Os principais grupos étnicos de Veracruz

Os principais grupos étnicos de Veracruz

Os grupos étnicos de Veracruz são variados e de diferentes origens. Devido à localização do estado e sua proximidade com o mar, Veracruz é considerada uma encruzilhada de diferentes culturas, dentre as quais destacam-se os aborígines africanos, europeus e indígenas.

Veracruz é um dos 31 estados que compõem os Estados Unidos do México. Está localizado no sudeste do país e está dividido em 10 regiões administrativas, compostas por 212 municípios.

Veracruz tem cerca de 8 milhões de habitantes de acordo com o censo de 2010 e possui uma extensão territorial que abrange cerca de 3,7% do território nacional, com 71.820 km 2 .

O porto de Veracruz foi a porta de entrada para as diferentes raças que habitam esse estado. Desde os tempos coloniais e até datas mais recentes, recebeu colonizadores espanhóis, escravos, marinheiros e imigrantes de diferentes partes do mundo, especialmente da Europa.

A mistura de culturas e raças se manifesta nas tradições, na música, na gastronomia e na idiossincrasia do povo de Veracruz.    

Os principais grupos étnicos de Veracruz

– Os europeus

No final do século XIX, o governo mexicano decidiu implementar políticas para repovoar algumas áreas do território de Veracruz e abriu as portas para centenas de pessoas de origem européia.

Em meados do século XX, 25 mil cidadãos espanhóis chegaram ao porto de Veracruz. Juntamente com aqueles que chegaram desde a época colonial, eles fazem da comunidade espanhola a mais importante da região.

Seus costumes estão profundamente enraizados no estado nas esferas política, religiosa e cultural. Entre 1858 e 1924, mais de 3.800 imigrantes de origem italiana chegaram ao porto de Veracruz.

Atualmente, mais de 85 mil descendentes de italianos vivem em Veracruz, distribuídos por todo o estado.

Mais de 50 mil descendentes franceses habitam esse estado. Também chegaram ao porto cinco mil cidadãos de origem libanesa, dispersos por toda a região.

Isso também foi feito por mais de 10.000 judeus e por tantos alemães que estão entre os habitantes desta vasta região.

– Afro-americanos

Eles constituem uma parte muito importante da cultura da região: no folclore, nos costumes e na gastronomia.

Eles chegaram ao porto de Veracruz como escravos, trazidos pelos espanhóis na época da colônia, mas também das ilhas das Antilhas.

Existe uma grande presença de zambos, mulatos e pardos, principalmente na área costeira do estado de Veracruz.

– Mestiços

Eles são descendentes de europeus que se casaram com povos indígenas. Atualmente, este termo não é usado, embora represente uma porcentagem significativa da população.

– Os indígenas

Segundo o censo populacional de 2000, as comunidades indígenas são encontradas em 68 dos 212 municípios do estado e representam 12% da população. Em 1800, 90% da população do estado era de origem indígena.

Os grupos étnicos que habitam o território são: Nahuas (representam mais de 50% da população indígena da região), Totonacas , Huastecas, Popolucas, Zapotecas, Chinantecas, Otomias, Mazatecas, Tepehuas e Mixtecs.

Referências

  1. Carmen Blázquez Domínguez, C., Celaya Nández, Y. & Velasco Toro, JM (2016). Breve história. Fundo de Cultura Econômica.
  2. (1950). Compêndio Estatístico do Estado de Veracruz. INEGI.
  3. Léonard, E. (2000). El Sotavento veracruzano: processos sociais e dinâmica territorial.
  4. Minahan, J. (2013). Grupos étnicos das Américas: uma enciclopédia. ABC-CLIO.
  5. Nutini, HG (2009). Estratificação social e mobilidade no centro de Veracruz. University of Texas Press.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies