ARPANET pela primeira vez nos laboratórios do instituto. Em 1969, a rede foi ampliada.

Isso permitiu que pesquisadores de outros institutos se conectassem à rede criada pela DARPA e pelo Massachusetts Institute of Technology.

Relacionado:  De que depende a cor das estrelas?

As primeiras instituições a se conectar à ARPANET foram a Universidade da Califórnia – Los Angeles e o Stanford Research Institute.

Em 29 de agosto de 1969, a primeira mensagem à distância foi enviada de um servidor para outro, do laboratório do Dr. Kleinrock na Universidade da Califórnia – Los Angeles ao Instituto de Pesquisa Stanford. Dessa maneira, o que havia sido um “sonho” do Dr. Kleinrock se tornou realidade.

A partir de 1970, a rede se expandiu para outros institutos nos Estados Unidos, como a Universidade da Califórnia – Santa Barbara e a Universidade de Utah. Em 1973, a ARPANET já possuía servidores em Londres, Reino Unido.

Da Internet para a ARPANET

Em 1989, Tim Berners Lee, cientista britânico da computação no CERN, inventou a World Wide Web, que deu origem à Internet como a conhecemos hoje.

A ideia de Berners Lee era criar um sistema de informação que vinculasse textos através de hiperlinks. Para conseguir isso, esse cientista incluiu o uso de protocolos de transferência de hipertexto (HTTP ) para conectar a rede de texto a um computador.

Dessa maneira, um computador não estava se conectando a outro, mas um relacionamento estava sendo estabelecido entre um computador e todas as informações disponíveis na rede.

Além disso, o sistema WWW tornou possível a troca de informações entre computadores que não eram compatíveis.

Em resumo, a Internet surgiu nos laboratórios da Universidade da Califórnia – Los Angeles, do Instituto de Pesquisa Stanford, da Agência de Projetos de Pesquisa Avançada, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, da Universidade de Califórnia – Berkeley e do CERN. .

Por que a Internet surgiu?

A internet surgiu da necessidade de conectar computadores ao redor do mundo através de uma rede que permitia a troca de informações. Dessa maneira, foi criado o ARPANET, que estabeleceu conexões entre computadores.

Posteriormente, a World Wide Web (www) surge para criar uma rede de informações que vincula textos através de links e links. O objetivo desta rede era criar uma conexão entre o computador e esta biblioteca virtual.

Referências

  1. História da Internet. Recuperado em 7 de agosto de 2017, de wikipedia.org
  2. Breve história da Internet. Recuperado em 7 de agosto de 2017, de internetsociety.org
  3. Origens da Internet. Recuperado em 7 de agosto de 2017, de nethistory.info
  4. A invenção da Internet. Recuperado em 7 de agosto de 2017, de history.com
  5. Quem inventou a internet? Recuperado em 7 de agosto de 2017, de history.com
  6. Uma breve história da internet. Recuperado em 7 de agosto de 2017, de usg.edu
  7. História da Internet. Recuperado em 7 de agosto de 2017, de newmedia.org
  8. Qual é a história da internet? Recuperado em 7 de agosto de 2017, de study.com.

Deixe um comentário