As 7 funções de um administrador mais destacado

As funções de um administrador são as tarefas que ele executa com a intenção de obter eficiência em qualquer projeto que ele realiza. Eles devem buscar a melhoria constante na gestão de recursos, pessoal, equipamentos, materiais, dinheiro e relações humanas.

O administrador é responsável pelas coisas necessárias que estão sendo feitas para alcançar as metas de negócios.

As 7 funções de um administrador mais destacado 1

Segundo Peter Drucker , estudante da administração, a função principal de um administrador é “direcionar os recursos e esforços da organização para oportunidades que lhe permitam obter resultados economicamente significativos”.

Por sua parte, o professor Henry Mintzberg afirma que um administrador controla, executa, gerencia, analisa, comunica, vincula, planeja, lidera, negocia, motiva e toma decisões.

Isso significa que um administrador exige habilidades técnicas muito fortes, mas também habilidades interpessoais que lhe permitem assumir adequadamente sua liderança .

Dentro da estrutura organizacional, um administrador geralmente está localizado no gerenciamento ou gerenciamento de operações comerciais.

As 7 principais funções de um administrador

Embora o administrador adapte suas atividades à natureza e às necessidades da organização para a qual trabalha, pode-se dizer que suas principais funções são:

1- Planejamento

Essa é uma das primeiras funções de um administrador, pois implica raciocínio sobre os diferentes aspectos da operação de uma ideia de negócio.

Esse profissional deve elaborar os planos com base em informações sobre o ambiente e a meta de negócios. Esses planos devem conter objetivos claros de curto e longo prazo.

Para que essa função seja totalmente cumprida, é importante que o administrador esteja constantemente monitorando o ambiente, para que ele capture oportunamente as oportunidades e ameaças aos negócios.

2- Organização

Essa função implica a coordenação dos esforços e recursos de uma empresa em direção a um ou vários objetivos coletivos.

Trata-se de adaptar a estrutura organizacional e alocar recursos financeiros e humanos de acordo com o plano definido.

3- Representação

O administrador pode representar a empresa nas negociações com as entidades reguladoras de um país e também nos assuntos fiscais da organização.

Da mesma forma, a assinatura de um administrador é muito importante nas operações comerciais de ativos corporativos.

Um administrador pode ser um porta-voz da organização na mídia, para resolver certos problemas em nome da empresa.

Em resumo, essas são atividades legais, cerimoniais e simbólicas em nome da organização. Alguns deles podem estar assinando documentos oficiais, atendendo a clientes, compradores e visitas oficiais e presidindo determinadas reuniões e cerimônias.

Embora sejam tarefas que parecem triviais e não envolvem tomada de decisão, são importantes para o bom funcionamento de uma organização.

4- Administração do orçamento

Essa função é inerente à sua posição e tem a ver com a tarefa de administrar e / ou gerenciar o orçamento da empresa, buscando os maiores lucros com o investimento ideal de recursos financeiros, materiais e humanos.

De fato, o administrador é quem efetua as transferências de dinheiro entre e das contas da empresa.

Ou seja, é a pessoa que programa e autoriza a alocação do orçamento para cada área e / ou projeto da empresa; decidir quem recebe o quê, em termos de recursos humanos, financeiros e de tempo.

Nesse sentido, gerencia prioridades e está presente na definição de aumentos salariais e na discussão de acordos coletivos nos casos aplicáveis.

O administrador também é zelador dos ativos da empresa. Isso significa que é sua responsabilidade decidir quando e como descartar esses ativos.

Isso também significa que você é pessoalmente responsável em caso de perda ou falência. E está presente nas transações de investimento e venda em que a empresa opera.

5- Responsabilização

O administrador deve prestar contas de sua administração perante o presidente e os acionistas da empresa.

Ele também se reporta aos reguladores para manter a atividade cidadã da organização atualizada, uma vez que ele é o representante legal da empresa.

Da mesma forma, o administrador coleta os relatórios dos diferentes endereços da empresa, para consolidar todos os dados em um único documento que reflete o desempenho dos negócios.

6- Liderança

O administrador terá que dirigir e supervisionar um grupo de pessoas que o apoiam em suas tarefas.

Isso significa que a pessoa que assume esse cargo deve ter habilidades interpessoais que lhe permitam interagir de maneira positiva e eficaz com os funcionários sob seu comando.

Da mesma forma, e como qualquer líder, você deve delegar autoridade e responsabilidades a outras pessoas.

Você também deve se preparar para ouvir, treinar, motivar e avaliar o desempenho de seus funcionários.

Por outro lado, o administrador geralmente está envolvido na contratação e treinamento de funcionários.

Nesse sentido, é crucial que o administrador tente conciliar as necessidades individuais dos funcionários com os objetivos da organização.

Essa liderança também implica que você deve ser proativo sobre as melhores maneiras de cumprir sua missão.

Isso implica que o ideal é que o administrador assuma um papel empreendedor e criativo, propondo maneiras novas e melhores para a empresa operar.

7- Link ou comunicação

O trabalho do administrador também servirá como uma ligação entre a gerência e o restante dos funcionários da empresa.

Da mesma forma, constrói pontes entre a organização e os atores em seu ambiente externo, especialmente com entidades governamentais.

Com os credores e fornecedores da empresa, o relacionamento deve ser respeitoso, profissional e cordial, para que o administrador se esforce nesse trabalho.

Para cumprir totalmente essa função, o administrador deve disponibilizar as informações relevantes para todos os envolvidos na organização.

Da mesma forma, deve criar uma rede de contatos relevantes, amplos e diversos e desenvolver com eles os meios de comunicação mais relevantes e eficazes, garantindo que as informações divulgadas sejam o mais oportunas e confiáveis ​​possível.

O papel de liderança de um administrador lhe confere poderes como difusor de informações oficiais dentro da empresa.

Quando os funcionários acham difícil se comunicar, o administrador cria pontes entre eles.

Este último também se aplica em caso de conflitos. Lá, o papel conciliatório do administrador é fundamental.

Em suma, o administrador cumpre funções vitais dentro de uma organização, uma vez que contribui para tudo e todos dentro de uma empresa que se orientam para a consecução de um objetivo comum.

Referências

  1. Bass, Brian (s / f). Deveres de um administrador. Recuperado de: smallbusiness.chron.com
  2. Mordomo, Samuel (s / f). Funções de um administrador de negócios. Recuperado de: selvv.com
  3. Gestiopolis (2001). O que é um administrador? Que faz? Seu perfil e habilidades. Recuperado de: gestiopolis.com
  4. Kirtland (2014). Deveres e responsabilidades gerais dos administradores. Recuperado de: kirtland.edu
  5. López, Ángel (2015). Funções dos Administradores. Recuperado de: angelfire.com
  6. Rivero M (s / f). Administrador de empresas. Recuperado de: webyempresas.com.
  7. Reino Unido (2013). Os deveres de um administrador. Recuperado de: insolvencydirect.bis.gov.uk

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies