Os 10 principais símbolos naturais de Zulia

Os símbolos naturais de Zulia são um conjunto de elementos próprios e típicos que identificam esse estado venezuelano, localizado no oeste do país. Estes elementos são constituídos por espécies da flora e fauna e vários monumentos naturais.

Entre esses símbolos, destaca-se o coqueiro, declarado um emblema típico de Zulia, juntamente com a flor da pimenta de Caiena e do pelicano.

Os 10 principais símbolos naturais de Zulia 1

Destacam-se também fenômenos naturais, como o raio Catatumbo, o lago Maracaibo, a lagoa Sinamaica, o pântano Olivitos, a cordilheira Perijá e a caverna El Samán.

O Parque Ojo de Agua El Cardón, a Ilha Zapara e o Parque Nacional Aguaro-Guariquito também são considerados símbolos naturais do estado de Zulia.

Zulia é um dos estados mais importantes da Venezuela porque é o maior produtor de petróleo do país. É também um grande produtor de gado (carne e leite) e vários itens agrícolas.

Os 10 principais símbolos naturais de Zulia

1- O coqueiro

Esta palmeira pertencente à família Arecaceae, única em seu gênero, foi declarada uma árvore emblemática do estado.

Pode crescer 30 metros ou mais. Está localizado nas praias que fazem fronteira com o lago Maracaibo e outras áreas do estado, onde é cultivado para fins comerciais.

Tem folhas longas (cerca de 3 metros) e seus frutos, coco, são de grande semente, carnuda e suculenta. Cresce nesta região devido às condições climáticas prevalecentes: altas temperaturas, alta umidade e solos leves.

2- O pelicano ou pássaro buchón

É o pássaro típico do estado de Zulia. Pertence à família Pelecanidae e sua principal característica é o bico longo, que possui uma sacola que serve para manter suas presas, geralmente peixes. Também é conhecido como alcatraz.

Ao contrário de outras aves aquáticas, possui quatro dedos palmados unidos por uma membrana. O pelicano tem a particularidade de transformar a água salgada que engole em água doce.

Relacionado:  O que é vodka azul?

Geralmente é encontrado nas margens do lago Maracaibo. Serviu como emblema dos Décimos Primeiro Jogos Bolivarianos de 1988.

3- A pimenta de Caiena

É a flor típica de Zulia e pertence à família Malvaceae. Esta planta nativa da Ásia também é conhecida por outros nomes: pimenta de Caiena, rosa chinesa, hibisco, cucarda, sanjoaquín e papo.

A flor da pimenta caiena é produzida por um arbusto que pode medir entre 2,5 e 5 metros de altura.

Tem folhas verdes brilhantes e a flor tem cores diferentes: vermelho, rosa, amarelo, branco puro e laranja. É usado como uma flor ornamental e, em alguns lugares, é comido.

4- Lago Maracaibo

Este imenso corpo de água é o símbolo mais representativo do estado de Zulia. Possui uma área de 13.820 km², o que o torna o maior lago do Hemisfério Ocidental.

No leito, concentra-se a maior reserva de óleo leve do país e, a partir daí, 80% da produção nacional é extraída.

Todo o desenvolvimento desta região, desde a sua descoberta em 1499, está ligado ao Lago Maracaibo, por ser uma rota marítima por excelência para exportação de dentro do país. Na sua parte mais estreita, junta-se através da ponte Rafael Urdaneta.

Estima-se que cerca de 45 bilhões de barris de petróleo tenham sido extraídos desse lago nos últimos 95 anos, além de depósitos de carvão.

5- O Raio Catatumbo

Este espetacular fenômeno meteorológico único no mundo ocorre no rio Catatumbo, particularmente na população do Congo Mirador.

Produz 1,5 milhão de choques elétricos todos os anos, que podem ser vistos a até 400 km de distância.

Em 2005, foi declarado patrimônio natural e os ambientalistas o consideram o principal regenerador da camada de ozônio do planeta. Atualmente, ele é declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Relacionado:  Governo populista: o que é, variedades e exemplos

As tempestades produzidas podem ser observadas entre os meses de abril e novembro, 240 noites por ano no total. Estes podem ser vistos das 8 da noite até as primeiras horas da manhã.

6- A Lagoa Sinamaica

É um espelho d’água que tem uma extensão de aproximadamente 50 quilômetros. A lagoa Sinamaica e seus palafitos são um símbolo natural da terra zuliana.

Está localizado no nordeste do Lago Maracaibo e é o território da etnia Añú-Paraujana, um nome que significa “povo da água”.

A origem do nome da Venezuela é atribuída a esta lagoa, porque os nativos a chamavam de Veneciuela .

Há outra versão da origem do nome da Venezuela: os conquistadores Alonso de Ojeda e Américo Vespucio viram os palafitos e lembraram a cidade de Veneza. Por esse motivo, eles chamaram essa terra de “pequena Veneza”.

7- O pântano de Los Olivitos

Este refúgio de vida selvagem e reserva de pesca é um monumento natural protegido e turístico do estado de Zulia, que cobre uma área de 260 km². Em 1996, o local de Ramsar foi declarado.

É o habitat ideal usado para alimentar, abrigar e aninhar flamingos e outras espécies ameaçadas de extinção. Também é considerado um símbolo da natureza e alívio zulianos.

8- Parque Nacional Sierra de Perijá

Foi declarado parque nacional em 1978 para preservar sua biodiversidade. Está localizado na Cordilheira de Perijá, uma extensa cadeia de montanhas que se estende por cerca de 2952 km².

O Parque Nacional Sierra de Perijá possui alturas que variam entre 800 e 3500 metros, sendo o Cerro Pintado (3650 metros acima do nível do mar) e o Pico Tetari (3750 metros acima do nível do mar), suas montanhas quase verticais mais altas.

Relacionado:  Fórum de discussão: características, para que serve e exemplos

9 – Caverna El Samán

Esse espaço natural é outro símbolo da paisagem zuliana e está localizado dentro do Parque Nacional Sierra de Perijá.

É uma caverna quase virgem, muito pouco explorada, na qual existem espécies de aves muito raras, como as aves de guácharos.

É a caverna mais longa da Venezuela, pois se estende por 18,2 km. No interior, existem 99 cavernas, todas conectadas umas às outras.

10- Parque Aquático El Cardón

Este parque natural localizado perto da cidade de Ziruma Council possui uma vasta riqueza natural de flora e fauna, distribuída em cerca de 92 hectares.

Existem mitos e lendas sobre esse local, muitos devido a suas espécies de árvores gigantes, como a alfarrobeira e o emblemático cabimo ou copaíba, que atingem até 40 metros de altura.

Referências

  1. Parques e atrações naturais do Estado Zulia. Retirado em 25 de janeiro de 2018 de tripadvisor.com.ve
  2. Símbolos naturais do estado de Zulia. Consultado em notilogia.com
  3. No Dia Mundial do Turismo, apresentamos 10 lugares em Zulia para visitar. Consultado em panorama.com.ve
  4. No estado de Zulia, as pessoas pensam grande. Consultado em eluniversal.com.
  5. Principais destinos e atrações turísticas do estado de Zulia. Consultado em guiaviajesvirtual.com
  6. O Catatumbo Lightning, a eterna tempestade da Venezuela. Consultado em telesurtv.net
  7. Lagoa Sinamaica: um oásis de água doce. Consultado em el-nacional.com
  8. Parque Nacional Sierra de Perijá. Consultado em es.wikipedia.org
  9. Turismo no estado de Zulia. Consultado em construarte.com.ve
  10. Atrações turísticas do estado de Zulia. Consultado de sigavenezuela.com.ve
  11. Zulia Consultado em venezuelatuya.com

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies