Escudo de Buenos Aires: História e Significado

Escudo de Buenos Aires: História e Significado

O brasão de armas de Buenos Aires é composto por duas mãos que seguram um pique e um boné com fundo prateado e azul claro. Além disso, possui um sol com raios bem demarcados no topo, ramos de oliveira e louro nas laterais, ligados por um arco azul-celeste e prateado na parte inferior do escudo e dos galhos.

Este escudo é semelhante ao usado pela República Argentina e foi instalado para substituir o escudo espanhol em 1918, usado sob o jugo da coroa espanhola quando eram as províncias unidas do Rio da Prata.

Algumas diferenças entre o brasão nacional e o brasão provincial são que os raios do sol no topo são mais retos, diferentemente do brasão argentino.

Características e significados do brasão de armas de Buenos Aires

Os ramos são diferentes entre os dois símbolos, nacional e provincial. Finalmente, a fita na parte inferior tem franjas douradas, enquanto o escudo argentino não.

1) Mãos entrelaçadas

No escudo, você pode ver dois antebraços que aparecem dos lados esquerdo e direito do quarto inferior do escudo.

Eles representam a união das províncias unidas do Rio da Prata, como eram conhecidas antes de serem independentes do domínio espanhol.

2) Lança curta e chapéu

O gules vermelho brilhante, chapéu ou boné que fica no quartel superior do campo central do escudo, também é conhecido como boné frígio e simboliza a liberdade que foi obtida com a independência e o estabelecimento da República Argentina.

O pique, também conhecido como lança curta, é o símbolo de que a liberdade alcançada, cujo símbolo é o chapéu dos gules, será defendida e sustentada para que eles voltem a pegar em armas.

3) o sol

Existem duas versões ao redor do sol que aparecem no escudo. A primeira é que se refere às crenças dos povos indígenas que habitavam a atual República Argentina antes da chegada dos espanhóis.

Relacionado:  Radio talk: Definição, Características, Estrutura e Exemplo

Outra versão indica que isso significa o surgimento de uma nova nação independente do domínio de Madri, que surgiu do desejo de romper com o sistema colonial.

4) As cores azul e prata

Essas cores estão presentes tanto na bandeira quanto no emblema nacional da Argentina.

Eles são o símbolo da nação argentina e sua nova identidade que surgiu com o establishment como uma república. Essas cores também compõem o fundo da sede central do escudo.

5) Oliveiras, louros e fita azul clara com prata

Na linguagem dos símbolos, escudos e bandeiras conhecidos como heráldica, louros e oliveiras são um símbolo de vitória e paz, aludindo ao tempo dos romanos.

Isto tem o significado de que, após a independência, a paz e a vitória estavam presentes.

Da mesma forma, a fita que une esses ramos de paz e vitória são as cores da nacionalidade argentina, acompanhadas pelo ouro que lembra o sol no topo do escudo para iluminar o caminho do novo país.

Referências

  1. Brasão de armas da província de Buenos Aires. Heráldica na Argentina. Recuperado do site: heraldicaargentina.blogspot.com
  2. Província de Buenos Aires: escudo. Heráldica argentina. Recuperado do site: heraldicaargentina.com.ar
  3. Escudo da Província de Buenos Aires. Telpin. Recuperado do site: telpin.com.ar
  4. Imagem N1.Recuperado no site: commons.wikimedia.org

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies