10 Funções do referencial teórico de uma investigação

O referencial teórico é uma parte fundamental de qualquer investigação científica, pois fornece as bases teóricas e conceituais necessárias para fundamentar e embasar o estudo. Neste contexto, apresentamos 10 funções essenciais do referencial teórico em uma pesquisa: 1) orientar a formulação do problema de pesquisa; 2) contextualizar o tema de estudo; 3) fornecer fundamentação teórica para as hipóteses e objetivos da pesquisa; 4) auxiliar na definição dos conceitos-chave; 5) embasar a metodologia e os procedimentos adotados; 6) permitir a análise e interpretação dos resultados; 7) contribuir para a discussão dos achados; 8) ampliar o conhecimento sobre o tema; 9) estabelecer relações com outros estudos e teorias; 10) validar a relevância e originalidade da pesquisa. Em suma, o referencial teórico desempenha um papel crucial no desenvolvimento de uma investigação científica, fornecendo a sustentação teórica necessária para a produção de conhecimento.

Importância do referencial teórico na pesquisa: sua função e relevância no projeto acadêmico.

O referencial teórico desempenha um papel fundamental em qualquer pesquisa acadêmica, sendo essencial para embasar e fundamentar as argumentações e conclusões apresentadas no trabalho. Neste artigo, vamos discutir as 10 principais funções do referencial teórico em uma investigação.

1. Fundamentação teórica: O referencial teórico fornece as bases conceituais necessárias para a compreensão do tema em estudo, ajudando a contextualizar o problema de pesquisa.

2. Orientação metodológica: Ele auxilia na definição dos métodos e técnicas a serem utilizados na coleta e análise dos dados, fornecendo um guia para a condução da pesquisa.

3. Interpretação dos resultados: O referencial teórico permite interpretar os resultados obtidos à luz de teorias e conceitos já existentes, contribuindo para uma análise mais aprofundada.

4. Embasamento das hipóteses: Ajuda a fundamentar as hipóteses levantadas no início da pesquisa, fornecendo suporte teórico para as conclusões alcançadas.

5. Identificação de lacunas: Permite identificar lacunas no conhecimento existente sobre o tema, apontando para possíveis áreas de pesquisa futura.

6. Criação de um diálogo: Ao citar e discutir diferentes teorias e abordagens, o referencial teórico contribui para a criação de um diálogo entre diferentes perspectivas acadêmicas.

7. Construção do argumento: Ajuda a construir um argumento sólido e bem fundamentado, contribuindo para a coesão e consistência do trabalho.

8. Validade e confiabilidade: O referencial teórico aumenta a validade e confiabilidade da pesquisa, ao basear as conclusões em teorias reconhecidas e aceitas pela comunidade acadêmica.

9. Contribuição para o conhecimento: Ao situar o estudo dentro de um contexto teórico mais amplo, o referencial teórico contribui para o avanço do conhecimento na área de pesquisa.

10. Relevância acadêmica: Por fim, o referencial teórico confere relevância acadêmica ao trabalho, ao demonstrar o embasamento teórico e a profundidade da análise realizada.

Em resumo, o referencial teórico desempenha diversas funções essenciais em uma pesquisa acadêmica, sendo fundamental para a qualidade e credibilidade do trabalho realizado.

Elementos essenciais do referencial teórico: o que não pode faltar na sua pesquisa.

Quando se trata de elaborar uma pesquisa, o referencial teórico desempenha um papel fundamental na fundamentação teórica do estudo. Existem 10 funções essenciais que o referencial teórico deve cumprir para garantir a qualidade e relevância da investigação.

Em primeiro lugar, o referencial teórico deve apresentar uma revisão da literatura sobre o tema em questão, destacando as principais teorias e conceitos relacionados. Isso ajuda a situar o problema de pesquisa no contexto acadêmico e a fundamentar as hipóteses ou questões de estudo.

Relacionado:  Pés de lótus: história, processo de bandagem, consequências

Além disso, o referencial teórico deve fornecer um embasamento conceitual sólido para a pesquisa, explicando os principais termos e categorias utilizados ao longo do estudo. Isso ajuda a garantir a clareza e consistência do trabalho.

Outra função importante do referencial teórico é fornecer um quadro teórico para a análise dos dados, orientando a interpretação dos resultados e a discussão dos achados. Isso ajuda a dar sentido às descobertas da pesquisa.

Ademais, o referencial teórico deve contribuir para a construção de um argumento consistente e coerente ao longo do texto, sustentando a lógica e a validade das conclusões apresentadas. Isso ajuda a fortalecer a argumentação do estudo.

Uma função adicional do referencial teórico é apontar lacunas na literatura existente, identificando oportunidades para futuras pesquisas e contribuições acadêmicas. Isso ajuda a abrir novos caminhos para a investigação.

Por fim, o referencial teórico deve ser atualizado e relevante, incorporando as mais recentes contribuições da área de estudo e refletindo as tendências e debates atuais. Isso ajuda a garantir a atualidade e a pertinência da pesquisa.

Passo a passo para elaborar o referencial teórico de um trabalho acadêmico.

Elaborar o referencial teórico de um trabalho acadêmico é uma etapa fundamental para fundamentar e embasar a pesquisa realizada. A seguir, apresentamos um passo a passo para auxiliar nesse processo:

1. Definição do tema: O primeiro passo é escolher o tema que será abordado na pesquisa, delimitando-o de forma clara e objetiva.

2. Levantamento bibliográfico: Realize uma pesquisa em diversas fontes de informação, como livros, artigos, teses e dissertações, a fim de reunir material relevante para embasar o estudo.

3. Seleção das referências: Após o levantamento bibliográfico, selecione as referências que mais se adequam ao tema da pesquisa e que contribuirão para o embasamento teórico do trabalho.

4. Organização das ideias: Organize as ideias e conceitos encontrados nas referências selecionadas, identificando as principais correntes teóricas e os pontos de convergência e divergência entre os autores.

5. Análise crítica: Realize uma análise crítica das referências selecionadas, avaliando a relevância e a consistência das informações apresentadas, bem como a contribuição de cada autor para o tema em questão.

6. Estabelecimento de relações: Estabeleça relações entre as diferentes teorias e conceitos apresentados, buscando integrar as informações de forma coesa e consistente.

7. Construção do arcabouço teórico: Com base nas informações levantadas e nas análises realizadas, construa o arcabouço teórico do trabalho, apresentando as principais teorias e conceitos que embasarão a pesquisa.

8. Fundamentação dos objetivos e hipóteses: Utilize o referencial teórico para fundamentar os objetivos da pesquisa e as hipóteses levantadas, demonstrando como as teorias selecionadas contribuem para a compreensão do problema investigado.

9. Revisão e ajustes: Após a elaboração do referencial teórico, revise o texto e faça os ajustes necessários, garantindo a coesão e a consistência das informações apresentadas.

10. Inserção no trabalho: Por fim, insira o referencial teórico no trabalho acadêmico, de forma a contextualizar a pesquisa, fundamentar as análises realizadas e contribuir para a construção do conhecimento na área de estudo.

Identificando o embasamento teórico de um artigo: passo a passo.

Identificar o embasamento teórico de um artigo é fundamental para garantir a qualidade e a credibilidade da pesquisa realizada. Neste sentido, o referencial teórico desempenha um papel crucial, fornecendo as bases conceituais e metodológicas necessárias para a investigação.

Relacionado:  100 palavras típicas da Argentina

Segundo Silva (2017), o referencial teórico é responsável por orientar o pesquisador na seleção e análise dos dados, além de fundamentar as hipóteses e as conclusões do estudo. Dessa forma, ele contribui para a construção de um conhecimento sólido e consistente.

Entre as 10 funções do referencial teórico destacadas por Santos (2015), estão: a contextualização do problema de pesquisa, a definição dos conceitos-chave, a identificação das lacunas existentes na literatura, a fundamentação das hipóteses, a orientação da metodologia, entre outras.

Portanto, é essencial que o pesquisador dedique tempo e esforço para identificar e utilizar adequadamente o embasamento teórico em seu artigo, a fim de garantir a validade e a relevância de sua investigação.

10 Funções do referencial teórico de uma investigação

As funções do referencial teórico de uma investigação incluem esclarecer conceitos, expor antecedentes, definir a referida investigação e apoiar a confiabilidade das informações, entre outros.

O referencial teórico é o suporte conceitual de uma investigação; São os referentes teóricos do problema a serem estudados. Isso esclarece termos e teor gerais ou específicos relacionados ao objeto de estudo.

10 Funções do referencial teórico de uma investigação 1

Um referencial teórico é constituído por conceitos e teorias que indicam o nível de entendimento que o pesquisador possui sobre seu objeto de estudo.

Diz-se que o referencial teórico é uma das fases mais árduas, complexas e longas de um trabalho de pesquisa. E esse geralmente é o caso quando você tenta ter rigor científico suficiente.

Para elaborar um referencial teórico, é necessário fazer uma investigação da bibliografia existente sobre o tema estudado e adotar uma teoria ou uma perspectiva teórica para abordar o assunto em questão.

As 10 principais funções do referencial teórico

1- Esclarecer termos

Uma função básica do referencial teórico é estabelecer um tipo de glossário dos termos mais relevantes e significativos da pesquisa em andamento.

Nesta seção, aparecerá o significado dos termos mais recorrentes e sobre os quais convergem as fases do conhecimento científico sobre o assunto estudado. Também esclarece a teoria ou posição a partir da qual o pesquisador está abordando o problema do estudo.

