O que é lógica natural? Características principais

A lógica natural é um tipo de raciocínio pessoal, com base na experiência anterior, o que permite discernir entre o verdadeiro eo falso, sem recorrer à ajuda da ciência.

A lógica é uma ciência que estuda os princípios de inferência válida e demonstração. O termo lógico deriva do grego λογική logikḗ , cujo significado é “dotado de razão, intelectual, dialético, argumentativo”.

O que é lógica natural? Características principais 1

A lógica natural é uma parte essencial da pessoa, é única e irrepetível, assim como cada indivíduo. Portanto, é uma maneira muito pessoal de raciocinar com base em conhecimentos e experiências anteriores, e até em instintos.

Qual é a lógica?

Para entender melhor o que é lógica natural, primeiro é necessário discernir sobre o conceito de lógica.

Os logotipos de partículas do termo lógico significam “pensamento, tratado, palavra, idéia, razão ou princípio”.

A lógica é uma ciência formal como a matemática, porque investiga os fundamentos que determinam por que algumas inferências são aceitáveis ​​e outras não.

É baseado em inferência, que é o processo pelo qual as conclusões se originam de certas premissas.

Uma inferência é considerada aceitável por sua estrutura lógica, não pelo argumento usado ou pela linguagem usada.

Assim como para a biologia, o objeto de estudo é a vida em todas as suas formas, para a lógica o objeto de estudo é a inferência. Conclusões baseadas em premissas são obtidas através do processo de inferência.

Além das inferências, a lógica também é responsável pelo estudo de paradoxos, falácias e noção de verdade.

Processo Lógico Natural

A lógica natural busca fazer o raciocínio formal em uma linguagem natural e na forma de prova, usando a estrutura sintática e as propriedades semânticas na construção da linguagem.

Relacionado:  Árvore Porfirio: Em que consiste, para que serve e exemplos

Ou seja, vai um pouco além da estrutura clássica “quem fez o que com quem”, para gerar inferências adicionais a partir dessa informação.

Da mesma forma, o pensamento lógico natural é um meio pragmático que os seres humanos usam diariamente para resolver problemas do cotidiano ou tomar decisões .

É um processo de elaboração pessoal espontânea, que decorre da observação do ambiente, do conhecimento adquirido e da experiência individual, da comparação e classificação de objetos ou situações da vida.

Todos esses elementos geram no indivíduo o processo de dedução e inferência à razão, argumentam, provam ou justificam o raciocínio.

Características da lógica natural

– Não requer estudos ou análises anteriores do processo ou do meio ambiente para raciocinar corretamente.

– Lógica é, em essência, senso comum.

– É necessário resolver questões da vida cotidiana das pessoas.

– É um tipo de raciocínio natural e correto que as pessoas possuem por natureza.

– É um processo realizado espontânea e permanentemente, diferentemente da lógica científica que é um processo consciente.

Exemplo

Um exemplo de raciocínio lógico natural ocorre quando você sai e vê o céu. Se nuvens cinzentas são observadas e também há cheiro de chuva, o pensamento lógico indica que é melhor tirar o guarda-chuva porque vai chover.

Se, pelo contrário, há um sol radiante e o céu está limpo, é melhor deixar o abrigo.

Referências

  1. Moss, Larry: Lógica Natural. (PDF) Universidade de Indiana. EASLLC, 2014. Recuperado em 29 de novembro de 2017 de indiana.edu
  2. Natural Logic Consultado em finedictionary.com
  3. Natural Logic Consultado em phil.pku.edu.cn
  4. Karttunen, Lauri: Da lógica natural ao raciocínio natural. (PDF) Stanford, CICL no Cairo, 2015. Recuperado de stanford.edu
  5. Karttunen, Lauri: Limites da lógica natural. (PDF) Centro de Estudos da Linguagem e Informação. Recuperado de aclweb.org
  6. lógico Consultado em dle.rae.es

Deixe um comentário

Este site usa cookies para lhe proporcionar a melhor experiência de usuário. política de cookies, clique no link para obter mais informações.

ACEPTAR
Aviso de cookies