México no século XX: fatos e mudanças históricas

A história do México no século XX foi caracterizada por mudanças políticas, em um país que, após anos de tentativas, finalmente entrou totalmente na modernidade, algo que se refletiu em propostas econômicas e tentativas de estabilidade.

Os estudiosos dizem que o século XX começou no México com a revolução de 1910, que marcou o desenvolvimento político, econômico e social do país. Embora ao contrário do passado, pela primeira vez se pudesse viver com relativa paz no país.

México no século XX: fatos e mudanças históricas 1

Rebeldes durante a Revolução Mexicana de 1910. Fonte: Fonte: Biblioteca do Congresso dos EUA – Catálogo on-line de impressões e fotografias, via Wikimedia Commons.

A Revolução Mexicana tinha um fundo social que a diferenciava dos movimentos rebeldes do passado. A Revolução exigiu sufrágio efetivo sem reeleição. Por outro lado, o século XX terminou com a repressão dos movimentos estudantis.

O século XX começou com uma população próxima de 14 milhões e fechou com mais de 100 milhões de habitantes.

Fatos históricos

A Revolução Mexicana é o que começa o século XX no México. Aconteceu em 1910 e terminou com a constituição de 1917, mas a estabilidade do país levou mais tempo para ocorrer. A rebelião começou como uma medida para acabar com a ditadura de Porfirio Díaz.

Ao longo dos anos, houve alguns eventos que afetaram a economia, como a desapropriação do petróleo em 1936 ou a nacionalização dos bancos em 1982. Além disso, em 1994 houve uma crise econômica devido à falta de reservas internacionais, o que causou Que o peso mexicano será desvalorizado.

No nível social, houve grandes avanços. As mulheres votaram pela primeira vez em 1955 e o fizeram para eleger deputados, embora em 1953 o direito de voto para a população feminina no México tivesse sido reconhecido.

Relacionado:  Guerra de castas em Yucatán: causas, etapas, conseqüências

Vários eventos sangrentos também aconteceram. Em 1968, ocorreu o massacre de Tlatelolco, onde a polícia atacou os estudantes. O número de mortes e ferimentos causados ​​pelo tiroteio nunca foi determinado.

Em 1994, o foco foi o movimento zapatista e o assassinato de Luis Donaldo Colosio.

Os zapatistas se rebelaram em protesto contra as condições dos povos indígenas, que viviam em extrema pobreza. Enquanto isso, Colosio era um candidato presidencial que foi morto durante um comício. Mario Aburto Martínez foi condenado pelo incidente e o caso foi encerrado em 2000.

A natureza também esteve presente durante o século XX no México. Em 1985, ocorreu um terremoto que matou mais de quatro mil pessoas, segundo estimativas. A falta de ação e protocolos para eventos desse tipo causaram dias de grande caos no país.

Mudanças sociais

A criação de programas de assistência social desempenhou um papel de liderança no século XX mexicano. O termo “marginalizado” começou a ser usado para se referir a certos setores da população e foram realizadas diversas ações para integrar as comunidades indígenas à sociedade.

Os movimentos migratórios começaram a ganhar importância. Estima-se que a emigração mais forte de mexicanos para os Estados Unidos tenha ocorrido nos anos 90. No México, também houve migração, especialmente do campo para as grandes cidades.

O papel das mulheres durante o século XX no México também mudou. Eles começaram a ter um papel mais importante na vida pública e política do país.

Mudanças econômicas, políticas e culturais

Política

No nível político, o México alcançou certa estabilidade nos anos 30 do século XX. Um novo partido surgiu com a fundação, em 1929, do PNR (Partido Revolucionário Nacional), que agora é conhecido como PRI. Foi o partido no poder que capitalizou o poder por mais de 70 anos.

Relacionado:  O que foi a Revolução das Reformas?

Em 1977, a política no país mudou com a Reforma de López Portillo, que levantou mudanças constitucionais em referência a partidos políticos e eleições. Por fim, para dar mais confiança ao sistema, em 1989 foi criado o Instituto Federal Eleitoral (IFE), responsável até 2014 por organizar as eleições federais no México.

Todas essas mudanças foram seguidas por três reformas em 1993, 1994 e 1996.

Economia

A economia mexicana durante o século XX é dividida em diferentes estágios. A primeira etapa começou em 1910, quando o México deixou de ser uma sociedade considerada tradicional, onde predominava a atividade agrícola, para ser uma sociedade com características urbanas e baseada no setor industrial.

Entre as décadas de 40 e 60 do século XX, o México experimentou um crescimento significativo em sua economia. No final da Segunda Guerra Mundial, as matérias-primas começaram a ser exportadas e os recursos naturais permitiram que a fabricação de produtos fosse mais barata no México do que em outras nações.

Campos de petróleo apareceram na parte sul do México que ajudaram a dar um forte crescimento econômico.

Da mesma forma, houve momentos de crise. O governo subsidiou empresas, aumentou os salários e gastou mais do que gastou. Tudo isso, junto com a queda nos preços do petróleo, causou uma forte desvalorização.

Para lidar com essa nova crise, o México passou por uma época em que conceitos populistas estavam presentes com a privatização de empresas para conter a inflação.

Cultura

Durante os primeiros anos do século XX, a cultura francesa esteve muito presente. Alguns movimentos da arte pré-hispânica reapareceram; e o desenvolvimento da ciência e da tecnologia foi importante durante todo esse período, particularmente notado na mídia e nos meios de transporte.

Relacionado:  Movimento trabalhista na Colômbia: causas, características, consequências

Os arquitetos da época recorreram a elementos como vidro, aço e concreto para suas obras, utilizando novas técnicas. O muralismo foi um movimento muito importante, especialmente durante a primeira metade do século XX mexicano.

Programas bilíngues e interculturais foram estabelecidos no final do século 20, e o inglês se tornou a segunda língua mais falada no país.

Referências

  1. Armendáriz, E., & Anaya, O. (1999). Eventos nacionais México século 20. Recuperado de file.eluniversal.com.mx
  2. Arte mexicana do século XX. Recuperado de programs.cuaed.unam.mx
  3. Reyes, A. & Gonzalbo, P. (2006).História da vida cotidiana no México . Cidade do México: The College of Mexico.
  4. Sistema político mexicano do século XX. Recuperado de infogram.com
  5. Villalobos, E. México, séculos XX-XXI. Recuperado de access.ku.edu

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies