A importância dos compostos orgânicos: 7 razões

A importância dos compostos orgânicos: 7 razões

Os compostos orgânicos são importantes porque servem como base de todo o elemento terra de carbono baseado na vida, contendo todos os organismos vivos. Os compostos orgânicos também criam produção de energia na vida biológica, exaustão atmosférica e liberam energia dos hidrocarbonetos.

Os compostos orgânicos são feitos de átomos de hidrogênio, oxigênio e carbono e são encontrados em todas as formas de vida. Um tipo de composto orgânico chamado nucleotídeo forma aminoácidos e DNA. Proteínas, lipídios e carboidratos são necessários para manter vários processos biológicos, como metabolismo, respiração e circulação no sangue.

Os carboidratos fornecem às formas de vida a energia necessária para manter a função celular. Os lipídios ou gorduras armazenam energia no corpo para uso posterior.

As proteínas criam as partes estruturais das células que são posteriormente incorporadas aos tecidos e órgãos que compõem todo o corpo de um organismo.

Formas de vida antigas enterradas abaixo da superfície da Terra e transformadas em hidrocarbonetos formam a base de todo o consumo de energia mecânica da humanidade.

O combustível bruto é refinado em gasolina, propano, diesel, querosene e gás natural para que carros e sistemas de aquecimento possam funcionar.

Os compostos orgânicos liberados na atmosfera esgotam os níveis de ozônio e causam poluição atmosférica. Esses compostos são produtos residuais da fabricação e queima. 

Importância biológica dos compostos orgânicos

1- Em ácidos nucleicos

Os ácidos nucléicos são biopolímeros essenciais para todas as formas de vida (o DNA está incluído nesta categoria). Eles são compostos de muitos elementos, mas principalmente carbono e hidrogênio, embora também haja átomos de oxigênio em seus açúcares.

Os ácidos nucléicos são os mais importantes de todas as biomoléculas. Eles são encontrados em abundância em todos os seres vivos, onde sua função é criar e codificar e, em seguida, armazenar informações no núcleo de todas as células vivas de todos os organismos vivos na Terra.

Relacionado:  Selva seca: fauna, flora e características

2- Em carboidratos

Um carboidrato é uma molécula biológica que consiste em carbono, hidrogênio e oxigênio. Em bioquímica, o termo é sinônimo de um grupo de elementos que podem incluir açúcares, celulose e amido.

Os carboidratos desempenham um papel importante nos organismos vivos. Os polissacarídeos servem para armazenar energia e como componentes estruturais em plantas e artrópodes, por exemplo. Um tipo de sacarídeo é importante nas moléculas que compõem o DNA.

Em geral, os sacarídeos e seus derivados incluem muitas outras biomoléculas importantes que desempenham papéis importantes no sistema imunológico, na fertilização, na coagulação do sangue e na prevenção da patogênese.

Na ciência dos alimentos, o termo carboidrato pode ser usado para definir qualquer alimento rico em amidos complexos, como cereais, massas, pão ou rico em carboidratos simples, como balas ou balas. 

3- Como base alimentar

Os materiais alimentares são criados a partir de compostos de carbono por meio de carboidratos, proteínas e gorduras. Todo o alimento que consumimos é material reconstituído e extratos de plantas ou animais.

Moléculas orgânicas compõem uma grande parte da dieta humana e são encontradas em todos os alimentos que um indivíduo consome.

Requer um grande número de moléculas orgânicas necessárias para manter as células e os tecidos saudáveis.

4- Nos lipídios

Um lipídio é um termo usado para definir substâncias de origem biológica que são solúveis em solventes. É constituído por um grupo de moléculas que ocorrem na natureza, como gorduras, ceras, esteróis, monoglicerídeos e triglicerídeos, entre outras.

As principais funções dos lipídios incluem armazenar energia, sinalizar lipídios e atuar como um componente estrutural das membranas celulares.

Os lipídios têm aplicações nas indústrias cosmética e de alimentos, bem como na nanotecnologia.

Relacionado:  O que são ambientes de transição?

5-  No metabolismo

Os três principais objetivos do metabolismo são a conversão de energia / combustível como energia para processos celulares, conversão de energia / combustível para construir blocos de proteínas, lipídios, ácidos nucléicos e alguns carboidratos, além da remoção de resíduos nitrogenados.

Essas reações permitem que os organismos cresçam e se reproduzam, mantenham suas estruturas e respondam ao meio ambiente.

O metabolismo é geralmente dividido em duas categorias: catabolismo, que é a decomposição da matéria orgânica e a degradação da glicose pela respiração celular; e no anabolismo, que é a construção de componentes de células como proteínas e ácidos nucléicos.

6- Em proteínas

Um tipo de molécula orgânica que deve estar presente na dieta de todo ser humano é a proteína. As proteínas são compostas de cadeias de moléculas orgânicas chamadas aminoácidos.

O corpo humano usa uma combinação de 20 tipos diferentes de aminoácidos, organizados em seqüências específicas, para fazer com que milhares de proteínas humanas únicas estejam presentes nas células e tecidos.

A proteína é importante em uma dieta para fornecer uma fonte de aminoácidos – a proteína é quebrada no estômago e nos intestinos – e os aminoácidos que compõem a proteína da dieta são absorvidos pelo corpo e usados ​​para produzir suas próprias proteínas. .

7-  Hidrocarbonetos

Hidrocarbonetos são compostos orgânicos que são compostos inteiramente de hidrogênio e carbono.

Existem muitos tipos diferentes de hidrocarbonetos, como metano, etano, propano, pentano e octano, entre outros.

A maioria dos hidrocarbonetos encontrados na Terra ocorre naturalmente no petróleo, onde a matéria orgânica decomposta fornece uma abundância de carbono e hidrogênio que, quando unidos, podem se unir para formar cadeias ilimitadas.

Os hidrocarbonetos são a principal fonte de energia para a maioria das civilizações atualmente.

Relacionado:  Quais são os elementos da paisagem natural?

O uso proeminente de hidrocarbonetos é como fonte de combustível. Na sua forma sólida, os hidrocarbonetos podem assumir a forma de asfalto.

O uso de hidrocarbonetos também é predominante na natureza. Alguns artrópodes, como a abelha brasileira, usam odores específicos de hidrocarbonetos para diferenciar membros da família, por exemplo.

Referências

  1. Compostos orgânicos que devem estar na dieta (2015) Recuperados de livestrong.com.
  2. Atualização do sistema de classificação abrangente LIPID MAPS para lipídios. Recuperado de ncbi.nlm.nih.gov.
  3. Por que os compostos orgânicos são importantes? (2016) Recuperado de socratic.org.
  4. A natureza universal da bioquímica. Recuperado de ncbi.nlm.nih.gov.
  5. Biologia humana e saúde. Recuperado de wikipedia.org.
  6. De que são feitos os ácidos nucleicos? (2015) Recuperado de livestrong.com.
  7. Ácidos nucleicos. Recuperado de wikipedia.org.
  8. Por que os compostos orgânicos são importantes? Recuperado de reference.com.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies