Ácido dicrômico: fórmula e características

O ácido dicrômico é um composto químico de fórmula molecular H2Cr2O7, sendo também conhecido como ácido pirocrômico. Trata-se de um ácido forte e altamente corrosivo, que possui propriedades oxidantes e é utilizado em diversas aplicações industriais, principalmente na produção de corantes e na fabricação de produtos químicos. Sua estrutura molecular é formada por dois átomos de cromo, quatro átomos de oxigênio e sete átomos de hidrogênio, o que confere ao composto sua alta reatividade e capacidade oxidativa. Devido às suas características, o ácido dicrômico deve ser manuseado com extremo cuidado e em ambientes controlados.

Fórmula do ácido crômico: saiba qual é a composição deste composto químico.

O ácido crômico é um composto químico representado pela fórmula H2CrO4. Ele é conhecido por suas propriedades oxidantes e é amplamente utilizado em processos industriais e em laboratórios de química. A composição deste ácido inclui átomos de hidrogênio, cromo e oxigênio, que se combinam para formar a molécula do ácido crômico.

Este composto é muito instável e tende a se decompor facilmente, liberando oxigênio no processo. Por isso, é importante armazená-lo corretamente e utilizá-lo com cuidado. O ácido crômico é utilizado em diversas aplicações, como na produção de corantes, na síntese de compostos orgânicos e na limpeza de vidrarias de laboratório.

Além disso, o ácido crômico é um composto tóxico e corrosivo, devendo ser manuseado com equipamentos de proteção adequados. É importante seguir as normas de segurança ao lidar com este produto químico, a fim de evitar acidentes e danos à saúde.

Descubra o nome do ácido formado pelos elementos hidrogênio, enxofre, boro e oxigênio.

O ácido formado pelos elementos hidrogênio, enxofre, boro e oxigênio é o ácido sulfúrico (H2SO4). Este ácido é conhecido por ser altamente corrosivo e utilizado em diversas indústrias, como na produção de fertilizantes, produtos químicos e na limpeza de metais. Além disso, o ácido sulfúrico é um dos ácidos mais importantes na química, devido à sua ampla gama de aplicações.

O ácido dicrômico, por sua vez, é um composto químico que possui a fórmula H2Cr2O7. Ele é um ácido forte e oxidante, sendo utilizado em processos de oxidação, na produção de corantes e na síntese de compostos orgânicos. O ácido dicrômico é uma substância tóxica e corrosiva, devendo ser manuseado com cuidado e seguindo as devidas precauções de segurança.

Em resumo, o ácido dicrômico é um composto químico importante na indústria química, com propriedades oxidantes e corrosivas. Sua fórmula H2Cr2O7 representa a presença de átomos de hidrogênio, cromo e oxigênio, que conferem a este ácido características únicas e versáteis.

Principais características dos anidridos de ácido: o que você precisa saber sobre eles.

Os anidridos de ácido são compostos químicos que apresentam características únicas e importantes na química orgânica. Eles são derivados dos ácidos carboxílicos e possuem fórmulas estruturais específicas que os diferenciam de outros compostos.

Uma das principais características dos anidridos de ácido é a presença do grupo funcional CO em sua estrutura molecular. Esse grupo é responsável por conferir propriedades ácidas aos compostos, o que os torna importantes em reações de esterificação e outras reações orgânicas.

Além disso, os anidridos de ácido são frequentemente utilizados como reagentes em sínteses orgânicas devido à sua capacidade de reagir com álcoois e outros compostos para formar ésteres e outros produtos desejados.

Relacionado:  10 Aplicações da Física na Vida Diária

Um exemplo de anidrido de ácido é o ácido dicrômico, que possui a fórmula molecular H2Cr2O7. Este composto é um poderoso agente oxidante e é utilizado em diversas reações químicas, incluindo a oxidação de compostos orgânicos e a síntese de produtos químicos industriais.

Em resumo, os anidridos de ácido são compostos químicos importantes na química orgânica devido às suas propriedades ácidas e capacidade de reagir em diversas sínteses orgânicas. Eles desempenham um papel fundamental na produção de uma ampla gama de produtos químicos e são essenciais para a indústria química.

Identificando ácido na fórmula: dicas práticas para reconhecer compostos ácidos em suas estruturas.

Para identificar um ácido na fórmula de um composto, é importante observar algumas características específicas. Os ácidos geralmente possuem um ou mais átomos de hidrogênio ligados a um átomo de oxigênio, formando um grupo funcional ácido. Além disso, os ácidos costumam liberar íons de hidrogênio em solução aquosa, tornando-a ácida.

Uma dica prática para reconhecer um composto como ácido é procurar por sufixos como -ico na nomenclatura. Por exemplo, o ácido clorídrico e o ácido sulfúrico possuem esses sufixos em suas fórmulas. Outra dica é observar a presença do íon hidrogênio (H+) na fórmula do composto, o que indica sua natureza ácida.

Ácido dicromico é um exemplo de ácido que pode ser facilmente identificado em sua fórmula. Sua fórmula química é H2Cr2O7, e possui o sufixo -ico, indicando sua natureza ácida. Além disso, o ácido dicrômico é um forte agente oxidante e é utilizado em diversas reações químicas.

Portanto, ao analisar a fórmula de um composto, fique atento às características dos ácidos, como a presença do grupo funcional ácido, sufixos específicos e a capacidade de liberar íons de hidrogênio em solução. Essas dicas práticas podem ajudar a identificar facilmente compostos ácidos em suas estruturas.

Ácido dicrômico: fórmula e características

O ácido dicrómico é um ácido dibásico oxidante instável conhecido apenas em solução e na forma de sais dicromáticos (tais como dicromato de potássio), cuja cor é laranja ou vermelha.

Sua fórmula química é H2Cr2O7 e pode ser obtida a partir de duas moléculas de ácido crômico, com perda de uma molécula de água. É higroscópico e absorve a umidade do ambiente.

Ácido dicrômico: fórmula e características 1

2 H2CrO4 -> H2Cr2O7 + H2O

Os íons que formam o ácido dicrômico são:

Ânion dicromato Cr2O7 -2 e dois cátions H +

Um composto de ácido dicrômico é o dicromato de potássio, que é um bom oxidante.

Fórmula molecular

Cr2H2O7

Nomes químicos

Ácido dicrômico; Ácido dicrómico (VI); Ácido crômico (H2Cr2O7); 13530-68-2; Ácido dicrômico (H2Cr2O7)

Propriedades químicas e físicas

Propriedades calculadas

– Peso molecular: 218,001 g / mol

Ligações de hidrogênio do gênero: 2

Aceitador de link de hidrogênio: 7

Conta de bônus -Rotatable 2

Massa exacta 218,0039 g / mol

-Monisotópica 217.861 g / mol

– Átomos pesados ​​contam 9

-Carga formal 0

-Complexidade 221

-Número de átomos isotópicos 0

Dicromato de potássio

O dicromato de potássio, um ácido dicrômico com uma ampla gama de usos, atua como oxidante em muitas aplicações químicas e industriais e no tingimento, coloração e curtimento de couro.

Também é usado clinicamente como anti-séptico externo ou adstringente e está presente em alguns medicamentos veterinários. O dicromato de potássio é considerado altamente tóxico e é um veneno corrosivo se ingerido internamente.

Por esse motivo, deve ser manuseado com extremo cuidado. O composto é um sólido iônico cristalino e possui uma cor laranja avermelhada muito brilhante.

Caracteristicas

O dicromato de potássio é inodoro, seu ponto de ebulição é de 500 graus Celsius. O dicromato de potássio tem um ponto de fusão de 398 graus Celsius e um peso molecular de 294,18 gramas por mole.

O dicromato de potássio pode ser classificado como um composto de cromo hexavalente devido ao seu estado de oxidação. O estado de oxidação é um número calculado que indica quantos elétrons são perdidos ou ganhos no átomo de um composto.

Se o estado de oxidação for positivo, houve perda de elétrons. Estados de oxidação negativos indicam um ganho de elétrons para um átomo em particular. Os compostos hexavalentes de cromo, como o dicromato de potássio, contêm o elemento cromo em seu estado de oxidação de 6+.

Usos

O dicromato de potássio é um composto químico normalmente usado como reagente químico inorgânico para processos industriais e de laboratório. Este produto químico também é usado para produzir polidores, colas, tintas e ceras para calçados. Também é comumente usado em laboratório como reagente analítico e o dicromato de potássio também é usado na indústria.

A indústria da construção utiliza esse produto químico em produtos de cimento para melhorar a densidade e a textura. Certas madeiras podem mudar sua aparência (ou cor) na presença de dicromato de potássio. Isso é especialmente útil ao procurar pisos de mogno ou madeira ou mostrar suas cores mais brilhantes.

Outros usos do dicromato de potássio incluem:

  • Curtimento de couro para calçado
  • Oxidante no processo de impressão fotográfica
  • Limpeza ou gravação em vidro de materiais de vidro.

Advertências

O dicromato de potássio deve permanecer afastado de todo material inflamável. Caso contrário, você pode enfrentar uma situação explosiva.

Há um grande debate sobre os reais riscos à saúde do dicromato de potássio. Este composto e todos os outros dicromatos são considerados agentes cancerígenos ou cancerígenos pelo Instituto Nacional de Saúde e Segurança Ocupacional (NIOSH), uma agência federal dos EUA responsável pela realização de pesquisas e recomendações para a prevenção de doenças e lesões relacionadas ao trabalho. .

No entanto, o Escritório de Programas de Pesticidas da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos classificou o dicromato de potássio como provavelmente não cancerígeno para os seres humanos.

O composto pode dispersar-se facilmente pelo ar, tornando o risco de inalação um dos maiores riscos a ele associados.

A exposição prolongada ao produto químico por inalação pode causar asma. O produto químico também é corrosivo para os olhos, pele e trato respiratório e pode causar danos aos rins e fígado se ingerido.

Dicromato de amônio

Fórmula molecular

(NH4) 2Cr2O7 ou Cr2H8N2O7

Nomes químicos

Dicromato de amônio; Bicromato de amônio; 7789-09-5; Dicromato de diamônio; Dicromato de amônio (VI); Dicromato de amônio (VI)

Caracteristicas

O dicromato de amônio também é um sal de ácido dicrômico e é um sólido cristalino vermelho-laranja brilhante. Acende e queima facilmente produzindo um resíduo verde volumoso. Se aquecido em um recipiente fechado, o recipiente pode quebrar devido à decomposição do material.

Relacionado:  Nikola Tesla: Biografia, invenções e contribuições

Também pode atuar como um forte agente oxidante se misturado. É solúvel em água e é inodoro. O dicromato de amônio é um oxidante muito forte que é frequentemente usado para composições pirotécnicas como catalisador. Também tem sido comumente usado em fotografia e litografia.

O dicromato de amônio é uma boa fonte de nitrogênio puro em laboratório e é usado como catalisador para a oxidação catalítica da amônia. Também é usado para fixar corantes e na fabricação de filmes fotossensíveis que atuam como fotoativos.

Dicromato de sódio

Fórmula molecular

Na2Cr2O7 ou Cr2Na2O7

Nomes químicos

Dicromato de sódio; Celcure; Bicromato de Soda; Dicromato dissódico; Dicromato de sódio (VI)

Caracteristicas

O dicromato de sódio é um composto cristalino inorgânico, de cor laranja a vermelha, que emite vapores tóxicos de cromo quando aquecido. O cromato de sódio pode ser convertido em ácido dicromato por um processo contínuo com ácido sulfúrico, dióxido de carbono ou uma combinação desses dois.

O seu peso molecular é de 261.965 g / mol. É altamente corrosivo e é um forte agente oxidante. É usado principalmente para a produção de outros compostos de cromo e também é usado em tratamentos de metais, conservantes de madeira e como inibidor de corrosão.

Advertências

O dicromato de sódio afeta principalmente o sistema respiratório, causando ulcerações, bronquite, pneumonia e asma, além de afetar o trato gastrointestinal, fígado, rins e sistema imunológico.

É uma substância cancerígena e está associada a riscos de desenvolver câncer de pulmão e câncer da cavidade nasal. O dicromato de sódio pode ser irritante para a pele, olhos e mucosas.

Usos

É usado como inibidor de corrosão e na fabricação de outros produtos químicos.

Perigos para a saúde

O ácido dicromático é tóxico por ingestão. A inalação de pó de ácido dicromático também é tóxico. O ácido dicromático exposto ao fogo pode produzir gases irritantes, corrosivos e / ou tóxicos. O contato com a substância pode causar queimaduras graves na pele e nos olhos.

Perigo de incêndio

O ácido dicromático acelera a queima quando envolvido em um incêndio. Pode explodir devido ao calor ou contaminação. Eles reagem explosivamente com hidrocarbonetos (combustíveis). Você pode usar combustíveis leves (madeira, papel, óleo, roupas, etc.). Os recipientes podem explodir quando aquecidos.

Outros usos

Além dos usos dos dicromatos de amônio, sódio e potássio explicados acima, os ácidos dicrômicos são usados ​​na cromagem para proteger os metais da corrosão e otimizar a adesão da tinta.

Referências

  1. UK Laboratory Chemicals. (2015). Dicromato de amônio 12-24-2016, do site da loja Amicium Dichromate: ammoniumdichromate.co.uk.
  2. Centro Nacional de Informação Biotecnológica. Banco de Dados Composto PubChem; CID = 24600. Website: pubchem.ncbi.nlm.nih.gov.
  3. Reid. D .. (2003). Dicromato de potássio 24-12-2016, do site Study.com: study.com.
  4. ChemicalBook (2016). Ácido dicrômico 24-12-2016, do site Chemical Land: chemicalbook.com
  5. Web Chemistry (2016). Massa molar 24-12-2016, do site Quimicaweb.net: quimicaweb.net.
  6. Divisão de Educação e Informação da NIOSH. (2012). Instituto Nacional de Segurança e Saúde Ocupacional (NIOSH). 24-12-2016, do site da NIOSH: cdc.gov.

Deixe um comentário