Agricultura da Região Orinoquía: 8 produtos principais

A agricultura da região de Orinoquía baseia-se principalmente no cultivo de milho, sorgo, cana-de-açúcar, mandioca, arroz, oleaginosas, bananas, legumes, panela, madeira, banana, cacau, flores, algodão, citros, tabaco, soja e fique

Nesta região produtora de gado, a agricultura extensiva era praticada anteriormente; isto é, com base em métodos de produção muito ineficientes.

Agricultura da Região Orinoquía: 8 produtos principais 1

Agora, pelo contrário, a agricultura é intensiva, uma vez que grandes propriedades e fazendas foram tecnificadas para aumentar sua produtividade.

Os 8 principais produtos agrícolas da região de Orinoquía

Os produtos agrícolas mais importantes cultivados nesta região são mencionados abaixo, tanto pela vocação econômica quanto pelos níveis anuais de produção.

1- Arroz

O arroz é a principal cultura da região de Orinoquía, com mais de 136 207 hectares plantados e uma produção de 751 330 toneladas, segundo dados oficiais de 2007.

A maior parte do arroz é produzida através da variedade mecanizada de plantio a seco, principalmente nos departamentos de Meta e Casanare.

2- Milho

Historicamente, esta região é produtora de milho. Anteriormente, a semeadura desse item era feita em pequenas áreas de terra chamadas conucos.

Atualmente, a agricultura em larga escala é praticada com grandes culturas, que ocupam mais de 47.000 hectares e geram uma produção de mais de 125.000 toneladas.

3- Banana

A maior produção de banana da região ocorre em Tame, no departamento de Arauca.

A banana não é usada apenas como alimento indispensável na mesa da população, mas com esses outros subprodutos usados ​​pela indústria de papel e artesanato.

A região possui uma área plantada de mais de 32.000 hectares e uma produção superior a 420.000 toneladas.

4- Yucca

A região de Orinoquía é o maior produtor desse setor agrícola do país. É produzido em larga escala no departamento de Meta, que é o maior produtor nacional.

Lá, mais de 174.000 toneladas são produzidas anualmente, correspondendo a 33,6% da produção nacional total.

5- palmeira africana

O cultivo de palmeiras africanas em larga escala nesta região é amplo. Esta planta leguminosa é usada para a produção industrial de óleo vegetal comestível.

Os departamentos de Meta e Casanare são os maiores produtores de palma africana, com uma produção superior a 30% do total nacional.

6- Soja

É a sexta colheita mais difundida no mundo. O departamento de Meta é o principal produtor nacional de soja na Colômbia.

Este item agrícola tem vários usos para consumo humano. Juntamente com o sorgo, é uma matéria-prima fundamental para a alimentação animal (bovinos, porcos e cabras), e também para a alimentação de aves e peixes.

7- Sorgo

Este produto é usado como base para a produção de ração animal concentrada e para uso humano.

O departamento de Meta é o maior produtor nacional, com uma produção anual de mais de 6400 toneladas. O sorgo também é produzido em Casanare e Arauca.

8 – Madeira

O departamento de Vichada é o local onde há maior exploração de florestas naturais para obter madeira nessa região.

Referências

  1. Benavides, Juan: (PDF) O desenvolvimento econômico dos Orinoquia. Recuperado de caf.com.
  2. Sistemas de produção na Orinoquía colombiana. Consultado em banrepcultural.org
  3. Regiões naturais Consultado em colombiaaprende.edu.co
  4. Mejía Gutiérrez Mario. (PDF) Sistemas de produção na Orinoquía colombiana. Consultado a partir bdigital.unal.edu.co
  5. Produtos e processos tecnológicos por macrorregião. Corpoica Bogotá, 1998. Recuperado de books.google.co.ve
  6. Chiguachi, Diego Mauricio e García A, Mauricio (PDF). Diagnóstico de milho crioulo da Colômbia. Recuperado de swissaid.org.co.
  7. Artesanato, outra fruta da banana em Arauca. Consultado de unperiodico.unal.edu.co
  8. Valencia Ramírez, Rubén Alfredo. Resposta diferencial de variedades de soja à Associação Simbiótica com linhagens de Bradyrhizobium japonicum, em latossolos da Orinoquía colombiana (PDF). Universidade Nacional da Colômbia, 2010.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies