Quem representa o poder executivo?

O mais alto representante do ramo executivo é o presidente de uma nação. Este representante, por sua vez, recebe a colaboração do vice-presidente, membros do gabinete e ministros.

Embora as responsabilidades dos membros que compõem esse ramo de poder sejam sempre as mesmas, sua estrutura pode diferir significativamente entre as nações.

Quem representa o poder executivo? 1

Ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

O poder executivo é um dos três ramos em que o poder de um estado está dividido, sendo os demais poderes o poder judicial e o legislativo.

Sua principal função é executar as leis aprovadas pelo poder legislativo. A pessoa encarregada de fazer isso é o chefe de estado ou presidente.

Em outras palavras, o poder executivo é o encarregado da gestão diária de todos os assuntos relacionados ao Estado. Dessa maneira, é comum referir-se a esse ramo de poder a seus representantes com a palavra “governo”.

O ramo do poder executivo de qualquer país é responsável por empregar numerosos funcionários públicos, cada um deles encarregado de realizar trabalhos específicos, particularmente relacionados aos ministérios do governo.

Em países como os Estados Unidos, estima-se que existam atualmente 3 milhões de pessoas trabalhando em nome do ramo executivo do país.

Pessoas que representam o poder executivo em um país

1- O Presidente

O presidente é o responsável por liderar um país e seu poder militar. Dessa forma, ele pode ser chamado como chefe de estado ou chefe de governo.

É importante esclarecer que o poder executivo de todos os países do mundo não é o mesmo, portanto, o representante máximo de um país é o Presidente quando o sistema desse país é presidencial (Castillo, 2011).

No caso de um sistema político parlamentar, o representante do poder executivo no Estado é geralmente o líder do partido político que tem o maior número de representantes no poder legislativo.

Essa pessoa, na maioria das nações parlamentares, recebe o nome de primeiro-ministro. Em repúblicas como a Irlanda, é chamado Taoiseach, na Alemanha e na Áustria é conhecido como Chanceler Geral.

Existem alguns casos específicos em que o poder executivo é representado por outras instâncias que não o presidente.

No caso da França, a representação do poder executivo é dividida entre o presidente e o primeiro-ministro.

Na Bósnia e Herzegovina ou na Suíça, os sistemas foram associados ao cumprimento das funções do Chefe de Governo e Estado (Agência, 2017).

Uma das características do modelo presidencial é que o presidente eleito é eleito por voto democrático e tem tempo limitado no cargo.

No entanto, existem alguns modelos parlamentares, como o canadense, onde o primeiro-ministro pode manter sua posição por tempo indeterminado (Rosda, 2017).

O Presidente como Chefe de Estado

Entre as funções do presidente como Chefe de Estado estão a representação da nação internacionalmente, a eleição de embaixadores no exterior e a assinatura de tratados internacionais (Pulido, 2009).

O Presidente como Chefe de Governo

O Presidente como Chefe de Governo deve orientar as políticas nacionais e internacionais do país.

Por outro lado, ele deve escolher os ministros de seu gabinete ou cargo, dispor da força pública (o presidente é o mais alto comandante das forças armadas de um país) e garantir o cumprimento das leis e cumpri-las.

Ele é responsável pela liderança política do país, tanto nacional quanto internacionalmente.

O Presidente como Autoridade Administrativa

O presidente é a mais alta autoridade administrativa de um país, portanto, ele tem o dever de estabelecer como o banco da república deve funcionar, como o capital da nação será investido.

Também deve decidir quem deve lidar com os estabelecimentos públicos e garantir que os impostos sejam coletados e bem gerenciados, de acordo com as disposições da lei.

2- O vice-presidente

O vice-presidente é a pessoa que lideraria um país no caso de seu presidente renunciar ou ser desabilitado para ocupar o cargo.

Essa pessoa deve cumprir as características que o Presidente conhece no momento de ser eleito.

Ao contrário do presidente, o vice-presidente nem sempre é eleito pelo voto popular.

Em muitos casos, o presidente escolhe quem ele quer ser vice-presidente durante seu governo e durante as eleições o povo vota no que é chamado de Fórmula Presidencial, ou seja, no par de presidente e vice-presidente.

Embora o vice-presidente esteja agrupado no poder executivo como um de seus representantes, quando ele tem o dever de assumir a presidência, ele não possui os mesmos poderes do presidente, pois não pode mudar de gabinete nem reestruturar aqueles que eram criado antes de assumir o cargo (Alcaraz, 2010).

Funções do Vice-Presidente

A principal função desse representante é substituir o presidente caso ele esteja ausente.

No entanto, enquanto o presidente estiver em pleno exercício de suas funções, o vice-presidente deverá executar as tarefas que lhe foram confiadas, como tratar de todas as questões relacionadas aos direitos humanos, entre outras.

3- Ministérios

Na maioria dos países do mundo, o chefe de governo é assistido por diferentes ministérios, liderados por ministros.

Cada ministro tem responsabilidades focadas em uma área específica do conhecimento. Geralmente, essas áreas incluem questões como educação, saúde, ciência e tecnologia ou assuntos externos.

Os ministérios são responsáveis ​​por inúmeros funcionários, agências governamentais e funcionários públicos sob sua responsabilidade.

Em alguns países, os ministérios são chamados departamentos, escritórios ou secretarias estaduais.

Na maioria dos casos, todas essas instâncias cumprem as mesmas funções e, por sua vez, são subdivididas hierarquicamente em instâncias inferiores (República., 2015).

Funções dos Ministros

De acordo com as disposições do Presidente, os ministros devem ser responsáveis ​​pela formulação de políticas relacionadas à área de trabalho de seus cargos.

É assim que eles podem apresentar seus projetos ao Congresso e fazer parte dos debates políticos em instâncias legislativas. Por outro lado, eles devem cuidar de tudo relacionado à sua área de especialização.

Referências

  1. Agência, CI (2017). O Livro de Fatos do Mundo . Obtido na FILIAL EXECUTIVA: cia.gov
  2. Alcaraz, JN (23 de outubro de 2010). Ultima Hora . Obtido do Vice-Presidente, a que poder pertence?: Ultimahora.com
  3. Castillo, NOW (2011). Obtido no poder executivo: monografias.com
  4. Pulido, M. (19 de maio de 2009). Obtido em EXECUTIVE FILIAL: constitucion.over-blog.com
  5. República., SC (2015). BIBLIOTECA DE LUIS ÁNGEL ARANGO . Obtido do Poder Executivo: banrepcultural.org
  6. Rosda, C. (2017). Casa Rosada Presidência da Nação . Obtido de cargos e atribuições: casarosada.gob.ar.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies