Fontes de Direito Administrativo: Principais Características

As fontes do direito administrativo são aquelas que enquadram a aplicação de leis e / ou regulamentos administrativos e que dão sentido à implementação desses princípios de direito.

Existem dois tipos de fontes de direito administrativo: fontes formais – isto é, Constituição, legislação, jurisprudência e regulamentos – e fontes substanciais, que são costumes, doutrinas e fatos sociais.

Fontes de Direito Administrativo: Principais Características 1

O direito administrativo é o ramo do direito público que normaliza as funções administrativas do Estado (isto é, a interação entre entidades públicas e cidadãos) no campo da administração pública.

As 2 principais fontes de direito administrativo

1- Fontes formais

As fontes formais de direito administrativo são a estrutura legal que estabelece os princípios de criação, edição ou subtração de regulamentos legais.

A Constituição

A Constituição é a magna Carta de um país. É detalhada a norma jurídica que indica como o Estado deve ser organizado, com base na liberdade política, nos direitos e deveres dos cidadãos.

A Constituição é suprema; isto é, não há nada acima dele. Consequentemente, a Constituição não pode ser contrariada por nenhuma lei, ação, sentença ou qualquer ato político isolado.

Legislação

Leis são as normas legais escritas, discutidas e aprovadas pelo órgão legislativo de cada país.

Portanto, a legislação é entendida como uma das manifestações mais importantes da vontade soberana.

Fontes de Direito Administrativo: Principais Características 2

A legislação limita o livre arbítrio dos indivíduos no ambiente em que operam. Inclui leis orgânicas, ordinárias e facilitadoras.

Regulamentos

Os regulamentos são normativos de ordem inferior às leis. Um regulamento detalha as regras ou diretrizes para a aplicação de uma lei específica.

Os regulamentos podem ser sancionados pela legislatura ou pelo governo de um estado e geralmente são aprovados pelo poder executivo.

Jurisprudência

A jurisprudência é o todo e a ciência do direito, e inclui a história da aplicação da lei que é dada por decisões, sentenças ou sentenças emitidas pelas autoridades competentes na área judicial.

2- Fontes substanciais

Fontes substanciais são aquelas que promovem ou originam as fontes formais de direito administrativo na esfera social e política. Ou seja, eles contextualizam os regulamentos legais.

Fatos sociais

Também conhecidos como fontes materiais, são os fatos históricos que originam a geração de um novo regulamento. Em essência, trata-se de marcos na história.

Por exemplo, a Revolução Francesa deu origem à Declaração dos direitos do homem e do cidadão, e ao Código Napoleônico.

Doutrinas

As doutrinas são fatos reconhecidos em um país e geralmente são aplicadas na presença de cenários controversos ou não publicados, nos quais a aplicação dos regulamentos legais básicos não é viável.

Para incentivar doutrinas, a opinião e a experiência de figuras jurídicas com vasta experiência no ramo específico de estudo são frequentemente consideradas.

Alfândega

Do ponto de vista jurídico, os costumes são entendidos como uma certeza popular derivada da prática comum de um procedimento.

O costume é admitido como fonte de direito administrativo somente quando uma lei reconhece e autoriza explicitamente esse costume.

Referências

  1. Fontes de direito administrativo (sf). Recuperado de: tv.uvigo.es
  2. Fontes de direito administrativo, princípios, leis e concorrência (2015). Recuperado de: lacienciadelderecho.wordpress.com
  3. Gordillo, A. (2013). Tratado de direito administrativo e obras selecionadas. Buenos Aires, Argentina. Fundação de Direito Administrativo. 11º Ed. Recuperado de: gordillo.com
  4. Machicado, J. (2012). Fontes de Direito Administrativo. Recuperado de: jorgemachicado.blogspot.com
  5. Vegas, A. (2012). Fontes de Direito Administrativo. Recuperado de: grupo1administrativo.blogspot.com
  6. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2017). Direito Administrativo. Recuperado de: en.wikipedia.org
  7. Wikipedia, A Enciclopédia Livre (2017). Law. Recuperado de: en.wikipedia.org

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies