Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona

Um circuito elétrico misto é aquele que resulta da combinação de duas configurações básicas: circuitos em série e circuitos paralelos. Essas são as montagens mais comuns na vida cotidiana, pois as redes elétricas convencionais resultam da mistura de circuitos sequenciais e paralelos.

Para calcular os valores equivalentes de cada componente (resistores, capacitores, indutores, etc.), recomenda-se simplificar a análise, reduzindo o circuito à sua expressão mais simples. É possível calcular quedas de tensão e fluxo de corrente através de cada um dos receptores.

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 1

Dessa forma, é possível simplificar os componentes conectados em série e em paralelo, até obter um circuito equivalente simples. Os circuitos elétricos mistos são extremamente úteis ao reduzir a queda de tensão em um componente específico. Para isso, arranjos seriais e paralelos são feitos para induzir o efeito desejado.

Caracteristicas

Dado o número infinito de combinações possíveis entre circuitos em série e paralelo, os circuitos elétricos mistos são ideais para estabelecer vários links e comutadores em toda a conexão. As características mais representativas dos circuitos elétricos mistos são as seguintes:

Os terminais dos elementos são conectados de acordo com o design e a função desejada

Os circuitos mistos não se limitam a um único estilo de conexão, pois são projetados para atender a um objetivo específico, dependendo da interação dos receptores de circuito.

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 2

Por exemplo: a queda de tensão pode fazer com que algumas dessas luzes brilhem mais intensamente do que outras em um circuito misto de lâmpadas, devido ao conjunto de séries e resistores paralelos.

A queda de tensão entre os nós pode ser variável

Semelhante ao caso anterior, a liberdade do circuito misto permite obter dois resultados possíveis em cada conexão.

Relacionado:  Dilatação superficial: fórmula, coeficientes e exemplos

Se os elementos estiverem conectados em série, a tensão total será a soma algébrica das tensões parciais, desde que a conexão seja feita respeitando a conexão de polaridade alternada.

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 3

Por outro lado, se a conexão for paralela, as tensões entre os nós sempre serão as mesmas:

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 4

Esta análise deve ser aplicada a cada seção do circuito de forma independente, dada a natureza das conexões.

A intensidade da corrente varia dependendo da conexão

Em cada malha do circuito, o preceito de que a corrente é a mesma em todos os pontos é cumprido, desde que não haja ramificações adicionais na configuração inicial.

Nesse caso, a corrente elétrica da malha é única e é a mesma que atravessa cada um dos receptores dentro do circuito:

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 5

Se, pelo contrário, a corrente é dividida toda vez que passa por um nó, a corrente total será a soma de todas as correntes de ramificação do circuito:

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 6

É importante ressaltar que essas correntes de ramificação não são necessariamente as mesmas. A intensidade deles dependerá da resistência que existe em cada ramo.

A resistência equivalente total do circuito não possui uma fórmula única

O valor equivalente da resistência total de um circuito elétrico misto não obedece a uma fórmula específica; pelo contrário, dependerá diretamente do tipo de conexão e sua obtenção é diferente em cada caso.

O circuito deve ser simplificado, tentando ir do mais complexo ao mais simples. Para isso, é recomendável primeiro calcular as resistências equivalentes de todos os segmentos em paralelo, usando a seguinte fórmula:

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 7

Então, quando o sistema for reduzido a uma conexão de vários resistores em série, o cálculo da resistência total do circuito seria a soma de todos os valores obtidos, usando a seguinte fórmula:

Relacionado:  Tensão interfacial: definição, equação, unidades e medida

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 8

Como funciona?

Geralmente, os circuitos mistos têm o alimentador conectado em série com um interruptor que energiza todo o sistema igualmente.

Após esse alimentador, geralmente existem vários circuitos secundários cuja configuração varia de acordo com a disposição dos receptores: sequências e paralelos sem um padrão específico.

É até possível apreciar comutações; isto é, a conexão alternada muda entre um circuito secundário ou outro, dependendo do design do sistema.

No caso das conexões em série, ao desconectar uma parte desse loop ou malha, todo o circuito adjacente será automaticamente removido do conjunto.

Por outro lado, no caso de circuitos secundários em paralelo, caso um dos componentes seja derretido e um ponto aberto seja gerado, o outro ramo continuará operando independentemente.

Como fazê-lo?

A montagem de um circuito elétrico misto pode ser muito simples. O efeito é alcançado incorporando dois resistores em paralelo dentro de um loop em série.

Circuito Elétrico Misto: Características e Como Funciona 9

A conexão é fácil e prática. Veja como fazer um circuito elétrico misto em sete etapas fáceis:

1- Fixe uma base de madeira para que esta seja a plataforma na qual você conecta todos os componentes do circuito.

2- Localize a fonte de tensão. Para fazer isso, use uma bateria de 9 volts e prenda-a na base de madeira com fita adesiva.

3- Instale o disjuntor próximo ao terminal positivo da bateria.

4- Aparafuse três suportes de lâmpada na base do circuito e coloque as lâmpadas onde apropriado. Dois estarão em paralelo com a bateria e o último estará em série com a bateria, apenas para serem conectados no terminal negativo da bateria.

5- Defina o tamanho dos cabos de acordo com as distâncias entre cada componente e de acordo com o design original da instalação.

Relacionado:  O que é o braço de alavanca?

6- Conecte a fonte de tensão e todos os receptores do circuito entre si.

7- Finalmente, ative a chave para certificar a operação do circuito.

Exemplos

A grande maioria dos dispositivos e aparelhos eletrônicos é fabricada com base em circuitos mistos.

Isso implica que telefones celulares, computadores, televisões, fornos de microondas e outros implementos deste ramo tenham circuitos elétricos mistos como parte fundamental de suas conexões internas.

Referências

  1. Circuito elétrico misto. © 2018 Aialanet SL Recuperado de: Hogarmania.com
  2. Série, circuitos elétricos paralelos e mistos (sf). Escola de Profissões Técnicas. Santiago de Compostela, Espanha. Recuperado de: pertiga.es
  3. Circuito misto (sf). Recuperado em: edu.xunta.es
  4. Série, Circuito Paralelo e Misto (2009). Recuperado de: electricasas.com
  5. Definição de Circuito Misto (sf). Recuperado de: pasalo.es

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies