14 Grupos étnicos da Guatemala e suas características

A Guatemala é um país rico em diversidade étnica, composto por 14 grupos étnicos distintos, cada um com sua própria cultura, língua e tradições. Esses grupos incluem os maias, os ladinos, os garífunas, os xincas, entre outros. Cada um desses grupos étnicos tem suas próprias características únicas, que refletem sua história, origens e experiências ao longo dos séculos. Neste artigo, exploraremos algumas das principais características de cada um desses grupos étnicos, destacando a riqueza da diversidade cultural da Guatemala.

Principais características do país da Guatemala: cultura, natureza exuberante e povo acolhedor.

A Guatemala é um país da América Central conhecido por sua rica diversidade cultural, sua natureza exuberante e seu povo acolhedor. Com uma população composta por 14 grupos étnicos diferentes, a Guatemala é um verdadeiro mosaico de tradições, costumes e línguas.

Entre os grupos étnicos mais proeminentes da Guatemala estão os Maias, que representam uma parte significativa da população do país. Os Maias têm uma rica história e tradições ancestrais que ainda são preservadas e celebradas até hoje. Além dos Maias, a Guatemala também abriga outros grupos étnicos como os Garífunas, os Xincas e os Ladinos.

Cada grupo étnico da Guatemala possui características únicas que contribuem para a diversidade cultural do país. Os Maias, por exemplo, são conhecidos por sua arquitetura impressionante, suas roupas coloridas e sua culinária tradicional. Já os Garífunas são famosos por sua música e dança vibrantes, enquanto os Xincas são conhecidos por sua habilidade na produção de artesanato.

Além da rica diversidade cultural, a Guatemala também se destaca por sua natureza exuberante. O país é lar de paisagens deslumbrantes, que vão desde vulcões imponentes até florestas tropicais exuberantes. A biodiversidade da Guatemala é impressionante, com uma variedade de espécies de plantas e animais que podem ser encontradas em todo o país.

O povo da Guatemala também é conhecido por sua hospitalidade e calor humano. Os guatemaltecos são conhecidos por sua gentileza e generosidade, sempre dispostos a receber os visitantes de braços abertos. A hospitalidade do povo guatemalteco é uma das características mais marcantes do país e faz com que os visitantes se sintam bem-vindos e em casa.

Com sua diversidade étnica, paisagens deslumbrantes e hospitalidade incomparável, a Guatemala é um destino imperdível para quem deseja conhecer a verdadeira essência da América Central.

Culturas presentes em Guatemala: descubra as tradições e diversidade desse país latino-americano.

A Guatemala é um país latino-americano rico em diversidade cultural, com uma população composta por diversos grupos étnicos. Ao todo, são 14 grupos étnicos presentes no país, cada um com suas próprias tradições, costumes e características únicas.

Os maias são um dos grupos étnicos mais proeminentes da Guatemala, com uma herança cultural rica em arte, arquitetura e astronomia. Eles são conhecidos por suas impressionantes ruínas e pela preservação de suas tradições ancestrais.

Os garífunas são descendentes de africanos e indígenas caribenhos, e são conhecidos por sua música, dança e culinária únicas. Eles trazem uma influência vibrante para a cultura guatemalteca.

Os xincas são um grupo étnico indígena que habita a região sul da Guatemala. Eles são conhecidos por sua conexão com a natureza e por suas práticas espirituais tradicionais.

Outro grupo étnico importante da Guatemala são os ladinos, que são descendentes de colonizadores espanhóis e indígenas. Eles representam uma mistura única de culturas e tradições.

Cada um desses grupos étnicos contribui para a rica tapeçaria cultural da Guatemala, tornando o país um lugar verdadeiramente diversificado e fascinante para explorar.

Qual é o idioma oficial e mais falado na Guatemala?

Na Guatemala, o idioma oficial e mais falado é o espanhol. No entanto, existem cerca de 23 línguas indígenas reconhecidas no país, faladas por diversos grupos étnicos. A diversidade cultural da Guatemala se reflete em seus 14 grupos étnicos, cada um com suas próprias características distintas.

14 Grupos étnicos da Guatemala e suas características

Os 14 grupos étnicos da Guatemala incluem os Quiché, os Chortí, os Q’eqchi’, os Mam, os K’iche’, os Poqomchi’, os Achi’, os Jakaltek, os Cakchiquel, os Tz’utujil, os Uspantek, os Popti’, os Itza’ e os Garifuna.

Cada um desses grupos étnicos possui sua própria língua, cultura, tradições e história. Além disso, muitos deles vivem em áreas rurais do país, preservando suas tradições e costumes ancestrais. A diversidade étnica da Guatemala é uma parte importante da identidade nacional do país.

Embora o espanhol seja o idioma oficial e mais falado na Guatemala, as línguas indígenas continuam a ser uma parte vital da cultura do país. A preservação e valorização dessas línguas é essencial para a manutenção da rica diversidade étnica da Guatemala.

Relacionado:  As 10 civilizações mais importantes do Extremo Oriente

Qual será a estimativa da população da Guatemala em 2023?

A Guatemala é um país da América Central com uma população diversificada, composta por 14 grupos étnicos diferentes. Estima-se que a população total da Guatemala em 2023 será de aproximadamente 18 milhões de habitantes.

Os principais grupos étnicos da Guatemala incluem os maya, que são subdivididos em várias comunidades, como os Quiché, os Cakchiquel e os K’iche’. Os mayas são conhecidos por sua rica história e cultura, incluindo a construção de impressionantes templos e pirâmides.

Outros grupos étnicos importantes na Guatemala são os ladinos, que são descendentes de europeus e indígenas, e os Garifuna, que têm raízes africanas. Os mestizos também são comuns na Guatemala, sendo uma mistura de indígenas e europeus.

Além disso, a Guatemala abriga comunidades de xincas, mames, q’eqchi’ e akatekos, entre outros grupos étnicos. Cada um desses grupos tem suas próprias tradições, línguas e costumes únicos.

Com uma população tão diversa, a Guatemala é um país multicultural e vibrante, onde as diferentes etnias convivem e contribuem para a rica tapeçaria cultural do país.

14 Grupos étnicos da Guatemala e suas características

Entre os grupos étnicos ou étnicos da Guatemala, existem principalmente quatro categorias formalmente reconhecidas pelo estado: os maias, os garifunas, os xincas e os ladinos ou mestiços. Além disso, há também uma porcentagem de indivíduos brancos, principalmente da Europa, pontualmente, da Espanha.

A Guatemala tem uma população de cerca de 15 milhões de habitantes, onde 42% é ocupado por mestiços ou ladinos. 18% inclui o grupo étnico branco e a porcentagem restante de habitantes do país corresponde aos grupos étnicos ameríndios e não-ameríndios maias, como os Xincas e os Garifunas.

14 Grupos étnicos da Guatemala e suas características 1

Embora muitos descendentes étnicos dos maias possam ser encontrados na Guatemala, eles sofreram enormes danos ao longo do tempo. Muitos deles foram vítimas de discriminação e deslocamento forçado devido ao crescimento urbano e industrial em diferentes setores do país.

A Guatemala é geralmente um país com uma alta taxa de pobreza, o que afeta negativamente a qualidade de vida das etnias que habitam seu território, limitando o acesso à educação, aos sistemas de saúde e à tecnologia.

Entre os grupos étnicos maias ameríndios mais importantes da Guatemala, atualmente existem os K’iche ‘, os Kaqchikel, os Mam e os Q’eqchi’. Cada um desses grupos étnicos se comunica em sua própria língua maia e possui conhecimentos básicos da língua espanhola.

No entanto, a porcentagem ocupada por esses grupos étnicos corresponde à minoria de habitantes do país, sendo os mestiços ou ladinos o grupo étnico mais numeroso. Indivíduos nascidos do cruzamento entre nativos americanos e europeus, principalmente espanhóis, são conhecidos como mestiços ou ladinos.

Esse processo de miscigenação continua hoje e estima-se que a maioria da população guatemalteca seja mestiça. Essa população habita principalmente as cidades ou centros urbanos mais desenvolvidos do país.

Estima-se que indivíduos pertencentes a grupos étnicos derivados dos maias representem apenas 35% ou 40% da população total da Guatemala. Existem grupos étnicos cuja porcentagem de habitantes não chega a 1% da população total do país.

Aqui está uma lista dos principais grupos étnicos da Guatemala e suas principais características:

Maya

Hoje, o governo guatemalteco reconhece quatro grupos étnicos que abrangem vários subgrupos e culturas. O primeiro grupo é o dos maias. O Maya é chamado a todos os grupos étnicos que compartilham raízes e herança étnico-linguísticas com essa cultura.

Historicamente, cada cidade maia tinha seu próprio idioma ou dialeto e uma identidade cultural específica. Embora todos os grupos tenham características comuns, cada um se formou de forma independente. Isso significa que, entre diferentes grupos étnicos, a comunicação não é possível, pois seus dialetos são essencialmente diferentes.

Atualmente, existem aproximadamente 21 idiomas maias diferentes comumente usados ​​em todo o país.

Pode-se dizer que cada grupo étnico tem seu próprio dialeto maia. O grupo étnico K’iche é o maior grupo maia do país, ocupando 9% da população da Guatemala.

A Guatemala possui uma das maiores populações ameríndias do Hemisfério Ocidental, proporcionalmente ao número total de sua população.

1- K’iche ‘

Os K’iche ‘são um grupo étnico indígena que pertence a um ramo da cultura maia. A maioria da população K’iche ‘usa sua língua nativa para se comunicar e possui conhecimentos básicos da língua espanhola.

A maioria dos membros do grupo étnico K’iche vive nas terras altas da Guatemala, com uma população total compreendendo 9% da população total do país.

2 – Kaqchikel

Os kaqchikel são um grupo étnico indígena derivado da cultura maia. Aproximadamente 400.000 indivíduos desse grupo étnico se comunicam na língua Kaqchikel, uma das línguas originais dos maias.

O grupo étnico Kaqchikel pratica o trabalho agrícola, influenciado pelas técnicas espanholas e maias. A população total de indivíduos pertencentes ao grupo étnico Kaqchikel compreende 8% da população geral da Guatemala.

3 – Mam

Mam é um grupo étnico aborígene que vive nas terras altas localizadas no oeste do país. Essa população se comunica usando a língua mam.

Alguns indivíduos do grupo étnico mam também podem ser encontrados na região montanhosa ao norte da Guatemala em pequenos assentamentos onde recuperaram seus costumes e tradições.

Alguns membros desse grupo étnico são bilíngues e falam espanhol e mamãe. Este grupo étnico ocupa aproximadamente 8% da população geral da Guatemala.

4 – Q’eqchi ‘

Os q’eqchi ‘são um grupo étnico originário da Guatemala. Isso é derivado de um ramo da cultura maia e se comunica usando sua língua nativa q’eqchi ‘.

Esta comunidade está espalhada pelo território da Guatemala devido ao deslocamento forçado, à tomada de terras e à perseguição que eles sofreram ao longo dos anos. Atualmente, esse grupo étnico ocupa 6% da população da Guatemala.

5 – Poqomam

Os poqmam são membros do grupo poqom, que inclui os ameríndios dos poqomchi no norte da Guatemala. A linguagem poqmam é derivada da linguagem poqom, que faz parte do grupo maia quicheano.

O poqomam vive nos departamentos guatemaltecos de Jalapa, Guatemala, Escuintla e Chiquimula. Um pequeno número desse grupo étnico se mudou para El Salvador. Em 1980, estimava-se que o número de poqmam que habitavam o território guatemalteco estivesse entre 45 e 50 mil indivíduos.

6 – Tz’utujil

Tz’utujil é um grupo étnico caracterizado por falar uma das nove línguas mais importantes derivadas dos maias na Guatemala.

Aproximadamente 70% dos membros desse grupo étnico são animistas, o que significa que eles adoram espíritos da natureza e ancestrais. Os 30% restantes da população são cristãos, mas são governados pelas tradições de sua etnia.

Os rituais, linha de pensamento e tradições que ocorrem dentro desse grupo étnico são de tradição maia. Recentemente, essas práticas foram estudadas por estrangeiros para desvendar os segredos da cultura maia e de suas práticas.

7 – Popti´

Os Popti ‘são um grupo étnico de origem maia que emigrou das montanhas da Guatemala e mantém suas tradições, idiomas e culturas pré-colombianas. Seu dialeto é conhecido como popti ‘.

Este grupo étnico tem práticas religiosas derivadas da cultura maia e adora os antepassados ​​e espíritos da natureza indicados pelos maias como sagrados. A religião maia no popti ‘é expressa através de rituais e tradições.

8 – Akateko

O grupo étnico akateko é caracterizado por falar uma das nove línguas mais importantes derivadas dos maias na Guatemala. Um pequeno número de akatekos é nativo do México, no entanto, a maioria dos membros desse grupo étnico habita o território guatemalteco.

Recentemente, o número de habitantes desse grupo étnico foi reduzido. Mesmo nas áreas de reserva designadas para esse grupo étnico, pode-se ver como o número de habitantes diminuiu significativamente.

Este grupo étnico habita a região montanhosa da Guatemala, perto de áreas vulcânicas. A maioria dos indivíduos da população está envolvida em trabalhos relacionados à agricultura, colhendo alimentos suficientes no solo fértil da Guatemala. Até algumas famílias obtêm seu sustento com a venda de produtos como café, açúcar, cardamomo ou banana.

As roupas usadas por esse grupo étnico são produzidas a partir do uso de lã cortada de ovelhas que pastam.

Embora esse grupo étnico seja principalmente animista e de tradição maia, alguns membros se converteram ao cristianismo, adotando idéias relacionadas ao deus cristão, que tem o poder de afetar suas vidas e eventos diários. Dessa maneira, alguns akatekos acreditam nos escritos do Antigo Testamento.

9 – Achi

O grupo étnico Achi compreende aproximadamente 148.000 indivíduos no território da Guatemala.

Este grupo étnico tem sua própria língua da qual seu nome é derivado (Achi). Embora seu dialeto seja derivado dos maias, isso não significa que ele possa se comunicar facilmente com outras tribos de origem maia.

Ao contrário de outras etnias animistas, a religião praticada principalmente pelos Achi é a católica romana. Os membros desse grupo étnico estão localizados apenas na Guatemala.

10 – Outras etnias maias

Existem outros grupos étnicos derivados dos maias na Guatemala, que incluem indivíduos afro-mestiços.

Relacionado:  Ciclo de vida familiar: estágios, transições, crise, marketing

A maioria desses grupos vive no lado sudeste da Guatemala, em áreas rurais e pouco desenvolvidas, e juntos representam 9% da população do país. Esses grupos são poqomchi´, awakateko, sakapulteko, ixil, achi, chuj, Ccho´rti´, q’anjob´al, uspanteko, mopan, itza´, sipakapense e tektiteko.

Xincas

Os Xincas são o segundo grupo étnico reconhecido pelo governo da Guatemala. É um grupo não-maia que vive principalmente no sul da Guatemala, perto de Salvador.

Esse grupo étnico teve que enfrentar problemas muito semelhantes aos enfrentados pelos maias; no entanto, sua cultura não se espalhou; de fato, a língua xinca raramente é falada hoje na Guatemala. No total, a população de Xinca ocupa apenas 1% da população total do país.

Garifuna

O grupo étnico Garífuna é o terceiro grupo formalmente reconhecido pelo governo da Guatemala.

Os Garífuna vêm da mistura entre africanos, arawakos e ameríndios do Caribe. Como os Xincas, os Garifuna atingem apenas uma porcentagem menor da população total da Guatemala, no entanto, é comum encontrá-los ao longo da costa atlântica da Guatemala.

Os Gariganu (plural de Garífuna) estão localizados principalmente na costa atlântica, especificamente em Livingston e Puerto Barrios. A maioria dos membros desse grupo étnico fala espanhol e garifuna (uma mistura de arawako, dialetos do Caribe, francês e inglês).

Ladinos ou mestiços

O grupo étnico mais representativo na Guatemala, depois dos maias, são os ladinos ou mestiços.

Aquelas pessoas com ancestrais nativos americanos misturados com europeus, ou seja, qualquer indivíduo cuja herança cultural deriva da mistura de espanhóis e maias ou outros nativos americanos, são considerados membros desse grupo étnico.

A Guatemala é um país invadido várias vezes por estrangeiros, por esse motivo sua língua oficial é o espanhol e a mistura entre culturas é um evento comum. Ladino é o termo dado na Guatemala aos nascidos da mistura entre europeus e ameríndios.

A população de Ladinos na Guatemala é principalmente em áreas urbanas, como a capital (Guatemala) e outras grandes cidades. No momento em que a Guatemala se tornou independente, a população ladina era composta por aproximadamente 600.000 indivíduos. Atualmente, a população ladina compreende 42% da população total do país.

Os ladinos são reconhecidos como uma etnia independente, de herança mista, devido à importância dada na América Latina ao fenômeno da colônia espanhola e suas conseqüências no processo de miscigenação.

Alguns ladinos temem a força dada aos movimentos indígenas nos últimos anos. Acredita-se que a hegemonia do país poderia terminar e os ladinos e outras etnias não-nativas americanas poderiam sofrer violência nas mãos das etnias ameríndias.

Não há evidências de que esses medos sejam infundados, pois a Guatemala é uma nação composta de uma mistura cultural entre tradições européias e indígenas.

Isso significa que, no futuro, é provável que a consolidação de etnias e interações sociais no país seja dada por um filtro nas classes sociais, e não pelo passado étnico ou histórico dos indivíduos.

Outros grupos étnicos

Existem pequenos grupos de árabes que também residem na Cidade da Guatemala e um número considerável de judeus emigrando da Alemanha e da Europa Oriental durante o século XIX.

Você também pode encontrar colônias na Ásia, principalmente chinesas e coreanas, cujos ancestrais vieram para a Guatemala para trabalhar na indústria ferroviária e nas fazendas durante o século XX.

Brancos

A população branca da Guatemala veio da Europa durante o século XVII. A maioria dos indivíduos brancos na Guatemala tem ancestrais espanhóis que chegaram à América durante os tempos coloniais.

Os espanhóis nascidos em território guatemalteco são conhecidos como crioulos. Durante o período da colônia espanhola, os colonizadores espanhóis tiveram descendentes com os nativos, dando lugar ao grupo étnico mestiço, que continua a dominar a maior parte da população da Guatemala.

Atualmente, a população branca na Guatemala compreende 18% da população total do país.

Referências

  1. Culturas, C. a. (2017). Países e suas culturas . Obtido da Guatemala: everyculture.com.
  2. Culturas, C. a. (2017). Países e suas culturas . Obtido em Poqomam – Orientation: everyculture.com.
  3. McArthur, R. (2017). Grupos de Povos . Obtido em NOME DAS PESSOAS: ACHI DA GUATEMALA: peoplegroups.org.
  4. Muscato, C. (2017). com . Obtido de grupos étnicos da Guatemala: study.com
  5. Rede, GR (2017). Info . Obtido de Popti dos Estados Unidos: peoplegroups.info.
  6. Projeto, J. (2014). Perfil de detalhe de pessoas e idioma . Obtido em The Akateko da Guatemala e México: joshuaproject.net.
  7. Projeto, J. (2017). Pessoas gruops . Obtido de Tzutujil na Guatemala: joshuaproject.net
  8. Worldatlas com. (16 de dezembro de 2016). Atlas Mundial . Obtido de grupos étnicos da Guatemala: worldatlas.com.

Deixe um comentário