100 frases e palavras típicas da Argentina

Deixo-lhe 100 frases e palavras típicas da Argentina que você ouvirá em todos os cantos se visitar um país um dia.Nesta nação sul-americana, as pessoas são chamadas usando um pronome pessoal específico, o vos, que substitui o “você” de maneira coloquial e informal.

Isso está presente em todo o uso da língua castelhana, por exemplo: com expressões como “sos”, que é “você” em outras partes da América Latina, ou “con vos”, que indica “com você”.

100 frases e palavras típicas da Argentina 1

Muitas das expressões típicas da Argentina têm origem em Lunfardo, um jargão originado e desenvolvido na cidade de Buenos Aires, relacionado à vida nas ruas e ao tango.

100 frases e palavras que você picas argentinas

Che : É uma das expressões mais comuns e é usada para chamar outra pessoa de maneira afetuosa. Você pode se definir como amigo.

Che Cha bón : é uma maneira de enfatizar a expressão “che”.

Pibe : com esta palavra, você percebe pessoas do sexo masculino, em vez de homens, meninos ou crianças. No caso das mulheres, o piba é usado.

Mina : é a maneira coloquial de chamar mulheres.

Tipo : homem É também um idioma sem representação ou significado, amplamente utilizado em adolescentes durante seus discursos.

Tome : esta palavra é usada em vez de agarrar ou pegar; é melhor não usá-la porque na Argentina tem uma conotação sexual.

Captura : fazer sexo, é uma palavra de uso coloquial e sujo.

Laburo : é a maneira coloquial de chamar o trabalho na Argentina.

Changa : esta palavra é usada para trabalhos de curta duração, é uma tarefa curta e geralmente mal paga.

Morfar : Este termo é usado na Argentina como sinônimo coloquial de comer.

Chupar : Esta expressão é usada para substituir a palavra bebida, geralmente associada à ingestão de bebidas alcoólicas.

Bondi : isso é chamado de ônibus urbanos ou ônibus.

Pochoclos : esta palavra é usada para chamar pipoca.

Re : é uma maneira de exagerar um sentimento, por exemplo: bem, bom, etc.

Pucho : esse é o nome do cigarro.

Copado: Esta expressão traduz como boas ou boas vibrações.

Boludo : é uma maneira coloquial e comum de dizer bobagem. Nas últimas décadas, é usado abertamente em substituição ao “che”.

Cheto : estigmatiza com essa expressão pessoas de alto poder aquisitivo, preocupadas com sua presença física, que procuram se exibir e são consideradas vaidosas.

Eu os pego : deixe um lugar.

Um pedacinho : é usado como sinônimo por um momento, um pouco, um pouco.

Leve-os : saia, vá embora, vá embora.

Lead : é um adjetivo usado para definir algo chato, tedioso ou fora de onda.

Gordura : pode ser definida como o antônimo de cheto, porque denota algo comum, com pouco estilo e mau gosto.

Vigilante : é usado pejorativamente para definir alguém como delator, cafetão e fofoca.

Ortiva : essa expressão é originária da província de Córdoba e se espalhou por todo o país como uma maneira de chamar pejorativamente alguém de ruim e chato.

Cabezón : tolo, teimoso, que não entende razões.

Esforço : roubar

Eu quebro : vou embora.

Eu bato neles : vá rápido, correndo, apressado.

Tarefa : roubar.

Chamuyar : uma das expressões mais típicas de lunfardo, o que significa falar sobre mais sem sentido.

V ersear : também o calão, isso significa que encontra-se, engano.

Currar : trapaça, trapaça. Um trabalho é um trabalho de origem duvidosa.

Esguicho : ladrão

Cana : maneira pejorativa de chamar a polícia.

Milico : é usado pejorativamente para falar sobre militares, soldados e polícia.

Boga: esta expressão é usada na Argentina para chamar advogados.

Posta : Esta palavra é usada para enfatizar a idéia da verdade, para dizer que algo é realmente sério.

Abacaxi : esta expressão é a maneira de dar um golpe com o punho fechado.

Ñapi : é a maneira de dizer abacaxi de cabeça para baixo e denota um chifre ou um golpe.

Fio : é assim que a prata é chamada na Argentina.

Bocha : esta palavra tem vários significados. É usado para nomear uma bola ou bola, também para explicar a cabeça e também tem um uso para dizer muito.

Uma bola : significa muita coisa.

Camarão : outra palavra com dois significados, significa perna ou boas vibrações, dependendo do contexto em que é usada.

Birra : é uma maneira informal de chamar cerveja.

Linyera : este é o nome das pessoas carentes que vivem na rua.

Buzina : Usado como substituto da boca.

Naso : nariz, geralmente usado pejorativamente para quem tem nariz grande.

Gauchada : esta expressão é usada para pedir um favor.

Antigo : é uma maneira afetuosa de ligar para os pais.

Capo : uma pessoa que se destaca em sua atividade, costuma dizer que alguém é o melhor em alguma coisa.

Groso : é alguém que fez algo bom ou algo que é bom, bom.

A mosca : nos grandes centros urbanos, essa expressão é usada como sinônimo de prata.

U na gamba : seriam cem pesos argentinos.

A luca : são mil pesos.

Uma vara : é um milhão de pesos. A expressão “uma vara verde” é um milhão de dólares.

Salame : maneira carinhosa de dizer a alguém idiota.

Peito frio : usado principalmente no jargão do futebol, essa expressão é usada para definir alguém sem sentimentos, sem paixão.

Amargo : é usado pejorativamente para definir uma pessoa chata, sem sentimento ou paixão.

São -lhe sal ou tee rmica : usado para descrever a raiva de uma pessoa.

Faltam alguns jogadores : é uma expressão pejorativa se referir a pessoas malucas.

A água não chega ao tanque : é também uma expressão pejorativa. Nesse caso, é usado para se referir a alguém que não raciocina.

Atorrante: outra expressão do lunfardo costumava denominar alguém vago, desordenado, sem vergonha e desonesto.

Quilombo : na Argentina, essa palavra denota algo confuso.

Torne-se uma bola: quebrou.

Flanela : essa expressão é usada para momentos em que um casal acaricia apaixonadamente.

Quebrar as bolas : é uma expressão comum perceber que algo o incomoda.

Tome um banho : tome um banho rápido.

Mijo: é uma expressão comum e coloquial que dá conta de urinar.

Desligar : é uma maneira de definir uma pessoa que se dispersou durante uma conversa.

Ser ferro: na Argentina, essa expressão é usada para dizer que alguém é um amigo leal.

Embole : é uma maneira comum, mas generalizada, o que significa chato.

Varrer: essa expressão coloquial é usada para explicar uma zombaria ou agressão.

Vela: esta palavra é usada com significados diferentes, pode significar alguém que está fora de controle ou algo muito bom.

Ser Gardel : alguém muito proeminente em sua tarefa. É usado em referência ao grande cantor de tango Carlos Gardel.

Jóia : algo que é muito bom.

Nunca taxie : é uma maneira coloquial de dizer que algo está em boas condições.

Cobani : É outra maneira pejorativa de chamar a polícia.

Yuta : É também uma maneira depreciativa de chamar a polícia.

Ser feito cabide : usado quando alguém está muito cansado, exausto.

Ser de madeira : alguém que é muito ruim para algo, geralmente usado em atividades esportivas.

Jeta : é uma expressão de lunfardo para dar conta do rosto.

Cole um tubazo : telefone para alguém.

Ser quente : é usado principalmente para alguém que está com muita raiva, embora também tenha uma conotação sexual para quando uma pessoa tem um forte desejo de manter relacionamentos.

Jogue os galgos : expresse os sentimentos de amor a uma pessoa, para iniciar um relacionamento.

Coloque o chapéu : corte um clima de alegria para trazer ordem.

De queruza : é outra expressão de lunfardo, usada para denominar que alguém está fazendo algo secretamente, de maneira furtiva.

Seja claro : seja bom em algo ou saiba muito sobre algo.

Executar : é uma maneira agressiva de pedir permissão.

Babieca: é uma expressão originária da província de Santa Fe, usada para definir uma pessoa boba.

Leite ruim : alguém que manifestou más intenções em suas ações.

Resgate: é uma maneira coloquial de dizer que alguém é cuidadoso com sua vida ou algo assim.

N i no peido : a forma de conversação, e comum, portanto, que dizer de qualquer maneira.

Isso me impressiona : é uma maneira de dizer que você sente vontade de fazer ou ter alguma coisa.

Escabio : é uma maneira coloquial de denominar bebidas alcoólicas, geralmente é usado entre os jovens.

Encanador : é assim que os encanadores são chamados na Argentina.

Remera : é assim que se chama t – shirts ou camisolas na Argentina.

Chancho : é assim que os inspetores de transporte público são chamados depreciativos na Argentina.

Colifa : é uma maneira de chamar de louco.

Piscando: é usado para perceber que alguém está imaginando coisas, ou que ele está falando sobre coisas que não são reais, nem têm sustento.

Referências

  1. Dicionário da Academia Argentina de Letras.
  2. Dicionário da Real Academia Espanhola.
  3. Dicionário da Academia Porteña Lunfardo.
  4. Novo Dicionário Lunfardo , José Gobello, Corregidor, Buenos Aires, Argentina, 1999.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies