As 10 principais agências contábeis

Os principais ramos da contabilidade incluem contabilidade financeira, contabilidade administrativa, contabilidade de custos, auditoria, contabilidade forense e contabilidade pública, entre outros.

A contabilidade é a prática e o conhecimento relacionados aos métodos de registro de transações, manutenção de registros financeiros, realização de auditorias internas, relatórios e análise de informações financeiras ou pertinentes à administração.

As 10 principais agências contábeis 1

Basicamente, é o processo sistemático de identificação, medição, classificação, verificação, resumo, interpretação e comunicação de informações financeiras. Ele também fornece informações sobre os recursos disponíveis e os resultados alcançados com esses recursos.

Esta área de estudo é um ramo dinâmico e amplo, que se adapta constantemente às necessidades específicas e variadas de seus usuários.

Nas últimas décadas, foram criados diferentes ramos da contabilidade que respondem à diversidade de empresas no mundo moderno.

Os principais ramos da contabilidade

1- Contabilidade financeira

Esse tipo de contabilidade envolve o registro e a classificação de transações financeiras; Também prepara e apresenta demonstrativos ou demonstrativos financeiros a serem usados ​​por usuários internos e externos.

As transações são resumidas em balanços, demonstrativos de receita e liquidez que encapsulam o comportamento de uma empresa durante um período específico de tempo.

A idéia dessa filial é distribuir o conjunto de informações financeiras para usuários externos dessas informações (como investidores ou credores da empresa).

A contabilidade financeira possui várias políticas e procedimentos que fornecem uma estrutura para registrar transações nas contas.

2- Contabilidade administrativa

Essa contabilidade se concentra em fornecer informações financeiras para uso interno da empresa, mais especificamente para a administração; Ele gerencia as receitas e despesas de um negócio.

Essa categoria tem a ver com as necessidades da administração e não com os princípios aceitos de contabilidade.

A contabilidade administrativa envolve análise financeira, orçamentos, previsões, análise de custos, avaliação de decisões de negócios e outras áreas semelhantes. Seu objetivo é agir para melhorar o desempenho financeiro de um negócio.

As informações tratadas incluem: quantidade de liquidez, análise de orçamentos de capital, análise de transferências de custos e rentabilidade dos projetos, entre outros.

3- Contabilidade de custos

Refere-se ao registro, apresentação e análise dos custos de fabricação. A contabilidade de custos é muito útil nos negócios de produção, pois eles têm os processos de custo mais complicados.

Os custos e padrões atuais também são analisados ​​para ajudar futuros contadores a determinar as melhores respostas para as operações da empresa. Às vezes, é considerado um subgrupo de contabilidade administrativa.

4- Auditoria

A auditoria externa refere-se à análise independente (de terceiros) dos demonstrativos contábeis de uma empresa com o objetivo de expressar uma opinião sobre a apresentação de seus assuntos financeiros.

Todos os anos, as empresas devem produzir um relatório anual que inclua um extrato de todas as suas contas. Os auditores são contadores externos que verificam se esses relatórios são verdadeiros e se as práticas financeiras da empresa estão corretas.

As pessoas que trabalham neste campo não devem apenas ter habilidades contábeis, mas também habilidades sociais . Isso ocorre porque eles devem fazer muitas perguntas com muito tato para os indivíduos da empresa.

5- Auditoria interna

A auditoria interna concentra-se na avaliação da estrutura de controle interno da empresa, separando os deveres, políticas, procedimentos, graus de autorização e outros controles implementados pela administração.

Esse processo monitora a eficácia dos processos e controles que a empresa possui; A idéia é examinar os sistemas e transações para detectar fraquezas, fraudes ou desperdício de recursos para poder relatar essas descobertas à gerência.

O principal objetivo é que esse departamento também atue como um departamento de consultoria interna que agrega valor às operações da empresa.

É especialmente necessário em organizações maiores, com altos níveis de complexidade, pois é mais fácil ocorrer falhas de processo em locais maiores.

A equipe de auditoria interna é responsável pela detecção de fraudes, garantindo que os regulamentos legais sejam cumpridos, analisando riscos, etc.

6- Contabilidade Forense

A contabilidade forense envolve casos de litígios, investigação de fraudes, resolução de disputas e outras áreas que envolvem questões legais. Eles examinam os registros financeiros que eles carregam ou resultam de litígios.

Os resultados dessas investigações podem ser usados ​​como prova no tribunal, para que sejam altamente documentados. Algumas das áreas em que essa contabilidade pode ser usada incluem: detecção de fraudes, cálculo de danos econômicos, cálculo do valor de um negócio, insolvência de apoio jurídico, petições por negligência etc.

Quem trabalha neste campo deve ter um conhecimento considerável de contabilidade e auditoria, pois deve reconstruir ou investigar os registros contábeis de uma organização.

7- Contabilidade Tributária

Refere-se às regras usadas para gerar ativos e passivos fiscais nos registros financeiros de um indivíduo ou empresa. Essa filial ajuda os clientes a seguir as regras impostas pelas autoridades relevantes.

Inclui planejamento tributário e preparação da declaração de imposto. Também envolve o cálculo de todos os impostos e conselhos da empresa para reduzi-los de maneira legal.

8- Contabilidade fiduciária

Envolve o gerenciamento de contas gerenciadas por uma pessoa encarregada da custódia de uma propriedade ou em benefício de outra pessoa.

Exemplos disso incluem contas fiduciárias, falências e gerenciamento de ativos.

9- Contabilidade pública

Este campo investiga as demonstrações financeiras e os sistemas contábeis das empresas clientes, a fim de garantir que as demonstrações contábeis coletadas pelos clientes representem seus resultados e posição financeira de maneira real.

A contabilidade pública requer um grande conhecimento das regras contábeis relevantes.

10- Contabilidade do governo

Essa filial usa regras contábeis específicas para criar e gerenciar fundos, a partir dos quais o dinheiro é retirado para pagar as várias despesas e serviços oferecidos por uma entidade governamental.

Essa área exige que seus profissionais tenham uma especialização bastante específica.

Referências

    1. Tipos de contabilidade. Recuperado de brightnetwork.co.uk
    2. Contabilidade forense (2017). Recuperado de accoutingtools.com
    3. Os tipos de contabilidade (2017). Recuperado de accoutingtools.com
    4. Tipos de contabilidade. Recuperado de accoutingverse.com
    5. Contabilidade gerencial (2017). Recuperado de accoutingtools.com
    6. Contabilidade pública (2013). Recuperado de accoutingtools.com
    7. O que é contabilidade? Recuperado do businessdictionary.com
    8. Contabilidade financeira (2017). Recuperado de accoutingtools.com
    9. Contabilidade governamental (2017). Recuperado de accoutingtools.com
    10. Tipos de contabilidade. Recuperado de accouting-simplied.com
    11. Contabilidade fiscal (2015). Recuperado de accoutingtools.com
    12. Auditoria interna (2017). Recuperado de accoutingtools.com

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies