Os 6 rios mais importantes de Tamaulipas

Os principais rios de Tamaulipas incluem o Pánuco, o rio Bravo, o San Fernando, o San Juan, o rio Soto la Marina e o rio Tamesí. Outro curso de água importante é o rio El Guayalejo, que delimita os estados de Tamaulipas e Veracruz.

Também o rio Corona, que flui da Sierra Madre Oriental e do rio Pilón, cuja formação é devida às correntes que fluem da Sierra Madre e da Sierra de San Carlos.

Os 6 rios mais importantes de Tamaulipas 1

Você também pode estar interessado na flora e fauna de Tamaulipas ou em sua cultura .

Os 6 principais rios de Tamaulipas

1- Rio Pánuco

O rio Pánuco faz parte da encosta do Golfo do México. Seu nascimento é 3800 metros acima do nível do mar na colina de La Bufa, estado do México.

Neste ponto, é conhecido como Rio Tepeji ou San Jerónimo. Depois, torna-se o rio Tula, até sua confluência com o rio San Juan, onde é chamado Moctezuma. Em sua última seção, onde encontra o rio Tampaón, é chamado rio Pánuco.

Este poderoso rio de apenas 120 quilômetros de comprimento atravessa os estados do México, San Luis Potosí, Veracruz e Tamaulipas, até desaguar no golfo perto da cidade de Tampico.

Além de San Juan, recebe homenagens dos rios Extóraz, Amajac, Tempoal, Tampaón e Tamesí.

2- Rio Grande

É o terceiro maior rio da América do Norte, atrás do Missouri e do Mississippi, com 3034 km de extensão.

Nascido no sudoeste do Colorado, no Parque Nacional Great Sand Dunes. Seu principal afluente americano é o rio Pecos.

Também é conhecido pelo nome de Rio Bravo del Norte e está localizado na fronteira do México com os Estados Unidos, onde é chamado de Rio Grande.

Relacionado:  Qual é o continente mais populoso do mundo?

De lá, ele corre para o sul e sudeste dos estados do Colorado e do Novo México. Ele chega na cidade de El Paso, no Texas, e marca a fronteira.

O Rio Grande atravessa os estados mexicanos de Coahuila, Chihuahua, Tamaulipas e Nuevo León, até desembocar no Golfo do México.

Não é um rio navegável, pois possui um calado de apenas 18 metros.

3- Rio San Fernando

Também conhecido como o rio Conchos antes de chegar ao território de Tamaulipas. É considerado um dos principais rios do estado.

Sua importância é que ele divide o estado em duas metades cruzando-o de oeste para leste. De fato, 20% do território do estado é drenado pela bacia desse rio.

O rio San Fernando nasce na Serra Madre Oriental do estado de Nuevo León e seus principais afluentes são os rios Potosí e Linares.

Quando ele chega em Tamaulipas, no município de Burgos, ele recebe seu nome. Ao longo de sua rota de 400 km, recebe águas dos rios San Lorenzo e Radilla e deságua na lagoa Madre.

4- Rio San Juan

É um tributário do Bravo que passa pelo estado de Nuevo León e pelo território de Tamaulipas.

É o rio mais importante de Nuevo León, porque é a principal fonte de água da barragem de El Cuchillo.

Este rio nasce no riacho La Chueca, no vale de Huajuco, município de Santiago. Em seguida, é barrado na barragem de Rodrigo Gómez (La Boca).

Mais adiante, os rios Santa Catarina, Ramos, Garrapatas e Pilón se juntam a ele e depois fluem para o Rio Grande de Tamaulipas, perto de Ciudad Camargo.

5- Rio Soto la Marina

Este rio costeiro pertence à encosta do Golfo do México e atravessa o estado de Tamaulipas durante uma rota de cerca de 416 km.

Relacionado:  Em que região de Veracruz está localizada a Sierra de Ontontepec?

Sua bacia ocupa uma área de 21 183 km² e é navegável nos últimos 50 km de viagem até chegar ao Golfo do México.

Seu nascimento é na Sierra Madre Oriental, como resultado da confluência dos rios Purificação e Corona.

Depois de atravessar o norte da cordilheira de Tamaulipas, continua seu curso pelo desfiladeiro de Boca de la Iglesia e depois percorre a planície costeira, onde recebe homenagem do córrego Jimenez.

Chega à cidade de Soto la Marina, recebe a contribuição do córrego Las Palmas e deságua na lagoa Madre, no Golfo do México.

6- Rio Tamesí

Este rio é um afluente do rio Pánuco em seu curso baixo, que atravessa parte do sul de Tamaulipas.

Nascido no município de Palmillas, onde recebe o nome de Chihue; depois passa pelos municípios restantes de Jaumave, Llera, Mante, González, Altamira e Tampico.

Ao chegar ao município de González, é chamado Tamesí e tem um comprimento de 150 km. Serve como uma linha de fronteira entre os estados de Veracruz e Tamaulipas. É navegável com barcos e chalanas.

Referências

  1. Tamaulipas Recuperado em 11 de novembro de 2017 de Nationsencyclopedia.com
  2. Cartron, Jean-Luc E e outros: Biodiversidade, Ecossistemas e Conservação no Norte do México. Oxford University Press. Recuperado de books.google.co.ve
  3. San Fernando Consultado em tamaulipas.gob.mx
  4. Rio San Fernando. Consultado em es.wikipedia.org
  5. Tamaulipas Consultado em inafed.gob.mx
  6. México A Geografia (1994) – Conlon Silva e Wilson. Recuperado de esacademic.com

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies