10 exemplos de repetição como figura literária

A repetição é uma figura de linguagem muito comum na literatura, sendo utilizada para enfatizar ideias, criar ritmo, gerar impacto ou reforçar sentimentos. Neste artigo, apresentarei 10 exemplos de repetição como figura literária, demonstrando como ela pode ser empregada de forma eficaz e criativa na construção de textos literários.

Entenda o conceito de repetição e veja exemplos práticos em diferentes situações do cotidiano.

A repetição é uma figura de linguagem que consiste na repetição de palavras, frases ou ideias ao longo de um texto. Ela é muito utilizada na literatura para enfatizar um ponto, criar ritmo ou enfatizar uma ideia. Neste artigo, vamos apresentar 10 exemplos de repetição como figura literária em diferentes situações do cotidiano.

Um dos exemplos mais comuns de repetição na literatura é a anáfora, que consiste na repetição de uma palavra ou expressão no início de cada verso ou frase. Um exemplo disso é o poema “Mensagem”, de Fernando Pessoa, em que o verso “Mensageiro, mensageiro, mensageiro” é repetido ao longo do texto.

Outro exemplo de repetição é o eco, que consiste na repetição de uma palavra ou expressão no final de cada verso ou frase. Um exemplo disso é o conto “O Corvo”, de Edgar Allan Poe, em que o verso “Nunca mais, nunca mais, nunca mais” é repetido várias vezes ao longo da narrativa.

A repetição também pode ser utilizada para criar um efeito de hipérbole, exagerando uma ideia ou sentimento. Um exemplo disso é o poema “A máquina do mundo”, de Carlos Drummond de Andrade, em que o verso “Tudo é máquina, engrenagem” é repetido para enfatizar a ideia de mecanicismo na sociedade.

Além disso, a repetição pode ser usada para criar um efeito de cacofonia, gerando um som desagradável ou dissonante. Um exemplo disso é o conto “O Gato Preto”, de Edgar Allan Poe, em que o verso “Gato preto, gato preto, gato preto” é repetido para criar um clima de suspense e terror.

Espero que os exemplos apresentados neste artigo tenham ajudado a entender melhor o conceito de repetição e sua aplicação em diferentes situações do cotidiano.

Significado e importância da repetição de palavras na construção textual.

A repetição de palavras na construção textual é uma figura de linguagem muito utilizada na literatura, que consiste em repetir uma palavra ou expressão ao longo de um texto com o objetivo de enfatizar um determinado ponto, criar ritmo, reforçar uma ideia ou despertar emoções no leitor. Essa técnica pode ser encontrada em diversos gêneros literários, como poesias, contos e romances, e desempenha um papel fundamental na composição de um texto coeso e impactante.

Algumas das principais funções da repetição de palavras na construção textual incluem a criação de um efeito sonoro agradável, a ênfase em ideias-chave, a construção de um clima ou atmosfera específica e a construção de uma estrutura textual mais coesa e organizada. Além disso, a repetição também pode ajudar a fixar uma informação na mente do leitor, tornando-a mais memorável e impactante.

10 exemplos de repetição como figura literária:

1. “Amor, amor, amor – o sentimento mais puro e sublime que pode existir no coração humano.”

Relacionado:  Fernando de Rojas: Biografia, Obras

2. “O vento soprava forte, forte o suficiente para levar embora todas as minhas mágoas, todas as minhas dores.”

3. “A solidão era minha única companhia, minha única amiga, minha única confidente.”

4. “Nunca, nunca mais quero me sentir tão perdido, tão desamparado, tão sozinho.”

5. “A felicidade estava ali, ali ao alcance das minhas mãos, das minhas mãos trêmulas e ansiosas.”

6. “Os olhos dela brilhavam, brilhavam como estrelas no céu noturno, no céu escuro e infinito.”

7. “A chuva caía, caía sem parar, sem trégua, sem piedade.”

8. “A saudade apertava, apertava meu peito, meu coração, minha alma.”

9. “O tempo passava, passava rápido, rápido demais, demais para que eu pudesse aproveitar cada momento.”

10. “A vida seguia, seguia seu curso, seu caminho, seu destino inexorável.”

Como podemos ver nos exemplos acima, a repetição de palavras pode trazer uma intensidade e uma musicalidade únicas ao texto, além de ajudar a criar imagens vívidas na mente do leitor. Portanto, a utilização dessa figura literária pode ser uma poderosa ferramenta para escritores que desejam impactar e emocionar seu público-alvo.

Quando a mesma frase é repetida diversas vezes em um contexto específico.

A repetição é uma figura literária que consiste na repetição de uma mesma frase ou palavra várias vezes em um contexto específico. Essa técnica pode ser utilizada para enfatizar um ponto importante, criar um efeito de ritmo ou reforçar um tema ao longo de um texto.

Existem diversos exemplos de repetição na literatura, que podem ser encontrados em poemas, músicas, discursos e até mesmo em obras de ficção. A repetição pode ser usada de diferentes formas, como a repetição de palavras no início de frases, a repetição de uma frase inteira ao longo de um texto ou a repetição de um verso em uma canção.

Um exemplo clássico de repetição é o poema “O Corvo” de Edgar Allan Poe, no qual a frase “Nunca mais” é repetida diversas vezes ao longo do texto, criando um efeito de lamento e melancolia. Outro exemplo famoso é o discurso “I Have a Dream” de Martin Luther King Jr., no qual a frase “I have a dream” é repetida para enfatizar a visão do autor para um futuro de igualdade e justiça.

A repetição pode ser uma poderosa ferramenta na escrita, capaz de cativar o leitor e reforçar a mensagem do autor. Portanto, ao utilizar a repetição em um texto, é importante fazê-lo de forma consciente e estratégica, para garantir que ela cumpra o seu propósito e não se torne redundante.

Entenda o conceito de repetição de palavras e expressões em textos.

A repetição de palavras e expressões em textos é uma figura de linguagem utilizada para enfatizar uma ideia, criar um ritmo na leitura e reforçar a mensagem transmitida. Essa técnica pode ser encontrada em diversos gêneros literários, desde poesias até romances, e tem o poder de cativar o leitor e tornar o texto mais marcante.

Existem várias maneiras de utilizar a repetição como recurso literário. Algumas delas incluem a repetição de palavras no início de frases ou versos, a repetição de uma mesma expressão ao longo do texto e a repetição de sons semelhantes para criar um efeito sonoro. Essas repetições são cuidadosamente planejadas pelo autor para causar um impacto no leitor e tornar a leitura mais envolvente.

Relacionado:  Metadiscurso: Características e Exemplos

Para exemplificar a repetição como figura literária, listamos 10 exemplos que demonstram como essa técnica pode ser aplicada de forma criativa e eficaz:

  1. Repetição de palavras: “Amor, amor, amor… O que seria da vida sem amor?”
  2. Repetição de expressões: “Era uma vez, era uma vez, era uma vez… Assim começa a história que todos conhecem.”
  3. Repetição de sons: “O mar bravio batia nas pedras, criando um som rítmico e hipnotizante.”
  4. Repetição de ideias: “Lutar, persistir, vencer… Essa era a filosofia de vida daquela mulher corajosa.”
  5. Repetição de adjetivos: “O céu azul, o mar azul, os olhos azuis… Tudo parecia pintado de azul naquele dia.”
  6. Repetição de verbos: “Correr, pular, dançar… Ela não parava quieta um segundo sequer.”
  7. Repetição de substantivos: “As flores, as árvores, os pássaros… A natureza exalava vida e beleza.”
  8. Repetição de rimas: “Cantar, encantar, sonhar… Essas palavras se uniam em uma melodia perfeita.”
  9. Repetição de frases: “Eu te amo, eu te amo, eu te amo… Repetia ele, olhando nos olhos dela.”
  10. Repetição de palavras-chave: “Coragem, determinação, superação… Esses eram os pilares da sua jornada.”

Portanto, a repetição de palavras e expressões em textos é uma poderosa ferramenta utilizada pelos escritores para criar impacto emocional, enfatizar ideias e tornar a leitura mais envolvente. Ao identificar esses exemplos de repetição como figura literária, é possível apreciar ainda mais a beleza e a complexidade da linguagem utilizada na literatura.

10 exemplos de repetição como figura literária

A repetição como uma figura literária serve para enfatizar uma expressão ou ideia por repetição de uma palavra ou frase. Existem catorze tipos de números de repetição.

Algumas das repetições mais importantes são aliteração, anáfora, concaneação, pleonasmo e paronomasia. As características dessas e de outras figuras literárias repetitivas serão detalhadas abaixo.

10 exemplos de repetição como figura literária 1

Os 14 principais tipos de repetição

1- Aliteração

Aliteração é a repetição de um som para infundir uma sensação.

Exemplo

“De finais fugazes,

incêndios fugitivos,

derretido em sua pele fundada “

2- Anáfora

É a repetição de uma ou várias palavras. Além disso, serve para criar um certo ritmo.

Exemplo

“Você faz sentido da minha existência, sua desobediência,

Somente sua presença merece minha reverência,

você me deu um presente, você era minha espada ”

3- Anadiplose

Nesta figura, você pode repetir duas ou mais palavras. O mais notável é que as últimas palavras de cada versículo são repetidas no início do próximo.

Exemplo

“Ame-me, companheiro.

Não me deixe, siga-me

siga-me, companheiro, nesta onda de angústia ”

4- Concatenação

É a repetição de palavras de forma encadeada. Pode ser visto como várias anadiploses que formam uma cadeia.

Exemplo

“Tudo acontece e tudo permanece,

mas a nossa é passar,

passar caminhos

estradas sobre o mar “

5- Chalaça

É a repetição de uma frase na direção oposta. As palavras do primeiro verso ou frase são alteradas para contrastar e, consequentemente, enfatizar o que se pretendia expressar.

Relacionado:  Qual é a atmosfera de uma história? (com exemplos)

Exemplo

“Ou o que é mais culpado,

mesmo se algum erro acontecer,

aquele que peca pelo pagamento,

ou quem paga para pecar? ”

6- Epanadiplose

É a repetição da mesma palavra, no começo e também no final de cada verso.

Exemplo

“Garça é minha tristeza, garça esbelta e triste,

Sozinho como um suspiro e uma angústia, sozinho,

teimoso em seu erro e infortúnio, teimoso “

7- Epífora

Consiste na repetição de uma ou várias palavras no final de um parágrafo.

Exemplo

“Eu quero fugir e andar, andar, andar,

a terras distantes alcançar e admirar, admirar,

através de prados verdes e limpos andar, andar,

e sob as estrelas dorme e sonha, sonha, sonha ”

8- Paralelismo

O paralelismo é a repetição, em uma frase ou verso, da mesma estrutura com pequenas variações.

Exemplo

“A noite caiu no meu espírito,

na ira e na piedade a alma inundou.

Então eu entendi por que ele chora!

Então eu entendi por que ele se mata!

9- Pleonasmo

Nesse caso, duas palavras desnecessárias são usadas. Como resultado, a expressão recebe mais força.

Exemplo

“Vou jogar cordão de seda

para você subir,

Se a seda não chegar,

minhas tranças adicionariam “

10- Polipote

É a repetição de palavras da mesma raiz, mas com morfemas diferentes.

Exemplo

Ontem ele foi embora; o amanhã não chegou;

hoje está indo sem parar um ponto;

Eu sou um era, e um será, e um é, cansado ”

11- Paronomasia

O mais notável da paranomasia é que é um recurso literário que consiste em usar parônimos (palavras semelhantes em termos de forma ou pronúncia).

Exemplo

“Pobre barco meu,

entre pedras quebradas.

sem velas, revelado

e só entre as ondas “

12- Polysyndeton

Esta figura literária acrescenta conjunções que não são necessárias. Envolve o uso de conjunções desnecessárias dentro de uma frase ou verso.

Exemplo

“(…) eu sou um foi, um testamento e um está cansado,

hoje e amanhã e ontem juntos.

fraldas e mortalha e eu fiquei,

presentes sucessões de falecidos ”

13- Reduplicação

É a repetição contínua de uma palavra no mesmo verso ou frase. Portanto, enfatize o sentido do versículo

Exemplo

“Não, meu coração não dorme,

está acordado, acordado “

14- Quiasmo

Quiasmo é a repetição de frases ou palavras iguais. O mais notável é que eles são repetidos transversalmente e mantêm simetria.

Exemplo

“Juventude, tesouro divino,

Você está saindo para não voltar!

Quando eu quero chorar, eu não choro

e às vezes choro sem querer ”

Referências

  1. «Figuras de repetição» em Figuras literárias. Recuperado em outubro de 2017 de Literary Figures em: figuraliterarias.org
  2. «Exemplo de repetição» no Exemplo de (setembro de 2008). Recuperado em outubro de 2017 de Exemplo em: examplede.com
  3. «Exemplos de repetição» em retórica (novembro de 2014). Recuperado em outubro de 2017 de Rhetoric em: retoricas.com
  4. “Exemplos de repetição” em 10 exemplos. Recuperado em outubro de 2017 de 10 exemplos em: 10examples.com
  5. «Recursos de repetição» em Retrato literário (fevereiro de 2009). Recuperado em outubro de 2017 de Retrato literário em: retratoliterario.wordpress.com

Deixe um comentário