Folclore da Região Insular da Colômbia

O folclore da região insular da Colômbia é rico em tradições, lendas e mitos que refletem a cultura e a história desse território. Localizada no Caribe colombiano, essa região é composta por ilhas como San Andrés, Providencia e Santa Catalina, que possuem uma identidade cultural única e diversificada. O folclore insular colombiano é marcado pela influência africana, indígena e europeia, resultando em uma rica mistura de ritmos, danças, festas populares e histórias que são transmitidas de geração em geração. Neste contexto, as lendas de seres sobrenaturais, como o Duende, a Llorona e o Hombre Caimán, são muito populares e fazem parte do imaginário popular dessas ilhas.

Descubra as diversas regiões geográficas que compõem o território colombiano.

O território colombiano é composto por diversas regiões geográficas, cada uma com suas próprias características e particularidades. Uma dessas regiões é a Região Insular da Colômbia, que é formada pelas ilhas do Caribe, como San Andrés, Providencia e Santa Catalina.

O folclore da Região Insular da Colômbia é rico e diversificado, refletindo a influência da cultura africana, europeia e indígena na região. Uma das manifestações culturais mais conhecidas é o Festival de la Luna Verde, que celebra a cultura afro-caribenha da região.

As danças tradicionais, como o calipso e o reggae, são muito populares na Região Insular, assim como a culinária típica, que inclui pratos à base de peixe e frutos do mar. As festas religiosas, como a Festa de San Andrés, também fazem parte do folclore da região.

Em resumo, o folclore da Região Insular da Colômbia é uma mistura de tradições e influências culturais que tornam essa região única e especial. Vale a pena explorar e descobrir todas as riquezas que esse lugar tem a oferecer.

Qual é o número total de ilhas localizadas na Colômbia?

No total, a Colômbia possui cerca de 1.000 ilhas em sua região insular. Estas ilhas estão localizadas principalmente no Mar das Caraíbas e no Oceano Pacífico. Algumas das ilhas mais conhecidas incluem San Andrés, Providencia e Malpelo. Cada uma dessas ilhas possui sua própria riqueza cultural e folclórica, que refletem a diversidade e a história do povo colombiano.

Relacionado:  Por que componentes químicos de drogas causam dependência

Folclore da Região Insular da Colômbia

O folclore da região insular da Colômbia se refere às tradições, costumes, crenças e todos os meios de expressão cultural que a distinguem de outras regiões.

A região insular colombiana é composta por ilhas oceânicas (Oceano Pacífico) e ilhas continentais (mar do Caribe). As ilhas oceânicas são a ilha de Gorgona, Gorgonilla e a ilha vulcânica de Malpelo.

Folclore da Região Insular da Colômbia 1

Grupo musical típico da região insular

Os continentais são os do arquipélago de San Andrés, Santa Catalina e Providencia.

Folclore da região insular da Colômbia

A região em geral possui elementos folclóricos comuns, como: crenças e lendas, gastronomia, festividades, música tradicional e danças típicas.

No entanto, devido à diversidade de culturas que os influenciaram ao longo de sua história, cada sub-região possui características próprias.

As ilhas oceânicas foram marcadas pela influência cultural afro-colombiana, enquanto as ilhas continentais pelas culturas das Antilhas e da Jamaica.

Crenças e lendas

Os habitantes da região insular colombiana têm crenças profundamente enraizadas relacionadas a coisas ou seres misteriosos, que são uma parte importante de sua herança folclórica:

-O Rolling Calf : um animal mitológico diabólico, envolto em chamas e exalando o cheiro de enxofre, percorre as ruas da ilha.

Buoca : é a palavra com que as crianças se assustam, aludindo a um ser misterioso e sombrio.

Duppy : é o espírito dos mortos, que se acredita aparecer à noite, em sonhos e em lugares solitários.

Gastronomia

Os pratos típicos da região são feitos com peixe, marisco e moluscos, que são servidos com coco, banana e mandioca.

O prato mais representativo é o rondón, uma caçarola de peixe e caracóis que é preparada no leite de coco e servida com mandioca.

Relacionado:  10 Manifestações do Espírito Santo na Bíblia

Outros pratos usam ingredientes da região, como abacate, manga e inhame.

Feriados

Algumas das principais festividades são:

O festival da lua verde

Nesta festa recente, a história das ilhas pertencentes à região de Sanandresan está representada.

Andando pelas ruas da ilha, os manifestantes prestam homenagem aos povos indígenas que a habitavam.

Eles também lembram a colonização que trouxe a presença de africanos em suas plantações.

Carnaval de coco

De 27 a 30 de novembro, na celebração do onomástico de San Andrés, acontece o carnaval do coco.

Durante o feriado, acontece o reinado do coco, um concurso no qual participam outras ilhas e países vizinhos da costa atlântica.

Música

A música tradicional da ilha é uma das características do folclore que mostra o acentuado sincretismo cultural da região.

Após o aparecimento da pincelada do Caribe, os ritmos das Antilhas que se fundiram com os originais deram origem ao seu próprio estilo e muito característico foram incorporados.

Esse estilo inclui a mistura de ritmos como polca, valse, mazurca, fox trot, ragga, socca, calypso, schottische, corredor e queixo.

A riqueza musical da ilha é complementada por música religiosa, executada no órgão e cantada em voz alta.

Traje típico

O traje feminino insular típico é muito colorido e colorido.Consiste em uma blusa branca com mangas compridas e gola alta, uma saia vermelha longa e lenços de cores diferentes que adornam o penteado.

O terno masculino é mais conservador: é composto por camisa branca, calça comprida cinza, creme ou preta e sapatos pretos.

Referências

  1. Cathey, K. (2011). Colômbia – Cultura inteligente! O Guia Essencial de Costumes e Cultura. Kuperard
  2. Gutierrez, H. (sf). Região Insular Retirado em 19 de dezembro de 2017 de: jimcontent.com.
  3. Mow, J. (sf) Os potenciais da cultura nativa de San Andrés, Old Providence e Santa Catalina para contribuir para o desenvolvimento da sociedade insular e colombiana.
  4. Ocampo, J. (1985). As festas e folclore na Colômbia. Os Áncora Editores.
  5. Região Insular (sf). Recuperado em 19 de dezembro de 2017 de: colombiapatrimoniocultural.wordpress.com.

Deixe um comentário