A chave é que essa relação de termos e teorias seja feita com um sentido lógico e crítico, para que não seja um simples esvaziamento de conceitos, mas que sejam informações que agreguem valor à pesquisa.

2- Coesão nas diferentes partes da investigação

O referencial teórico também fornece unidade e coesão à pesquisa. Este elemento homogeneiza a linguagem utilizada e unifica os critérios de trabalho utilizados.

Maior coesão será gerada na medida em que uma linguagem técnica apropriada à natureza do estudo for usada, suficientemente clara para que qualquer leitor possa entendê-la.

É necessário que exista uma linguagem comum e que todos esses conceitos e idéias sejam logicamente inter-relacionados.

3- Expor o fundo

A revisão bibliográfica que deve ser feita para elaborar o referencial teórico permite descobrir as teorias e premissas que foram feitas anteriormente em relação ao estudo em questão.

Esta revisão também nos força a pensar sobre o porquê e como do objeto de estudo. Isso adiciona profundidade à abordagem de pesquisa.

Relacionado:  O que é o Egópodo?

O referencial teórico explica o significado e a natureza do fenômeno estudado, de forma que essa informação permita atuar adequadamente diante dele.

Também permite que dados suficientes sejam feitos para não repetir os erros que podem ter sido cometidos em investigações anteriores.

4- Delimitar a investigação

Ter um quadro de referência obriga o pesquisador a não se desviar do assunto nem misturar perspectivas contraditórias.

O referencial teórico detalha as variáveis ​​que influenciam o fenômeno em estudo e ajuda o pesquisador a não abordar tópicos suficientemente pesquisados ​​ou sem importância científica.

Ele permite localizar o objeto de pesquisa dentro de uma corrente específica de pensamento e esclarece desde o início qual é o novo aspecto da sua proposta.

5- Antecipe a metodologia

Ao explicar ou apresentar a teoria a partir da qual a pesquisa será abordada, também são fornecidas pistas sobre como o estudo será conduzido.

A partir deste momento, a metodologia a ser utilizada é decidida para demonstrar a hipótese subjacente ao estudo.

6- Orientar a interpretação dos resultados

A partir do referencial teórico, são coletados dados com os quais os resultados do estudo serão comparados. Cada termo, conceito ou teoria proposto na referida estrutura deve ser usado e / ou verificado no decorrer da investigação.

A teoria a que o pesquisador adere servirá como uma estrutura para ler e entender os resultados dos testes.

7- Apoiar a validade ou confiabilidade do estudo

Fazer pesquisas com base em conceitos, estudos ou teorias anteriores ajuda a basear a pesquisa e permite que os leitores tenham certeza de que os resultados refletidos são verdadeiros.

8- Gerar novas pesquisas

Além de gerar confiabilidade no estudo, o referencial teórico permite a possibilidade de replicação deste estudo em outras circunstâncias.

Quanto mais robusta e confiável a base teórica, maior a probabilidade de o estudo ser reproduzido.

Além disso, como o referencial teórico geralmente é escrito, também é suscetível a críticas, edições, complementos e melhorias.

9- Revelar relações entre variáveis

No decorrer da investigação, também são evidenciadas as relações que mantêm as diferentes variáveis ​​que nela intervêm.

O arcabouço teórico nos permite vislumbrar claramente essas relações e pode até fazer com que o pesquisador detecte elementos novos e valiosos do objeto de estudo.

10- Organize os dados

Outra função do referencial teórico é o arranjo das informações disponíveis sobre o assunto da pesquisa.

Muitas vezes o problema levantado já foi tratado por outros autores, mas de maneira isolada, portanto, colocá-los todos no corpo da mesma pesquisa seria, por si só, uma contribuição ao conhecimento científico.

Referências

  1. Frida Q. (2011). Quais são as funções do referencial teórico? Recuperado de: thodologyfloresmagon.blogspot.com
  2. Hernández Sampieri, R. (2000). Metodologia de Pesquisa, McGraw Hill, México.
  3. Guias Lib (s / f). Enquadramento teórico. Recuperado de: libguides.usc.edu
  4. Rivera, Patricia. Marco teórico, elemento fundamental no processo de pesquisa científica. Recuperado de: bivir.uacj.mx
  5. Rojas Soriano Raúl (1981). O processo de pesquisa científica. Editorial Trillas México.
  6. Schanzer, Rosanna (s / f). Enquadramento teórico. Recuperado de: fhumyar.unr.edu.ar
  7. Técnicas de estudo (2011). Pesquisa Recuperado de: technical-of-studies.org
  8. Tese de pesquisa (2012) Quais são as funções do referencial teórico? Recuperado de: tesisdeinvestig.blogspot.com

Deixe um comentário