Varejo: características, vantagens, desvantagens e exemplos

O varejo é o processo de venda de produtos ou serviços para clientes de consumo através de múltiplos canais de distribuição, para obter lucros. O varejo atende à demanda identificada por meio de uma cadeia de suprimentos.

O varejo refere-se à atividade de revenda. Um varejista é qualquer pessoa ou organização que é revendedora e vende produtos ou serviços diretamente a consumidores ou usuários finais.

Varejo: características, vantagens, desvantagens e exemplos 1

Fonte: pixabay.com

É a forma original mais direta de uma empresa. É uma troca clara entre o comerciante que vende um produto e o cliente que o compra.

Alguns varejistas podem vender para clientes comerciais, e essas vendas são chamadas de atividades não relacionadas ao varejo. A definição legal de varejistas especifica que pelo menos 80% da atividade de vendas deve ser para consumidores finais.

O termo varejo geralmente é aplicado quando um fornecedor faz pequenos pedidos de um grande número de consumidores finais, em vez de fazer grandes pedidos de um pequeno número de clientes atacadistas, corporativos ou governamentais.

Caracteristicas

O varejo geralmente ocorre em lojas de varejo, mas também pode ocorrer por meio de vendas diretas, como máquinas de venda automática, vendas porta a porta ou canais eletrônicos.

Os varejistas compram itens diretamente de um fabricante ou atacadista e os distribuem em pequenas quantidades aos consumidores finais, que precisam desses itens.

O varejo pode ser feito em lojas e lojas. Inclui lojas de departamento, shopping centers e mercados.

Relatórios de varejo

Os relatórios de varejo são um indicador econômico essencial e refletem estatísticas obtidas de milhares de pontos de venda e entidades de food service.

Os gastos do consumidor podem representar dois terços do PIB; portanto, o varejo é considerado um importante impulsionador da saúde econômica de uma nação.

Relacionado:  7 Indicadores de crescimento econômico e suas características

Variedade e profundidade

Para um varejista, encontrar o equilíbrio certo entre variedade e profundidade pode ser a chave para o sucesso. Um supermercado médio pode ter de 30.000 a 60.000 linhas de produtos diferentes (variedade de produtos), mas pode ter até 100 tipos diferentes de creme dental (profundidade do produto).

Os varejistas especializados geralmente têm menos linhas de produtos, mas geralmente possuem maior profundidade.

Varejo online

Com o crescimento dos negócios online, o varejo não precisa ser uma transação presencial, mas deve ser feita sem intermediários. Esse aspecto individual introduz um certo grau de transparência e responsabilidade no varejo.

Como cliente, você não precisa passar por terceiros para expressar suas necessidades ou comentários. Como comerciante, você pode promover suas ofertas nos seus próprios termos e responder em primeira mão aos clientes.

Vantagens

Preço

Como os varejistas vendem seus itens diretamente aos clientes finais, para esses mesmos produtos eles podem obter um lucro maior do que os atacadistas, porque devem deixar espaço suficiente em suas estruturas de preços para que os varejistas possam vender esses mesmos itens com lucro.

Um comerciante que vende uma camisa diretamente a seus clientes pode exigir o preço total. No entanto, um atacadista que oferece a mesma camisa deve vendê-la com desconto para os varejistas, para que esses varejistas também possam ganhar um pedaço da torta.

Marketing

O varejo oferece muitas oportunidades de marketing, desde amostras de produtos alimentares até vestiários para experimentar roupas com recomendações pessoais.

Essas estratégias de marketing baseadas na interação pessoal ajudam a vender itens de varejo e a desenvolver relacionamentos que podem levar à repetição de negócios.

Os relacionamentos são a base para vendas futuras e um fator importante na decisão do cliente de selecionar os produtos ou serviços de uma empresa em detrimento da concorrência.

Relacionado:  Economia informal: características, tipos, causas e exemplos

Varejo online

O varejo on-line oferece a vantagem de uma estrutura de preços de varejo com o aumento adicional da remessa direta, se este modelo fizer sentido para os negócios.

Ao fazer pedidos diretamente de fabricantes e atacadistas somente quando os clientes fazem seus pedidos, evita-se a necessidade de dedicar capital e espaço ao estoque enquanto espera a venda.

Desvantagens

Economia de escala

Os varejistas tendem a operar empresas menores do que os atacadistas, lidando com menos volume. Como conseqüência, há menos oportunidades para obter uma economia de escala.

Opções de marketing

As opções de marketing podem ser caras e exigir mão de obra e infraestrutura adicional. Por exemplo, funcionários para aconselhar e distribuir amostras ou espaço adicional para instalar os vestiários.

É necessária uma certa quantidade de treinamento de pessoal e contratação seletiva para garantir o tipo de interação pessoal que maximiza o potencial de varejo da empresa.

Alguns varejistas podem ter um sentimento não natural de marketing pessoal. Eles também podem ter dificuldade em alcançar clientes e usar os recursos de marketing de maneira lucrativa.

Varejo online

Os varejistas on-line não desfrutam das vantagens de marketing de se encontrar pessoalmente com os clientes e de construir fortes relações simbióticas.

Exemplos

Lojas de Departamento

Eles vendem uma ampla gama de mercadorias organizadas por categoria em diferentes seções do espaço físico do varejo.

Algumas categorias de lojas de departamento incluem calçados, roupas, produtos de beleza, jóias, utensílios domésticos etc. Alguns dos varejistas de lojas de departamento incluem Macy’s, Nordstrom e JCPenney, entre outros.

Mercearias e supermercados

Eles vendem todos os tipos de alimentos e bebidas, e às vezes também produtos domésticos, roupas e produtos eletrônicos.

Relacionado:  7 Atividades econômicas da selva peruana

Lojas de varejo

São grandes instalações de baixo custo, do tipo armazém, com uma grande variedade de produtos embalados em grandes quantidades e vendidos a preços mais baixos do que os varejistas.

Retalhistas especializados

Eles são especializados em uma categoria específica de produtos. Toys ‘R’ Us, Victoria’s Secret e Nike são exemplos de lojas especializadas.

Loja de conveniência

Geralmente faz parte de uma loja de varejo que vende principalmente gasolina, mas também vende uma gama limitada de produtos de autoatendimento e produtos de cuidado de carro a um preço de “conveniência”, superior ao de uma loja física.

Retalhista de descontos

Vende uma grande variedade de produtos que geralmente são marcas genéricas, a preços abaixo do preço de varejo.

Varejistas com desconto, como Family Dollar e Big Lots, frequentemente obtêm vendas e produtos descontinuados a preços inferiores aos preços no atacado, repassando essas economias para seus clientes.

Revendedor na Internet

Venda a partir de um site de compras na Internet e envie compras diretamente aos clientes em suas casas ou locais de trabalho, sem todas as despesas de um varejista tradicional.

Referências

  1. Wikipedia, a enciclopédia livre (2018). Varejo Retirado de: en.wikipedia.org.
  2. Investopedia (2018). Vendas no varejo Retirado de: investopedia.com.
  3. Devra Gartenstein (2018). Vantagens e desvantagens do varejo. Bizfluent Retirado de: bizfluent.com.
  4. Robert Morello (2018). As vantagens do marketing de varejo. Empresa de pequeno porte – Chron. Retirado de: smallbusiness.chron.com.
  5. Barbara Farfan (2018). Definição, tipos e exemplos de varejo. The Balance Small Business. Retirado de: thebalancesmb.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies