Soft Technology: Recursos, Aplicações e Exemplos

A tecnologia leve se refere ao conhecimento tecnológico, nenhum material tangível, administrativa ou uso organizacional. Este tipo de tecnologia refere-se ao know-how; conhecimentos, metodologias, disciplinas ou habilidades que permitem o desenvolvimento de produtos ou serviços.

Tanto a tecnologia leve quanto a dura englobam o conhecimento cientificamente ordenado para desenvolver bens ou serviços que permitam a adaptação humana à mídia de maneira satisfatória. Os processos de avanço tecnológico e suas metodologias de estudo levaram à classificação de tecnologias em diferentes categorias.

Soft Technology: Recursos, Aplicações e Exemplos 1

No entanto, alguns estudiosos argumentam que não é a tecnologia que deve ser classificada, mas os produtos tecnológicos. De qualquer forma, uma das categorias de análise mais compartilhadas é a distinção entre tecnologias rígidas e flexíveis.

As tecnologias leves são intangíveis e orientadas para a eficiência da operação em instituições e organizações. Por outro lado, as tecnologias rígidas abrangem produtos específicos orientados para a produção de materiais ou objetos.

Caracteristicas

– A tecnologia leve difere da tecnologia pesada porque está ligada ao conhecimento tecnológico .

– São elementos não tangíveis usados ​​no campo da administração ou nos processos organizacionais. Inclui “know-how”. O uso de tecnologia leve é ​​necessário para produzir bens de tecnologia pesada.

– A tecnologia leve tem a missão de otimizar o funcionamento geral de qualquer tipo de organização ou instituição. Aplica-se a serviços, fábricas, entidades estatais, religiosas, educacionais e empresariais.

– Procura construir dinâmicas sociais eficientes dentro das organizações. Através do uso otimizado de tecnologias leves, é possível desenvolver fluência nos projetos de recursos humanos. Também pode ser aplicado a cada um dos processos produtivos de qualquer tipo de organização.

– Também pode ser aplicado em organizações políticas e governamentais. Através de seu uso, objetivos de curto e longo prazo podem ser alcançados na execução de planos que afetam direta ou indiretamente a sociedade.

Relacionado:  Programação lógica: características e exemplos

Áreas de aplicação

Alguns exemplos de áreas de aplicação de tecnologia leve são:

– Educação

Administração.

– Contabilidade

– Organização

– operações.

– estatisticas

– logística de produção.

– Marketing

– Desenvolvimento de software.

– psicologia social.

– psicologia do trabalho.

Exemplos de tecnologia leve

Ao contrário das tecnologias difíceis, a tecnologia suave é baseada nas ciências moles. É muito importante considerar as relações humanas para o design de tecnologias leves.

No âmbito das tecnologias leves, são estudadas a gestão de pessoas, a psicologia e a sociologia. Na ciência da computação, as tecnologias leves são chamadas de software.

Alguns exemplos de tecnologias leves são:

– Um programa – software – para ser mais produtivo no trabalho em equipe.

-Um programa para gerenciar clientes ou fazer faturas.

Técnicas de ensino educacional.

Técnicas de cultivo em uma cooperativa de uma comunidade.

-Metodologias ou técnicas de seleção de pessoal.

-Métodos de trabalho em equipe, gerenciamento do ambiente de trabalho ou equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Por exemplo, na Netflix, eles permitem que seus funcionários escolham quando tirar férias.

– ferramentas de marketing. Os processos de design, distribuição e promoção de produtos implementam designs com tecnologias suaves aplicadas.

– ferramentas de administração. A gestão de organizações e instituições utiliza ferramentas consideradas tecnologia leve.

– Desenvolvimento de software. Na ciência da computação, o desenvolvimento de sistemas operacionais, programas e aplicativos é agrupado como tecnologia leve.

– Recursos humanos. O gerenciamento de pessoal envolve processos de gerenciamento das tecnologias leves disponíveis nas organizações.

– Educação Os processos educacionais são considerados tecnologias leves em todas as áreas da educação: das instituições de ensino à transmissão de conhecimento em áreas específicas.

Relacionado:  Unidade de controle (computação): componentes, funções

– Macro e microeconomia. A administração e o estudo da economia envolvem ferramentas de tecnologias leves, tanto da economia global quanto doméstica.

– projeções econômicas. Os resultados da gestão das organizações podem projetar seu planejamento através do uso de tecnologias leves.

– logística de produção. Os processos de produção devem ser planejados por meio de tecnologias leves para otimizar seus rendimentos.

– Comunicação Existem vários recursos para criar links de comunicação em todos os níveis organizacionais. Esses recursos são considerados tecnologia leve.

– ferramentas de contabilidade. O financiamento pode ser gerenciado e controlado através de ferramentas categorizadas como tecnologias leves.

– Treinamento A tecnologia leve é ​​aplicada nos processos de treinamento, tanto para novos membros das organizações quanto para novos processos a serem implementados.

– Software para operações matemáticas. Embora a calculadora seja uma boa tecnologia, os processos que ela executa e a maneira de exibi-la é considerada uma tecnologia leve.

– Estatísticas: as ferramentas para conhecer e antecipar movimentos por meio de estatísticas quantitativas e qualitativas são categorizadas como tecnologias leves.

Diferenças com a tecnologia difícil

Tecnologias rígidas podem ser divididas entre processos físicos e processos químicos e / ou biológicos.

– processos físicos

Esta categoria inclui produção mecânica, elétrica, industrial, eletrônica, robótica, flexível e tecnologias de sistemas integrados. O hardware de um computador é uma tecnologia difícil.

Processos químicos e / ou biológicos

Esses processos são aplicados em tecnologias de alimentos, medicamentos, agricultura e biotecnologia.

Exemplos de tecnologias rígidas

Eles geralmente exigem máquinas e ferramentas de produção. Atualmente, essas tecnologias são desenvolvidas através de processos seriais em indústrias automatizadas. No campo da computação, tecnologias rígidas estão incluídas no hardware.

Alguns exemplos de tecnologias rígidas são:

Relacionado:  Arquivo muito grande para o sistema de arquivos de destino

– Automóvel

– Rádio

– Ferrovia

– Lâmpadas

– Rifle

Míssil.

– Telefones celulares.

Telégrafo.

Moinhos.

– alarmes de incêndio.

– camas de hospital.

– Painéis solares.

Referências

  1. Auerbach, SM, Carrado, KA; Dutta, PK (2003). Manual de Zeólita Ciência e Tecnologia. Imprensa CRC
  2. Buch, T. (1999). Sistemas tecnológicos. Buenos Aires: Editorial Aique.
  3. Ciapuscio, H. (1999). Nós e a tecnologia. Buenos Aires: Editar. Agora
  4. Morris, CG (1992). Dicionário da Imprensa Acadêmica de Ciência e Tecnologia. Publicação Profissional do Golfo.
  5. Williams, TI (1982 e 1987). História da tecnologia 4. De 1900 a 1950. Madri: editores do século XXI da Espanha.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies