Estágio de resistência da independência do México: histórico e desenvolvimento

O estágio de resistência da Independência do México ou dos guerrilheiros ocorreu entre 1815 e 1820. Durante esse período, os defensores da independência da colônia espanhola tiveram que limitar suas atividades para resistir à ofensiva realista ou, no máximo, para realizar ações isoladas. .

A Guerra da Independência começou em 1810, quando Miguel Hidalgo lançou o Grito de Dolores. Durante a primeira etapa, os rebeldes alcançaram várias vitórias importantes, mas foram derrotados pelas tropas coloniais.

Estágio de resistência da independência do México: histórico e desenvolvimento 1

Francisco Javier Mina – Fonte: http://www.getphpbb.com/phpbb/viewtopic.php?p=67856&sid=d5ea7a09073174aab71d5c2c57eae331&mforum=maf

Após a morte de Hidalgo, os independentistas conseguiram se reagrupar e continuar na ofensiva. Seu principal líder nesta segunda etapa foi José María Morelos. Apesar das derrotas que violaram os espanhóis, eles conseguiram reagir. Morelos morreu lutando e os patriotas ficaram sem líderes capazes de continuar a luta.

Por esses motivos, o terceiro estágio é chamado de estágio de resistência. Apenas Vicente Guerrero e Francisco Javier Mina mantiveram uma atividade de guerra ofensiva. No entanto, esse período serviu para curtir outros futuros líderes, que, juntamente com Guerrero, acabaram fazendo com que o México declarasse sua independência em 1821.

Antecedentes

El Grito de Dolores foi o pedido de Miguel Hidalgo para que o povo levasse armas contra as autoridades coloniais espanholas. Esse evento, que ocorreu em 16 de setembro de 1810, é considerado o início da Guerra da Independência no México.

A guerra durou mais de dez anos e passou por várias etapas diferentes. A maioria dos historiadores divide o conflito em quatro períodos, embora alguns falem apenas de três.

Primeira etapa

A ligação de Hidalgo teve uma resposta muito positiva. Em poucas semanas, os rebeldes conseguiram formar um exército bastante grande. A insurreição se espalhou por todo o território colonial e as primeiras batalhas foram favoráveis ​​à independência.

No entanto, os espanhóis conseguiram recuperar e recuperar parte das terras que haviam perdido. Um dos momentos decisivos desse período foi apresentado quando o exército comandado por Hidalgo estava prestes a tomar a Cidade do México. No entanto, o líder rebelde decidiu não atacar e preferiu recuar.

Além de permitir que os espanhóis se reagrupassem, essa decisão causou sérias divergências entre os insurgentes. Depois de várias derrotas seguidas, os líderes patrióticos tentaram fugir para o norte do país. Traídos por um de seus companheiros, eles foram capturados e executados por tropas coloniais.

Segunda etapa

Apesar da morte de seus principais líderes, os insurgentes não desistiram. A segunda etapa da guerra foi comandada por Ignacio López Rayón e, acima de tudo, José María Morelos.

A princípio, os insurgentes alcançaram vitórias muito importantes, tanto no centro quanto no sul do país.

Foi então que o Congresso de Chilpancingo foi convocado em fevereiro de 1813. Durante essas reuniões, ocorreu a leitura de Sentimentos da Nação, um documento escrito por Morelos que se tornou o germe de uma Constituição de um futuro México independente.

Morte de Morelos

Os monarquistas, antes das vitórias dos rebeldes, nomearam um militar com experiência no campo de batalha como novo vice-rei: Felix Maria Calleja.

Isso iniciou uma estratégia de assédio a todos os grupos de independência no território. Seu ataque a Chilpancingo forçou o Congresso a fugir e encontrar outra sede.

Morelos sofreu várias derrotas consecutivas, o que o levou a perder a liderança oficial da insurreição. Em novembro de 1815, ele foi capturado pelos monarquistas.

Como foi o caso de Hidalgo, Morelos foi julgado e condenado à morte. Sua execução ocorreu em 22 de dezembro de 1815.

Desenvolvimento

Antes da perda de sua figura principal e das contínuas derrotas no campo de batalha, o movimento de independência era praticamente desarticulado. Os poucos que continuaram lutando tiveram que se contentar em resistir ou se mudar para a guerra de guerrilha.

Movimento sem Líder

Embora Morelos tivesse perdido suas posições oficiais, ele ainda era a figura mais importante na luta pela independência. Sua execução deixou os insurgentes sem um líder carismático e experiência militar que pudesse coordenar a luta.

Dessa maneira, apenas Vicente Guerrero e Francisco Javier Mina iniciaram alguns ataques contra os monarquistas.

Oferta de Anistia

Enquanto isso, os realistas foram forçados a mudar sua estratégia. A violência desencadeada por Calleja para reprimir os insurgentes fez com que o monarca espanhol o substituísse por Juan Ruiz de Apodaca.

Ele assumiu o cargo em 1816 e suavizou as políticas de seu antecessor. Entre outras coisas, ele eliminou execuções sem julgamento prévio e, além disso, ofereceu insurgentes para renunciar a uma anistia geral. Muitos deles aceitaram a oferta.

Francisco Javier Mina

Depois de ser banido da Espanha por sua oposição ao rei Fernando VII, Francisco Javier Mina recebeu informações sobre a luta que estava se desenrolando no México.

O espanhol não hesitou em unir-se à causa dos insurgentes e, embora tenha sido recebido com certa desconfiança por suas origens, logo ganhou o respeito de seus companheiros.

Em abril de 1817, Mina chegou à costa mexicana com três navios. O espanhol, juntamente com vários apoiadores, desembarcou em Soto la Marina e, usando uma impressora construída por ele, publicou um documento no qual explicava suas razões para ingressar na insurgência.

Mina liderou um pequeno exército que obteve várias vitórias contra os monarquistas. O vice-rei Apodaca, que a princípio não havia levado a sério a ameaça, começou a se preocupar.

Apodaca organizou um destacamento para atacar o forte do Chapéu, onde Mina havia localizado sua sede. Embora ele tentasse resistir ao cerco, ele logo teve que deixar seu refúgio devido à falta de comida e munição.

Mina foi capturada enquanto tentava obter suprimentos e armas. Ele foi baleado, juntamente com Pedro Moreno, em 11 de novembro de 1817.

Vicente Guerrero

Além da mencionada Mina, o outro chefe insurgente que liderou a luta contra os monarquistas durante o estágio de resistência foi Vicente Guerrero.

Guerrero conseguiu manter alguma atividade de guerra no sul do país, apesar de usar apenas táticas de guerrilha. Suas ações, pelo menos até setembro de 1818, não tiveram muito sucesso e parte de seus homens preferiu se valer da anistia prometida pelo vice-rei.

Apesar disso, Guerrero não desistiu e continuou a assediar as tropas coloniais. Durante esse período, ele foi praticamente o único que tentou manter o humor insurgente.

Fim do estágio

Nem Guerrero nem as tentativas de outros pequenos grupos, como o liderado por Guadalupe Victoria, conseguiram ressuscitar a causa da independência. Os monarquistas conseguiram acabar com alguns bolsões de resistência, como Jaujilla ou Palmillas.

Da mesma forma, os líderes que conseguiram escapar foram presos. Foi o caso de Rayón ou Nicolás Bravo, que foram condenados a passar a vida na prisão.

Consequências

No final do estágio de resistência, parecia que os insurgentes haviam sido totalmente derrotados. Como mencionado, apenas Vicente Guerrero continuou a luta no sul.

Foi então que um evento ocorrido na Espanha mudou completamente a situação. Uma revolta armada liberal forçou Fernando VII a jurar a Constituição de Cádiz. No México, isso significava entrar na quarta etapa da guerra.

Conspiração de La Profesa

Os setores conservadores do vice-reinado receberam com desagrado as notícias vindas da Espanha. Ao contrário do liberalismo, eles realizaram uma série de reuniões nas quais a Conspiração de La Profesa foi organizada.

Sua intenção era impedir que o liberalismo e o constitucionalismo chegassem à Nova Espanha e concordavam que, se necessário, a independência poderia ser declarada sob uma monarquia absolutista.

Os conspiradores escolheram Agustín de Iturbide como chefe militar. Uma de suas primeiras tarefas foi acabar com os focos insurgentes no território, já que homens como Guerrero tinham idéias muito liberais para eles.

Plano Iguala

Apesar de tentar várias vezes, Iturbide não conseguiu derrotar Guerrero. Diante disso, ele mudou sua estratégia e, em janeiro de 1821, enviou uma carta ao líder insurgente para oferecer-lhe o perdão em troca de abandonar suas armas. Guerrero se recusou a aceitar a oferta.

Uma nova carta enviada por Iturbide solicitou uma reunião com Guerrero para concordar com a paz. A reunião ocorreu em Acatempan. Naquele momento, Iturbide havia mudado de idéia e a reunião terminou com o chamado “Acatempan Hug” e com um acordo entre os dois para lutar pela independência.

O próprio Iturbide escreveu o Plano Iguala, um documento baseado em três garantias: independência, a unidade de todos os habitantes do novo país e a manutenção da religião católica como a única permitida.

Independence

A aliança entre Iturbide e Guerrero resultou na criação do Exército Trigarant. Logo as deserções do lado realista começaram e os insurgentes estavam ganhando terreno sem muita dificuldade.

Em 24 de agosto de 1821, o vice-rei Juan O’Donojú, que substituiu o deposto Apodaca, assinou os Tratados de Córdoba com Iturbide. Com este acordo, o vice-rei assumiu as teses do plano Iguala.

O Exército Trigarante continuou seu avanço até que, em 27 de setembro, entrou na Cidade do México. No dia seguinte, a independência do país foi declarada.

Referências

  1. Escola Resistência e guerra de guerrilha no México. Obtido em school.net
  2. Faculdade Nacional de Ciências e Humanidades. Terceira etapa: Resistência. Obtido em portalacademico.cch.unam.mx
  3. Ávila, R. Independência do México. Obtido em lhistoria.com
  4. Enciclopédia do Novo Mundo. Guerra da Independência do México. Obtido em newworldencyclopedia.org
  5. Ernst C. Griffin, Gordon R. Willey. México Obtido em britannica.com
  6. O seu dicionário Vicente Guerrero Fatos. Obtido de biography.yourdictionary.com
  7. A Biografia Biografia de Javier Mina Larrea (1789-1817). Obtido em thebiography.us

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies