20 Exemplos de Sublimação Química e Características

A sublimação química é um processo físico no qual uma substância sólida passa diretamente para o estado gasoso, sem passar pelo estado líquido intermediário. Esse fenômeno ocorre devido às condições específicas de pressão e temperatura a que a substância é submetida. Neste artigo, vamos apresentar 20 exemplos de sublimação química e suas características, demonstrando como esse processo é comum e importante em diversas áreas da química.

Entenda o processo de sublimação e veja como ocorre na transformação do gelo em vapor.

A sublimação é um processo químico em que uma substância passa diretamente do estado sólido para o estado gasoso, sem passar pelo estado líquido intermediário. Esse fenômeno ocorre quando a pressão do vapor de uma substância sólida se torna maior do que a pressão atmosférica. Um exemplo comum de sublimação é a transformação do gelo em vapor de água.

Quando o gelo é exposto a temperaturas acima de zero graus Celsius, ele começa a sublimar, ou seja, a passar do estado sólido diretamente para o estado gasoso. Isso ocorre porque a pressão do vapor de água no gelo se torna maior do que a pressão atmosférica, permitindo que as moléculas de água escapem da superfície do gelo e se transformem em vapor.

Esse processo de sublimação é influenciado pela temperatura e pressão do ambiente. Quanto maior a temperatura e menor a pressão, mais rápida será a sublimação. Por outro lado, em temperaturas mais baixas e pressões mais altas, a sublimação será mais lenta.

20 Exemplos de Sublimação Química e Características

A sublimação é um fenômeno comum em várias substâncias químicas. Abaixo estão listados 20 exemplos de substâncias que passam pelo processo de sublimação e suas características:

1. Naftaleno: O naftaleno é um exemplo clássico de sublimação, utilizado como repelente de insetos.
2. Iodo: O iodo sublima facilmente em temperaturas ambiente, formando cristais violetas.
3. Dióxido de carbono: Também conhecido como gelo seco, o dióxido de carbono sublima em temperaturas abaixo de -78,5°C.
4. Cânfora: A cânfora é uma substância que sublima em temperaturas acima de 175°C.
5. Ácido benzoico: O ácido benzoico sublima em temperaturas acima de 121°C.
6. Anidrido acético: Sublima em temperaturas acima de 139°C.
7. Ácido oxálico: Sublima em temperaturas acima de 365°C.
8. Paradiclorobenzeno: Sublima em temperaturas acima de 53°C.
9. Óxido nítrico: Sublima em temperaturas acima de -163,6°C.
10. Ácido fórmico: Sublima em temperaturas acima de 100,8°C.
11. Ácido acético: Sublima em temperaturas acima de 117,9°C.
12. Ácido sulfúrico: Sublima em temperaturas acima de 337°C.
13. Sulfato de cobre: Sublima em temperaturas acima de 200°C.
14. Ácido cítrico: Sublima em temperaturas acima de 153°C.
15. Ácido tricloroacético: Sublima em temperaturas acima de 61,6°C.
16. Ácido fórmico: Sublima em temperaturas acima de 100,8°C.
17. Ácido acético: Sublima em temperaturas acima de 117,9°C.
18. Ácido sulfúrico: Sublima em temperaturas acima de 337°C.
19. Sulfato de cobre: Sublima em temperaturas acima de 200°C.
20. Ácido cítrico: Sublima em temperaturas acima de 153°C.

Esses são apenas alguns exemplos de substâncias que passam pelo processo de sublimação. A sublimação é um fenômeno interessante e importante na química, com diversas aplicações em diferentes áreas.

Principais características da sublimação: entenda esse fenômeno físico e suas propriedades únicas.

A sublimação é um fenômeno físico que ocorre quando uma substância passa diretamente do estado sólido para o estado gasoso, sem passar pelo estado líquido. Esse processo ocorre devido às características únicas das moléculas da substância e das condições ambientais, como pressão e temperatura.

Uma das principais características da sublimação é a endotermia, ou seja, a absorção de calor durante a transformação do sólido para o gasoso. Isso faz com que a substância resfrie seu entorno, podendo até mesmo congelar outros materiais próximos.

Além disso, a sublimação é um processo reversível, o que significa que a substância pode passar do estado gasoso para o sólido sem passar pelo líquido. Esse é um fenômeno importante em diversas áreas, como na indústria farmacêutica e de alimentos.

Outra característica interessante da sublimação é a formação de cristais durante o resfriamento do gás. Esses cristais podem ter formas e tamanhos únicos, dependendo da substância e das condições de sublimação.

Relacionado:  Ácido clorídrico (HI): estrutura, propriedades e usos

Para entender melhor a sublimação, vamos apresentar 20 exemplos de substâncias que passam por esse processo químico e suas características específicas.

Entenda o processo de sublimação química e seu funcionamento de forma simples e prática.

A sublimação química é um processo no qual uma substância passa diretamente do estado sólido para o estado gasoso, sem passar pelo estado líquido. Esse fenômeno ocorre quando a pressão do vapor de uma substância sólida é maior do que a pressão atmosférica, fazendo com que as moléculas do sólido se vaporizem sem derreter.

Para entender melhor, imagine um cubo de gelo em um freezer. Se deixarmos o gelo por um longo período de tempo, ele irá sublimar, ou seja, passar diretamente do estado sólido para o estado gasoso, sem derreter. Isso acontece porque a pressão do vapor de água no gelo é maior do que a pressão atmosférica dentro do freezer.

Na sublimação química, as moléculas do sólido ganham energia suficiente para quebrar as forças intermoleculares que as mantêm juntas no estado sólido. Essas moléculas se dispersam no ar, formando um gás. Quando o gás atinge uma superfície mais fria, as moléculas se condensam novamente, formando o sólido diretamente a partir do vapor.

20 Exemplos de Sublimação Química e Características

1. Naftaleno: o naftaleno é um exemplo clássico de substância que passa pelo processo de sublimação. Ele é usado como repelente de traças e, ao ser exposto ao ar, sublima diretamente para o estado gasoso.

2. Iodo: o iodo é outra substância que sublima facilmente. Quando exposto ao ar, os cristais de iodo passam diretamente para o estado gasoso, sem derreter.

3. Ácido benzoico: o ácido benzoico é um sólido branco que sublima a temperaturas relativamente baixas. Ele é utilizado como conservante em alimentos e sublima quando aquecido.

4. Antraceno: o antraceno é um hidrocarboneto aromático que sublima a baixas temperaturas. Ele é utilizado na produção de corantes e explosivos.

5. Ácido cítrico: o ácido cítrico é um sólido cristalino que sublima a altas temperaturas. Ele é encontrado em frutas cítricas e é utilizado como acidulante em alimentos.

6. Mentol: o mentol é uma substância que sublima facilmente a temperatura ambiente. Ele é encontrado em plantas como a hortelã e é utilizado em produtos farmacêuticos e cosméticos.

7. Ácido salicílico: o ácido salicílico é um sólido cristalino que sublima a temperaturas moderadas. Ele é usado no tratamento de acne e outras condições da pele.

8. Benzoína: a benzoína é uma resina que sublima a altas temperaturas. Ela é utilizada na fabricação de perfumes e incensos.

9. NaCl: o cloreto de sódio, ou sal de cozinha, sublima a altas temperaturas. Ele é utilizado na culinária e na indústria química.

10. Ácido oxálico: o ácido oxálico é um sólido branco que sublima a temperaturas moderadas. Ele é utilizado na indústria têxtil e na limpeza de metais.

11. Fenol: o fenol é um líquido que sublima a baixas temperaturas. Ele é utilizado na fabricação de plásticos e resinas.

12. Ácido ascórbico: o ácido ascórbico, ou vitamina C, é um sólido que sublima a temperaturas elevadas. Ele é encontrado em frutas cítricas e é utilizado como suplemento vitamínico.

13. Naftol: o naftol é um sólido branco que sublima a temperaturas moderadas. Ele é utilizado na produção de corantes e na indústria química.

14. Cânfora: a cânfora é um sólido que sublima facilmente a temperatura ambiente. Ela é utilizada em medicamentos e produtos de beleza.

15. Ácido tereftálico: o ácido tereftálico é um sólido branco que sublima a altas temperaturas. Ele é utilizado na fabricação de plásticos e polímeros.

16. Sacarose: a sacarose, ou açúcar comum, sublima a altas temperaturas. Ela é utilizada na culinária e na fabricação de doces.

17. Ácido benzóico: o ácido benzóico é um sólido branco que sublima a temperaturas moderadas. Ele é utilizado como conservante em alimentos e cosméticos

Descubra os 10 diferentes estados da matéria existentes na natureza e suas características únicas.

Existem 10 diferentes estados da matéria existentes na natureza, cada um com características únicas que os distinguem. Os estados da matéria são sólido, líquido, gasoso, plasma, condensado de Bose-Einstein, condensado fermiônico, condensado de Rydberg, condensado de fotônico, matéria de quark-gluon e matéria degenerada.

Relacionado:  Destilação Fracionada: Processo, Aplicações

O estado sólido é caracterizado por partículas que estão próximas umas das outras e têm forma e volume definidos. Já o estado líquido tem partículas mais soltas, com forma definida mas volume variável. No estado gasoso, as partículas estão amplamente separadas e não possuem forma nem volume definidos. O plasma é um estado extremamente quente em que os átomos perdem seus elétrons. O condensado de Bose-Einstein ocorre em temperaturas próximas do zero absoluto, quando as partículas se comportam como ondas. O condensado fermiônico é formado por férmions a baixas temperaturas.

O condensado de Rydberg é um estado exótico formado por átomos excitados. O condensado de fotônico é um estado de luz rica em fótons. A matéria de quark-gluon é um estado hipotético em que quarks e glúons estão desassociados. Por fim, a matéria degenerada é encontrada em estrelas de nêutrons e é extremamente densa e compacta.

20 Exemplos de Sublimação Química e Características

A sublimação química é o processo no qual uma substância passa diretamente do estado sólido para o estado gasoso, sem passar pelo estado líquido. Este fenômeno ocorre em diversas situações, como a naftalina, o iodo, o dióxido de carbono, o ácido cítrico, o ácido benzoico, entre outros. A sublimação é um processo endotérmico, que absorve calor do ambiente para ocorrer.

Alguns exemplos de sublimação química são a formação de cristais de gelo seco, a secagem de roupas no varal em dias frios, a preservação de alimentos congelados, a limpeza de superfícies com o uso de bicarbonato de sódio, entre outros. A sublimação é um processo importante em diversas áreas, como na indústria química, na produção de medicamentos e na preservação de alimentos.

20 Exemplos de Sublimação Química e Características

Alguns exemplos de sublimação química são os processos pelos quais a água, o dióxido de carbono, o iodo, o arsênico ou o enxofre sofrem .

A sublimação é o processo de transformação direta do estado sólido para o estado gasoso, sem passar por uma fase líquida.É uma transição de fase endotérmica que ocorre a temperaturas e pressões abaixo do ponto triplo de uma substância, temperatura e pressão na qual as três fases coexistem (Sublimation (chemistry), 2008).

20 Exemplos de Sublimação Química e Características 1

Figura 1: diagrama de fases do dióxido de carbono.

A uma dada temperatura, a maioria dos compostos e elementos químicos pode ter um dos três estados diferentes da matéria a diferentes pressões. Nesses casos, a transição do estado sólido para o estado gasoso requer um estado líquido intermediário.

Em temperaturas abaixo do ponto triplo, uma diminuição na pressão resultará em uma transição de fase, diretamente do sólido para o gás.Além disso, a pressões abaixo da pressão do ponto triplo , um aumento na temperatura resultará em um sólido se tornando um gás sem passar pela região líquida (Boundless, SF).

Para algumas substâncias, como carbono e arsênico, a sublimação é muito mais fácil que a evaporação . Isso ocorre porque a pressão de seu ponto triplo é muito alta e é difícil obtê-los como líquidos .

O processo de sublimação requer energia adicional; É uma mudança endotérmica. A entalpia de sublimação (calor de sublimação) pode ser calculada com a soma da entalpia de fusão e a entalpia de vaporização.

O processo oposto, em que um gás sofre uma mudança de fase na forma sólida, é chamado de deposição ou desublimação (Anne Marie Helmenstine, 2016).

20 exemplos de sublimação

1- Dióxido de carbono

Gelo seco é dióxido de carbono sólido. À temperatura e pressão ambiente, é sublimado no vapor de dióxido de carbono (Figura 2).

Pode ser usado para criar um efeito especial de fumar ou assustador. Devido à sua relativa segurança, o gelo seco é o sólido preferido nas demonstrações de classe.

20 Exemplos de Sublimação Química e Características 2

Figura 2: gelo seco ou dióxido de carbono sólido.

2- Água

Sob condições especiais, a água congelada (gelo) pode pular a fase líquida e sublimar no ar. É difícil ver a sublimação do gelo, mas você pode ver os resultados.

Relacionado:  O que é periodicidade química? Características principais

A superfície sul do Monte Everest possui condições perfeitas para a sublimação da neve: baixas temperaturas, luz solar intensa, baixa umidade relativa e ventos secos (VanBuren, SF).

3- Iodo

O iodo a uma temperatura de 100 ° C sublima um sólido para um gás roxo tóxico. Isso é usado nas ciências forenses para capturar impressões digitais.

4- Arsênico

A uma temperatura de 615 ° C, arsênico sublime. Isso representa um perigo, dada a toxicidade do elemento.

5- Enxofre

Este composto sublima entre 25 e 50 ° C, causando gases tóxicos e sufocantes (Tucker, 1929).

6- Tintas de impressão

As impressoras de sublimação a seco usam o processo de sublimação para imprimir imagens com qualidade fotográfica.

O processo começa quando existem filmes especiais contendo pigmentos sólidos que, quando aquecidos, sublimados e subsequentemente recapturados.

As imagens podem ser impressas em camisas de poliéster, vasos ou folhas de alumínio ou cromo (SUBLIMAÇÃO DE TINTAS DE METAL EM ALUMÍNIO, SF).

7- Aromatizantes

Purificadores de ar sólido também sublimam. Esses compostos geralmente são ésteres, incluindo aqueles que ficam pendurados no vaso sanitário. É assim que os produtos químicos são colocados diretamente no ar e tornam o cheiro fresco.

8- Naftaleno

20 Exemplos de Sublimação Química e Características 3

Imagem recuperada do site Home Experiments.

As bolas de naftalina são feitas com este composto que, por sublimação, remove as traças.

9- Zinco

Este composto tende a sublimar a baixa pressão.

10- Alumínio

Este metal é sublimado a temperaturas superiores a 1000 ° C para certos processos industriais.

11- Metalurgia

Certas ligas são purificadas por métodos de sublimação. Dessa forma, os compostos que compõem a liga são separados, obtendo os produtos purificados.

12- Cádmio

Outro composto que sublima a baixa pressão. Isso é especialmente problemático em situações em que você trabalha com alto vácuo.

13- Grafite

20 Exemplos de Sublimação Química e Características 4

Este material é sublimado passando uma corrente elétrica de alta amperagem em alto vácuo. Este procedimento é usado na microscopia eletrônica de transmissão para ser amostras condutoras e para maior resolução.

14- Ouro

A sublimação de ouro é usada para fabricar medalhas de baixo custo e jóias de “banho de ouro”. Também é usado para o tratamento de amostras de microscopia eletrônica de varredura.

15- Cânfora

A uma certa temperatura, a cânfora sublime, usada para purificação ou para efeitos terapêuticos.

16- Mentol

O mentol sublima muito facilmente. Quando você olha para uma garrafa de mentol puro, pode ver agulhas finas de mentol. Estes crescem por deposição. Isto significa que o mentol sólido sublima.

17- Antraceno

É um sólido branco que facilmente sublima. Geralmente este método é usado para purificação.

18- ácido benzóico

20 Exemplos de Sublimação Química e Características 5

É um aditivo alimentar que é facilmente sublimado para purificação (Crampton, 2017).

19- ácido salicílico

É usado como uma pomada para aliviar a febre, uma vez que facilmente sublima. Este método também é utilizado para purificação (Purification of Organic Compounds, SF).

20- Sublimação cósmica

O fenômeno da sublimação não é observado apenas diariamente ou em laboratório. Astrônomos e astrofísicos tendem a lidar com esse fenômeno quando voltam os olhos para as estrelas.

Exemplos são a sublimação da água dos núcleos do cometa, a aproximação do cometa ao Sol e a sublimação das calotas polares em Marte durante o verão marciano (Universidade de Tecnologia de Swinburne, SF).

Referências

  1. Anne Marie Helmenstine, P. (2016, 20 de junho). Definição de Sublimação (Transição de Fase em Química) . Recuperado de thoughtco.com.
  2. (SF). Transição de fase sólida para gás . Recuperado de boundless.com.
  3. Crampton, L. (2017, 5 de maio). Efeitos na saúde de ácido benzóico, benzoato de sódio e benzeno . Recuperado de caloriebee.com.
  4. SUBLIMAÇÃO DE TINTAS DE METAL EM ALUMÍNIO . (SF). Recuperado de blazing.com.
  5. Purificação de compostos orgânicos . (SF). Recuperado de askiitians.com.
  6. Sublimação (química) . (2 de abril de 2008). Recuperado de newworldencyclopedia.org.
  7. Universidade de Tecnologia de Swinburne. (SF). Sublimação . Recuperado de astronomy.swin.edu.au.
  8. Tucker, RP (1929). Notas sobre a sublimação de enxofre entre 25 ° e 50 ° C. Eng. Chem., 21 (1) , 44-47.
  9. VanBuren, J. (SF). Exemplos de sublimação na vida real . Recuperado de education.seattlepi.com.

Deixe um comentário