As 50 óperas mais famosas da história

As óperas mais famosas se destacam por terem conseguido uma excelente combinação de ambos os recursos no palco. A ópera é um gênero teatral em que a ação cênica é cantada e tem acompanhamento musical.

Deixo então uma seleção das melhores obras desse gênero, mais aclamadas e tocadas na história, cujos autores são principalmente compositores do romantismo e do barroco.

As 50 óperas mais famosas da história 1

As óperas mais importantes

1- O barbeiro de Sevilha

Esta ópera composta por Gioachino Rossini é uma das óperas de dois atos mais engraçados e famosos de todos os tempos, seu libreto é baseado em uma comédia de 1775 com o mesmo nome e cujo autor é Pierre-Augustin Caron de Beaumarchais.

Sua estréia foi realizada em 20 de fevereiro de 1816 no Teatro Argentina, localizado em Roma, e foi uma das primeiras óperas italianas a serem apresentadas nos Estados Unidos (estreada no Park Theatre em Nova York em 29 de novembro de 1825).

A trama conta a história de um casal apaixonado, formado pelo conde de Almaviva e pela jovem órfã Rosina, que usa a ajuda do barbeiro Figaro para se juntar a eles no casamento.

Seus personagens são: Figaro (barbeiro) barítono. Don Bartolo (médico, tutor de Rosina) sob bufo. Rosina (jovem órfão) mezzosoprano. O conde de Almaviva (nobre) tenor. Fiorello (servo de Almaviva) abaixo. Don Basilio (professor de música) baixo e Berta (servo de Don Bartolo) mezzo-soprano.

2- Rigoletto

Sua autoria pertence a Giussepe Verdi e é um intenso trabalho dramático de paixão, engano, amor filial e vingança que estreou em 11 de março de 1815 no teatro La Fenice, em Veneza. Seu libreto é escrito em italiano por Francesco Maria Piave.

O protagonista é Rigoletto, um bobo da corte jubarte da corte do Ducado de Mântua que se envolverá em um drama em que abundam a paixão, a decepção, a vingança e o amor filial.

A peça é baseada na peça “Le Rois’amuse”, de Victor Hugo, e a história se desenrola na cidade de Mântua, na Itália, durante o século XVI.

Ele tem três atos: o primeiro ocorre em uma sala do palácio do duque, o segundo no salão e o terceiro nas margens do rio Mincio. Seus personagens são: Duque de Mântua (tenor lírico), Rigoletto, bobo da corte do duque (barítono dramático), Gilda, filha de Rigoletto (soprano lírica ou soprano leve), Giovanna, a donzela de Gilda (mezzosoprano), Sparafucile, hitman (baixo) , Maddalena, irmã de Sparafucile (mezzosoprano ou contralto) entre outras.

3- La Traviata

Este trabalho de três atos também foi composto pelo italiano Giuseppe Verdi e possui um libreto de Francesco María Piave, baseado na peça “A Dama das Camélias”, de Alejandro Dumas (filho).

Sua estréia foi realizada em 6 de março de 1853 e provou ser um fracasso que não causou surpresas para o compositor, porque desde o início ele tinha dúvidas sobre o elenco de atores selecionados pela direção do Teatro de la Fenice em Veneza.

Um ano após o fracasso, ele voltou à cidade, mas desta vez ao teatro San Benedetto e a partir desse momento tornou-se um grande e emblemático triunfo, com reconhecimento no gênero de todos os tempos. Como curiosidade, a peça foi inicialmente chamada de “Violetta” como o nome do personagem principal.

Situado por volta de 1700, é baseado na vida de uma cortesã parisiense, Alphonsine Plessis. Seus personagens são: Violeta Valery, soprano, Alfredo Germont (amante), tenor, Giogio Germont (pai de Alfredo), barítono Flora Vervoix (o amigo), mezzosoprano Anina (o burro), soprano Doutor Grenvil, sob o barão Douphol, barítono Gastone (Visconde de Letorières), tenor Marquês de Orbigny (amante de Flora), etc.

4- Don Pasquale

Obra de três atos de Gaetano Donizetti. Possui um libreto de Donizetti e Giovanni Ruffini e é baseado na ópera “Ser Marco Antonio” do compositor Stefano Pavesi.

Foi estreada em 3 de janeiro de 1843 no Théatre Italien em Paris e em 4 de janeiro de 1845 no Teatro de la Cruz em Madri, Espanha.

Seus personagens mais destacados são Don Pasquale, setenta homem, ganancioso, Ernesto, sobrinho de Don Pasquale, apaixonado por Norina e pelo falso notário, amigo de Malatesta.

Relacionado:  O que são figuras de autoridade?

5- Don Carlo

Ópera de cinco atos com música de Giuseppe Verdi. Tem um libreto francês de François Joseph Méry e Camille du Locle e é baseado no drama de DomKarlos, Infant von Spanien.

6- Paggliacci

Drama de dois atos com prólogo, música e caderno do compositor italiano Ruggero Leoncavallo, é sobre a tragédia de um marido ciumento.

7- O morcego

É uma opereta cômica de três atos de John Strauss, com um libreto de Karl Haffner e Richard Genée, baseado no libreto francês “Le réveillon”.

Em apenas seis semanas, Johan Strauss produziu a pontuação para esta opereta. O compositor e diretor F. von Weingartner disse: “O bastão não é a melhor opereta: é a opereta”.

8- A filha do regimento

É uma ópera cômica de dois atos capaz de elevar o humor, com música de Gaetano Donizetti e libreto francês de Jean François Bayard e JH Vernoy de Saint-Georges.

É baseado em um trabalho de Gollmick e estreou em 11 de fevereiro de 1840 na Opéra-Comique em Paris.

Seus personagens são: Marie, Girl, adotada pelo Regimento 21. Light Soprano. Tonio, camponês tirolês, apaixonado por Marie. Tenor lírico-leve. Sulpice, sargento no comando do regimento. Barítono ou baixo bufo. A Marquesa de Berkenfield, senhora que finge ser tia de Marie, quando na realidade ela é mãe, etc.

9- Madama Butterfly

É mais uma das obras mais famosas de Giacomo Puccini, tem três atos e é baseada na história “Madame Butterfly”.

10- Tosca

Ópera de três atos com música de Giacomo Puccini e libreto italiano de Luigi Illica e Giuseppe Giacosa.

É uma das óperas mais representativas do repertório verista italiano, tem intensidade dramática e contém belas árias.

11- Otello

Adaptado por Giuseppe Verdi, é uma tragédia muito atemporal de Shakespeare que conta uma história de traição, amor e ciúme.

12- A flauta mágica

Dividida em dois atos, sua música é de Wolfgang Amadeus Mozart e a livraria alemã é de Emanuel Schikaneder, é a última ópera do compositor.

13- Carmen

A ópera dramática de quatro atos tem música de Georges Bizet e libreto francês de Ludovic Halévy e Henri Meilhac. É baseado no romance Carmen de Prosper Mérimée.

14- Casamento de Figaro

A ópera de quatro atos também de Wolfgang Amadeus Mozart tem um libreto em italiano de Lorenzo da Ponte, baseado na peça “Le Mariage de Figaro” de Pierre Augustin Caron de Beaumarchais.

Composto entre 1785 e 1786, foi lançado em 1 de maio de 1786 sob a direção do compositor.

15- La boheme

É uma das mais belas obras melodramáticas de Puccini, criada com um equilíbrio magnífico e um excelente libreto. Mistura comédia com drama e tem uma das melhores mortes na ópera.

16- Aida

Consiste em quatro atos com música de Giuseppe Verdi e um libreto de Antonio Ghislanzoni, baseado em “Camille du Locle”.

17- A Valquíria

Esta ópera de três atos tem música do alemão Richard Wagner e é inspirada na mitologia nórdica, especificamente na Volsunga e na poética Edda.

18- Salomé

Famosa por sua dança dos sete véus e sua cena final, onde Salomé declara seu amor pela cabeça decepada de João Batista.

A música é de Richard Strauss e o roteiro é baseado na tradução alemã de Hedwig Lachmann do Salome de Oscar Wilde.

19- Tristão e Isolda

Também Richard Wagner, esta peça tem um libreto do mesmo compositor.

É considerado um dos trabalhos mais representativos de Wagner e é baseado na história de Gottfried von Strassburg, de 1210, e no amor que o compositor sentia por Mathilde Wesendonck, esposa de seu protetor, o banqueiro Wesedock.

20- Nabuco

Essa tragédia lírica dividida em quatro partes apresenta música de Giuseppe Verdi e um livro italiano de Temistocle Solera.

Foi baseado no Antigo Testamento e no trabalho de Nebuchodonosor de Francis Cornue e Anicète Bourgeois. Foi lançado em 9 de março de 1842 no La Scala, em Milão.

21- Padrão

É uma das óperas mais conhecidas de Bellini e também uma das óperas românticas mais relevantes. Considerado um exemplo da altura mais alta da tradição belcantista, possui dois atos com música e um libetto em italiano de FeliceRomani. É reconhecido por ter um ato final muito original em relação à sua orquestração.

Relacionado:  Henri Fayol: Biografia, Processo Administrativo e Contribuições

22- Fra Diavolo

Esta ópera cômica tem três atos compostos por Daniel Auber com um libreo feito por Eugène Scribe.

É sobre a vida de um guerrilheiro napolitano e líder militar, MichelePezza, que estava ativo no sul da Itália no período de 1800 a 1806, esse líder foi apelidado de “FraDiavolo” ou irmão Diablo.

Foi o maior sucesso de Auber e também foi catapultado como uma das obras mais populares do século XIX.

23- Os huguenotes

É uma ópera de cinco atos, com música de Giacomo Meyerbeer e letras de Scribe, estreou em Paris em 29 de fevereiro de 1836.

É baseado na história dos huguenotes e termina com o massacre da época de São Bartolomeu em 1572, onde os católicos assassinaram milhares de protestantes franceses (huguenotes) para exterminar a influência protestante.

24- Faust

Esta ópera de cinco atos tem música de Charles Gounod e libreto de Jules Barbier e Michel Carré. É uma adaptação da peça “Faust et Marguerite”, de Barbier e Carré.

25- Ernani

Este trabalho tem quatro atos e a música ficou a cargo do compositor Giuseppe Verdi com um libreto escrito por Francesco Maria Piave, inspirado em um drama de Victor Hugo (intitulado Hernani, este trabalho introduziu o romantismo em Paris e encerrou as convenções do teatro). Clássico francês).

Sua estréia foi realizada no Teatro la Fenice, em Veneza, em 9 de março de 1844. Foi muito bem-sucedido desde a sua criação, principalmente porque possuía muita riqueza melódica.

26- A senhora branca

Este trecho de três atos é de François-Adrien Boieldieu e seu libreto foi escrito por Eugène Scribe. Foi baseado em três episódios de pelo menos cinco romances diferentes do escritor escocês Sir Walter Scott.

Ele incorpora características do romantismo gótico, ambientes escoceses típicos, uma herdeira desaparecida, mistério, castelos, uma fortuna escondida e elementos assustadores.

27- Fidelio

É a única ópera composta por Beethoven e inspirada em sua paixão pela liberdade política.

28- Macbeth

Ele é considerado o primeiro Shakespeare de Verdi, este compositor admirado inglês e compôs três óperas baseadas em suas peças, incluindo “Macbeth”.

29- Turandot

Esta ópera de três atos com música de Giacomo Puccini e libreto italiano de Giuseppe Adami e Renato Simoni ficou inacabada após a morte de Puccini e foi concluída por Franco Alfano.

30- Eugenio Oneguin

É a ópera mais popular do compositor Piotr Ilich Chaikovski e também de seu país, a Rússia. É baseado no romance de Aleksandr Pushkin.

31- Il trovatore (O Travador)

É uma ópera em quatro atos com música de Giuseppe Verdi e libreto em italiano por Salvatore Cammarano, baseada na peça El Trovador (1836) de Antonio García Gutiérrez.

32- Dido e Enéias

Dido e Enéias (título original em inglês, Dido e Enéias) é uma ópera em três atos com música de Henry Purcell e roteiro em inglês do dramaturgo e poeta Nahum Tate (1652-1715), baseado em sua tragédia Brutus of Alba ou The Enchanted Amantes e na música IV de Aeneid de Virgil.

33- O Cavaleiro da Rosa

O Cavaleiro da Rosa (título original alemão, Der Rosenkavalier, Op. 59) é uma ópera cômica de três atos, com música de Richard Strauss e libreto alemão de Hugo von Hofmannsthal e o próprio compositor.

34- Idomeneo, rei de Creta

Idomeneo, rei de Creta (título original em italiano, Idomeneo, re Creta Ossia Ilia e Idamante, KV 366) é uma ópera séria em três atos com música de Wolfgang Amadeus Mozart e libreto em italiano por Giambattista Varesco, de acordo com um texto em francês de Antoine Danchet, ao qual André Campra tocou como Idoménée em 1712.

35- Parsifal

Parsifal é um festival cênico sagrado, o Bühnenweihfestspiel, conforme definido por seu autor Richard Wagner, em três atos, com música e libreto em alemão, composto por ele mesmo.

36- O pôr do sol dos deuses

O crepúsculo dos deuses é uma ópera em três atos e um prólogo com música e libreto em alemão por Richard Wagner, a quarta e última das óperas que compõem o ciclo do Anel dos Nibelungos (Der Ring des Nibelungen).

Relacionado:  O que é criminogênese e criminodinâmica?

37- O caçador furtivo

O caçador (título alemão original, Der Freischütz) é uma ópera em três atos com música de Carl Maria von Weber e um libreto alemão de Friedrich Kind.

38- O elixir do amor

Elixir de amor (título original em italiano, L’elisir d’amore) é uma ópera de dois atos com música de Gaetano Donizetti e libreto em italiano por Felice Romani, baseado no libreto Le philtre (1831) de Eugène Scribe for Ópera de Daniel-François Auber.

39- A fábula de Orfeu

A fábula de Orfeu (título original em italiano: La favola d’Orfeo) é uma ópera composta por um prólogo e cinco atos com música de Claudio Monteverdi e libreto em italiano por Alessandro Striggio, o Jovem.

40- Rusticana Cavalleria

Cavalleria rusticana (título original em italiano; em espanhol, Rustic Nobility ou Rustic Chivalry) é um melodrama em um ato com música de Pietro Mascagni e libreto em italiano por Giovanni Targioni-Tozzetti e Guido Menasci, baseado em uma história do romancista Giovanni Verga.

41- O arrebatamento no Serrallo

O arrebatamento no Serrallo (título original em alemão, Die Entführung aus dem Serail, KV 384) é um musical de três atos com música de Wolfgang Amadeus Mozart e libreto alemão de Gottlieb Stephanie, que adaptou outro libreto de Christoph Friedrich Bretzner.

42- Lohengrin

Lohengrin é uma ópera romântica em três atos com música e libreto em alemão por Richard Wagner. Foi estreada no Teatro Großherzoglichen Weimar em 28 de agosto de 1850 e dirigida por Franz Liszt.

43- A Dama de Espadas

A Dama de Espadas (título original em russo, Пиковая дама, Píkovaya dama, Op. 68) é uma ópera em três atos com música de Piotr Ilich Chaikovski e libreto em russo por Modest Chaikovski (irmão do compositor) baseado no conto homônimo de Alejandro Pushkin.

44- Wozzeck

Wozzeck é uma ópera em três atos com música e libreto em alemão pelo compositor austríaco Alban Berg. É a primeira e mais famosa de suas óperas.

45- Lutas e Melisande

Peleas y Melisande (título original francês Pelléas et Mélisande) é uma ópera em cinco atos com música de Claude Debussy e um libreto francês do mesmo compositor e Maurice Maeterlinck, em uma peça deste último.

46- O ouro do Reno

O ouro do Reno (título original em alemão: Das Rheingold) é uma ópera em quatro pinturas com música e libreto em alemão por Richard Wagner, a primeira das quatro óperas que compõem o ciclo de O Anel do Nibelungo (Der Ring des Nibelungen) .

47- Guillermo Tell

Guillermo Tell (título original em francês, Guillaume Tell) é uma ópera em
uatro atos com música de Gioachino Rossini e libreto em francês por Étienne de Jouy e Hippolyte Bis, com base na obra Wilhelm Tell de Friedrich Schiller, cujo protagonista é o herói lendário da independência da Suíça Guillermo Tell.

48- Rusalka

Rusalka é uma ópera em três atos com música de Antonín Dvořák e um libreto em checo por Jaroslav Kvapil (1868-1950), estreou em Praga em 31 de março de 1901.

49- Lakmé

Lakmé é uma ópera em três atos com música de Léo Delibes e libreto francês de Edmond Gondinet e Philippe Gille, baseado no romance Rarahu ou Le Mariage (Rarahu ou casamento), de Pierre Loti (1880).

50- As histórias de Hoffmann

As histórias de Hoffmann (título original francês, Les contes d’Hoffmann) são uma ópera em três atos, com prólogo e epílogo, música de Jacques Offenbach e libreto francês de Jules Barbier.

Referências

  1. Cafelli, Paolo (2010). As 10 melhores óperas de todos os tempos: bellomagazine.com.
  2. Aprenda sobre o que é o “Barbeiro de Sevilha”: elcivico.com.
  3. Don Pasquale: laopera.net.
  4. O barbeiro de Sevilha. radioclasica.com, operamania.com.
  5. O bastão, J. Strauus: guiadeviena.com.
  6. Madama Butterfly: operamania.com.
  7. La boheme: iopera.es.
  8. La traviatta – Sinopse: operamania.com.
  9. O Arquivo do Regimento: laopera.net.
  10. A flauta mágica: classicworld.at.
  11. La Tosca: operamania.com, kareol.es.
  12. Sinopse de Don Carlos: pianomundo.com.ar.
  13. Wagner: A Valquíria, laopera.net.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies